Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Assunto antigo: Data Rates

    Eu sempre fui da opinião que o Data Rates nos clientes tem que ser o maior possível, ou seja, no caso em que trabalho com padrão B eu seto sempre 11MB. Na base eu seleciono apenas 5.5 e 11MB não permitindo que clientes se conectem com 1MB por exemplo.

    Essa semana e lendo um artigo o autor defende a tese que no cliente tem que seta sempre o "MENOR" possível!

    Gostaria postassem suas experiências.

  2. #2

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Minha opinião para que 11 Mbps, se o cliente tem um plano de 256k!



  3. #3

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Citação Postado originalmente por rbribeiro Ver Post
    Minha opinião para que 11 Mbps, se o cliente tem um plano de 256k!
    É porque com data rates baixo, o rádio vai estar em modulação binária. E isso dá latencia.
    Veja este vídeo


  4. #4

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Sim meu amigo 1929, mas isso para o AP"provedor", afinal não temos apenas um cliente conectado, ja no cliente acredito que não tenha necessidade de um data rates maior!



  5. #5

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Amigo, é muito relativo, existem casos e casos. Supomos que você tem um cliente com sinal em -45, é aconselhável usar rate em 11megabits(b). Já com um cliente com sinal em -78 é conselhável rate de 1megabit pois é capaz se você tentar usar rate em 11 e nem funcionar e se funcionar vai ficar uma porcaria.
    O ideal é criar um padrão de qualidade de sinal como por exemplo no mínimo -66 e usar rates 5 e 11, e melhorar o sinal para clientes que possuem problemas de sinal para alcançar o rate pré determinado.

  6. #6

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    É claro que o maior data-rate possível, desde que o CCQ esteja com bons níveis. A taxa de transferência no cliente não interfere só para o cliente, mas também para o AP.

    Baseado que os tamanhos dos pacotes TCP/IP são normalmente de 1500 bytes, vejamos um exemplo:

    um rádio cliente setado em 1 Mbps tem um taxa de transmissão de 128KBps, portanto, para transmitir 1 pacote TCP/IP, ou seja 1500 bytes, ele levará o seguinte tempo:

    1500 / 1280000= 0,01 segundo, portanto, em torno de 10 milésimos de segundo. Se este mesmo rádio estivesse setado em 11 Mbps, o tempo cairia para algo em torno de 1 milésimo de segundo. Este tempo independe do plano do cliente, pois entre o cliente e o AP não há nenhum limitador de velocidade, a não ser o próprio data-rate setado nos aparelhos.

    No primeiro caso, o AP irá ter que "parar" por 10 milésimos para receber o pacote enviado pelo cliente, enquanto que se o date rate fosse setado em 11 Mbps, o tempo de espera do AP seria de somente 1 milésimo. Multiplique isso por centenas de pacotes e a diferença será gritante.

    No caso do data-rate do AP, a coisa piora ainda mais. Se o seu AP estiver setado em 1 Mbps, a taxa máxima TEÓRICA GLOBAL será de 1 Mbps. Isso significa que se 20 clientes estiverem fazendo download ao mesmo tempo, a velocidade máxima TEÓRICA que todos terão que compartilhar será de 1 Mbps, e quando digo TEÓRICA com letras maiusculas é porque a velocidade real é bem abaixo disso, e piora ainda mais se houverem muitas colisões ou se os rádios estiverem transmitindo RTS's.

    Se você tem um link de 5 Mbps e seta o data-rate no AP em 1 Mbps, é como se você estivesse criando um gargalo. Nada acima de 1 Mbps irá passar no seu AP. As pessoas confundem setar 1 Mbps ou 11 Mbps no AP como se esse data-rate fosse a velocidade que o AP irá se comunicar com CADA cliente. Não é assim. Essa velocidade será a velocidade total do AP.

    Portanto, quanto maior o data-rate, melhor será o desempenho da sua rede, sempre levando em conta também o CCQ. De nada adianta estar setado no cliente um data-rate de 54 Mbps e o CCQ estar em 30%. É preferível ter 11 Mbps com CCQ em 98%.

    Acho que é isso.

    Abraços,
    Jonas Lima



  7. #7

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Perfeito o cáculo Jonas,

    E ainda tem outra variável que dá para incluir na estimativa.
    Se perder pacotes, estes 10ms vão lá para cima, pois terá que retransmitir até que o rádio cliente aceite todos os pacotes.

    Quanto a alegação que no cliente poderia setar um valor menor do data raates, não vale porque se setar menor e no AP setar só os maiores, não haverá conexão.
    Fujam da modulção binária.

    O negócio é sempre forçar os mais altos data rates e aí que entra o que foi citado: melhorar o sinal de recepção no cliente.
    Mas cuidem. Sinal muito forte também é problema.

    Este vídeo que postei o link , é muito explicativo. Qualquer coisa que falarmos aqui, o vídeo tira a dúvida.

  8. #8

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Citação Postado originalmente por jlima2001 Ver Post
    É claro que o maior data-rate possível, desde que o CCQ esteja com bons níveis. A taxa de transferência no cliente não interfere só para o cliente, mas também para o AP.

    Baseado que os tamanhos dos pacotes TCP/IP são normalmente de 1500 bytes, vejamos um exemplo:

    um rádio cliente setado em 1 Mbps tem um taxa de transmissão de 128KBps, portanto, para transmitir 1 pacote TCP/IP, ou seja 1500 bytes, ele levará o seguinte tempo:

    1500 / 1280000= 0,01 segundo, portanto, em torno de 10 milésimos de segundo. Se este mesmo rádio estivesse setado em 11 Mbps, o tempo cairia para algo em torno de 1 milésimo de segundo. Este tempo independe do plano do cliente, pois entre o cliente e o AP não há nenhum limitador de velocidade, a não ser o próprio data-rate setado nos aparelhos.

    No primeiro caso, o AP irá ter que "parar" por 10 milésimos para receber o pacote enviado pelo cliente, enquanto que se o date rate fosse setado em 11 Mbps, o tempo de espera do AP seria de somente 1 milésimo. Multiplique isso por centenas de pacotes e a diferença será gritante.

    No caso do data-rate do AP, a coisa piora ainda mais. Se o seu AP estiver setado em 1 Mbps, a taxa máxima TEÓRICA GLOBAL será de 1 Mbps. Isso significa que se 20 clientes estiverem fazendo download ao mesmo tempo, a velocidade máxima TEÓRICA que todos terão que compartilhar será de 1 Mbps, e quando digo TEÓRICA com letras maiusculas é porque a velocidade real é bem abaixo disso, e piora ainda mais se houverem muitas colisões ou se os rádios estiverem transmitindo RTS's.

    Se você tem um link de 5 Mbps e seta o data-rate no AP em 1 Mbps, é como se você estivesse criando um gargalo. Nada acima de 1 Mbps irá passar no seu AP. As pessoas confundem setar 1 Mbps ou 11 Mbps no AP como se esse data-rate fosse a velocidade que o AP irá se comunicar com CADA cliente. Não é assim. Essa velocidade será a velocidade total do AP.

    Portanto, quanto maior o data-rate, melhor será o desempenho da sua rede, sempre levando em conta também o CCQ. De nada adianta estar setado no cliente um data-rate de 54 Mbps e o CCQ estar em 30%. É preferível ter 11 Mbps com CCQ em 98%.

    Acho que é isso.

    Abraços,
    Jonas Lima
    Parabéns pela explicação, excelente material, simples e objetivo!



  9. #9

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Bom pessoal,sempre me baseio pelo vídeo postado pelo 1929 como outros videos também no canal da computech,ano passado tbm tinha visto um post antigo do zé alves sobre isso tambem e de la pra ca sempre obtive exito marcando as rates altas,aqui no fórum esse mês já teve dois casos bem a tipico de lentidão e perda de pacotes,ai venho pesso que poste um print da aba data rates ai ta la setado em default,pesso para que marque somente as rates altas,baixe a potencia deixe tx power por volta de 17 16,mantenha um padrão de sinal nos clientes por volta de -63 ate - 55, ate agora exito ,e a rede melhora o desempenho,isso tanto nos rádios mikrotik como ubiquitis também nunca deixar em automático as rates ,sempre setar a maxima .

  10. #10

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Já que você citou o Zé Alves, eu conversei com ele algum tempo sobre uma configuração da série M e ele me aconselhou a deixar em auto o data rates.

    Não tem como estabelecer um range de data rates. Ou é auto ou então escolhe um só data rates. E aí já começa a aparecer as diferenças nos recursos entre o Ubiquiti e o Mikrotik. A não ser que tenha como e eu não percebi.



  11. #11

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    1929, você está certo. Nas Ubiquitis ou você seta só um data-rate ou o máximo que o rádio vai trabalhar. Realmente não há como setar um conjunto de data-rates, diferente dos Mikrotiks.

    Quanto a esta citação sua:
    Quanto a alegação que no cliente poderia setar um valor menor do data raates, não vale porque se setar menor e no AP setar só os maiores, não haverá conexão.
    É possível sim 1929 setar um rate para o AP e outro rate para o cliente. As velocidades Tx/Rx não precisam ser idênticas.

    Os data-rates setados no AP são referentes somente as velocidades que o AP usará para transmitir. Para definir as velocidades que os clientes transmitirão, isso deverá ser feito no rádio do cliente.

    Portanto, mesmo que você escolha somente a velocidade de 11 Mbps no AP, isto não impedirá que os clientes transmitam para o AP em 1 Mbps. O AP usará 11 Mbps somente para transmitir, entretanto, receberá em qualquer velocidade.

    Abraços,
    Jonas Lima

  12. #12

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    No post que vi ele menciona cartão Mikrotik,e isso mesmo sempre seto o maximo ( ex:B 11mbps) tendo a opção de marcar outra, ubiquiti não...depois pesquisando vi no fórum da ubiquiti sobre o mcs nos ubiquitis da serie M setando o maximo e desmarcando o auto,mas este documento tem a ressalva:
    Rates are theoretical; not guaranteed
    .

    http://dl.ubnt.com/UBNT-MIMO_Data_Rates_2.pdf



  13. #13

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    ...depois pesquisando vi no fórum da ubiquiti sobre o mcs nos ubiquitis da serie M setando o maximo e desmarcando o auto
    Neste caso jailton, o AP irá transmitir somente na velocidade escolhida. No caso da opção Auto ficar marcada, o AP irá transmitir até no máximo da velocidade escolhida, podendo modular em qualquer opção abaixo do data-rate setado.

    Quanto a menção da Ubiquiti "Rates are theoretical; not guaranteed" isso é obvio. É claro que a velocidade real não é a mesma da teórica, como falei no outro post.

    Abraços,
    Jonas Lima

  14. #14

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Quanto a menção da Ubiquiti "Rates are theoretical; not guaranteed" isso é obvio. É claro que a velocidade real não é a mesma da teórica, como falei no outro post.
    Exatamente pelos fatores que mencionou.



  15. #15

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Citação Postado originalmente por jlima2001 Ver Post

    Quanto a esta citação sua:

    É possível sim 1929 setar um rate para o AP e outro rate para o cliente. As velocidades Tx/Rx não precisam ser idênticas.

    Os data-rates setados no AP são referentes somente as velocidades que o AP usará para transmitir. Para definir as velocidades que os clientes transmitirão, isso deverá ser feito no rádio do cliente.

    Portanto, mesmo que você escolha somente a velocidade de 11 Mbps no AP, isto não impedirá que os clientes transmitam para o AP em 1 Mbps. O AP usará 11 Mbps somente para transmitir, entretanto, receberá em qualquer velocidade.

    Abraços,
    Jonas Lima
    Esta é novidade para mim. Eu tinha que marcando só as altas no AP para o cliente não atrapalhar com data rates baixo.
    Vou testar qualquer hora dessas. Na calada da madrugada.

  16. #16

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Pois é, 1929. Verá que marcando na interface do Mikrotik date-rates altos não impedirá dos clientes conectarem transmitindo data-rates baixos.
    Exemplo: se marcar somente 11 Mbps no Mikrotik, verá nos clientes na aba Registration que o Tx sempre será 11 Mbps, mas o Rx não, irá poder ser qualquer um data-rate dentro do modo usado (B, G ou N).



  17. #17

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Que tópico saudável excelente explanações, a cada dia aumento mais meu nível de conhecimento, quanto ao que eu havia mencionado antes, por ter clientes com diversos tipos de equipamento na rede ainda não cheguei a uma padronização, mas é algo que estou trabalhando, aqui nos MIKROTIKS seto do data rates em 24 / 11, os rádios em B/G, e nunca tive problemas, quanto a modulação binaria nos aps sempre corri delas, mas nos clientes não sabia que interferia no radio, mas por não prestar atenção, já nos bullets que tenho com ap acho horrível a parte de gerencia, estou migrando tudo para RB711-2hn, com caixas de alumínio, vamos ver como fica!

  18. #18

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Jonas Lima,Carlos e Jorge Aldo:




  19. #19

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Então Jailton. Não cheguei a fazer o teste que o Jilma citou.

    Estes vídeos do Luciano são muito bons. E deixou claro que quem comanda os data rates são os marcados no AP e não no cliente, no caso do vídeo, no mikrotik.

  20. #20

    Padrão Re: Assunto antigo: Data Rates

    Citação Postado originalmente por jlima2001 Ver Post
    Pois é, 1929. Verá que marcando na interface do Mikrotik date-rates altos não impedirá dos clientes conectarem transmitindo data-rates baixos.
    Exemplo: se marcar somente 11 Mbps no Mikrotik, verá nos clientes na aba Registration que o Tx sempre será 11 Mbps, mas o Rx não, irá poder ser qualquer um data-rate dentro do modo usado (B, G ou N).
    Fui agora fazer o teste e não observei acontecer isto.


    Fixei no MK em 11 e só mostrou no registration tx e rx em 11.