Página 1 de 10 123456 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico




  1. A PRIMAVERA WIRELESS

    O recurso existente no MK chamado de Nstreme Dual serve para usar dois cartões numa mesma placa de forma que um cartão funcione como TX e o outro como Rx. O seu objetivo é construir um link chamado “full duplex”. Grande invenção. Com este procedimento você irá dobrar o throghput no enlace. Quando usarmos este recurso devemos usar antena com polarização dupla ou duas antenas de cada lado. Mas há um porém.
    Atenção, o processador e o roteador estão na placa RB da MK e continuará com a sua mesma capacidade, mesmo depois de implementado o Nstreme. O número de clientes que pode ser atendido é definido por esta capacidade da placa.
    Se o interesse for o de dobrar o throghput do enlace tens que observar se não estamos pedindo que o throghput fique maior que o throghput da placa, claro que isso seria impossível.
    No entanto, em muitos enlaces necessitamos ter na placa throghput maiores para atender uma grande LAN no seus extremos, a solução então é usar o T Mágico. Ligue duas placas MK cada uma com um cartão no T Mágico e este ligue na antena. Grande jogada né?
    Tudo é uma questão de adequação entre a arquitetura da instalação e a sua necessidade. T Mágico não veio para substituir, mas para fazer parte de um conjunto de soluções. Vou dar um exemplo:
    Se a torre não suporta mais outra antena, o T Mágico é a solução.
    Uma boa implantação num POP com apenas 20 clientes dentro de um raio de 4km, seria feita com a instalação de uma antena Omini mais uma placa e um cartão. Quando o POP crescer e o número de clientes ultrapassarem a capacidade da placa do MK, você deve instalar outra placa com cartão na mesma antena Omini acrescentando o T Mágico. Se o POP continuar crescendo repita a instalação. O último passo será instalar antenas setoriais com T Mágico e placas MK. Considere sempre que os canais escolhidos devem sempre estar separados por três canais.
    Dizer que uma antena setorial é melhor que uma antena omini é o mesmo que dizer que o verão é melhor que o inverno, não tem cabimento.
    O crescimento obriga á mudanças na arquitetura, o importante é saberes para que serve o T Mágico e o que podes fazer com ele, então no seu caminho sempre haverá uma primavera.
    No caso de um ponto á ponto com antenas direcionais considere também que existe uma diferença entre o throghput do enlace e a capacidade do rádio. Se o interesse for o de dobrar o throghput do enlace podes fazê-lo com o T Mágico ou com o alimentador duplo usando uma placa e dois cartões, mas se quiseres dobrar a capacidade instalada, terás que usar o T Mágico com duas placas MK cada uma com um cartão. Esta é a primavera.
    Muito mais teria a conversar sobre o T Mágico com aqueles que sabem perder tempo na vida, com aqueles que conseguem perceber que um fenômeno nunca é um caso isolado na natureza, para aquele anteneiros que nunca deixam o encanto passar por desapercebido na sua frente. Querem ver?
    Se num T Mágico entrar por um lado o medo e por o outro lado o respeito o que sai é a admiração. A psicologia também nos inspira a compreender a Física e ela tambem possui a sua magia.
    Ando meio ocupado organizando meu próximo curso que será em São Paulo ainda este mês. Estão me fazendo perguntas cada vez mais difíceis de responder, Então, nas madrugadas longas enquanto as estrelas se exibem no céu eu preparo o curso para me exibir na terra. De dia as estrelas voltam para o seu berço, enquanto eu continuo no palco representando o meu papel. Sei que não existem muitos papeis, que todos se repetem, por isso olho para as pessoas parecidas comigo, para ver se enxergo nos seus olhos algum desejo sublimado de trocar a polaridade humana para a derradeira posição horizontal. Digam-me caros jovens, isso também não é um T Mágico?
    Um abraço e até a próxima primavera.

    Gilvan

  2. Meu caro Gilvan,

    polêmica é contigo mesmo!

    Suas palavras me fizeram lembrar de um antigo professor de filosofia (nos anos 90) que dizia que o poeta e o filósofo são dois amigos que moram em montanhas separadas. Além de engenharia também, como eu, estudou ou estuda filosofia?

    Segundo esse mesmo professor - que sempre falava de Parmênides, um homem dos primórdios da ciência e da filosofia - dizia que parmênides admirava tanto as estrelas, embora não entendesse como funcionava o universo, que andava sempre de cabeça muito erguida e esquecia de olhar para o chão. Resultado: sempre tropeçava em uma pedra ou caía em um buraco. Seu auxiliar sempre reclamava: "mestre, por que não olhas por onde andas?". E Parmênides de imediato respondia: "porque eu sei o que tem aqui em baixo, por isso ocupo do meu tempo em estudar as estrelas e aquilo que ainda não conheço".

    Esse seu curso deve ser bom... e polêmico! Mas, cada um admira suas estrelas, tem seu modo de enxergar o saber e cada um tem o seu modo de viver. Felicidades.



  3. Gilvan,

    voce ficou de enviar um T-MAGICO para testes.. estou aguardando até hoje !!

  4. Muito boa a idéia, seria uma solução para locais sem possibilidade de grandes estruturas. Muitos ainda criticam essa idéia mas eu estou a espera dela no mercado como uma ferramenta para trabalho. Abraços e boa sorte



  5. ANATEL Agencia Nacional de Telecomunicações
    Escritório Regional Rio Grande do Sul
    Av. Princesa Isabel, 778 90620-000 Porto Alegre –RS-


    Ofício n° 3347/2010/ERO05-Anatel

    Porto Alegre, 03 de setembro de 2.010.

    Assunto: Resposta a Correspondencia recebida.

    Prezados

    Em atenção à correspondência recebida nesse Escritório Regional em 03 de agosto de 2.010, a seguir transcrevemos manifestação da Gerencia de Certificação.
    Em atenção ao memorando acima citado, de 05 de agosto de 2.010, por meio do qual foi encaminhada a carta de empresa GEENGE, onde a mesma apresenta pedido de homologação provisória , informamos que:
    A verificação feita na correspondência enviada pela citada empresa em anexo ao memorando mostra, que o equipamento chamado de T Mágico GE se entendido como divisor de sinais 1:2 conforme consta na figura “MODO 1” não é passível de certificação até o presente momento.
    Finalizando nossa posição é de que o cliente seja informado de que o seu equipamento como divisor de potência de 1:2, não é passível de certificação.


    ENG. JOÃO JACOB BETTONI
    Gerente Regional
    ANATEL






Tópicos Similares

  1. T - Mágico ! Alquem já testou???
    Por Oldayr no fórum Redes
    Respostas: 74
    Último Post: 08-04-2014, 15:45
  2. rsrsrsrrs mágico setorial sera ??????
    Por EderMartinstiros no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 13-06-2010, 15:24

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L