Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. População destas cidades soma 14 milhões de pessoas, informa Telebras.
    Expectativa é de incluir todos municípios do país no PNBL até o fim de 2014.

    O presidente da Telebras, Rogério Santanna, divulgou nesta quinta-feira (26) a lista das 100 primeiras cidades que serão atendidas pelo Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). A expectativa de Santanna é de que essas cidades, que têm uma população conjunta de 14 milhões de pessoas, já estejam operando dentro do programa até o fim deste ano.

    A maior parte das cidades fica nas regiões Nordeste (58) e Sudeste (30). Os estados com mais cidades listadas são Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro, com 8 cada. Nenhuma dos cem municípios fica nos estados da região Sul. No Norte, apenas Tocantins, com 6 cidades, entrou na lista. Já o Centro-Oeste será beneficiado com a implantação do projeto em 6 municípios goianos. (veja lista ao lado)
    "Como não vamos fazer o acesso final, precisamos de parceiros de pequeno e médio porte nessas cidades. Esperamos que, com esta lista, os parceiros apareçam. Na hipótese de não haver parceiros, se abre a possibilidade de algumas cidades serem substituídas. Mas achamos que os servidores regionais e locais vão nos procurar", disse Santanna
    Assim que os contratos forem assinados, disse ele, a expectativa é de que a banda larga comece a funcionar em até 45 dias nessas localidades.
    Ele lembrou que, de acordo com o Programa Nacional de Banda Larga, os preços cobrados variarão de R$ 15 a R$ 35 por cliente, por uma velocidade mínima de 512 Kbps. Segundo o presidente da Telebras, a expectativa é de que o PNBL atenda a mais 1.063 cidades em 2011 e que todo o país seja abrangido até o fim de 2014. "Talvez a gente atinja [todo país] até mesmo antes disso", acrescentou Santanna.

    Quando vai sair o cadastro para nos, se oferecer para ajudar.

    Fonte -> http://g1.globo.com/tecnologia/notic...s-do-pnbl.html
    Última edição por Genis; 27-08-2010 às 07:26.

  2. Eles vão atender cidades em que os provedores já tem preços bons nos links, ao invés de acabar com o monopólio de muitas teles em muitas cidades. Aqui por exemplo, sou obrigado à pagar 3500 reais de um link de 2Mbps com a Oi, enquanto em uma cidade vizinha que tem Embratel como concorrente, um provedor consegue link a 480 reais o Mbps direto com fibra ótica.

    Isso ae tá me parecendo mais outra briga de peixe grande, coisas que a gente nunca fica sabendo o que realmente rola por trás dos panos.



  3. Bom dia a todos os colegas do fórum, com tanta discusão sobre o assunto eu paro pra pensar se isso é viável para os provedores locais como a Telebras nos chama !
    Sou provedor em uma das cidades comtempladas com o PNBL, tenho meus clientes e dentre eles tem aqueles que pagam a mensalidade de internet quando querem e aqueles que pagam todas as despesas mensais primeiro e por último a da internet !
    O meu provedor tem despesas como link dedicado que não é barato, energia eletrica, contador, alvará de funcionamento da prefeitura, impostos, funcionários, etc ...
    Minha duvida é a seguinte: Segundo o trecho que copiei e aqui colei diz assim:
    Ele lembrou que, de acordo com o Programa Nacional de Banda Larga, os preços cobrados variarão de R$ 15 a R$ 35 por cliente, por uma velocidade mínima de 512 Kbps.
    O presidente da Telebras lembrou que os preços serão R$ 15,00 por uma conexão de 512kbps no minimo, porém, a compra do link dedicado com eles se não meengano é de R$ 230,00 o mega !
    Caros colegas gostaria da ajuda de vocês e dos universitarios para me explicarem que fantastica e fabulosa formula é esta que nos leva a crer que isso é um bom negócio ???
    É um ótimo negócio para o cliente final que terá conexão de "" graça "" para o provedor só sobra atendimento telefonico do cliente que desativou a placa de rede por engano entre outras coisas, contas a pagar inclusive o link que a Telebras poderia entregar de graça !!! Não é para beneficiar !!!
    Com tudo isso só quem vai se beneficiar são os clientes, depois a Telebras vendendo o link que chaga de graça para eles e o provedor rebola para pagar as contas !!!

  4. Uma possível ajuda pra nós de provedores/empresas pequenas é prestar justamente esse serviço de assistencia tecnica pros clientes da internet de pobre, claro, cobrando os R$ 50 pela visita... uma hora o cara vai ver que gasta mais com técnico que com o produto ( que nao vai ter uma velocidade lá essas coisas )



  5. e Dele Voto para a Dilma.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Último Post: 12-10-2012, 17:23
  2. Lista com as primeiras cidades Brasileiras a Receberem O PNBL !!! Tenso
    Por Jaiso no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 15
    Último Post: 02-07-2011, 16:21
  3. Anunciado 100 primeiras cidades PNBL.
    Por Tremedeira no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 18
    Último Post: 09-05-2011, 16:48
  4. Respostas: 3
    Último Post: 23-01-2011, 12:12
  5. Projeto Nacional de Banda Larga - dos EUA
    Por kleberbrasil no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 18-11-2009, 16:15

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L