Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Olá pessoal,

    Tenho mikrotik PPPoE em 2 cidades e cada servidor é um QuadCore. Em uma cidade o pico são uns 1400 usuários online e na outra cidade o pico é de uns 1200 usuários.
    Tenho reparado que o processamento nos picos tem ficado bem alto entre 58% e 70% e com isso uma pequena perda nos pacotes.
    Minha ideia seria dividir a carga colocando mais um quad em cada cidade. Minha dúvida é a seguinte:

    Se eu colocar 2 Mikrotiks PPPoE na mesma rede, os usuários vão poder se conectar em ou no outro? Se sim eles conectaram +/- distribuídos entre os dois ou poderá ocorrer algo do tipo: 1000 usuários em um e 200 em outro? Hoje eu não uso nome de serviço nas configurações dos clientes.

    []'s à todos e um excelente 2011 para todos.

    Opa agora que vi... esse tópico era pra ter sido postado em Mikrotik e não em Mikrotik controle de Banda. Minhas desculpas e se algum moderador puder mover para lá, agradeço.
    Última edição por gondim; 31-12-2010 às 13:41. Razão: Postado no forum errado

  2. Bom dia,

    no seu caso seria melhor colocar um servidor Radius separado para autenticar os usuários da rede, independentemente de qual Mikrotik conectar. Caso tenha cacheamento de páginas basta configurar cada Mikrotik para requisitar páginas no servidor de arquivos configurado também em outro servidor em separado. Para ter um processamento tão alto certamente os serviços não estão bem distribuidos.

    Redes médias e grandes obrigatoriamente tem de distribuir os serviços em vários servidores como o que você pretende fazer. Ocorre que o Mikrotik não consegue centralizar grandes redes pois tem limite de processamento e de memória.

    Instale um servidor Radius em uma distribuição Linux, como Debian, com uns 8GB de memória ou mais e com 4 processadores Xeon, por exemplo. Para o servidor de arquivos/cacheamento monte um outro servidor com mais memória e mais processamento, se possível.

    Estou montando aqui para a minha futura rede, com pretensões de média a grande porte, todos servidores com 4 (quatro) Xeon ou mais, 1 com 16GB de RAM, outro com 32GB de RAM e dois com 64GB de RAM. Dois dos servidores tem 8 (oito) processadores Xeon de 3.0GHz cada. Isso só nos servidores, senão não suportarão o tráfego de autenticação, requisição de páginas, dentre outros serviços.



  3. Oi Marcelo,

    Agradeço a resposta. Hoje eu já uso Freeradius + MySQL fazendo a autenticação dos usuários, os Mikrotiks que tenho hoje só fazem mesmo o PPPoE exclusivamente, sem cache ou outra coisa. A diferença é que no meu caso meus servidores de Firewall, FreeRadius, MySQL, etc são Ubuntu Server LTS.

    Minha dúvida mesmo é sobre as conexões desses usuários com 2 mikrotiks na mesma rede se as conexões seriam distribuídas automaticamente ou se ficariam muito desproporcionais tipo 700 clientes conectados em um mikrotik e 100 no outro mikrotik por exemplo ou se ficaria equilibrado tipo 600 conexões em um e 700 em outra por exemplo.

  4. Bem,

    não entendo o que quer dizer "dois Mikrotiks na mesma rede". Talvez um outro colega experiente em Mikrotik também possa ajudar.

    Quando se tem um servidor FreeRadius na rede autenticando os usuários podemos deixar os servidores Mikrotiks fazendo somente o controle de banda dos usuários. Logo, podemos inserir, como no seu caso, outros servidores Mikrotiks e subdividir os usuários do controle de banda. Vejamos: se temos um servidor Mikrotik com 1500 usuários, e o processamento está muito alto, acrescentamos mais um Mikrotik e deixaremos 1500 usuários em cada Mikrotik. Ou seja, dividiremos o processamento desafogando o servidor sobrecarregado (que estava com 1500 usuários).

    Não sei se é isso que procura. Do contrário esclarecer o que quer dizer com "2 mikrotiks na mesma rede".



  5. amigo eu entendi o seu caso , por que ja tive este problema aqui! TENHO REDE CABEADA
    e eu tinha 2 mikrotiks com pppoe server,,
    Sobre a sua dúvida o que acontece na prática é o seguinte: O cliente conecta no mikrotik mais perto sempre.eu tambem nao usava SERVICE NAME.
    se deixar sem service name o cliente vai requisitar o Mikrotik mais perto ( Fisicamente) ou com menos ping.
    Também pela quantidade de clientes fica impossível colocar service name em todos os clientes.
    Entao a solução seria o Radius fazer este balanceamento, mas ai depende do seu Radius se suporta esta função.
    No Radius Topsapp tem na opçao de cadastro a opçao de colocar a cidade (Mikrotik) em qual o cliente vai conectar.
    Última edição por asafec; 01-01-2011 às 12:43.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 3
    Último Post: 11-06-2010, 14:11
  2. Respostas: 132
    Último Post: 30-06-2009, 23:17
  3. Respostas: 3
    Último Post: 26-10-2008, 11:01
  4. Proxy em paralelo com Mikrotik
    Por juderlan no fórum Redes
    Respostas: 13
    Último Post: 13-07-2008, 11:53
  5. Proxy em paralelo com o mikrotik
    Por diegovilela01 no fórum Redes
    Respostas: 29
    Último Post: 24-06-2008, 23:50

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L