Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Pessoas do fórum, tudo bem com voces?
    Resolvi postar aqui pois vi muita discusssao a respeito de projetos de telefonia VOIP X Wireless aqui no fórum, mas sem que as pessoas que postaram informassem como ficaram seus projetos. Assim a comunidade não foi beneficiada por nossos colegas que postaram problemas não darem retorno aos colegas do fórum de como ficaram as soluções QUE ENCONTRARAM AQUI, isso seria o objetivo de um forum como esse, não é mesmo?
    Meu caso é o seguinte, nosso provedor atende mais de 900 clientes em duas cidades de nossa região, principalmente condominios onde enviamos o link por radio e distribuimos em cada condominio ou bairro por wireless ou por cabo dependendo da situação.
    Já tentamos passar VOIP pela nossa rede mas ocorre que não ficou bom, inclusive em outro post nosso aqui ano passado, alguns colegas tentaram nos ajudar mas nao conseguimos qualidade suficiente para um projeto de VOIP comercial na nossa rede, inclusive com roaming dos fones! Assim deixamos o VOIP para outra oportunidade, mas este final de ano fechamos com uma industria aqui de nossa região metropolitana e vamos ter que mexer com o VOIP novamente para atende-los com uma quantidade razoavel de VOIP. Seria possível que os colegas que postaram aqui antes da gente a respeito de implementações VOIP x Wireless nos informassem se os projetos que foram discutidos aqui este ano ficaram legais ou pudessem repassar algo do que outros colegas do fórum apresentaram para resolver as questoes que postaram. Poxa pessoal, a gente entra aqui ve o colega postar uma duvida, vê colegas se empenhando em ajudar, mas os colegas ajudados nao postam aqui ao menos para dizer o que foi feito e se ficou bom. Vamos fazer uma contra a falta de camaradagem.
    Bom Ano Novo a todos!

  2. Muitos desistiram do voip, pois o mesmo não funciona em 2.4ghz, pois o mesmo precisa ter muita qualidade e banda para funcionar direito, agora com rede cabeada,e ou, mimo deve funcionar normal, implementando um super QOS e tendo link de sobra...



  3. Concordo com a colega que iniciou o tópico e confesso que eu deveria ter colocado ao menos um retorno para os colegas aqui do fórum quando pedi aos colegas para nos darem uma força e resolvermos os problemas que estavamos enfrentando aqui no nosso projeto.
    Em relação ao que o colega postou sobre o VOIP não funcionar em redes 2.4GHZ, nossa rede funciona com Aps G220 Zinwell que compramos de forma equivocada na implementação por não termos tido orientação adequada da empresa que contratamos para implantar nosso projeto. Mas acredito que cada caso é um caso que deve ser estudado dentro de seu contexto, para nós esta funcionando bem mesmo com os equipamentos que postamos anteriormente. Sendo assim acredito que não podemos condenar a tecnologia por termos casos de insucesso, há casos de sucesso tambem mas nao quero começar uma discussao sobre isso aqui.
    Nosso problema inicial era cobrir a área de nosso condominio e regiões adjacentes com internet wireless, VOIP e roaming dos telefones e equipamentos VOIP e wireless pertencentes a nossa rede.
    Segundo a explicação do pessoal da empresa do colega Planvox que nos deu suporte e fez as configurações dos equipamentos e servidores para nós, resolveu-se o problema com a implantação no servidor de uma interface virtual de rede que abrange toda a estrutura VOIP com os APS em modo bridge e controle de clientes , firewall, controle de banda e QOS no servidor da rede rodando Slackware. Um ASTERISK numa máquina dedicada, que trata as requisições dos clientes VOIP, encaminhando para a operadora VOIP as chamadas direcionadas a rede de telefonia convencional e direciona para a rede interna as chamadas intra rede, mantendo os clientes autenticados sempre no nosso servidor (pretendemos eliminar este ASTERISK fazendo a função PROXY SIP pois o pessoal que esta nos fornecendo a terminação já disponibiliza um PROXY SIP ou solução equivalente na operadora e usar esta maquina depois para outro fim, tipo solução para aumentar a disponibilidade do acesso a internet).
    Os equipamentos VOIP e wireless em transito na nossa rede não desautenticam quando migram de um ap para outro, mesmo quando estao fazendo chamadas, pois na arquitetura de rede que eles sugeriram a atribuição de endereços de ip fixos por DHCP, num nivel superior da rede, não implica na reconfiguração dos equipamentos, mesmo quando em uso fazendo ou recebendo chamadas.
    Basicamente deve ser isso, salvo que eu tenha esquecido algum ponto, qualquer coisa vou ver se consigo alguma documentação referente as configurações que utilizaram com o pessoal que nos ajudou na implantação e posto aqui alguma coisa de forma mais detalhada.
    Resultado final, aqui ficou funcionando bem sem maiores reclamações dos condominos, tanto a internet quanto o VOIP na maioria do tempo, o único problema até agora é em relação ao link pois mesmo com CODEC de baixo consumo de banda, controle de Banda e QOS, verificamos pelos relatórios que muita gente optou por portar ramais externos para a Capital/RJ e outros locais e falar de graça entre o condominio e pontos externos ou vice-versa e economizar em ligações isso aumentou o consumo de link para além da nossa expectativa inicial em horários de pico de ligações, mas já propusemos o aumento do link ou a restrição de ramais externos para os condominos faltando apenas tratar disso com o pessoal do condominio que já aprovou o sistema e a mudança por conta da economia em contas telefonicas, internet em qualquer ponto do condominio e áreas adjacentes, funcionalidades VOIP tipo siga-me, etcs... e uma boa qualidade nas ligações comparável as da telefonia fixa e móvel.
    Nossa experiencia esta sendo legal até agora com VOIP sobre rede wireless.

  4. Bom dia a todos,

    VOIP é uma solução que muitos desejam implantar em redes.

    Discordo de alguma colocações sobre o funcionamento. Diferente do que costuma-se ouvir o VOIP é sensível a latência de rede.

    O consumo de banda é relativamente baixo, como por exemplo o codec G729 consumir em torno de 25kbps.

    Para se ter o serviço VOIP na rede o primeiro passo é ter um servidor para replicar os DID dentro da rede onde temos controle sobre banda e gerencia de QoS (Priorizações) de forma facilitada.

    Em sequencia temos que implantar sim priorizações vinda dos clientes até este servidor que está dentro da rede, onde temos total controle sobre possíveis marcações que venham a ser colocadas.

    Aqui na empresa estamos desenvolvendo uma solução para atender a este público que deseja ter a solução VOIP nas redes. Mas como foi falado cada rede tem um comportamento e precisa ser estudada e em muitos casos investimentos serão necessários.

    Fica então minha posição sobre o VOIP.

    Att.



  5. Boa tarde a todos.
    Sem querer chato ou dissonante dos demais colegas e compartilhando com os amigos aqui nossa experiencia, em especial com trafego VOIP/Videoconferencias criando ambientes de telefonia wireless para atender desde áreas em situações de crise até eventos/empresas e condominios.
    Vemos que fala-se muito em aspectos tecnicos da implantação de VOIP , limitando o entendimento do VOIP a nossa visao tecnica, esquecendo que do outro lado esta nosso cliente para o qual pouco importa se o jitter esta alto ou baixo. O cara só quer pegar o fone e discar, e discando falar, ouvir e ser ouvido bem, isso resume bem como o nosso VOIP é avaliado pelo cliente. Portanto, uma premissa a qualquer projeto de implantação VOIP é o conhecimento do cenário atual de telefonia do nosso cliente, que tipos de problemas em relação a telefonia a empresa tem, o que a gente consegue melhorar implantando nosso VOIP, que tipo de integração entre a telefonia IP e convencional vamos oferecer, que recursos vamos agregar em termos de funcionalidades com nossos projetos de VOIP ao sistema já existente, qual o custo X beneficio disso para o cliente, entre outras tantas questoes que podemos levantar aqui. Não é só sair instalando VOIP indistintamente como eu tenho visto por ai nesses ultimos anos com a febre do VOIP. Mas é ver o antes e planejar o depois da nossa implantação de VOIP sem esquecer que o durante a implantação vai depender de muito esforço e capacitação tecnica para atendermos nossos clientes VOIP com qualidade.
    Se o “The After Day” da implantação do VOIP não apontar um cenário de melhoria da comunicação, novos recursos e funcionalidades, economia, estabilidade, segurança ai temos que ficar preocupados. Infelizmente, a maioria do pessoal que esta disposto a trabalhar com VOIP não pensa assim, dai o descredito que essa tecnologia alcançou no mercado de telefonia, sendo que em muitas empresas falar em VOIP já esta proibido.
    Ficam aqui conselhos basicos mas importantes aos que ainda querem trabalhar com VOIP e que estao iniciando nessa jornada, é certo que a gente ou os colegas mais experientes com VOIP poderiam ampliar ainda mais essa lista, mas me limito a estes itens que mencionei, já que são objeto de maiores duvidas dos colegas que nos procuram com pedidos de suporte e ajuda nestas implantações. Dessa forma criamos um roteiro basico que seguimos e nos tem sido util para sucesso nestes projetos.
    1- Analisar o cenario atual da telefonia do cliente;
    2- Analisar o que a sua implantação vai trazer ao cliente não apenas em redução de custos, mas beneficios. Recursos de ordem pratica que vão fazer a diferença para o cliente como ferramentas de comunicações empresariais unificadas, atendimento a clientes, Numeros DID, etc...,etc...
    3- Analisar a infra-estrutura de rede do cliente gateway, estabilidade do sistema, redundancia, alta disponibilidade, segurança, firewall e sistema operativo sob o qual roda o firewall, excedentes de link e link disponivel, SLA, equipamentos presentes e que funções disponibilizam ao nosso projeto de implantação de VOIP, pelo amor de Deus, já vi caras querendo falar de QOS e usando HUBs na rede.
    4- Servidores: Os clientes VOIP nessa rede vao se registrar em um PABXIP interno a rede que vai gerenciar esse trafego, ou externo, tipo, direto no Operador VOIP. Se interno a rede, vai precisar de redundancia, uma solução de alta disponibilidade do sistema, controle e autenticação dos clientes, bilhetagem, etc.., etc... para o sistema. Ai o custo disso tudo vai compensar para o cliente? Se a autenticação e controle for externa o operador deve ter tudo isso já disponivel, pelo menos deveria ter. Não esquecer de observar coisas tipo CODEC e transcodificação, gravaçao de chamadas, chamadas simultaneas pretendidas, pois esses itens acabam consumindo recursos importantes do seu sistema e diminuindo a performance do mesmo e não adianta ter uma boa maquina num projeto VOIP mal dimensionado que com aumento da demanda você vai sentir essa queda de performance em algum momento.
    5- Nessa altura com certeza você já deverá ter nas mãos as informações sobre a performance dessa rede e tráfego concorrente com o VOIP. Não dá para falar em assegurar parametros de funcionamento de VOIP sobre redes sem ferramentas de medição desses parametros no cenario inicial de uso, digo, antes de implantar VOIP. Pingar o servidor que roda seu PABXIP não é tudo. E implantar VOIP desconsiderando o trafego concorrente, picos desse trafego entre outros detalhes é entrar em uma zona de risco de falha de sua implantação.
    6- Redes Wireless são sempre quase ingratas quando se fala de VOIP, tanto é que muitos profissionais como o colega acima, já abandonaram o uso de VOIP sobre redes wireless operando em 2.4 GHZ, por isso, observados os itens anteriores, e adicionando critérios de qualidade especificos a rede wireless via medição dos parametros de sua rede, é possível ter um VOIP de boa qualidade sobre redes wireless. O critério é medir, medir, medir, testar, testar, testar, se não conseguir alcançar criterios minimos de estabilidade e paramentros que garantam um funcionamento do VOIP com qualidade deixe pra lá. Uma opção que usamos em empresas e condominios são links com 5.8GHZ entre o provedor e o ponto de presença, localmente os rádios 2.4GHZ fazendo o trabalho de conectar os clientes via cabo ou via wireless. Temos usado esse modelo em muitos lugares que atendemos com muito sucesso, inclusive assegurando roaming de celulares wifi, notes e fones wireless.
    7- Caso tenha link dedicado ao VOIP falar em QOS é bobeira para o VOIP(parece risivel isso, mas esses dias um colega nos procurou pois queria implantar QOS no link dedicado ao VOIP que tinha excedente de banda mesmo com todos os fones do sistema falando simultaneamente), caso haja trafego concorrente na rede que justifique esse tipo de politica de priorização de trafego, é necessário estabelecer a sua politica de priorização de trafego e o método que vai utilizar para cumprir essa politica. Ai que entram detalhes sobre qual sistema operacional ou equipamento de roteamento esta usando, pois isso implica diretamente na capacidade de classificar e priorizar o tráfego em sua rede Mas, com certeza ainda não há um metodo de priorização de trafego eficiente de uma extremidade a outra quando o trafego cai na internet..
    8- Segurança, além de firewall, autenticação de clientes, amarrar ip ao MAC, e outros etcs, quando falamos em seguranca de redes. Importante é falar que quando usamos VOIP os parametros de segurança desse trafego sao diferentes dos que são comuns a redes de trafegos de dados. Dai tenham sempre atençao especial a esse aspecto de seguranca da comunicação VOIP prever ataques como negação de serviços, ter criptografia de chamadas, ter cuidado com a manipulação de protocolos de sinalização é altamente importante para sucesso de seu projeto e te gerar menos dores de cabeça posteriores.
    9- O resto é ter uma operadora VOIP de confiança, se livrar daquelas que revendem voip, revendido, de uma revenda, que revendeu de outra revenda que não se sabe de onde e por quais rotas sua chamada vai sair. Experiencia própria, a gente ganha mais dinheiro não apenas revendendo economia em ligações, mas em serviços que agregamos ao cliente final numa implantação VOIP. Acredito que a partir dessas preocupações basicas nosso cliente va apenas poder pegar o fone e falar sem se preocupar com coisas que nem deveriam chegar nele como fator de preocupação, com qualidade e estabilidade e economia.

    Bom gente, talvez eu tenha fazido chover no molhado para muitos aqui com essas informações que pretendi passar, pois muitos aqui já sabem disso tudo de cor e salteado podendo, inclusive, acrescentar mais um monte de coisas ao que escrevi, mas o objetivo foi ajudar os colegas que estao iniciando com VOIP tao somente e não os Experts da área. E tudo que disse foi com base na maioria das consultas que o pessoal tem feito atraves de e-mails e por fone com a gente lá na empresa.

    Abraço a todos e um ótimo Ano Novo!

    Precisando esclarecer algum ponto de forma mais detalhada, já que aqui tive que ser muito generico, tá ai na assinatura nosso e-mail para contato.
    Última edição por planvox; 29-12-2010 às 14:48.






Tópicos Similares

  1. Problemas com VoIP em rede wireless com Ubiquiti e MikroTik
    Por Jacksonjm no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 17
    Último Post: 04-09-2013, 16:28
  2. Rede wireless VoIP.
    Por Rubem Caggiano no fórum Redes
    Respostas: 7
    Último Post: 30-05-2013, 16:19
  3. VOIP em rede wireless 2.4
    Por rafaelsantosroot no fórum Redes
    Respostas: 11
    Último Post: 28-06-2011, 14:07
  4. Alguém já implantou voip em redes wireless
    Por marcoveck no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 28-06-2011, 13:31
  5. Respostas: 4
    Último Post: 01-10-2010, 12:48

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L