+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Banco de Baterias para no-break NHS

    Olá amigos, hj eu tenho um no-break NHS PDV 600, ele trabalha com uma bateria estacionaria de 60amp, eu estou querendo colocar mais 2 baterias de 60 só q essas baterias não são estacionaria mas sim baterias normais automotivas, isso iria acarretar em algum problema pra mim, eu posso usar esse tipo de bateria?

  2. #2

    Padrão Re: Banco de Baterias para no-break NHS

    ele é 600 VA ?
    se sim, cara axo que mais 2 baterias vai dar problema
    ele não vai carregar
    aqui uso 3 nobreak de 1400va com 3 baterias de 70 da freedom
    tive 3 baterias de carro comum, mais elas não duram ficar muito tempo paradas



  3. #3

    Padrão Re: Banco de Baterias para no-break NHS

    Nao tem que ter um lance de flutuador de carga para usar com essas baterias de carro? Pelo que andei lendo, para que durem, tem que ter o flutuador para ir dando carga e descarregando um pouco quando estao carregadas.

  4. #4

    Padrão Re: Banco de Baterias para no-break NHS

    Flutuação é o tipo de carga que o nobreak usa, não haveria necessidade de um carregador separado.

    O problema é que o trafo de um nobreak de 600VA não tem capacidade pra carregar corretamente tanta bateria, esse é o motivo de os nobreaks informarem que suportam baterias de até x amperes, no caso desse NHS se não me engano está escrito atras que ele suporta bateria de até 60Ah.

    Carregar bateria com 10A.h não é tarefa facil, o nobreak sofre um bocado, então é normal o nobreak dar curto em mosfet, ou devido a ripple ou ruído enganar o sensor de tensão e a bateria parecer carregada quando na verdade o nobreak aguenta poucos minutos fora da tomada (Sozinho, sem nada na saída do nobreak), então se seu problema é poucos minutos de uptime quando falta energia, pode ser problema no nobreak.
    (Até dá pra quebrar o galho tirando a bateria, fazendo uma carga lenta (14 horas sob 6A nesse caso), e colocando ela de volta)

    Se não for o caso, bateria automotiva não precisa carga diferente, só que as baratas (Marcas genericas, com placas comuns de chumbo e tal) direto tem problema de diferença na resistencia interna das celulas (Cada celula é de 2V, então numa automotiva de 12V tem 6 celulas) de modo que uma celula fica carregada enquanto outras não, ocorre de a tensão chegar rapidamente a 13,5 ou 13,8V (Tensão que o nobreak ou carregador de baixa corrente usa como referencia) na carga, mas também ocorre de a tensão cair rapidamente quando acaba a energia, de modo que a tensão chega em 10,5V muito rápido, e essa é a tensão que o nobreak desliga. Carro não sofre com esse problema porque o motor de partida e o resto da parte elétrica funcionam com 8 ou 9V, ou seja, se alguma ou talvez 2 celulas não estiverem perfeitas tudo funciona.

    Estuda melhor se quer mesmo automotiva em nobreak, porque as automotivas mais em conta não prestam nesse uso devido a pouca corrente de carga dos nobreaks, pra ficar duravel teria que adaptar carregador cíclico (Que vai até 14,4V, 10% da capacidade da bateria por 14 horas), com algum relé para desligar o carregador quando carregado, e pra ligar no nobreak quando acabar energia.
    Ou ver se não dá pra usar 24V direto no seu equipamento, a queda de tensão que as baterias automotivas baratas tem não é problema pra equipamento MK e UBNT, ou pra conversores DC-DC (Geralmente tem range tipo 10 a 28V, no pior caso 2 baterias automotivas variam de uns 16 a 28V (28V é regulavel na maioria dos carregadores (Recomendo os chaveado))).