Página 1 de 6 12345 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Segundo vai um aviso de que tentarei abaixo (certamente sem sucesso) não entrar em meritos politicos e me ater na parte tecnica e principalmente comercial.

    Vai uma breve apresentação de minha pessoa. Tenho 27 anos, sou formado em gerenciamento de redes, também sou tecnico em informática e telecomunicações pelo Senac. Tenho certificação FCP - Furukawa Certified Professional e MCSA - Microsoft Certified Professional System Administrator. Desde os 7 anos sou apaixonado por "computador". Desde os 14 trabalho na area. Comecei como auxiliar, passei a tecnico, analista, coordenador e atualmente sou Gerente de Ti de uma empresa no ramo de infraestrutura rodoviária. Tive a oportunidade de trabalhar alguns anos na maior operadora de telecomunicações da america latina e a oportunidade de bons contatos além de professores que nela trabalhavam.

    A alguns anos leio o UnderLinux, RTI, Valor Economico e acompanho a movimentação no setor. Fazem 5 anos que ensaio para abrir um provedor em algum canto do interior e cuidar de um negócio próprio, por maior que seja a dor de cabeça ou a insegurança que isso dá. É uma coisa que gosto, tenho paixão - e principalmente tesão - logo, decidi ir atrás.

    Acompanho a movimentação do governo e da Telebrás desde quando uma fumacinha começou. O sabio ditado já diz: Onde há fumaça....

    Isso a grande maioria de nós acompanhou com bastante ansiedade. O anuncio de 140 reais o mega FULL + imposto deixou muita gente surpreso. O governo Brasileiro implementou uma estratégia duvidosa - mas válida, porém, ninguém sabia as regras.

    Vale uma ponderação: Quando digo duvidoso, me refiro ao fato de que o governo até agora não "bateu o pau na mesa" e mudou as regras do jogo. Porque a concessão de estradas é um ramo que está dando tão certo (principalmente o modelo paulista) e funciona e o de telecom não? Porque o modelo das concessionárias de energia funciona (em sua grande maioria, não tem bem quanto o das estradas mas...) e os de telecom não? Muito simples: As regras são frouxas e me fazem pensar que quem dita o jogo na Anatel e no Ministério não tem conhecimento tecnico, teorico ou prático. Ou todo mundo leva, não é possivel....

    Seria muito mais fácil mudar as regras do jogo, apertar a fiscalização e as multas do que usar o nosso dinheiro (sim, o meu, o seu, o da sua esposa) para reativar uma Estatal. No fim das contas, nós, o povo vamos pagar tudo isso...

    Em 30/06/2011 as operadoras aderiram ao programa do Governo. Gigantes como Telefonica e Embratel, assinaram o acordo para entregar o "PNBL" e sinceramente não entendi qual era a jogada. Onde está o ganho de NÃO se vender um link de R$ 1600/2000 por R$ 180.00 (1MB FULL, preço TABELA com o MAIOR desconto praticado para venda em boa parte do Estado de São Paulo via par metalico)? O que as operadoras ganhariam com isso?

    Abri meu provedor. Toda documentação rolou, todas as taxas paguei e claro, pedi um link Telefonica e arquei com o custo. A Embratel não faz questão de entregar e a meses tento uma conversa com ela para buscar o link em algum POP. A Oi nem responde as ligações apesar de ter um POP próximo. A rede da GVT mais próxima fica a 400km. Global esqueça... e tantas outras, continuam a se concentrar no centros urbanos e nunca nem ouviram falar da cidade que vou atuar.

    Vai "da-li", "vai daqui" e uma das cidades próximas seria viavel buscar o link PNBL com a Telefonica em parceria com a Telebras e na outra a Telebras tem um POP! Yes, meus problemas acabaram!

    Liguei prontamente para Telebras e depois de vários gaguejos "eh... ah... eh que... humm... deixa eu ver... Nosso POP lá está em construçao."

    - Construção? Qual a previsão para o termino? - indago eu

    - Humm março ou abril. Mas... não encontramos nem um local para a construção do POP ainda... - responde a Telebras.

    Como bom rapaz educado que sou ofereci ajuda. Tenho conhecidos na região, pessoas a fim de fazer negocio. Sei lá... meu desapontamento foi tão grande que não sabia o que falar... ai, cai na real de que estou no Brasil e que com uma RARIDADE quase milagrosa, nada seria perfeito, pontual ou levado REALMENTE a sério...

    Eis que um amigo da epoca da operadora me liga e informa que numa cidade próxima a que preciso a Telefonica (na realidade a TELESP S.A) entregaria o PNBL. Uma observação bem grande no documento é:
    • OS LINKS SERÃO ENTREGUES NO "CENTRO DE FIOS DA TELEFONICA"
    • É OBRIGATÓRIO A ENTREGA COM ULTIMA MILHA TELEFONICA COM O PRODUTO LAN-TO-LAN.
    • A oferta do IP Internet PNBL será sempre acompanhada por uma oferta Telefônica de conectividade até o endereço do cliente.
    • Além disto, estará sujeito a cobrança das taxas de instalação e de configuração.
    • Taxa de Instalação ou Mudança de Configuração: R$ 2.072,00 (com impostos)
    • O prazo de instalação será de até 180 dias conforme disponibilidade técnica, de acordo com o Termo de Compromisso

    Me ajudem a entender qual é a vantagem.

    Façamos o exemplo: 10MB em fibra optica - entregues em modem otico, não SDH a 4.5km da central telefonica (o preço é calculado de acordo com a distancia da central) R$ 8.200,00

    10MB em fibra otica - entregues em modem otico, não SDH a 17km da central - R$ 10.500,00. Esses são os valores que a empresa que trabalho paga atualmente em 02 localidades distintas.

    Valor médio de um LAN-TO-LAN de 10MBPS com roteador - R$ 10.900,00.

    Se você chorar direito com seu gerente, não paga nenhuma taxa de instalação...

    Me expliquem agora qual é a vantagem de contratar um link de 10MBPS com a Telebras + um LAN-TO-LAN se apenas um link IP INTERNET vai sair mais em conta?

    180 dias ou seja, 6 meses para uma instalação quando um IP INTERNET em par metalico instala em 45/60 dias?

    Que raio de Programa Nacional de Banda Larga o governo Brasileiro criou? Voltou um monstro que vai consumir MILHÕES DE REAIS que todos sabemos que serão desviados. Vai encher o bolso de empreiteiros com licitações e a aplicação mesmo para os pequenos empresarios e usuários finais como deveria ser o foco anunciado desde o inicio, nenhum.

    Gastamos R$ 12 milhões em uma rede GEPON de mais de 400km com equipamentos Furukawa + Enterasys (noticiados na revista RTI) completa com obra civil, caixas, e tudo mais e uma licitação de uma central custa mais de 100 milhões.

    Prefiro não entrar em mais questões amplamente comentadas e encerrar o texto por aqui.

    Não conseguimos educar a população nem controlar uma droga de um mosquitinho (dengue) quem dirá levar tecnologia a um custo acessivel a um pais com dimensões continentais como o nosso.

    Como já dizia Charles De Gaule decadas atrás: O Brasil não é um pais sério.

    Perdão pelo desabafo e pela exaltação.

  2. Amigão, eu ja sabia que isso era uma piada desde o principio. Politicagem pura, na tv aparece como um sistema altamente funcional, porem vemos na pratica a real realidade da "COISA".
    Mais é como vc falou, o governo nao consegue nem educar o povo... é foda, mais é a realidade.



  3. Exaltação !!!

    Zucchi, teria se exaltado se tivesse você caro amigo muito educado e culto, chamado nossos políticos e governantes de ladrões ou denunciado ainda que sem provas concretas que uma certa láia de ladrões e vagabudos domina as telecomunicações fazendo desse um dos mais lucrativos negócios do mundo, as custas de péssimos serviços e custos exorbitantes.

    Mas você não fez isso, então não tem de que se desculpar, você, eu e muitos outros ainda acreditamos que apesar das grandes desvantagens de se trabalhar legalmente e de acordo com a boa moral "acreditamos" que um dia a coisa muda pra melhor, afinal não somos poucos nem estamos sozinhos.

    Seguimos solidários, até quando ???

  4. No desgoverno Lula, uma cambada de otários ajudou o cara a se eleger e reeleger. Sabidamente, quando um mesmo grupo ou pessoa, fica muito empo no poder, vira uma ciranda sem fim, com o realejo sempre tocando a mesma música. O filho do cefalópodes ("pés na cabeça"), de uma hora para a outra virou milionário e depois bilionário. E todo mundo batendo palmas. A continuação veio com a Dilma. Porque tem tanto ministro e político caindo? Porque está se roubando cada vez mais.
    Cito 2 exemplos:
    - Na Usina hidrelétrica que está sendo construída no RJ, após aberto o canal para desviar o curso do rio, usasse hidrossemeadura de grama, e, depois que ela cresce, colocam pedras em cima dela, como paralelepípedos. Essa hidrossemeadura custa 4 vezes mais do que a feita em Dubai com grama especial. Para que?
    - Sergio Cabral não anda de carro. Sempre que possível usa um de seus 6 helicópteros. É o mais novo bilionário do Brasil. Só do metrô saem periodicamente, R$ 500.000,00 em uma maleta com algema e tudo, diretamente para seu gabinete. Fora trens, barcas e etc...

    Por muito menos quebram tudo na Europa. Aqui, o povo burro, que aceita aprovação automática nas escola, ou seja, cada vez mais burros, se vendem, nas eleições, por um churrasquinho ou feijoada.



  5. Eii, ou ou, vida de gado, povo marcado ei, povo feliz.

    Brasil, um país de tolos (alimentados pelo bolsa esmola).

    Brasil, ame-o ou deixe-o (o deixei e não sinto saudades).

    Realmente, o comentário do amigo Zucchi não posso deixar passar em branco. Em todo lugar que vejo gente séria reunida, todos estão indignados com os (des)sucessos brasileiros.

    Em um ano de governo Dilma(Lula), quantos ministros caíram? Nunca na (des)história desse país (não sério e de tolos), tantos ministros foram pegos em fraude.

    Paro por aqui para não me revoltar mais, quando me acalmar, continuo






Tópicos Similares

  1. PNBL - Plano Nacional de Banda Larga
    Por izaufernandes no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 42
    Último Post: 05-07-2011, 08:58
  2. Respostas: 12
    Último Post: 05-05-2011, 16:27
  3. Respostas: 0
    Último Post: 05-04-2010, 18:06
  4. Respostas: 10
    Último Post: 01-03-2010, 18:14
  5. Wimax, LTE (4G), PLC, Plano Nacional de Banda Larga... e nós onde estamos?
    Por anarchist no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 8
    Último Post: 23-01-2010, 15:17

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L