Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    INTRODUÇÃO
    Nos dias de hoje com NETFLIX, youtube HD, video conferências, ensino a distância e demais aplicações de alto consumo de banda, se faz necessário montar um POP que seja capaz de suportar a grande demanda por throughput.


    Mas qual o pulo do gato, qual o segredo pra investir em hardware e ter mais sucesso?
    O segredo é migrar para um fabricante que disponibilize alguma forma de TDMA para obter grande performance no PTMP.


    SÓ MIMO NÃO AJUDA
    Comprar um rádio que oferece apenas 802.11N (MIMO) vai ajudar na eliminação do efeito negativo do multicaminho. Mas um rádio que só oferece MIMO vai sofrer os mesmos problemas de lentidão causados pelo nó oculto que degradam consideravelmente a performance da rede nos equipamentos mais antigos.


    O QUE É TDMA
    É um protocolo que utiliza janelas de tempo para sequenciar o acesso das estações. Cada rádio tem um tempo determinado para fazer sua transmissão e, com isso, elimina-se o nó oculto da rede. Isso permite que o AP deixe de "perder tempo" com colisões de pacotes e dedique 100% de sua capacidade de processamento ao fluxo de dados da rede, permitindo um número maior de clientes siultâneos.


    FARICANTES QUE DISPONIBILIZAM TDMA
    Ubiquiti com AirMAX. Está consagrado e funciona.
    Mikrotik com NV2. Ainda não usei. Ouvi falar bem, creio que alguém do fórum vai esclarecer sobre o tema.
    Intelbras com iPOLL. Só vi a ficha técnica dos equipamentos deles, não sei se está maduro e funcional.

    IMPORTANTE
    Como os protocolos TDMA + MIMO citados acima são proprietários, você terá que comprar o conjunto de AP e CPE do mesmo fabricante e da mesma série de produto. Se misturar fabricante, adeus TDMA!


    TEM QUE SABER USAR, ESTOU AQUI PRA ENSINAR
    Vou falar sobre a Ubiquiti porque é o fabricante que eu domino.Não vendo equipamento, não trabalho pra Ubiquiti, nem estou aqui pra fazer propaganda deles.

    O grupo de provedores que usa AirMAX profissionalmente buscou aprimoramento técnico através de cursos como REDES UBIQUITI OUTDOOR que ministro, ou outros cursos que outros instrutores disponibilizam. Esse grupo de profissionais qualificados está muito satisfeito com AirMAX.

    Existe um grupo que mete o pau, grita e fica bravinho com a Ubiquiti. Quem sabe se esse pessoal se desse a chance de aprender, a percepção deles seria diferente...


    TDMA DA UBIQUITI - AirMAX
    A linha AirMAX da Ubiquiti é bastante ampla, tem diversas opções de equipamento pras mais variadas aplicações e distância e o protocolo AirMAX está consagrado e em operação desde 2010.

    O Rádio da Ubiquiti projetado para se AP é o Rocket M. Algumas pessoas usam outros rádios como o Bullet ou os Nanos, mas esses modelos foram projetados para serem CPE. Eles até operam como AP numa rede pequena, mas se o volume de tráfego for grande tem que usar o Rocket M no AP.

    Um Rocket M operando como AP é capaz se suportar 100 clientes simultaneamente. Óbvio que a banda comercializada vai limitar o número de clientes, porque a porta LAN passa apenas 100 megabits.
    Por Exemplo:
    1- Se você vende 20 megabits full para cada cliente, só vai conseguir conectar 5 clientes simultâneos porque o limite é a velocidade da porta LAN. (100 megabits).
    2 - Se você vende 1 mega full pra cada cliente, vai poder atender 100 clientes.
    OBS.: Óbvio que a banda pode variar por N fatores. Não estou aqui garantindo que vai passar 100 megas, estou aqui repetindo o relato de vários alunos que atingiram e superaram 100 clientes simultâneos com o Rocket em seus APs...

    Esse negócio de 100 clientes simultâneos não é propaganda enganosa. Tem muita gente usando, basta aprender como se faz.


    SOBREVIDA AO EQUIPAMENTO ANTIGO
    A Ubiquiti fez uma coisa bacana no final do ano passado. A Ubiquiti desenvolveu um firmware que torna compatível seus rádios da linha légacy (os nanos antigos, os bullets antigos...). Usando este novo firmware fica mais barato usar AirMAX numa rede que já possui CPE Légacy Ubiquiti, porque você usa os rádios antigos da Ubiquiti equipados com AirOS e só precisa modernizar o AP para AiMAX.

    Um rádio légacy Ubiquiti "tunado" pra AirMAX só funciona como CPE porque o TDMA é feito no software. Além disso a performance de um rádio "tunado" será menor do que a performance de um rádio nativo AirMAX, mas a boa parte é que você não perde o investimento feito anteriormente e pode usar o rádio Ubiquiti antigo em sua rede AirMAX.


    AIRMAX SINGLE OU DUAL
    Fazer a rede toda AirMAX 1x1 nas CPEs vai criar uma rede até 2.5x mais lenta se comparada a uma rede toda AirMAX 2x2.
    Bem, você deve estar pensando: "ahhh não vou usar 1x1 porque é mais lento. 1x1 é ruim..."
    Não exatamente. Nem todo mundo precisa de uma rede 100% 2x2.

    É possivel usar rádios 1x1 e 2x2 simultaneamente sem degradação substancial de performance. De fato, esse é o cenário da maioria dos provedores que usam AirMAX em seus POPs.


    QUAL FREQUÊNCIA USAR
    Por último, a pergunta de sempre: 2.4 GHz ou 5 GHz?

    5 GHz sofre menos com interferência, mas a visada tem que ser livre...
    2.4 GHz tolera pequena obstrução de visada, mas o comprimento de onda é mais propício a gerar e sofrer interferências.
    A maioria das pessoas estão usando 5 GHz.
    O revendedor compra e homologa mais 5 GHz, então, pra evitar desabastecimento eu usaria 5GHz.


    CONCLUSÃO
    O pulo do gato é o TDMA no POP para ter uma rede PTMP mais eficiente.
    Falei aqui sobre os fabricantes que disponibilizam (ou pretendem disponibilizar) esta tecnologia.
    Dei um destaque especial sobre o AirMAX da Ubiquiti porque é a linha de produtos que domino.
    Acredito que os colegas vão colaborar acrescentando mais informações sobre o NV2 da Mikrotik.
    Também acredito que alguém vai informar quando a Intelbras estiver com o iPOLL funcionando no PTMP.
    Certamente agora você tem mais subsídios pra fazer uma escolha consciente e desejo sucesso para seu provedor.

    Espero ter ajudado.


    Abraço,

    ZéAlves

  2. #2

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Como sempre o Zé mandando muito bem nos posts...vou falar do NV2 da Mikrotik, eu uso aqui tanto o AirMax da UBNT quanto o NV2, os dois trabalham muito bem e funcionam perfeitamente, oque eu vi de superior no NV2 é só a questao do Hardware mesmo das Routerboads frente aos UBNT, essa semana mesmo troquei dois enlaces da UBNT que eu usava com bonding e estava passando em torno de 40 mega, e coloquei RB441GL com cartoes R52HN e continuei usando as antenas dish da UBNT, resumindo em 1 unico Hardware consegui na mesma distancia 80 Mega full e 160 mega agregado, mais como eu disse antes, os dois protocolos funcionam muito bem, mas para mais banda eu indico o NV2 da Mikrotik.

    Abraço.



  3. #3

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Legal ED, valeu brother!

    Mas o TDMA (NV2 ou AirMAX) faz diferença mesmo no cenário PTMP.
    Você já está usando nos POPs pra atender clientes?

    ZéAlves

  4. #4
    Analista de Suporte em TI Avatar de demattos
    Ingresso
    Jul 2011
    Localização
    Criciuma/SC
    Posts
    1.923
    Posts de Blog
    3

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Boa noite, muito boa sua contribuicao para nos, eu uso UBNT em minha rede a mais de 1 ano e nao me arrependo, estou muito satisfeito, mas nao tive a oportunidade de testar o Nv2 da mikrotik mas vou testar em um elase como PTP e post os resultados aqui.



  5. #5

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Zé montei essa semana tb painel da Ubiquiti de 90 com RB411GL com cartoes R52HN para atender clientes com bandas de 5 mega, usando o Protocolo NV2, nos testes que fizemos na empresa funcionou perfeito, vamos pra campo agora ver na pratica como vai se comportar, assim que tiver os resultados posto aqui.

    Abraço

  6. #6

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Obrigado pelo feedback, DeMattos.

    Valeu, Ed. Posta aí os resultsdo, porque eu falo sobre NV2 no meu treinamento mas não tenho case de sucesso pra passar para o aluno.

    Abraço,

    ZéAlved



  7. #7

    Padrão Re:

    Zé, baita post esse teu hem!

    Concordo em gênero, número e grau contigo. Acrescento só um detalhe que não menospreza NADA a tua postagem: N não é MIMO. N é uma "tecnologia" assim como o TDMA. MIMO é arquitetura de construção de antenas.

    O fato do equipamento roda em N não significa que funcione em MIMO. Exemplo disso é a Airgrid M5: é N, tem TDMA embarcado e não é MIMO.

    Só é MIMO onde se usa duas ou mais antenas na transmissão. Rocket é MIMO, NanoBridge e NanoStation série M também são. Bullet e Airgrid são de polarização simples, portanto não são MIMO.

    Um abração, e parabéns mais uma vez!

  8. #8

    Padrão Re:

    Só um detalhe, Zé: sabe quem fez essa magia do Airmax na Ubiquiti? O mesmo pessoal que desenvolveu o projeto do Airfiber. O mesmo grupo que trabalhou no projeto do Canopy lá na Motorola, e já usavam TDMA há anos.

    O Robert Pera não nega que saiu da Apple. O Jobs quando era vivo tinha essa filosofia de buscar só os maiores talentos no mundo naquilo que precisava pra obter sucesso.



  9. #9

    Padrão Re:

    Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    Zé, baita post esse teu hem!

    Concordo em gênero, número e grau contigo. Acrescento só um detalhe que não menospreza NADA a tua postagem: N não é MIMO. N é uma "tecnologia" assim como o TDMA. MIMO é arquitetura de construção de antenas.

    O fato do equipamento roda em N não significa que funcione em MIMO. Exemplo disso é a Airgrid M5: é N, tem TDMA embarcado e não é MIMO.

    Só é MIMO onde se usa duas ou mais antenas na transmissão. Rocket é MIMO, NanoBridge e NanoStation série M também são. Bullet e Airgrid são de polarização simples, portanto não são MIMO.

    Um abração, e parabéns mais uma vez!
    Valeu Jadir. Boa a tua correção.
    Duas antenas ou mais = MIMO
    só uma antena = SISO (single input single output)



    Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    Só um detalhe, Zé: sabe quem fez essa magia do Airmax na Ubiquiti? O mesmo pessoal que desenvolveu o projeto do Airfiber. O mesmo grupo que trabalhou no projeto do Canopy lá na Motorola, e já usavam TDMA há anos.

    O Robert Pera não nega que saiu da Apple. O Jobs quando era vivo tinha essa filosofia de buscar só os maiores talentos no mundo naquilo que precisava pra obter sucesso.
    Pois é, da mesma forma, a gente deve buscar o melhor equipamento pra tarefa. Independente do fabricante :-)

    Eu acredito que o AirMAX é projeto da equipe do Robert ou uma equipe de chineses, indianos comissionados pr ele pra fazer o AirMAX.

    A Galera da Motorola veio depois, no projeto do AirFIBER.


    Abraço,

    ZéAlves

  10. #10

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Zé, muito bom artigo !!

    Me diga uma coisa..

    uma base station e clientes 1x (airgrid). media de 40 simultaneos... ate qual banda eh possivel vender sem degradação ?



  11. #11

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Oi Alexandre.

    Meus alunos que ultrapassaram 90 clientes simultaneos vendem bandas variadas, não existe velocidade fixa, tipo: 3 megas pra todo mundo.

    No teu caso que tem 40 clientes simultaneos dá pra vender 2 megas pra cada um e sobra. Agora fica ligado que eu não tenho mais provedor, estou te falando pautado em teoria e no relato de meus alunos. Os caras não tem motivo pra mentir e se dar ao trabalho de escrever algo assim: http://granlabor.com/testemunhal-25.htm

    Muitos são aqui do under, quem sabe algum deles resolve complementar com seu relato, mas eu tenho percebido que o pessoal fica na moita pra não dar luz pro concorrente, que muitas vezes está aqui também hehehe

    Sobre trabalhar apenas com 1x1, existe o problema de sobrecarregar uma portadora. Lembra que só numa polarização você não está usando todo o potencial do AP. Eu explico Isso muito bem na certificação oficial Ubiquiti.


    Abraço,

    ZéAlves

  12. #12

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    ola, estou migrando alguns pops para ubiquiti , uso autenticaçao atraves de ip+mac+segurança(uma para cada cliente), mas nao vem ao caso, se eu tiver um pop com os Rocket M2 eu posso usar alguns clientes na polarizaçao vertical e outros na horizontal ou tem que ser tudo na mesma polarizaçao?
    uso nos clienter Antena de Grade +Placa PCBA..



  13. #13

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Aqui uso Mikrotik 411AH + R52Hn-M com base-station ubiquiti com NV2 e se for um POP com poucos clientes e com boa visada uso Omni-Tik da Mikrotik é muito bom também, já chegou a 25 clientes online sem problemas.

    Já faz mais de 10 meses em horário de pico chega a 68 clientes simultâneo nas base-station, mas passando uns 15 MB, planos de 1 e 2 megas.

    Uso CPE SXT Mikrotik nos clientes, na minha residência uso SXT conectado em uma OmniTik chega a passar 30 MB.

    Depois da migração do 2.4 p/ 5.8 TDMA (Nv2) não tive mais nenhuma reclamação.

    Recomendo Mikrotik a todos, muito bom mesmo !

    Segue um Print Screen agora de manhã, tá só com 26 online na rede "Cyber_Internet_33" mas já da pra ter uma ideia.

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         33-34.jpg
Visualizações:	146
Tamanho: 	127,8 KB
ID:      	39343

    Obs.: Tive que apagar os mac e os nomes dos clientes, pra evitar a concorrência.. rss

  14. #14

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Mas o TDMA ele só fica ativo com uso do AIRMAX ou NV2, ele não é ativo no 802.11n não?



  15. #15

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Muito Bom esse compartilhamento de conhecimento, pena que no meu estado não tem um curso desse
    =/

  16. #16

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    certo.. entao dividindo os clientes eh H e V .. vai dividir as portadoras ??!?

    a ubnt disse que isso nao aconteceria... mas tambem foram bem superficiais e acabou que a duvida ainda continua ...



  17. #17

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Citação Postado originalmente por Kwitschal Ver Post
    ola, estou migrando alguns pops para ubiquiti , uso autenticaçao atraves de ip+mac+segurança(uma para cada cliente), mas nao vem ao caso, se eu tiver um pop com os Rocket M2 eu posso usar alguns clientes na polarizaçao vertical e outros na horizontal ou tem que ser tudo na mesma polarizaçao?
    uso nos clienter Antena de Grade +Placa PCBA..
    Teus clientes precisam ser compativeis com o TDMA. O NV2 da Mikrotik, o iPOLL da Intelbras ou o AirMAX da Ubiquiti são protocolos TDMA proprietários, ou seja, só funcionam com equipamentos do mesmo fabricante e da mesma série de produtos. No caso da Ubiquiti é a série M (AirMAX) ou então a versão antiga com upgrade de software. As outras empresas eu não sei dizer porque não conheço a fundo os produtos delas. Se usar AP AirMAX e cliente de outro fabricante não navega porque é incompativel.


    Citação Postado originalmente por olivionet Ver Post
    Aqui uso Mikrotik 411AH + R52Hn-M com base-station ubiquiti com NV2 e se for um POP com poucos clientes e com boa visada uso Omni-Tik da Mikrotik é muito bom também, já chegou a 25 clientes online sem problemas.

    Já faz mais de 10 meses em horário de pico chega a 68 clientes simultâneo nas base-station, mas passando uns 15 MB, planos de 1 e 2 megas.

    Uso CPE SXT Mikrotik nos clientes, na minha residência uso SXT conectado em uma OmniTik chega a passar 30 MB.

    Depois da migração do 2.4 p/ 5.8 TDMA (Nv2) não tive mais nenhuma reclamação.

    Recomendo Mikrotik a todos, muito bom mesmo !

    Segue um Print Screen agora de manhã, tá só com 26 online na rede "Cyber_Internet_33" mas já da pra ter uma ideia.

    Obs.: Tive que apagar os mac e os nomes dos clientes, pra evitar a concorrência.. rss
    Puxa, que legal! Era isso que eu queria ver. Tudo funcionando bonito no PTMP com Mikrotik. Obrigado.



    Citação Postado originalmente por deanactive Ver Post
    Mas o TDMA ele só fica ativo com uso do AIRMAX ou NV2, ele não é ativo no 802.11n não?
    Não, como disse um pouquinho acima, ele é proprietário e tem que ser tudo da mesma tecnologia (AP e estações).



    Citação Postado originalmente por wagnersn Ver Post
    Muito Bom esse compartilhamento de conhecimento, pena que no meu estado não tem um curso desse
    =/
    Bota o nome na lista de cidades do meu site que pelo menos perto de você eu chego :-)


    Citação Postado originalmente por alexandrecorrea Ver Post
    certo.. entao dividindo os clientes eh H e V .. vai dividir as portadoras ??!?
    a ubnt disse que isso nao aconteceria... mas tambem foram bem superficiais e acabou que a duvida ainda continua ...
    Depende do equipamento do cliente. Se não me engano o Bullet só funciona na vertical. Acho que algum aluno já relatou ter conseguido dividir as airGRIDS em vertical e horizontal. Pro AP não faz diferença em que polarização vem a conexão. Ele transmite e recebe em ambas simultaneamente. Pro AP não importa como o cliente usa seu timeslot.

    Ô, loko! Se eu explicar tudo aqui ninguém vem no treinamento e eu não ganho grana pra comprar o leite das crianças :-D

    Abraço a todos,

    ZéAlves

  18. #18

    Padrão Re: Modernização do PTPM - Dados importantes pra fazer uma boa escolha

    Citação Postado originalmente por granlabor Ver Post
    Bota o nome na lista de cidades do meu site que pelo menos perto de você eu chego :-)
    ZéAlves
    Irei fazer isso =]

    Pra ter uma noção vou fazer o MTCNA em Natal-RN
    Moro na Paraíba



  19. #19

    Padrão Re:

    Citação Postado originalmente por granlabor Ver Post
    Depende do equipamento do cliente. Se não me engano o Bullet só funciona na vertical. Acho que algum aluno já relatou ter conseguido dividir as airGRIDS em vertical e horizontal. Pro AP não faz diferença em que polarização vem a conexão. Ele transmite e recebe em ambas simultaneamente. Pro AP não importa como o cliente usa seu timeslot.
    Zé, quem define a polarização no caso do Bullet M é a antena, não o equipamento. Portanto, se montar a antena (seja direcional de disco ou grade) na horizontal, o Bullet irá associar ao setor horizontal da BaseStation. Se montar a antena na polarização vertical, associará ao setor vertical da BaseStation.

    Eu particularmente não acho interessante o uso da BaseStation (que é MIMO por default) para atender clientes com polarização simples, como Airgrids e Bullets. Digo isso porque se estará subutilizando um equipamento de forma desnecessária (aquela questão de dividir a portadora, como o Alexandre comentou).

    Funciona assim: quando você liga uma NanoStation M5 em uma BaseStation, o nível de sinal da recepção (e de retorno) é proporcional ao nível de sinal de cada um dos canais. Se foi obtido um sinal -60/-64 (no canal 1 e canal 2, respectivamente), o sinal equivalente será de -61, por exemplo.

    Quando você liga essa mesma NanoStation M5 em um Bullet M5 acoplado em uma antena de polarização vertical, o único setor da Nano que de fato associará com o Bullet será o vertical. O setor horizontal obviamente, receberá níveis de sinal emitidos pelo Bullet AP, e exibirá o quanto recebe MESMO EM polarização horizontal. Então o resultado fica assim: -60/-85 (no canal 1 e canal 2, respectivamente), resultando em um nível de sinal equivalente de -62.

    O efeito disso é simples: o rate geral da comunicação obrigatoriamente cai (uma vez que o rate máximo que se obtém em polarização simples é exatamente a metade do obtido em polarização simples, efeito do MIMO), e por consequência degradam o Airmax Quality e Capacity. Quanto maior o aproveitamento do rate na comunicação dos equipamentos, maior os níveis de Airmax Quality e Capacity.

    Assim sendo, um equipamento que deveria associar em um rate 130/130 estará degradando o TDMA na comunicação geral do AP se associar em 65/65. Não entendam degradar como estragar (de certa forma é prejudicial sim). Entendam como subutilizar.


    Resumindo, é melhor um Bullet M5 em 20Mhz com um painel horizontal Hiperlink associando Airgrids na horizontal e obter um rate 65/65 e níveis de Airmax Quality e Capacity de 100%/100% .... do que um Rocket M5 em 20Mhz associando Airgrids com polarizações diversas e negociando um rate 65/65 (onde é possível obter 130/130) e degradando o Airmax Quality e Capacity para 50%/50%

    Utilizar equipamentos equivalentes em aplicações equivalentes. É uma questão de lógica e aproveitamento máximo do TDMA na comunicação geral da rede.

    Conseguiram me entender?

  20. #20

    Padrão Re:

    Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    Zé, quem define a polarização no caso do Bullet M é a antena, não o equipamento...
    Em teoria é isso que vc falou. Na prática não rolou direito na horizontal. Atenuou um absurdo.
    E a antena estava montada corretamente num ponto a ponto com Bullet M5.

    Abraço,