Página 1 de 8 123456 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Gostaria de uma avaliação dos colegas a respeito do "burst". pelo Radius.

    #Estou usando essas configuracões:

    #150 com burst de 300
    84k/150k 150k/300k 84k/100k 30/30

    #256 com burts de 512
    128k/256k 256k/512k 86k/171k 30/30

    #300 com burts de 600
    156k/300k 300k/600k 92k/200k 30/30

    #450 com burst de 800
    226k/450k 450k/800k 156k/250k 30/30

  2. Amigo, porque é que teu threshold tá menor do que a banda? Assim ele nem libera burst.

    Entenda que o threshold é justamente o "bônus" além do que vc libera, para que ele possa ser distribuído em forma de burst, dentro do tempo determinado.

    Vou dar um exemplo da banda básica que eu uso aqui no meu provedor.

    75k/100k 300k/600k 100k/150k 15/15 5 50k/75

    A média geral, é o threshold. Se vc fizer um download de um arquivo e dividir o tamanho dele pelo tempo que levou, verá que o valor é o próprio threshold. O burst é somente o limite no qual ele usará esse "bônus", pode deixar alto que não tem problema. E quando gasta esse "bônus", ele estabiliza dentro do limite especificado no primeiro item da linha. Mas a média, sempre será o threshold.

    Detalhe, que assim, mesmo com uma banda média de 150k de down (como no exemplo acima), se vc for testar a velocidade no speedtest.net, ele lacra nos 600k. Os únicos clientes que reclamam ainda, são akeles chatos que querem abrir vídeo FullHD em real time. Ae nem eu aqui dentro do provedor consigo, dae como vc vai explicar pro cara que não é a Internet que tá lenta...



  3. É que esse é o plano básico, onde eu dou uma prioridade maior. No plano intermediário, eu coloco prioridade 6, e no avançado que por sua vez, é um plano de média 400k com burst de 1M, eu coloco prioridade 7. Isso serve justamente pra evitar que alguém com banda maior, ocupe maior parte da banda sozinho no caso de estagnar o link.

  4. Ae que tá, eu priorizo a conexão dos que tem banda baixa, justamente pra eles poderem ao menos ter a sua fatia. O cara com 1M, nunca vai ficar sem conexão devido à largura de banda disponível, e já o cliente "pequeno" vai ter a sua parte praticamente garantida. Eu prefiro ter 4 clientes a 150k, do que um cliente à 600k.

    Foi o jeito que eu achei de todos ficarem contentes, e outra, meu link não fica no talo, o que faz todo mundo navegar normal. Qdo começar a chegar no topo, ae é hora de recontratar mais link.

    Cliente acima disso, eu já estou direcionando para serem clientes da Oi, com adsl, pois o kra consegue conexão de 2Mbps pra CPF, por 79 reais, e eu pago quase 2mil reais de uma conexão full duplex de 2Mbps. O lance é distribuir de forma inteligente e eficaz. Graças à Deus, temos o Mikrotik ao nosso lado.

    Quanto aos parâmetros, é o seguinte:
    - Os que estão separados por "/" (barra), significa upload/download do cliente. Essa parte pega muita gente.

    - Primeiro item: Max Limit: é onde a conexão do cara estabiliza quando ele usa todo o "bônus" da conexão, que seria o valor médio que vc define no threshold.

    - Segundo item: Burst: é a velocidade que vc define pro cliente poder usar o "bônus".

    - Terceiro item: Threshold: esse é o kra. Aqui que vc define a velocidade média distribuída entre o burst e o tempo de recarga do burst. Se o kra ficar baixando direto, a velocidade média vai ser igual ao threshold.

    - Quarto item: Time: é o tempo de recarga do burst. Defina algo entre 15 e 60. Pra entender o algorítimo do mikrotik, foi foda. Mas no manual tá bem explicadinho. À grosso modo, é o tempo no qual o Mikrotik vai deixar o usuário gastar o bônus para então renová-lo. Pra cliente que não deixa a conexão no talo, sempre vai parecer que ele tem a net mais rápida, que é o valor de 600k do exemplo acima. Já pra quem fica baixando direto, ele tende à dar uma média de 150k, que seria a soma do que ele gastou usando 600k + o que estabilizou em 100k (Max At).

    - Quinto item: Priority. Qdo houver disputa de conexão, quem tiver o menor número vai ser priorizado. Acho que o melhor seria trabalhar as prioridades em queue tree. No meu caso, como só uso simple queue, está de bom tamanho.

    - Sexto item: Limit At: Garantia de banda mínima pro usuário.



  5. Sinceramente, tem pessoas que nunca, eu disse NUNCA, leram o manual do sistema (MikroTik Wiki) e simplesmente viajam nos conceitos...

    burst-threshol, em linguagem SIMPLES, é o gatilho, onde o burst deverá ser cortado. PONTO.

    O burst-time, é um valor, em segundos, o qual o algoritmo do burst, se baseará para calcular a média do consumo, dentro deste TEMPO, e verificará se a mesma atingiu o threshold, desta forma cortando o burst.

    por favor, leiam, antes de propagar asneiras: Manual:Queues - Burst - MikroTik Wiki






Tópicos Similares

  1. Respostas: 0
    Último Post: 16-06-2008, 13:53
  2. Respostas: 4
    Último Post: 17-07-2007, 18:12
  3. Respostas: 11
    Último Post: 27-12-2006, 13:34
  4. Desafio Ftp no squid com autenticação
    Por MiddleEarth no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 09-01-2003, 16:15
  5. Espelhamento no Linux com hd´s IDE
    Por clmr no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 09-04-2002, 22:09

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L