Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Galera, alguém poderia me dar umas dicas sobre este tipo de equipamento?
    A dúvida é o seguinte, eu já utilizo esses equipamentos, só que estão na caixa hermética, entre os rádios e antenas.
    Agora, estou interessado em adquirir os lightning protectors cat6 tipo esse:

    Nome:      PWD_AL-CAT6JW.JPG
Visitas:     91
Tamanho:  38,7 KB

    Alguém já conhece esse tipo de equipamento ou usa ?
    Na minha idéia, é utilizar este tipo de equipamento, nos cabos que saem do meu rack e vão para torre. Com a intenção de proteger os equipamentos contidos no rack.
    Será que, por mais simples que seja o equipamento, ele pode ajudar em alguma coisa ou é a mesma coisa que nada ?

    Vejam aqui, o modelo da foto, no site do fabricante: L-Com Products

    Bom, caso alguém tenha alguma idéia é só postar!

    Abraço!

  2. Se quiser você pode construir este lightning protector L-COM (cat5 e cat6), compre os conectores RJ45 para circuito impresso, faça um circuito impresso de duas faces com as trilhas interligando os conectores, do lado que ficar para a ligação externa coloque em série resistores de 47 ohms 1/16W [longe da placa]; de cada trilha que vai para o conector RJ45 lado da saída, coloque uma lampada neon de cada trilha para a face de terra. (As lâmpadas entram em ignição {curto} a partir de 60volts, voltando a infinito quando a tensão cai - se a descarga for muito forte os resistores queimam como se fossem fusíveis).
    Existe uma solução adicional em locais em que as descargas são muito fortes:
    Dar 3 ou mais voltas do
    cabo de rede POE (ou cabo coaxial) através de um núcleo toroidal de ferrite; isto não interfere no sinal e cria uma alta impedância em série para atenuar a descarga.
    No aterramento sempre utilizar cabos multifilares o mais curtos possível (nunca rígidos) porque as descargas de alta velocidade e amplitude são conduzidas pela superfície dos condutores.
    Um exemplo deste tipo de cabo para uso em aterramento (multifilar) é o das maquinas de solda elétrica, caracteriza-se por ser super flexível.
    Outra solução para conduzir o aterramento são laminas de cobre que podem ser bem finas, mas quanto mais área tiverem melhor (alta frequência condução superficial).
    (Estas faixas de aterramento podem correr ao longo da torre e emendadas com solda prata [de refrigeração.])
    Importantíssimo é ter um ponto de terra em comum (NÓ de aterramento) para TUDO de forma a evitar d.d.p. (diferença de potencial) entre os equipamentos, energia, neutro, terra, etc.
    Sucesso!
    Última edição por DUHbnu; 25-09-2010 às 02:53.



  3. Citação Postado originalmente por DUHbnu Ver Post
    Se quiser você pode construir este lightning protector L-COM (cat5 e cat6), compre os conectores RJ45 para circuito impresso, faça um circuito impresso de duas faces com as trilhas interligando os conectores, do lado que ficar para a ligação externa coloque em série resistores de 47 ohms 1/16W [longe da placa]; de cada trilha que vai para o conector RJ45 lado da saída, coloque uma lampada neon de cada trilha para a face de terra. (As lâmpadas entram em ignição {curto} a partir de 60volts, voltando a infinito quando a tensão cai - se a descarga for muito forte os resistores queimam como se fossem fusíveis).
    Existe uma solução adicional em locais em que as descargas são muito fortes:
    Dar 3 ou mais voltas do
    cabo de rede POE (ou cabo coaxial) através de um núcleo toroidal de ferrite; isto não interfere no sinal e cria uma alta impedância em série para atenuar a descarga.
    No aterramento sempre utilizar cabos multifilares o mais curtos possível (nunca rígidos) porque as descargas de alta velocidade e amplitude são conduzidas pela superfície dos condutores.
    Um exemplo deste tipo de cabo para uso em aterramento (multifilar) é o das maquinas de solda elétrica, caracteriza-se por ser super flexível.
    Outra solução para conduzir o aterramento são laminas de cobre que podem ser bem finas, mas quanto mais área tiverem melhor (alta frequência condução superficial).
    (Estas faixas de aterramento podem correr ao longo da torre e emendadas com solda prata [de refrigeração.])
    Importantíssimo é ter um ponto de terra em comum (NÓ de aterramento) para TUDO de forma a evitar d.d.p. (diferença de potencial) entre os equipamentos, energia, neutro, terra, etc.
    Sucesso!
    CitaÇão perfeita ! Basta um pouco de tempo e bom empenha para criar soluções para evira a queima desagradáve de equipamentos que as vezes custam muito caro !
    A bobina feira com o próprio cabo é uma excelente solução para muitos problemas !
    Quanto a fabricação de uma placa com conectores e sistemas eletrônicos como resistores e lampadas neon embora utilizando componentes discretos São extramamente efifientes !
    Novamente parabéns ao colega !

  4. Citação Postado originalmente por DUHbnu Ver Post
    Se quiser você pode construir este lightning protector L-COM (cat5 e cat6), compre os conectores RJ45 para circuito impresso, faça um circuito impresso de duas faces com as trilhas interligando os conectores, do lado que ficar para a ligação externa coloque em série resistores de 47 ohms 1/16W [longe da placa]; de cada trilha que vai para o conector RJ45 lado da saída, coloque uma lampada neon de cada trilha para a face de terra. (As lâmpadas entram em ignição {curto} a partir de 60volts, voltando a infinito quando a tensão cai - se a descarga for muito forte os resistores queimam como se fossem fusíveis).
    Existe uma solução adicional em locais em que as descargas são muito fortes:
    Dar 3 ou mais voltas do
    cabo de rede POE (ou cabo coaxial) através de um núcleo toroidal de ferrite; isto não interfere no sinal e cria uma alta impedância em série para atenuar a descarga.
    No aterramento sempre utilizar cabos multifilares o mais curtos possível (nunca rígidos) porque as descargas de alta velocidade e amplitude são conduzidas pela superfície dos condutores.
    Um exemplo deste tipo de cabo para uso em aterramento (multifilar) é o das maquinas de solda elétrica, caracteriza-se por ser super flexível.
    Outra solução para conduzir o aterramento são laminas de cobre que podem ser bem finas, mas quanto mais área tiverem melhor (alta frequência condução superficial).
    (Estas faixas de aterramento podem correr ao longo da torre e emendadas com solda prata [de refrigeração.])
    Importantíssimo é ter um ponto de terra em comum (NÓ de aterramento) para TUDO de forma a evitar d.d.p. (diferença de potencial) entre os equipamentos, energia, neutro, terra, etc.
    Sucesso!
    Ok DUH, agradeço sua atenção.
    Me diga uma coisa: Se eu chegar a fazer do jeito que você falou, que comparação você faria desse feito por mim em relação ao industrializado (no quesito confiabilidade) ?



  5. Amigo, eu trabalhei na Embratel entre 1973 e 1978; patenteei dispositivo com estes princípios, que foram usados por quase 2 décadas para proteger centenas de teleimpressoras (maquinas de telex) com extrema eficiência. Como fabricante de equipamentos de radiodifusão e de telecomunicações (CIAER) utilizei os mesmos princípios em centenas de equipamentos para emissoras de radio e televisão e centrais públicas de telefonia. Pode ter certeza, se montado e instalado corretamente, terá altíssima eficiência e eficácia.
    [ http://www.l-com.com/multimedia/diag...L-CAT6JW_1.gif ] Ao montar os dispositivos tenha muito cuidado com layout e qualidade do material. Ex: os Conectores RJ45 devem ser blindados. A bobina feita com o próprio cabo ganha extrema eficiência se passar através de núcleo toroidal de ferrite (encontra-se fácil na Rua Santa Ifigênia em SPO). Em lojas de telefonia você pode encontrar pastilhas a gás similares as da LCom [ Replacement 90V Gas Tube for AL6 Series Coax Protectors - LPX090G ] que podem ser montadas dentro das antenas; ou se desenvolver um conector de passagem para acopla-las, e usa-las antes do rádio. Cada caso é um caso e deve ser analisado com cuidado para minimizar a diferença de potencial entre os equipamentos, permitindo um caminho alternativo mais eficiente para passagem da descarga. Não esqueça das fontes de energia, elas também devem ser protegidas e conectadas ao mesmo "NÓ" de aterramento. Lembre-se que hastes coopeerweld podem ser ótimas para aterramento elétrica; mas não são eficientes contra as descargas de raios e relâmpagos; pois aquecem a área de contato diminuindo a eficiência. Em locais criticos utilize chapas de cobre enterradas verticalmente ex: 2mt por 1mt ficando no minimo a parte superior a 50cm da superficie. Se tiver mais alguma dúvida em que eu puder ajudar, pode contar comigo. abraço!






Tópicos Similares

  1. Duvidas sobre sinal ccq ocilando com nv2 muito
    Por ANDREOSOUTO no fórum Redes
    Respostas: 10
    Último Post: 17-06-2014, 01:07
  2. Respostas: 2
    Último Post: 22-05-2013, 04:36
  3. Respostas: 18
    Último Post: 05-11-2011, 14:44
  4. Dúvida sobre liberação do MK com AP
    Por limaitba no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 12-01-2009, 16:38
  5. Duvida Sobre Iptables com Squid e NAT
    Por elton no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 9
    Último Post: 03-01-2005, 20:45

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L