Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Boa tarde nobres colegas Under-Linuxianos ! rs..
    Sou novato aq no fórum e um grande admirador do enorme potencial da Mikrotik, tanto no software quanto as RBs.
    Preciso da ajuda dos mais experientes:

    Realizei a troca de um AP Ovislink 5640 que usava numa pequena rede, por uma RB 433 c/ 1 cartão R52h, numa Omni Aquário 15 DBI que já usava com o antigo AP.
    Uso um PC com OSRouter 3.20 como servidor atrás da RB 433 p/ controlar banda e autenticar/amarrar Mac e IP nos clientes.
    Após essa troca, eu todo animado com a mudança e tals, notei que ficou pior do que estava anteriormente, que não era tão mal assim, pois os clientes tinham um sinal legal com esse AP, mas o Ovislink andava travando intermitentemente, o que me levou a investir na RB.
    Os clientes mais perto (raio de 200m) cairam pela metade seus sinais, e nos outros mais distantes (600m a 1200m), uns enxergam a rede com sinal baixíssimo e outros nem enxergam, sumindo a rede, que antes era de no mínimo 70% de sinal.
    Estou a ponto de voltar o antigo AP pra eliminar a dor de cabeça, mas resolví tentar esplanar meu caso aos "mestres do MK" do Under-Linux, pois é um dos melhores fóruns que já ví nessa área, tentando não perder meu pequeno investimento.
    Pensei em algumas hipóteses como:
    1 - Problema na RB ? Aparentemente ela está estável, não tem travado.
    2 - Como uso fonte de 18v 2,5A em POE de 35m até a RB, poderia ser talvez falta de energia na RB, limitando o desempenho do cartão ou nada haver visto que uso apenas 1 cartão ?
    3 - Pensei até que minha antena pudesse ter se danificado, mas acredito q se fosse isso, acho q ninguém receberia sinal, o que pelo menos ainda não é o que não está acontecendo.
    4 - Pensei no conector Pigtail, mas foi reisolado certinho com fita alta-fusão, então acho pouco provável.

    Uso a RB em AP-Brigde, 2.4Ghz-B, Rate Default, Short Preamble, estava usando Tx em 24dB mas diminuí pra 17 e não ví melhoras relevantes.

    O que pode estar acontecendo ?
    Desde já agradeço a solidariedade, abraço !

  2. Amigo é 35metros de cabo que você uso junto ao poe ? Se for tenta testar com uma extensão para ver se o sinal aumenta, pois pela quantidade de cabo, provavelmente seja ele. Confere pigtail e checa a antena, pois geralmente o sinal aumenta nunca diminui. No cartão o pigtail você ligou corretamente?



  3. Sim caro mktguaruja, 35 metros !
    Cheguei até a comprar 1 outro cartão r52h novo, com pigtail interno novo também, achando que pudesse ser perda de potência do cartão anterior, e nada de melhora.
    Na realidade são 2 cabos de 35 metros que uso: 1 cabo POE p/ ligar o que vem a ser a WAN da RB(do Servidor à RB) e 1 cabo também POE da 2.ª porta da RB, que vem a ser minha LAN interna (da RB à um outro Ovislink 5460 de uso interno meu), como uma forma de retorno, p/ eu saber se está indo sinal p/ os clientes wireless. Só uso esse POE de retorno p/ alimentar 1 cooler de exaustão da caixa hermética, implementação recente que bolei, pois achei que talvez o calor interno da caixa pudesse influenciar na questão de travamento.
    Troquei também recentemente todo esse cabeamento, os 2 lances de 35m (ida e volta), por cabos novos próprios p/ uso externo (Furukawa capa preta), pensando que pudesse influenciar, mas acabei achando que foi uma solução mais figurativa que funcional, apesar de ter usado a teoria: equipamento novo, cabeamento novo tb.
    Anteriormente, qdo eu usava o AP5460 na torre, também usava alimentação via POE, nessa mesma metragem, até inclusive cheguei a trocar a fonte original dele, de 12v 1A, p/ uma POE já com conectores RJ45 com 12,75v 1,2A, notando até certa melhora, mas ainda às vezes travava, por isso resolví investir na RB433.
    Já pesquisei sobre alimentação POE recentemente, entendendo que até uns 15 ou 20m funciona bem com fontes originais. Daí pra fora existe perdas progressivas proporcionais à medida que se aumenta o cabo, exigindo-se um redimensionamento de voltagem e amperagem da fonte p/ suprir essa perda.
    Porém um detalhe interessante percebí, acredito que talvez sendo da própria característica da RB433: a estabilidade ! Pois não trava ou pelo menos ainda não aconteceu, mesmo usando alimentação POE c/ 35m.
    Será que se eu redimencionasse a fonte da RB p/ uma maior, ou levasse energia externa separado até a caixa hermética da RB resolveria, considerando que os custos de qualquer uma das alternativas são praticamente iguais ?
    Quando conhecí esse esquema de alimentação POE achei bem interessante e prático, mas será que é isso que está me tirando o sono ? rs...
    Achei ilógico instalar um equipamento superior e perder metade ou mais do nível de sinal nos clientes, comparado ao equipamento anterior, ainda mais considerando que posso aumentar o sinal no cartão até 25dBi sendo padrão dele, e no AP5460 o aumento é via software, forçando o hardware do AP.
    O que me intriga é tentar entender, imaginando-se que a RB possa estar com energia subdimensionada, perca essa porcentagem tão relevante de sinal nas pontas, e não trave ? Talvez pela arquitetura do próprio equipamento ?
    Até posso mandar energia externa até a caixa hermética pra testar se resolve-se o problema, mas alguém mais teria alguma outra opinião sobre meu caso, antes de eu fazer essa tentativa ?
    O pigtail interno está bem encaixado no cartão.
    O pigtail externo, que vai à antena, está com os conectores bem isolados, acho praticamente impossível ter influência nessa perda expressiva, e a antena não sofreu qualquer avaria nesse breve período do upgrade.
    Agradeço as contribuições, fico no aguardo, até logo !

  4. Amigo isso é problema de energia. coloque um cabo de força até a rb e ligue a fonte direto nela que provavelmente resolverá seu problema, pois um poe de 35m da muita perda de energia, mesmo sendo uma fonte relativamente forte. Se tens um pigtal do cartão do mk também vale a pena tentar trocar por um novo.



  5. Então caro iverton, o pigtail do cartão foi recentemente trocado por um novinho.
    Hoje ainda descerei a antena e medirei a voltagem no fim do cabo POE de 35m. Medi a voltagem da fonte só no fio dela msm e está dentro do normal, no multímetro acusou 18,20v (a fonte é de 18V 2,5A), agora quero ver no fim do 35.º metro do cabo de rede, quanto está marcando.
    Alternativa possível:
    Será q se eu colocasse uma fonte chaveada estabilizada de 24v 5A pra compensar a metragem de 35m do cabo POE, resolveria meu problema ? Apesar que vou acabar mandando energia via cabo separado até a caixa de todo jeito, independente de resolver o problema de diminuição de sinal com a RB, pois caso não resolva, precisarei voltar o AP5460 na antena, tornando-se até uma "benfeitoría" à estrutura, pois meus clientes mais distantes perderam o sinal por conta deste problema, e preciso resolver logo !
    Mas se eu conseguisse a resposta desse dilema, seria de grande valia, até como experiência a outros usuários do fórum, que fazem uso de alimentação POE em seus equipamentos.
    Quem mais tem alguma opinião relevante neste meu "case" ? rs...
    Acompanhando, abraço !






Tópicos Similares

  1. Respostas: 31
    Último Post: 10-11-2016, 12:33
  2. Mikrotik Script, Quem pode me ajudar de terminar este Script
    Por 5gnetnovoprogresso no fórum Linguagens de Programação
    Respostas: 2
    Último Post: 08-11-2015, 13:41
  3. Respostas: 3
    Último Post: 15-10-2006, 09:09
  4. AP Ovislink 1120... Alguém pode me ajudar
    Por MELLOJR no fórum Redes
    Respostas: 12
    Último Post: 26-12-2005, 13:19
  5. Regras de ACL no RH 9 não responde, alguém pode me ajudar?
    Por webluc no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 19-08-2003, 18:04

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L