Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Senhores, bom dia. Muito a gente fala sobre equipamentos, tecnologias, fabricantes.... Gostaria de fazer uma descrição de uma aplicação real de um equipamento.
    Primeiro dexa eu me situar.... Sou um membro com aprox. 3 anos de registro no forum, apesar de de ja ser leitor de longa data... Gosto de ajudar dentro das minhas possibilidades, porem como existem muitos mestres aqui, por vezes apenas participo passivamente mais aprendendo do que ensinando, mas nas parcas vezes em que me é possivel ajudar, faço com gosto e com muita vontade. A maioria das vezes que consegui ajudar os colegas foi com relação a areas eletricas e eletronicas, area de minha formação, e fui autor de um post que teve bastante repercursao a algum tempo: Peripécias de rede uma rede mesh metropolitana, onde relatei uma das primeiras experiencias comerciais de uma aplicação mesh no Brasil.

    Pois bem, estou aqui novamente para relatar mais um case... Muito se fala nas tecnologias da Ubiquiti, a qual sou usuario e tambem fã fervoroso, dos milagres realizados pelo Airmax, pelas maravilhas do NV2 da MK, e assim sucessivamente. Não discordo de ninguem nesses assuntos, concordo plenamente quando se fala, Ubiquiti no Ceu e Mikrotik na terra.. rsrsrsrs (metafora para Ubiquiti para enlaces e Mikrotik para gestão). Acontece que recetemente tivemos uma demanda de um orgao publico, para criação das "famigeradas" cidades digitais (por favor, os colegas nao me apedregem...), e uma das exigencias do edital era a utilização de equipamentos nacionais, com registro no ministério da tecnologia. Ao pesquisar no proprio site do ministerio, descobri que a Krazer tinha esse equipamento, o que me levou ao contato com o Sr. Erick, responsavel pela empresa, e muito conhecido de todos no forum.... Trocamos algumas informações sobre o equipamento chamado 3t3r, uma celula com abertura de 45, padrao N nativo, com 3 paneis, em polarizacoes invertidas, para cobrir um mesmo setor.... Isso mesmo.. sao 3 paineis, para o mesmo setor..... ou seja, cobertura de 360 = 8 radios = 24 paineis total, cada painel tem 20dbs.

    Ok, fomos conhecer o equipamentos... alem do espanto da quantidade de paineis por ERB, e aparentemente um equipamento com processador poderoso, nada mais a chamar atenção.... Equipamento DualBand, Chipset Ralink, etc, etc, etc....
    Fomos ativar a ERB inicial do projeto.... Torre AS, 25mts, infra bem feitinha, armario de telecom, (nao caixa hermetica), aterramento bem feito, para-raios, RB1200 com 2gb para gestao, nobreak inteligente, cabeamento todo blindado e aterrado... Equipamento configurado (ok, a interface de configuração é um pouco confusa, talvez para quem esta acostumado com a simplicidade aparente das ferramentas UBNT), e inicialmente funcionando... Primeiros dias da implantação, serviço no ar e ainda sem divulgação, resultado, poucos usuarios ainda conectados... nos primeiros 2 ou 3 dias, mantinhamos uma média de 12 ou 13 de pico, no setor com maior nro de usuarios, os outros, tinha 1, 2 ou as vezes nenhum, mas nesses primeiros dias, nao vi nenhuma vez mais de 18 usuarios simultaneos conectados... Tudo bem.. qualquer Ap com omni da conta disso...
    Apos esse periodo, começou a divulgação do serviço... a principio no no boca a boca.... devagarinho nos proximos 3 dias as coisas começaram a aumentar... tanto que com 5 dias do serviço em pé, ja tinhamos picos de 40 usuarios online, a 512kb/256 burst de 768 cada um. Ate que finalmente o serviço foi lançado, com publicidade e afins, foi igual um rastilho de polvora.... de um dia para o outro, o nro de usuarios online pulou, de média de 40 para média de 80, mas, mesmo assim, o radio com maior nro de usuarios tinha um numero de 21 simultaneos.. e crescendo exponencialmente....
    Ok, agora chegamos onde eu queria... na ultima sexta feira, 13/04 (putz.. sexta feira 13...) para minha surpresa, um dos radios, um unico setor na verdade, tinha SIMULTANEAMENTE, 119 usuarios!!!! Total de usuarios pindurados naquele momento, de maneira simultanea era de 336 usuarios!! Sinceramente, fiquei impressionado com a situação... eu estava conectado na base da torre, a hora q percebi isso, fiz questao de desconectar do cabo, e conectar diretamente nesse setor para sentir qual seria a situaçao de navegação dos usuarios.... novamente fiquei impressionado... conectado diretamente no setor, passei a ser o nro 120 conectado nele, navegando dentro das possilibilidades da velocidade liberada (512/256) sem sentir nenhum tipo de degradação aparente. Percebi sim, que o processamento do radio subiu, atingindo aproximadamente 68%, com picos de pouco mais de 80, mas ainda sim, nada que estivesse comprometendo... me mantive conectado nesse setor por aproximadamente 50 minutos, qndo os usuarios começaram a desconectar... caindo dae para uns 80 usuarios....
    Depois dessa data especificamente nao tive mais nenhum setor onde tivesse simultaneamente tantos usuarios, apesar do nro de usuarios simultaneos continuar crescendo, mais um pouco mais distribuido, mas mesmo assim, é comum setores com 80 ou 90 usuarios simultaneos.
    Caros colegas, longe de mim querer fazer qualquer tipo de propaganda ou divulgaçao de equipamentos ou algo do genero, apesar de ja o estar fazendo, mas nao poderia deixar de relatar essa aplicação. Muito se fala de produtos fabricados fora, porém eu acho importante tambem darmos abertura as pessoas que poe a cara a tapa para tentar fazer algo dentro do nosso pais. Mesmo que a maior parte das partes sejam importadas, o merito ainda assim permanece. Estamos em fase de montagem de uma segunda ERB para dividir um pouco mais os usuarios, pois mesmo que o equipamento seja muito robusto, nao queremos que a coisa seja degradada, principalmente pq nao temos controle sobre as instalações realizadas. Porém mantemos constante observaçao na atenuação dos radios que estao sendo apontados... caso algum deles tenha atenuação superior a 70db, banimos o mesmo da rede e aguardamos o contato do instalador/proprietario para orienta-lo da resolução problema.

    A medida que o sistema continue a andar, e novas ERB's e novas impressoes (sejam boas ou ruis), sejam sentidas, farei questao de dar continuidade nesse post, relatando toda a experiencia. Ainda gostaria de parabenizar o Erick e a equipe da Krazer pelo equipamento. Até o momento, superou todas as espectativas....

    Amplexos.

  2. amigo so uma pergunta, os clientes estavão todos em modo N puro ou b/g poderia nos dar uma ideia que equipamento os clientes estavão usando, foi colocado clientes krazer tambem , ou aproveitarao equipamento que ja estava na casa???



  3. Entao cara... como a gente teve q deixar uma coisa aberta, para poder usar meio q qualquer coisa, os aps estao trabalhando em modo b/g/n, meio tem de tudo pindurado... isso foi uma coisa q me fez ficar mais impressionado ainda com o equipamento.. apesar da diversidade de coisas pinduradas, ele nao degrada.... os primeiros cpes krazer que eu pedi para fazer instalaçoes em clientes, devem começar a chegar no final da semana. Dae poderei colocar as impressoes sobre esses equipamentos tambem.

  4. ok aguardamos



  5. hum bom resultado quando tiver uns picos assim e resultados muito boms postas ums prints ai fica legal ,se ninguem usar os equipamentos de verdade e postar resultados numca vamos poder decidir qual equipamento usar .






Tópicos Similares

  1. Respostas: 10
    Último Post: 12-11-2010, 13:55
  2. Caso de Sucesso Com Wavion Wbs 2400
    Por Jluminato no fórum Redes
    Respostas: 88
    Último Post: 31-10-2010, 06:37
  3. Bullet 5M. Caso de Sucesso
    Por danilomp no fórum Redes
    Respostas: 28
    Último Post: 04-04-2010, 19:59
  4. Respostas: 4
    Último Post: 20-06-2009, 20:54
  5. Respostas: 23
    Último Post: 17-10-2005, 12:07

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L