Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Fica a pergunta ai acima. O preço dos links dedicados (full) vem caindo mas as pequenas cidades do interior continuam sem a presença de operadoras. Li que a GVT (creio eu que a unica ameaça para alguém no Brasil) não vai investir em cidades com menos de 100 mil habitantes por pelo menos 5 anos.

    Ainda dá para ganhar um bom dinheiro com provedor?

    Se você tem um, quantos assinantes possui?

    Abs!

  2. #2

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Amigo hoje nao e mais viavel.



  3. #3

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    nao amigo, o dinheiro que voce gasta em um provedor e as constantes melhorias pra manter o serviço de boa qualidade nao compensa. eu não faria novamente

  4. #4

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Nossa assim vcs me desanimão hehe, ja tava corendo atras de licenciar, e aqui e bem concorrido
    nem se a licença estadual cair para 1200 vai conpensar pessoal.



  5. #5

    Padrão Re:

    Tópicos como esse me fazem pensar mais uma vez que os fóruns do Under que tratam de redes deveriam possuir uma categoria chamada Modelos de Negócio. Sim, porque antes de subir torres, antenas e configurar equipamentos, estamos tratando de um NEGÓCIO.

    Quando as pessoas pretendem abrir uma padaria, um mercadinho, uma loja de roupas, elas se preocupam em entender como funciona uma empresa. Boa parte procura o SEBRAE, aprende lá como se faz uma análise de viabilidade, a desenvolver um plano de negócio, a desenvolver uma estratégia ou um planejamento adequado para a sua realidade.

    Mas porque isso não acontece quando as pessoas se prontificam a abrir um provedor? Quer dizer, a grande maioria não entende absolutamente NADA de empresas e se aventura a abrir um negócio. Bom, sobem as estatísticas do próprio SEBRAE: 7 em cada 10 empresas quebram com menos de um ano.

    Eu resumo o "interesse" dos novos provedores por esses argumentos:

    - montar a base com o menor valor necessário, porque o lucro tem que ser rápido
    - ou então, se todo mundo tá indo pro Airmax, eu vou também (e tudo em 40Mhz de largura de banda)
    - comprar o equipamento mais barato possível, e lucrar o máximo na instalação do cliente
    - vender 300k, e tá bom demais, porque o link é caro e o cache tem que garantir
    - atendimento? email? redes sociais? que nada... vou é me encostar na cadeira e tomar minha cervejinha...

    SEGUE

  6. #6

    Padrão Re:

    Pelo amor de Deus, vamos estudar mais! Ou então acordar para a realidade.
    Basta fazer uma simples análise: se mora em uma cidade onde a GVT atende, como vai querer concorrer com 300k contra uma operadora que tem 5 MEGA de plano básico, por 49,90? Quer concorrer, então já pensa na possibilidade de vender no mínimo 1 mega. Ahhh, mas o link é caro, o imposto é caro, o Brasil é caro... Pow, então muda de ramo, vai trabalhar com outra coisa que dê mais margem.

    Análise 2: NanoStation M5 custa 200 reais (preço fictício) então vou cobrar 350 do meu cliente. Certo, só não esquece que a mesma operadora ali de cima não cobra nada no modem e ainda dá wi-fi de graça para o assinante. Quem oferece mais vantagem? Fórmula simples: quer ganhar dinheiro, então invista dinheiro. Equipamento custa 200? Então repassa por 150, e "abraça" 50 reais, pra não ficar caro para o teu cliente. Negócio é fazer quantidade, não unidade. Fica tranquilo... No outro mês esse cliente já começa a "se pagar".

    Análise 3: pow, Airmax! 40Mhz! vai dar pra vender 3 mega pro cliente cara! Não, não vai dar... Só se morar lá no meio do mato, onde não tem nada de redes, nada de operadoras (bem, se não tiver nada de operadoras não vai ter nada de link pra poder revender...). Venho conversando com os amigos e dizendo há tempo: 5.8 vai ficar pior que 2.4, e JÁ ESTÁ. Se todo mundo começar a "cravar as unhas" na frequência, abrindo upper channel e usando painel de 20dbi, não vai sobrar ninguém vivo, vai todo mundo morrer de câncer.

    Análise 4: sem atendimento telefônico decente, sem site, email, redes sociais... Cliente que se exploda quando começar a dar problema, né? Canso de dizer a mesma coisa: eu não vendo aquilo que nem eu mesmo compraria. Sem falar no serviço, porque 300k em um momento na internet que pra abrir um simples vídeo (com decência) no youtube se necessita no mínimo 1 mega... Não tá dando. Óbvio que o cliente vai chiar, e com razão.

    Em tempo: pessoal, não tenho absolutamente NADA contra quem tem o provedor nessa realidade. Sei que muitos vão me criticar, dizer que levam a inclusão digital em lugares remotos, onde nem as operadoras vão, que cumprem com o seu papel social e tal. E é verdade, não tiro o mérito de quem faz isso.

    O meu ponto de vista se baseia na realidade de quem vive nos grandes centros, concorrendo com operadoras gigantes, com grandes ofertas de links, a preços baixíssimos. E, mesmo assim, empresários fazendo planejamentos nesse nível que comentei. Essa é a minha bronca. Por gentileza, não me entendam errado.


    Resumindo, pra quem quer abrir um provedor, não pense que é simples e que basta saber configurar um roteador wi-fi. Tem que manjar MUITO de tecnologia sim, mas não pode esquecer também que por ser um negócio, precisa aprender como se administra uma empresa, como se faz um empreendimento ser um sucesso. Pensem nisso antes de jogar dinheiro fora.



  7. #7

    Padrão Re:

    Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    Pelo amor de Deus, vamos estudar mais! Ou então acordar para a realidade.
    Basta fazer uma simples análise: se mora em uma cidade onde a GVT atende, como vai querer concorrer com 300k contra uma operadora que tem 5 MEGA de plano básico, por 49,90? Quer concorrer, então já pensa na possibilidade de vender no mínimo 1 mega. Ahhh, mas o link é caro, o imposto é caro, o Brasil é caro... Pow, então muda de ramo, vai trabalhar com outra coisa que dê mais margem.

    Análise 2: NanoStation M5 custa 200 reais (preço fictício) então vou cobrar 350 do meu cliente. Certo, só não esquece que a mesma operadora ali de cima não cobra nada no modem e ainda dá wi-fi de graça para o assinante. Quem oferece mais vantagem? Fórmula simples: quer ganhar dinheiro, então invista dinheiro. Equipamento custa 200? Então repassa por 150, e "abraça" 50 reais, pra não ficar caro para o teu cliente. Negócio é fazer quantidade, não unidade. Fica tranquilo... No outro mês esse cliente já começa a "se pagar".

    Análise 3: pow, Airmax! 40Mhz! vai dar pra vender 3 mega pro cliente cara! Não, não vai dar... Só se morar lá no meio do mato, onde não tem nada de redes, nada de operadoras (bem, se não tiver nada de operadoras não vai ter nada de link pra poder revender...). Venho conversando com os amigos e dizendo há tempo: 5.8 vai ficar pior que 2.4, e JÁ ESTÁ. Se todo mundo começar a "cravar as unhas" na frequência, abrindo upper channel e usando painel de 20dbi, não vai sobrar ninguém vivo, vai todo mundo morrer de câncer.
    Jadir, achei interessante seu ponto de vista. Se entendi bem, em resumo você quer dizer:

    Seja bom naquilo que faz e não tenha medo de investir correto?

    Na região que pretendo (ou pretendia) abrir meu provedor existe 1 cara. Ele vende 1mb por R$ 28,90 em 5.8ghz, porém, das 9 cidades que ele atende, disponivel em apenas 2.

    Minha pretensão era de oferecer velocidades de 1 ou 2 mb. Tenho a vantagem pois fui gerente da maior operadora de telecom do Brasil. Possuo conhecimento em links, impostos, um pouco de anatel...

    Pelo que vi em sua assinatura você tem um provedor né? Fica no RS?

    Abs!

  8. #8

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Compensar acho que compensa, tem que analisar o período de mudança das técnologias.

    Se hoje, você investir em Rocket+Dish, Rocket+Base, e não pensar que daqui 1 ano, isso já não te supre mais. Você irá se lascar...

    O que vale mais a pena: Começar bem, com links robustos, bons equipamentos na célula, cons equipamentos no cliente, visada limpa, técnicos que sabem o que fazem, planejamento de rede, não ficar misturando, ou mudando esquema de rede, sem saber...
    Gastar bastante, mas saber que não irá parar tempos significativos, para seus clientes não se estressarem.

    Ou entaum:

    Começar, com equipamentos de modinha hj, pensando que vaum durar para sempre, mas que de mês em mês tem que parar célula pra trocar equipamentos, trocar de bridge pra roteada, de ip/mac para hotspot de hotspot para PPPOE...
    Tudo isso deixa o cliente puto, mas vai gastar pouco, ou melhor, vai gastar um monte, em trocas e serviços...


    Não to dizendo que se você não tem dinheiro para um grande investimento, não abra.

    Abra. Mas planeje, tenha em mente: minha rede vai suprir necessidade para 1000 clientes.
    Quero 1000 clientes em 2 anos.
    Em 2 anos, vou trocar de equipamentos, por melhores, mas eu vou ter isso planejado.
    Meus técnicos sabem o que fazem, minha rede vai ser assim:....!
    Vou usar Bridge, blz, mas tenha certeza que é isso.
    Vou usar PPPOe, blz, mas saiba o que está fazendo, os prós os contras.

    Faça uma rede pensando em sempre estar folgada.
    Se você calculou sua rede para 1000 clientes, pare quando chegar em 900. Não tem mágica.
    Se não estrapolar vai funcionar.


    Em ambiente poluido eu não vejo muitas opcoes para venda de link grande para cliente final.
    É complicado.



    vlww



  9. #9

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Realmente, falei bastante parte técnica, mas não deixa de ser algo necessário.
    Se não for bem feito, por mais que invista R$500,000.00 não vai funcionar, vai perder clientes, e ai sim, tem haver com valer a pena ou não, por isso eu quiz dizer: Vai fazer bem feito, faça!



    Em termos de valores:
    Citei a atualização da técnologia. Vai existir trocas de equipamentos constantes.
    Qual tipo de equipamento quer usar.
    Quantos pontos quer ter de inicio, tudo isso tem que calcular.
    Equipamentos queimados.
    Funcionários, despesas.
    Homologação.
    Estoque de equipamentos.

    Vai trabalhar com comodato ou venda?
    Qual preço vai vender ao cliente?
    Qual preço vai pagar no link?

    Fez o calculo pra ver quantos clientes tem que ter pra pelo menos pagar o link?
    Fez o calculo pra ver quantos meses o cliente tem que ficar na empresa pra começar a dar lucro?

    O que mais de valores?

    Despesas com ferramentas, imprevistos.....
    E por ai vai.

  10. #10

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Se for abrir, pensa em que tecnologia vai usar, quanto de banda poderá entragar com os equipamentos que vai comprar. Com esses pacotes cada vez maiores, como 512kbps, 1M, ou mais se for usar equipamento em 2.4 vai jogar dinheiro fora.

    Eu nao sei se com dinheiro para abrir um provedor hoje, eu nao colocaria uma outra coisa !



  11. #11
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    nem telefonica ,nem gvt e nem todos os provedores pequenos juntos conseguem dar conta de toda estenção e povo do brasil e muita gente pode abrir e trabalhar que com certeza da certo e so fazer direito .ainda mas aonde e ruim a estrutura como favelas e morros ai e festa para os pequenos

  12. #12

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Meu ponto de vista compensa sim e muito , se voce souber desde a compra de link , tecnologias novas e atendimento ao cliente, tem gente que nem sabe o que 1 mega, muitos procuram servicos com provedores aos quais podem pedir assistencia e ser atendido no "corpo a corpo", isso tudo conta , tenho provedor desde cidade grande ate cidade pequena e nao cinto que nao compense montar um provedor , pois onde monto cresce e aparece cliente,estou muito animado, o que estou tendo e gracas aos meus provedores e acho que quem quiser montar um provedor que monte , desde que trabalhe firme.



  13. #13

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    qual sua cidade vo montar um ai

  14. #14

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Concordo plenamente com o que o amigo Jadir. Tenho um provedor em uma cidade de 8mil habitantes, com Velox de até 600k por R$ 69,00, Claro no celular por R$ 12,00, uma porcaria, mas funciona e atende certos tipos de usuários. Meu custo é muito alto, mas estou levando com a barriga. Hoje tenho planos de até 600k, mas não consigo vender por menos de R$ 130,00. Mesmo com linha telefonica, o cliente prefere velox, pois acreditam que é melhor, não que seja, mas tem a marca velox.



  15. #15

    Thumbs up Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    .Primeiro passo é saber se a cidade que vc escolheu realmente precisa de mais um Provedor."Quantos clientes vc vai conseguir".
    .Segundo passo é vc contar com profissionais realmente comprometido com seu negocio."A qualidade do seu produto, vai depender do comprometimento deles".
    .Terceiro passo é saber o que comprar e o quanto comprar."A sua divida tem que ser pequena, pois o prazo de carência de um financiamento e curto".
    *Tudo bem que vc precisa saber onde pisa, empreendedorismo não é para qualquer um.
    Obs: procure sempre cidades do interior, cidades com menos de 100mil habitantes.
    Se vc for empreendedor não tenha medo.
    #Estou comprando provedores no estado de Goiás, quem tiver interesse, por favor, entre em contato.

  16. #16
    Batalhamos todos os dias Avatar de Almirgas
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Santa Catarina
    Posts
    722

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Vou dar minha humilde opinião. Tenho um provedor a 5 anos, sempre penso que no mes seguinte vai sobrar mai dindin, engando pois no mes seguinte tenho que ir pra outro bairro, levantar outro pop, investir novamente e assim estão se passando 5 anos, a dois dias atras levantei outra torre, investi em equipamentos fora a torre, mais 11 mil reais, ou seja quase metade de um carro semi novo bom. Se eu parar de investir o concorrente vem e me esmaga.
    Tem gente que se preocupa com a licença, eu digo que a licença é a de menos, pois voce gasta 9 mil reais em uma única vez, e é pra sempre. Equipamentos voce troca seguidamente ou acompanha a tecnologia ou morre. Tem provedor que até hoje ainda usa cabo RGC213 e plaquinha no micro dos clientes, veja se ele pode concorrer com alguém.
    Ai os clientes almentam, opa beleza, agora vai sobrar mais um pouquinho, opa,, agora vou ter que investir em mais um funcionário, ai almenta mais um pouco, vai sobrar mais um pouquinho, opa agora vou ter que investir em outro veículo ou uma moto pra poder atender os chamados com rapidez. Assim é a saga de um provedor. Pra gerenciar um provedor não basta ter conhecimento das exigencias da Anatel, tem que entender de redes, tem que entender de gestão empresarial, pois um provedor de internet é uma empresa com certas prestações de contas perante a Anatel que o proprietario tem que saber fazer.
    E a principal tem que gostar do que faz, pois vai passar muitos finais de semana e noites inteiras trabalhando pra descobrir onde está a causa do problema que parece não ter lógica.

    Se ainda vale a pena, acredito que esta pergunta o cara que tem uma oficina mecânica se faz, o cara que tem um açougue se faz, o cara que tem uma padaria se faz, ou seja, todo empresário se pergunta se vale a pena continuar mantendo uma empresa, pagando impostos.
    Por isso que tem empresários de sucessos e empresários fracassados.
    Se quer entrar para o ramo estude, faça cursos, e acompanhe as mudanças e tendencias do mercado.

    Boa sorte a todos.



  17. #17

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Quando se pretende abrir uma empresa primeiro a pessoa tem que ter conhecimento da atividade.
    Não adianta querer entrar num mercado por que um colega disse que o outra se deu bem e tá ganhando muito dinheiro.
    Ser comprometido e determinado é crucial para entrar no meio empresarial. Não é fácil, até por que nos primeiros anos é praticamente só investimento, e no caso do provedor tem muitas particularidades. Um plano de negócio é fundamental, até por que não é só constituir uma empresa e começar a operar. Tem que aguardar a licença da Anatel, ter conhecimento de todas as obrigações acessórias que não são iguais às outras empresas comerciais.
    É necessário que o empreendedor tenha, pelo menos, conhecimento do ramo que ele está ingressando.
    Todo investimento quando bem analisado e trabalhado vale a pena.
    Sucesso pra todos.

  18. #18

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Bom dia!!!

    Faço consultoria, elaboro e envio as declarações do FUST e SICI da ANATEL.
    Caso tenham interesse, e-mail para contato: [email protected].com



  19. #19

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    TIORUAN , tenho procedores nas cidades de Piumhi-MG,Capitolio-MG(incluindo condominio Escarpas do Lago) Guape-MG(inclusive Santo Antonio das Posses e Aparcida do sul, Ilicinea_MG,Cassia-MG. Sao Roque de Minas-MG, Vargem Bonita-MG e Ribeirao Preto-SP , qualquer destes lugares tem muito campo pra trabalhar, mais seguinte TRABALHAR mesmo. e se precisar de link e equipamentos consigo pra vc.

  20. #20

    Padrão Re: Hoje em dia, ainda compensa abrir um provedor?

    Citação Postado originalmente por cristianoribeiro Ver Post
    Obs: procure sempre cidades do interior, cidades com menos de 100mil habitantes.
    Se vc for empreendedor não tenha medo.
    Cristiano, meu foco é justamente esse. Cidades com menos de 100k

    Citação Postado originalmente por Almirgas Ver Post
    Se ainda vale a pena, acredito que esta pergunta o cara que tem uma oficina mecânica se faz, o cara que tem um açougue se faz, o cara que tem uma padaria se faz, ou seja, todo empresário se pergunta se vale a pena continuar mantendo uma empresa, pagando impostos.
    Por isso que tem empresários de sucessos e empresários fracassados.
    Excelente ponto Almirgas!
    Você está em qual cidade/estado? Tem qts assinantes?

    Citação Postado originalmente por valeska Ver Post
    É necessário que o empreendedor tenha, pelo menos, conhecimento do ramo que ele está ingressando.
    Todo investimento quando bem analisado e trabalhado vale a pena
    Valeska, obrigado pelas palavras!