Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Novos equipamentos Ubiquiti

    Ai pessoal veja o novo equipamento da Ubiquiti, http://www.ubnt.com/edgemax, parece que vai ser muito bom.
    Pois poder configurar um roteamento todo por web é bem mais fácil do que no mikrotik.
    Se nosso amigo Zé Alves puder comentar sobre esse novo equipamento nos ajudará muito.
    Abraços.

  2. #2

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Isso que o mercado precisava,seria show se tivesse um software de controle centralizado pra gerenciar todos os routers assim os ISP's poderiam utilizar eles como gateway de seus clientes e ainda ter um sistema de controle tudo UBNT.
    Parece ser realmente muito bom,vou acompanhar o topico pra saber mais informações.



  3. #3

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Prestaram atenção nessa informação:

    A plataforma EdgeOS não é apenas um sistema operacional do roteador. É também uma plataforma aberta, baseada no Debian ® distribuição Linux.Você tem acesso em nível de sistema completo, incluindo a hierarquia do sistema de arquivos inteiro, o escudo real, o usuário root, etc existentesDebian ® pacotes podem ser instalados no sistema, e você pode até criar seus próprios pacotes usando ferramentas padrão


  4. #4
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    para quem esta iniciando uma estrutura do zero e possivel montar um provedor completo com tecnologia de ponta so com ubnt ,sem gasto nenhum adicional de software de terceiros innncriiivel .
    e logico eu usaria todos os softwares ubnt mas não dispenso o myauth 3 para hotspot e gerenciamento .
    se cuida mikrotik senão vai virar bolsa.



  5. #5

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Assim que tive no mercado vou pega o meu!

  6. #6

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Salve amigos.

    Admiro o novo hardware, porém, primeiro vou testar para a certificar.

    Na minha opinião, os mikrotiks (principalmente em questão de roteamento) "só faltam fazer café", não sei não se este novo produto da ubiquiti vai bater os MKs. Não sou contra a ubiquiti, pelo contrário, utilizo grandemente em minha rede (quem não a usa afinal? ... rs) e é por esse motivo que opino desta forma, principalmente em lançamentos da ubiquiti que geralmente fazem bastante barulho e quando vamos ver não é aquela "tempestade" toda ...

    Saudações



  7. #7

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Citação Postado originalmente por elielton Ver Post
    Ai pessoal veja o novo equipamento da Ubiquiti, http://www.ubnt.com/edgemax, parece que vai ser muito bom.
    Pois poder configurar um roteamento todo por web é bem mais fácil do que no mikrotik.
    Se nosso amigo Zé Alves puder comentar sobre esse novo equipamento nos ajudará muito.
    Abraços.

    Todo mundo aqui no under sabe que sou um grande incentivador da Ubiquiti no Brasil. Entretanto, fico indiferente com o edgemax porque a Ubiquiti está entrando numa área dominada por Mikrotik e Cisco. Cada um deles numa ponta do mercado.

    Concorrer no mercado é um direito de todos, mas tem que chegar e fazer bem feito. Poucas pessoas sabem, mas eu vim da Mikrotik antes de usar Ubiquiti e até hoje uso Mikrotik pra gerenciamento de tráfego em minhas redes.

    Hoje eu não trocaria de imediato meu Mikrotik por Ubiquiti (edgeMAX) porque existe a possibilidade do produto fazer mais "barulho" de marketing do que entregar eficiência.

    O filme promocional do edgeMAX mudou radicalmente o padrão de linguagem corporativa da Ubiquiti. A Ubiquiti sempre foi sóbria na apresentação de seus produtos, com o filme do edgeMAX ela veio com essa tolice estilo Bruce Lee + missão impossível, que ao meu ver foi desrespeitosa com a concorrência... Quem não respeita concorrente é burro ou arrogante. O filme do EdgeMAX me deu a impressão de desespero em mostrar que o produto é bom. Por isso eu fico na dúvida se realmente é bom.

    Óbvio que vou comprar um pra testar e ver se vale a pena ou não, mas teste de verdade vai ser na vida real quando vocês passarem um volume de tráfego absurdo pelo edgeMAX e ele segurar o tranco :-)

    Essa é minha sincera opinião e faço votos que o edgeMAX realmente seja bom, porque é mais um produto Ubiquiti que vai precisar de treinamento pra usa-lo com eficiência.


    Abraço,

    ZéAlves
    Última edição por granlabor; 21-09-2012 às 01:15.

  8. #8

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Já li esse tópico uma centena de vezes e sempre me dava a vontade de postar a minha sincera opinião, não somente referente ao produto EdgeRouter, mas também referente a postura de mercado da Ubiquiti nos últimos tempos, mas nessa hora vem o receio de que o pessoal ache que estaria defendendo a Mikrotik, pois quem me conhece sabe que tenho diversas certificações Mikrotik, não tenho certificação Ubiquiti porque ainda não havia no mercado, coisa que providenciarei ainda neste ano, e em core de rede não uso nenhum equipamento da Ubiquiti, são basicamente 80% Mikrotik e 20% Cisco, e vou mais além, Ubiquiti somente as Basestation em Bridge conectadas em uma routerboard, e não tenho nenhum PTP com produtos da Ubiquiti, desde a época em que o AirOS não conseguia lidar muito bem com OSPF.
    Pois bem, depois do post de nosso amigo ZéAlves resolvi me aventurar em colocar a minha opinião:

    Primeiramente, já a muito tempo discordo completamente de como a Ubiquiti atua no mercado, principalmente ao brasileiro, por um simples fato, o mercado brasileiro com certeza é uma fatia bem grande do faturamento da Ubiquiti, e até hoje não possuí um escritório de representatividade em território nacional, para principalmente resolver problemas, como por exemplo o lote de airgrid´s c/ defeito que apareceu no ano passado, e adequar os seus produtos para o mercado brasileiro, como a questão das tomadas no padrão novo brasileiro e as homologações dos seus produtos junto a ANATEL.
    Aliás, eu particularmente acho um absurdo, uma empresa do tamanho da Ubiquiti, fazer uma conferência para os usuários brasileiros em São Paulo, e apresentar um produto como o AirFiber e não ter o mínimo de idéia de como funcionará a respeito de sua homologação junto a ANATEL, me achei exatamente como o "otário" daquele videozinho da Claro.
    E isso não é de hoje, em 2010 fizeram a mesma conferência em Foz do Iguaçu/PR, onde apresentaram a evolução para câmeras IP, o AirCAM, e dizendo q estaria no mercado em aproximadamente 30 dias, demorou 10 meses para chegar no mercado, um produto cheio de defeitos e com uma enormidade de bugs, câmeras sem ao menos Night Vision.
    E pra finalizar, o que realmente trata o assunto do tópico, lançam o EdgeRouter, um SO p/ roteador com um hardware poderoso, que irá ameaçar o mercado da Mikrotik, e olhem só o absurdo, da Cisco.
    Eu não sei quem a Ubiquiti quer iludir, ou mesmo, "quem" são as pessoas que se iludem com esse marketing absurdo. Colegas, parem para pensar, vou dividir os argumentos entre a Mikrotik e a Cisco:

    Mikrotik: Já vi diversos colegas que se dizem os melhores em suas áreas criticando a Mikrotik por possuir hardwares, as routerboards, com poder de processamento baixo, o porque disso. Isso se chama "nicho de mercado", a Mikrotik possui um OS, o RouterOS tão poderoso quão o da Cisco, mas em vez de competir em um mercado corporativo, com hardwares poderosos, prefere se manter no equipamento barato, com um SO poderoso, e que atende a necessidade de 95% dos provedores.
    Isso é uma ironia, já vi pessoas comprando roteadores da Cisco de R$ 8.000,00, para colocar em provedores com 200 clientes, coisa que fariam com extrema competência com uma RB/450G, RB/1100, e gastariam R$ 1.000,00.
    E depois mais, estamos falando de uma empresa que esta no mercado de roteadores e wifi desde 1995, e dedicando-se exclusivamente a este segmente, que possui um produto maduro e com muitos recursos.

    Cisco: Vocês nem vão querer minha opinião sincera em comparar equipamentos para roteamento de rede entre Ubiquiti e Cisco, os karas da Ubiquiti foram muito infelizes em fazer essa comparação, eles não chegam nem na unha do dedo do pé da Cisco.

    E tem mais ainda, estão comparando o appliance deles com os da Juniper, q q isso, para esse bonde que eu quero descer.

    Desculpem os desabafos, mas colegas, vamos ser coerentes, a Ubiquiti tem que falar menos, e fazer menas prograganda falsa, e agir mais.

    E para completar, vou lhe contar uma história que sempre me lembro com me falam ou vejo falar sobre esse novo produto da Ubiquiti: Em Dezembro/2010, em uma conferência em Foz do Iguaçu/PR, onde o próprio ZéAlves era o tradutor, o próprio CEO da Ubiquiti, mostrou um slide onde tinha uma torre de transmissão com 4 antenas basestation c/ rocket's e na base dessa torre havia um roteador Mikrotik, como eu seu que era Mikrotik ? Poque estava escrito no slide e eu perguntei para ele se ele achava essa uma solução ideal, e ele mesmo disse que achava e que não tinha pretensões de competir com a Mikrotik neste segmento.
    Pois bem, nem 2 anos se passaram e a Ubiquiti tem um produto pronto muito melhor que a Mikrotik, Cisco e Juniper.
    Sincesaremente, ou esses karas da Ubiquiti são muito fodas, ou eu sou muito burro. E honestamente, uma coisa que me deixa muito puto, é ver alguém duvidando de minha inteligência, e acredito que esse seja o sentimento da maioria aqui.
    Um grande abraço a todos.



  9. #9

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    [QUOTE=michaelbr;640132] ...Pois bem, depois do post de nosso amigo ZéAlves resolvi me aventurar em colocar a minha opinião [/QUOTE]



    Ui ui ui, que responsa. Olha a bomba que eu acendi !


    Concordo contigo no quesito regionalização dos produtos e escritório Brasil.

    Concordo que as cameras estão engatinhando. Uso-as e deixam a desejar, mas esse é o jeito da Ubiquiti de trabalhar: Lança o produto e aperfeiçoa depois. Vamos ver como fica.

    Discordo sobre as panes dos produtos e a insatisfação ao usá-los. A maior dificuldade que o pessoal passa está relacionada com instalação física. Pode não ser o seu caso, Michael, mas é a realidade de 80% do mercado.

    Dois anos atrás eu já sabia que a Ubiquiti estava trabalhando no projeto do EdgeMAX, mas a ética impedia que eu dissese algo a respeito. Meu pensamento na época foi: se vai fazer faça bem feito porque vai enfrentar gente competente.

    Nenhum de nós usou ou viu o edgeMAX funcionando. Tudo que estamos dizendo aqui reflete a experiência passada com a Ubiquiti. Pode ser que os caras venham com um produto de arrebentar e calem a boca da gente, mas isso só o tempo vai mostrar...

    Eu quero ver a Ubiquiti continuar crescendo no mercado Brasileiro.
    Eles mudaram a vida de muita gente pra melhor. Muito provedor que sofria com quedas e panes estabilizou a rede com Ubiquiti.

    Tenho pelo menos uns 200 casos de sucesso com Ubiquiti depois que o cara passou pelo meu treinamento. Tem pelo menos uns outros 250 onde o cara aprendeu a fazer o serviço corretamente e ficou satisfeito com Ubiquiti.

    Ubiquiti é bom, o cara só tem que saber onde usar...
    Desta vez tive o privilégio de assistir ao UWC e digo que é bem diferente e bem melhor estar na platéia. Lá no palco você está representando a empresa, tem que entender exatamente o que a pessoa está dizendo pra traduzir corretamente a essência da mensagem.

    Desta vez, na platéia pude ver porque a pessoa fica frustrada com Ubiquiti:

    Em resumo o cara quer tirar leite de pedra.
    Quer passar mais de 50 megas full num radinho de R$ 300.
    Quer segurar uma rede gigantesca com Unifi de R$ 200 e espera que o "hand off" de uma célula pra outra seja tão eficiente quanto a de um rádio de 1.700 dólares lá fora.

    Quando a pessoa entender as limitações e a aplicabilidade de cada equipamento ela vai conseguir ser feliz (independente do fabricante).

    Minha opinião sobre o EdgeMAX é a seguinte:

    1) Quem usa Mikrotik não vai gostar. Pelo simples fato do ser humano não gostar de mudanças. O cara já entende como o Mikrotik funciona, já sabe os menus de cor e simplesmente não vai querer aprender tudo de novo.

    2) Quem faz uso avançado do Mikrotik vai seguir o curso natural e evoluir pra CISCO. Só mesmo no filme da Ubiquiti que o cara vai sair da CISCO pro EdgeMAX. Se me permitem uma comparação tola: sair da CSICO pro EdgeMAX é o equivalente a sair de uma Harley Davidson pra uma BIZ.

    3) O cara que está entrando hoje no mercado e ainda não aprendeu nada, vai arriscar o EdgeMAX se for barato e se tiver facilidade de tutoriais na Net. Quando a rede dele crescer, ele vai migrar para o próximo estágio lógico que é o Mikrotik.

    4) Se o edgeMAX for tão bom quanto o filme afirma ser todos nós sairemos ganhando.


    Como eu sempre digo:
    Tem espaço pra todo mundo!


    Forte abraço,

    ZéAlves

  10. #10

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Olá ZéAlves,

    Desculpe prolongar o assunto, não sei se notou, mas não gosto de criar polêmicas e ficar com discussões sem fim, querendo provar que estou certo ou achando que sei mais que algum outro colega, mas vou somente completar algumas coisas:

    Concordo que as cameras estão engatinhando. Uso-as e deixam a desejar, mas esse é o jeito da Ubiquiti de trabalhar: Lança o produto e aperfeiçoa depois. Vamos ver como fica.
    Esse é um dos meus principais motivos de discórdia de como a Ubiquiti trabalha no mercado, lançando produtos em testes, e o cliente paga pelo produto, leva o prejuízo e ainda faz testes de graça para eles aperfeiçoarem.

    Discordo sobre as panes dos produtos e a insatisfação ao usá-los. A maior dificuldade que o pessoal passa está relacionada com instalação física. Pode não ser o seu caso, Michael, mas é a realidade de 80% do mercado.
    Pelo menos da minha parte, as "panes" que me afastaram dos equipamentos Ubiquiti, foram principalmente pelos problemas que o AirOS tinha, não sei se tem ainda, em relação aos protocolos de roteamento, como o OSPF, por exemplo.
    E ainda sobre isso, me estranha mais ainda, quando disse que a mais de 2 anos a Ubiquiti trabalha no EdgeRouter, um appliance de roteamento de rede, e eles com problemas com protocolos de roteamento do seu principal SO, entende ?

    Tudo que estamos dizendo aqui reflete a experiência passada com a Ubiquiti. Pode ser que os caras venham com um produto de arrebentar e calem a boca da gente, mas isso só o tempo vai mostrar...
    Justamente é esse o problema, e não me entenda mal, eu não odeio a Ubiquiti, como você vai ver mais abaixo, utilizo também Ubiquiti na minha rede, mas os caras falam e fazem propaganda demais, mas agem pouco, muito pouco... por exemplo, a AirCAM já está no mercado a + ou - 2 anos, e ainda é um produto amador.

    Eles mudaram a vida de muita gente pra melhor. Muito provedor que sofria com quedas e panes estabilizou a rede com Ubiquiti.
    Concordo 100% com você, a linha legacy e AirMax da Ubiquiti revolucionou o mercado de provedores, justamente pela comodidade, CPE´s prontinhas, somente colocar no suporte e ligar um cabo de rede, e principalmente pela facilidade de configuração, praticamente qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento em redes configura um equipamento desses, praticamente vem configurado de fábrica. É claro que estou falando aqui de instalações simples, no cliente final, por exemplo, e até hoje esse é o grande mérito da Ubiquiti, e na minha humilde opinião, o único até agora.

    Desta vez, na platéia pude ver porque a pessoa fica frustrada com Ubiquiti.
    Em resumo o cara quer tirar leite de pedra.
    Quer passar mais de 50 megas full num radinho de R$ 300.
    Quer segurar uma rede gigantesca com Unifi de R$ 200 e espera que o "hand off" de uma célula pra outra seja tão eficiente quanto a de um rádio de 1.700 dólares lá fora.
    Esse é exatamente o ponto, é isso que estou tentando me expressar. A culpada dessa mentalidade, em que o "o cara quer tirar leite de pedra", é exclusivamente da Ubiquiti, que trouxe a facilidade das CPE, e fica dizendo, principalmente em suas palestras que é muito fácil "passar mais de 50 megas full num radinho de R$ 300" ou "segurar uma rede gigantesca com Unifi de R$ 200", e agora está pregando que "com um EdgeRouter de R$ 300 você pode jogar fora o seu Cisco de R$ 8.000 que ele vai segurar uma rede de 2000 clientes, com uma mão amarrada atrás das costas", isso até parece história em quadrinhos, tudo é possível, é só a Ubiquiti querer. E dá-lhe a Ubiquiti lançando produto sem finalizar no mercado para a gente comprar e testar para eles de graça, isso eu falo de cadeira, porque estava na apresentação em São Paulo, e de 10 características que o pessoal pergunto se o EdgeRouter já estava preparado, o kara da Ubiquiti respondeu que 6 delas ainda estavam sendo implementadas em futuras versões.

    Minha opinião sobre o EdgeRouter:

    - Por facilidade de utilização, não acredito que o kara irá trocar um produto da Mikrotik, que mesmo para um leigo é muito fácil e intuitivo de se utilizar, por EdgeRouter;
    - Por poder de processamento do hardware, não acredito que o kara irá trocar um hardware da Cisco, por um "poderoso" EdgeRouter, mesmo com uma diferença absurda de preços, pois quem necessita de um hardware poderoso, geralmente são grandes empresas, com redes monstruosas, que possui um pessoal de TI com um conhecimento técnico muito grande, que com certeza depois de analisar o produto da Ubiquiti não vai querer dar um tiro no escuro;
    - No final a Ubiquiti tenta juntar em um único produto o melhor dos dois mundos, o poder de processamento da Cisco ou Juniper, e a facilidade de uso e baixo preço de um produto extremamente profissional da Mikrotik. O problema é que, pelos menos por enquanto e pelo que mostrou até agora, ela não vai conseguir vantagem em nenhum dos dois lados, infelizmente, quem não gostaria de ter um produto poderoso como Cisco com o preço e facilidade de uso da Mikrotik
    Não sei exatamente qual será a estratégia de mercado que a Ubiquiti irá adotar depois do lançamento do produto, mas eles deveríam pensar em um sistema centralizado de gerenciamento de seus produtos, por exemplo, isso sim iria trazer algumas vantagens para o produto deles, imaginem um EdgeRouter contanto com funcionalidades para o gerenciamento integrado através de protocolo próprio dos equipamentos AirMax, AirVision, UniFi e mFi, tudo junto, em um mesmo roteador, isso sim seria uma revolução no mercado.

    Ao colega ZéAlves: Não me entenda mal, não estou querendo de maneira alguma questionar o seu conhecimento ou opinião, até porque você ministra treinamento oficial da Ubiquiti, tem que defender o seu peixe.
    E como eu lhe disse, apesar de discordar de algumas coisas da Ubiquiti, utilizo antenas BaseStation + RocketM5 em todas as nossas torres para PTMP, e nos clientes utilizo a linha AirMax, é claro que as RocketM5, todas em bridge ligadas a uma Routerboar/RouterOS , e nos PTP utilizo também algumas RocketDish, é claro, ligada a uma Routerboard/RouteOS, para dormir tranquilho não pensando nos meus problemas com OSPF
    Brincadeiras a parte, vi em sua assinatura que ministrará um curso em Foz do Iguaçu/PR em Novembro, gostaria primeiramente de convidá-lo a um "Happy Hour" para tomarmos um chop´s e batermos um papinho, isso não seria um debate Mikrotik x Ubiquiti, é claro até porque também gostaria que enviasse maiores informações a respeito de seu curso e certificação, pois certamente irei ser seu aluno, e antes que você sinta calafrios por isso, juro que não irei tocar no assunto "Mikrotik" em seu curso
    Caso necessite de alguma ajuda em Foz do Iguaçu, estou a disposição.

    Um grande abraço a todos os colegas e principalmente ao ZéAlves.



  11. #11

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Legal, Michael.

    Esse tipo de debate é legal porque traz luz ao tema e elimina a discórdia. Vou fazer algumas observaçōes pra permitir melhor esclarecimento.


    ...meus principais motivos de discórdia de como a Ubiquiti trabalha no mercado, lançando produtos em testes, e o cliente paga pelo produto, leva o prejuízo e ainda faz testes de graça para eles aperfeiçoarem.
    Existem modelos de negócio diferentes que influenciam o preço final do produto....

    Grandes multinacionais desenvolvem o produto até atingir a perfeição (ou algo próximo disso) e lançam o produto no mercado com um preço elevado pra custear todo o projeto, desenvolvimento e etc.

    Empresas jovens como a Ubiquiti e a Mikrotik desenvolvem um bom hardware e ajustam o software com o bonde andando. Isso permite encurtar o processo de retorno financeiro do produto e resulta num preço bem mais baixo para o consumidor. Isto é bem diferente de lançar um produto de testes no mercado. Se você observar bem toda empresa moderna faz isto: lança o produto essencial e aprimora depois.


    ...até porque você ministra treinamento oficial da Ubiquiti, tem que defender o seu peixe.
    A certificação oficial ubiquiti é um produto secundário. Meu produto principal é o "treinamento do ZéAlves" - Redes Ubiquiti Outdoor. Este é o treinamento que estou anunciando, fala de Ubiquiti, Mikrotik e tembém Radinhos comuns. Esse treinamento é um sucesso e vai continuar assim por muito tempo, porque responde as perguntas dos alunos e elimina as dúvidas do dono de provedor.


    ...gostaria primeiramente de convidá-lo a um "Happy Hour" para tomarmos um chop´s e batermos um papinho, isso não seria um debate Mikrotik x Ubiquiti, é claro até porque também gostaria que enviasse maiores informações a respeito de seu curso e certificação, pois certamente irei ser seu aluno, e antes que você sinta calafrios por isso, juro que não irei tocar no assunto "Mikrotik" em seu curso
    Será uma satisfação conhecê-lo pessoalmente e adianto que nada me intimida, principalmente marca de produto. O pessoal defende sua marca favorita como se fosse religião, mas eu sei que nos bastidores todos os fabricantes se conhecem e trabalham em harmonia... não tem motivo pra eu desgostar do colega que optou por usar outra marca de produto :-)

    Gostaria de ter você em sala de aula. Você vai assistir e depois vai mandar toda sua equipe fazer o treinamento.


    Caso necessite de alguma ajuda em Foz do Iguaçu, estou a disposição.
    Muito obrigado, idem aqui de Bragança Paulista, a terra da linguiça!


    ZéAlves
    Última edição por granlabor; 21-09-2012 às 01:14.

  12. #12

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Assim que tive no mercado vou pega o meu!



  13. #13

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Boa noite !

    Estou gostando deste tópico, não sei se o pessoal viu mas foi efetuado 2 testes no site da tolly, pra quem não sabe este é um site que só efetua teste de equipamentos e comparações com ferramentas próprias para isso, é claro que neste teste pelo pouco que vi os equipamentos tanto cisco quanto juniper estavam sem nenhum módulo adicional, mas a minha primeira impressão é que o ubnt se trata de um equipamento bom na parte de processamento, acho que a minha principal preocupação é se este equipamento é tão robusto quanto os concorrentes, vindo da ubnt eu acho pouco provavel, até pelo custo dele, pois equipamentos cisco e juniper voces sabem que a durabilidade e de anos sem falar na garantia. Acho que isso também ajuda nos preços mais caros alem do que ja foi comentado acima.
    Agora é ver para crer

  14. #14

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Bom, vou deixar minha opniao aqui tb...rsrs..

    Concordo com tudo aqui que foi falado até agora, acho que o Zé Alves ta certo em quase tudo, creio que será mais um produto que vai ter no mercado, e que será usado em alguns casos e outros nao...da mesma forma que nao usamos hj Mk em tudo, tb creio que nao usaremos Ubnt em tudo, creio que é caso de se estudar cada projeto o custo beneficio de cada um, mais nao tenha dúvida que quanto mais opçoes de mercado tivermos para trabalhar é melhor, eu nao gosto de falar que tal produto é ruim ou bom pra determinada coisa, uso na minha rede Ubnt, Mk, Cisco, Asga, Radwin, Datacom e por ai vai...como disse eu acho que vai depender muito da aplicação que a gente vai querer fazer.

    Abraço a Todos!!!



  15. #15

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Olha ai pessoal, lá vem a Mikrotik com força:

    MUM Estados Unidos é na próxima semana!

    Seja um dos primeiros a testemunhar a transferência maciça do roteador CCR em pessoa - estaremos mostrando Nuvem roteador de corehttp://cloudcorerouter.com/ pela primeira vez em público. Testes ao vivo estará funcionando para demonstrar o que pode fazer 36 núcleos - mais de 15 milhões de pacotes por segundo! A 1.2GHz por núcleo, este é o nosso roteador mais poderoso, de longe.

  16. #16

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    isso vai ser quando o lançamento e sera que vai ser muito caro



  17. #17

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Mikrotik tem 3 usos bem distintos atualmente: roteamento, controle de usuários e wireless. A UBNT já tinha wireless, e agora tem roteamento... mas os que usam Mikrotik para controle de usuários, que é sua aplicação mais comum, não vão ter o EdgeMax como opção.

    Para roteamento, a UBNT começou bem. Produto com uma base bem respeitada no mercado (Vyatta), capacidade de processamento bem superior a das RouterBoards, interface amigável, bom preço. Notar que o Mikrotik tem uma interface Web, o WebFig, que é bem amigável também. O nome EdgeMax sugere porém uma característica de borda, e com isso recursos como MPLS não devem ser prioridade. Vamos ver em quanto tempo esse produto menor quanto os outros irmãos maiores chegam ao mercado... a versão carrier tem uma porta 10G, algo que nem o CloudCore Router da Mikrotik tem (inicialmente pelo menos).

    Quanto a comparação com a Cisco, ela não é desproporcional; muita gente usa Cisco em cenários simples que poderiam ser atendidos com um EdgeMax ou uma Routerboard. E como Cisco é caro, eles acabam comprando menos poder de processamento do que precisariam... a troca que eles sugerem no vídeo pode ser realidade para muitas empresas americanas. Não é o caso no Brasil, onde o custo de banda é alto e mais gente se dispõe a usar um roteador com PC montado e Linux... mas se eu fosse o gerente de produto da UBNT, iria sim para cima da Cisco e não da Mikrotik.

    Os ISPs que muito usam Mikrotik vão comprar alguns UBNT, testar, e se gostarem vão comprar mais. Não é preciso focar muito em comunicação nesse segmento, o que eles já fizeram de uma análise comparativa já é suficiente. Quem usa Mikrotik fazendo 2 ou 3 das coisas que citei no começo vai demorar, mas os que já separam essas tarefas, e que é uma boa prática mesmo numa rede exclusivamente Mikrotik, vai poder testar o EdgeLite fazendo NAT, balanceamento, BGP simplificado (pouca memória para um BGP completo) e vai adotar ou não com base na sua própria experiência.

    Apesar de muita gente querer antecipar o que vai acontecer ou especular, só a progressão natural do produto vai poder dizer o que vai acontecer.

  18. #18

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Citação Postado originalmente por rubensk Ver Post
    Mikrotik tem 3 usos bem distintos atualmente: roteamento, controle de usuários e wireless. A UBNT já tinha wireless, e agora tem roteamento... mas os que usam Mikrotik para controle de usuários, que é sua aplicação mais comum, não vão ter o EdgeMax como opção.

    Para roteamento, a UBNT começou bem. Produto com uma base bem respeitada no mercado (Vyatta), capacidade de processamento bem superior a das RouterBoards, interface amigável, bom preço. Notar que o Mikrotik tem uma interface Web, o WebFig, que é bem amigável também. O nome EdgeMax sugere porém uma característica de borda, e com isso recursos como MPLS não devem ser prioridade. Vamos ver em quanto tempo esse produto menor quanto os outros irmãos maiores chegam ao mercado... a versão carrier tem uma porta 10G, algo que nem o CloudCore Router da Mikrotik tem (inicialmente pelo menos).

    Quanto a comparação com a Cisco, ela não é desproporcional; muita gente usa Cisco em cenários simples que poderiam ser atendidos com um EdgeMax ou uma Routerboard. E como Cisco é caro, eles acabam comprando menos poder de processamento do que precisariam... a troca que eles sugerem no vídeo pode ser realidade para muitas empresas americanas. Não é o caso no Brasil, onde o custo de banda é alto e mais gente se dispõe a usar um roteador com PC montado e Linux... mas se eu fosse o gerente de produto da UBNT, iria sim para cima da Cisco e não da Mikrotik.

    Os ISPs que muito usam Mikrotik vão comprar alguns UBNT, testar, e se gostarem vão comprar mais. Não é preciso focar muito em comunicação nesse segmento, o que eles já fizeram de uma análise comparativa já é suficiente. Quem usa Mikrotik fazendo 2 ou 3 das coisas que citei no começo vai demorar, mas os que já separam essas tarefas, e que é uma boa prática mesmo numa rede exclusivamente Mikrotik, vai poder testar o EdgeLite fazendo NAT, balanceamento, BGP simplificado (pouca memória para um BGP completo) e vai adotar ou não com base na sua própria experiência.

    Apesar de muita gente querer antecipar o que vai acontecer ou especular, só a progressão natural do produto vai poder dizer o que vai acontecer.
    Caro Rubensk ...

    Muito importante vossas colocações, acredito que enriquecerá ainda mais esse debate produtivo.

    Acredito que os pontos tocados são de suma importância, até acredito que poderá se tornar um bom produto, mas continuo entendendo que o produto nunca será tudo aquilo que a ubnt anuncia, pois sempre divulgam em suas propagandas coisas exorbitantes se comparados a realidade alcançada.

    Ex.: A linha M5, suas propagandas dizem atingir 300 Mbp/s, mas todos sabemos que isso é uma utopia e acaba a influenciar (incentivar) os usuários a tentarem tirar "água de pedra" (como citado pelo Zé Alves), pois quando vêem um rádio que divulga 300 Mbp/s e só conseguem seus 50 ou 80 Mbp/s, é natural que a pessoa fica intrigada. Por essas e outras que acredito que não será tudo aquilo proposto, não digo que será um mal produto, apenas seguirá o mesmo padrão ubnt.

    Saudações a todos



  19. #19

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    Citação Postado originalmente por godoy Ver Post
    Ex.: A linha M5, suas propagandas dizem atingir 300 Mbp/s, mas todos sabemos que isso é uma utopia e acaba a influenciar (incentivar) os usuários a tentarem tirar "água de pedra" (como citado pelo Zé Alves), pois quando vêem um rádio que divulga 300 Mbp/s e só conseguem seus 50 ou 80 Mbp/s, é natural que a pessoa fica intrigada. Por essas e outras que acredito que não será tudo aquilo proposto, não digo que será um mal produto, apenas seguirá o mesmo padrão ubnt.
    Pois é, esse tipo de informação deveria ser esclarecida, ter um texto jurídico informando em que situação essa taxa ocorre...

    No meu treinamento eu falo sobre esses gráficos e tento mostrar ao cliente como interpretá-los para não se frustar com expectativa quebrada. Em resumo é o seguite:

    No gráfico abaixo você escolhe em qual relação throughput distância você quer ficar...

    150 Mbps ------------------- 75 Mbps ------------------- 1 Mbps. (curva de throughput)
    ---------------------------------------------- ? -------------------- (sua escolha)
    1 Km --------------------------- 25 Km ------------------ 50 Km. (curva de distância)

    É isso que a Ubiquiti está dizendo. Só que ela publica os dois extremos positivos e nós consumidores entendemos que por apenas R$ 300 nós vamos receber o melhor dos dois mundos kkkkkkkkkk
    Isso não existe, física é troca. Se eu optar por distância meu sinal vai atenuar e, consequentemente, meu throughput será menor :-)

    Em outras palavras: a Ubiquiti mostra suas qualidades, o Consumidor acha melhor não perguntar quando essas qualidades estarão presentes. Pronto, está feita a confusão e dá-se início à frustração.

    Com um pouquinho de reflexão o Consumidor evitaria essa frustração.


    Abraço,

    ZéAlves

  20. #20

    Padrão Re: Novos equipamentos Ubiquiti

    A bem da verdade é que até agora não estou conseguindo comprar uma peça, alguém poderia indicar algum site que vende este equipamento.