Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Hoje quando eu comecei a dar risadas aqui. Olha a matéria que foi publicada na Teletime:

    A Anatel negou o pedido da Sky de redução do preço pago pela TV Filme para a prestação do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) na faixa de 2,5 GHz. A Sky, que controla a TV Filme, pediu a redução do preço, tendo em vista que a prestação do serviço de banda larga pela tecnologia TD-LTE só se mostrou rentável em 24 das 101 cidades de outorga da companhia. Além da redução do preço, a Sky pediu também uma mudança no parcelamento do pagamento, para adequá-lo ao método utilizado no edital de venda das faixas de 2,5 GHz: 10% do valor pago no momento da outorga e 90% restantes pagos em seis parcelas iguais e anuais. Em troca, a Sky propôs ofertar o serviço nos moldes do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) nas 101 cidades de outorga.
    A TV Filme tem um processo contra a Anatel pelo fato de a agência ter utilizado a metodologia de Valor Presente Líquido (VPL) ao invés do preço público. O pedido foi negado pela Justiça e a empresa vem realizando os depósitos em juízo. De acordo com o conselheiro Jarbas Valente, a precificação do uso da faixa segue critérios técnicos, que melhor podem mensurar a viabilidade de um determinado negócio. Além disso, a resolução n.º 544/2010, que aprovou a destinação da faixa, já prevê a forma de cálculo para o caso em questão, não fazendo qualquer menção à possibilidade de alteração posterior.

    Fonte: http://www.teletime.com.br/31/10/201...2F2013+23%3A07

  2. Então agora é assim?? Dá o lance, garante a faixa de frequencia e depois tentam dar um jeito de pagar menos...

    No edital do leilao foram definidas todas as regras, toda a formatacao do pregão e, no meu entendmento cabe a empresa interessada, analisar os riscos e oprtunidades envolvidos e então definir quanto é viavel pagar.

    Mas parece que não fizeram as contas e os testes corretamente e olha no que deu...

    Ou será que as contas e os testes de viabilidade estão certos e estão tentando baratear o custo??

    Bom, pra mim ficou muito estranho isso aí... Ainda bem que a ANATEL negou o pedido, pois caso contrário seria uma vergonha.



  3. Citação Postado originalmente por SantiagoMG Ver Post
    Então agora é assim?? Dá o lance, garante a faixa de frequencia e depois tentam dar um jeito de pagar menos...

    No edital do leilao foram definidas todas as regras, toda a formatacao do pregão e, no meu entendmento cabe a empresa interessada, analisar os riscos e oprtunidades envolvidos e então definir quanto é viavel pagar.

    Mas parece que não fizeram as contas e os testes corretamente e olha no que deu...

    Ou será que as contas e os testes de viabilidade estão certos e estão tentando baratear o custo??

    Bom, pra mim ficou muito estranho isso aí... Ainda bem que a ANATEL negou o pedido, pois caso contrário seria uma vergonha.
    Pois é amigo Santiago, ainda bem que a tia ANA negou, tomara que por debaixo dos panos não saia uma propinazinha para dar o velho jeitinho Brasileiro, se chegasse em nossas mãos essa faixa seria ótima para atendimento a clientes no projeto-modelo que tenho hoje aqui. vamos acompanhar isso para ver no que vai dar!

    Saudações!

  4. Complicado esse Brasil quanto mais dinheiro se tem mais enrrolados as coisas são. A ANATEL não aceitou e espero que não aceite por que seria uma injustiça bizarra, pra não dizer outra coisa. Enquanto se matamos com burocracias e outras coisitas a mais que poderiam mudar nos deixando dinheiro pra investir em nossos equipamentos trazendo melhor conexão a nossos clientes, vem uma empresa milhonaria querendo reduzir custos de forma escandaloza.
    Agora vejam voces eles são muitos espertos ou nos muito burros, vejo em todo lugar pequenos provedores traçando uma guerra infernal por clientes em bairros de periferia, enquanto as TELES se unem e tomam cada vez mais nossa grana, juntas determinam areas todas ganham e todos felizes nós brigamos ponto a ponto não podendo crescer em grande escala e só se fudendo.



  5. Penso que a estratégia da Sky está totalmente errada. O mais pesado eles já conseguiram que foi ganhar a licitação em 2.5

    Isso abre para eles uma janela enorme. Não só TV, filmes, mas principalmente internet.
    Quisera eu ter dinheiro para bancar uma licitação dessas.
    Depois homologar um Ubiquiti para trabalhar nesta frequencia seria o menos dispendioso de tudo. O firmware dos Ubiquiti e mikrotik já permitem o uso em 2.5. É só homologar para uso próprio e pronto.
    Mas burrice é burrice. Os caras estão pensando só em LTE. O protocolo 802.16 que trata do wimax já está encalhado faz tempo. Pouca coisa saiu dos projetos.
    Mete um Ubiquiti com Airmax em 2.5 ou um mikrotik com NV2 e vão ver como conseguem passar bastante banda. Se saturou, abre outra célula.

    Se a Anatel tivesse regulamentado esta faixa para os pequenos provedores só participarem, o objetivo já teria sido alcançado faz tempo. Agora está aí. Entraram os grandes só para complicar. Uma faixa cara, e sub-utilizada.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 4
    Último Post: 23-09-2009, 06:21
  2. Qual valor a ser cobrado num Sistema feito para o Linux??
    Por slackmaster no fórum Linguagens de Programação
    Respostas: 2
    Último Post: 05-07-2005, 08:22
  3. Respostas: 4
    Último Post: 11-06-2005, 21:28
  4. Valores a ser cobrado pelo serviço de wireless
    Por Good_speed no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 01-04-2005, 21:39
  5. Qual o valor a ser cobrado pela instalacao linux estacao + o
    Por maneirobh no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 22-05-2003, 00:26

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L