Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Olá pessoal...

    Estamos tirando a nossa própria SCM e já recebemos o ATO e o Termo de Autorização que foi devidamente assinado e devolvido a Anatel dentro do prazo.

    O artigo 6° do ato diz o seguinte:

    Art. 6º A prestadora deverá encaminhar à Anatel um resumo do Projeto de
    Instalação, na forma prevista no Anexo III do Regulamento do Serviço de Comunicação Multimídia, como condição para a emissão de autorização para instalação do sistema, em um prazo máximo de cento e oitenta dias a partir da data de publicação deste ato no Diário Oficial da União.

    A minha duvida é com relação ao equipamento que terei de discriminar no relatório que ira juntamente com o resumo do projeto.

    Estou usando na minha torre principal alguns equipamentos como... rb600, rb433, cartões, engenius 8602, r52h, etc. Nesses equipamentos não tem a etiqueta da homologação, como vou incluir tais equipamentos em um relatório que vou enviar para a Anatel? Não é um tiro no pé?

    Tenho a nota fiscal dos equipamentos mais pra efeito de fiscalização como os fiscais da Anatel enxergam o uso do mikrotik e os cartões? Sempre tive essa dúvida. Posso estar falando algo errado, mais procurei no site da Anatel e não achei nenhum cartão homologado. Já ouvi que existe homologação para o r52 ou r52h se não me engano, porem não sei qual é o fornecedor que fornece esse cartão com a etiqueta de homologação. Se é que realmente existe...

    O que encontrei de mikrotik homologado e bem caro por sinal foram aqueles equipamentos montados como:
    MKBR100 encntrado na mdbrasil
    http://www.mdbrasil.com.br/isp-safe/0,,mikrotik,00037,false,1.html
    SK-600 encontrado na WDC
    Homologação Anatel 1484-08-2362
    http://www.wdcnet.com.br/produtos2.asp?cod=443

    Gostaria de saber dos colegas que já tiraram a SCM e usam Mikrotik na sua torre base, como resolveram essa situação?

    Aguardo o relato de todos e certamente a experiência dos Srs. servirá não só pra mim mais para os demais que tem muitas duvidas com relação a fiscalizações e o uso do mikrotik e cartões que utilizamos no dia a dia.

    Atenciosamente,

  2. Acho que a fiscalização fecha os olhos pra tudo em provedor SCM de wifi, exceto antena e cartão, porque sabe da falta de equipamento homologado (Cabo, roteadores, fontes, caixas hermeticas).

    Os artigos da anatel falam vagamente no 'restante do equipamento precisar homologação', e no caso das TV's, mesmo por cabo, há necessidade de homologação de tudo, até roteador cabeado. Alías, já viram que roteador lan tem selo da anatel? Então... pra ser vendidos eles precisam disso. Equipamento de wifi também precisam (Vendidos, que dirá pra ser usados!), mas a demanda faz com que todos comprem e vendam sem levar isso em conta (Eu não levo, não vou usar PC com R52 só por isso).

    Cabos do aterramento, caixa plastica hermetica, pigtail, bateria do nobreak, conector RJ45, cabo UTP08, é cada coisa que aparece como 'homologação' que se fosse levar a serio o "...e outros equipamentos" das resoluções (52 e 516, se não me engano, isso? Quais seriam as outras fontes a verificar?) iamos estar todos errados.

    Acho que o fiscal tem que "não ir nada com a sua cara" pra encrencar com homologação de RB, em alguns casos não solicitam nem os selos ou notas dos cartões e antena, mas noutro até sobem na torre pra verificar.
    (Sâo seres humanos, acordam um dia a fim de fazer tudo direito, outro dia com medo de altura, outro dia com dó dos pobres mortais, etc)

    Realmente acho que não podem autuar devido a homologação de RB, porque no laudo de vistoria, tem o setor dos dados das antenas (Com campo pra certificação/homologação ao final), e no campo de 'dados dos equipamentos' pede-se Setor, Frequencia, Designação de emissão, Potencia e potencia Eirp, e então certificação/homologação. Ora, com esses dados se enquadram os cartões, ou roteadores wifi com roteador integrado. Se o equipamento não atende a esses requisitos (Frequencia e potencia de transmissão) ele não pode ser negativado na vistoria, por falta de campo, ele não deve ser verificado na vistoria (Assim como a vistoria não deve verificar a cor da cueca do provedor, nem o sistema operacional usado para comunicação, são dados ou irrelevantes ou sem possibilidade técnica de regulamentação prática hoje).



  3. Ok e qual cartão realmente é homologado, onde vocês compraram? veio com o selo de homologação? vc tem o número facil da homologação dele pra nos passar, ou o link que conste no site da anatel pois procurei lá e não encontrei.

    obrigado.

  4. cara vc estava ja funcionando e ta tirando? ou esta tirando pra depois funcionar?



  5. Olha... eu comprei um sk 333 e la na Livetech eles tinham me dito que estaria homologado ate para operar em 900 mhz, pois vieram 2 fiscais e me disseram que não era bem assim, que o cartão tem que ser homologado independente do roteador, sendo que a RB somente não emiti sinal no ar.
    Então utilize cartão homologado... tipo r52h.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 3
    Último Post: 23-02-2012, 01:49
  2. Respostas: 7
    Último Post: 13-05-2008, 10:01
  3. routerboard com 2 cartoes sinal baixo
    Por thiagotg no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 17-10-2007, 19:40
  4. Moderação da seção Mikrotik
    Por Elliott no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 06-06-2007, 20:39
  5. homologação da anatel produtos terabeam
    Por lluner no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 26-07-2005, 15:44

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L