+ Responder ao Tópico



  1. #1
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Post ROCKET M6 talvez um novo produto

    Com o lançamento do novo firmware UBIQUITI v5.5.4
    apareceu na lista de modelos (devices) uma opção para ROCKET M6
    Seria uma nova versão do ROCKET para a frequência de 6GhZ ?
    A UBIQUITI deixou o furo, vamos ver de o protuto sai !

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         RocketM6.jpg
Visualizações:	230
Tamanho: 	93,9 KB
ID:      	43462

  2. #2

    Padrão Re: ROCKET M6 talvez um novo produto

    @pkmc boa noite!

    a linha M6 é comercializado especificamente para a Rússia[1][2] assim como relatado em seu fórum oficial.


    [1]http://community.ubnt.com/t5/airMax-General-Discussion/M6-quot-6Ghz-quot-Series-Listed/m-p/306944#M2511
    [2]http://community.ubnt.com/t5/airMax-...hz/td-p/386932
    Última edição por jailtonnetlink; 17-03-2013 às 22:10.



  3. #3
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: ROCKET M6 talvez um novo produto

    Seria legal se tivesse a possibilidade de comercialização desse produto no Brasil, pois a banda de 5GhZ ja está bem carregada

  4. #4

    Padrão Re: ROCKET M6 talvez um novo produto

    Se liberassem a PowerBridge M10 para uso livre eu ficaria bem mais feliz pq a maioria desses Links dedicados que estão sendo entregues para os provedores geralmente são em 6ghz então já não me interessaria tanto...



  5. #5

    Padrão Re: ROCKET M6 talvez um novo produto

    Quem comprou a frequencia 10G foi a OI e não usa pelo menos aki no Sul ela tem o direito de uso mas não usa por isso não e liberado....

  6. #6

    Padrão Re: ROCKET M6 talvez um novo produto

    Citação Postado originalmente por pkmc Ver Post
    Seria legal se tivesse a possibilidade de comercialização desse produto no Brasil, pois a banda de 5GhZ ja está bem carregada
    Do que adianta existir a possibilidade de comercialização, se para usar essa faixa precisa adquirir licença da Anatel?



  7. #7
    Avatar de sgtelecom
    Ingresso
    Jul 2012
    Localização
    Araruama, Rio de Janeiro, Brasil
    Posts
    93

    Padrão Re: ROCKET M6 talvez um novo produto

    Citação Postado originalmente por hodesanionetx Ver Post
    Se liberassem a PowerBridge M10 para uso livre eu ficaria bem mais feliz pq a maioria desses Links dedicados que estão sendo entregues para os provedores geralmente são em 6ghz então já não me interessaria tanto...
    em 6 Ghz somente acima de 20Km, se for menor que isso a ANATEL nao libera a frequencia de 6 Ghz

  8. #8

    Padrão Re: ROCKET M6 talvez um novo produto

    Citação Postado originalmente por sgtelecom Ver Post
    em 6 Ghz somente acima de 20Km, se for menor que isso a ANATEL nao libera a frequencia de 6 Ghz
    é e deveria ser sempre em Backbone rsrs +/- tá cheio de antena comba c radio Superstar nos dedicados aqui taguatinga é a cidade mais próxima num dá 10 km de carro talvez 15 de carro num dos pops da Eletronet, e lá saindo os dedicados... Olha por exemplo 5.1 Ghz não deveria sair de edificações, mas na prática...



  9. #9
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Exclamation Re: ROCKET M6 talvez um novo produto

    Como sempre no Brasil, nem tudo que é dito como regra é o que é feito, afinal se fosse assim provedores sem licença de funcionamento (SCM) não existiriam, assim como usar frequencias sem premissão tambem.
    E como sempre as TELES são muito beneficiadas, pois tem poder econômico para "comprar" direitos de uso com o intuito de evitar que pequenas operadoras o façam, dificultando a vida do pequeno provedor e mais ainda dos consumidores que muitas vezes pagam uma exorbitância por (2Mb) na realidade 900k aproximadamente, essa é a realidade de muitas cidades no RS aonde a OI, monopoliza o setor.