Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Lightbulb OmniTik + sxt lite5 (com img da área de cobertura)

    Quem tem experiência com estes equipamento gostaria de uma dica:
    Tenho a seguinte área:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         cobrir_com_omnitik.jpg
Visualizações:	509
Tamanho: 	350,2 KB
ID:      	51497

    To pensando em por uma omnitik para cobrir esta área com distancia máxima de 509m, lembrando que toda área tem visada para omnitik. Nos clientes, caso venha colocar, usarei sxt lite5 com protocolo nv2 e mimo ativo.
    Perguntas:
    Com estes equipamentos, consigo atender clientes a esta distância (509m)?
    Seria uma boa ideia usar omnitik neste caso?
    Até quantos clientes simultâneos conseguiria sem congestionar a rede com velocidade máxima de 1mbps?

    Gostaria de relatos de quem usa estes esquipamentos.
    Vlwww galera!

  2. #2

    Padrão

    pode colocar de boa mas não usa em nv2 mas sim em nstreme a rede vai ficar file precisa de ajuda? [email protected] ate mais



  3. #3

    Padrão

    Citação Postado originalmente por SURUBIM NETWORK Ver Post
    pode colocar de boa mas não usa em nv2 mas sim em nstreme a rede vai ficar file precisa de ajuda? [email protected] ate mais
    Blz, vlww mesmo, acredito que vou precisar sim... sabe quantos clientes consigo atender com esta amnitik? Porque usar nstreme ao invés de nv2?

  4. #4

    Padrão

    O bom é não se apegar ao TDMA, seja da Ubiquiti ou da Mikrotik, por dois motivos igualmente importantes:

    - Primeiro por que ambos os fabricantes não projetaram um processador responsável exclusivamente pela gerência do TDMA. Como a tecnologia registra e controla o momento exato em que cada estação pode transmitir, demanda recursos de hardware significativos, o que gera estresse no processador do equipamento (no caso o AP). Eu utilizei o Airmax habilitado em minha rede e nos horários de pico e com muitas estações ligadas e a latência da rede subia demais. Desativei o TDMA e resolveu o problema.

    - Segundo ponto, a velha questão da tecnologia proprietária. Eu particularmente não me preocupo tanto com a possibilidade do fabricante falir, fechar as portas. O que eu defendo é não ser refém do fabricante e dos seus preços e disponibilidades.


    A ideia base do TDMA é muito interessante. O que precisaria para ficar usual sem gerar dores de cabeça são projetos novos nos equipamentos, apropriados para o uso extremo dos recursos de hardware e software, principalmente o hardware para suportar a carga.

    Enquanto não há solução, prefiro redes em N e MIMO, 10Mhz e canais 5.5Ghz. Dá pra tirar água de pedra e dormir tranquilo de noite.



  5. #5

    Padrão

    Grande Jadir, sempre testando...
    Também tenho minhas dúvidas quanto ao TDMA. É mais moderno, e falar mal vai contra a tendência....
    Por isso quase ninguém critica.
    Mas aos poucos o pessoal vai notando que o TDMA não é tudo aquilo que promete

    Veja neste tópico o post nº 7 onde o usuário SantiagoMG relata melhores resultados com o velho RTS/CTS.

    https://under-linux.org/showthread.php?t=172156

  6. #6

    Padrão

    aqui em ptp curtos de 1 a 3km uso sxt lite 5 e com nv2 ativa a lactencia fica mais alta e varia muito mesmo sem trafego. Desativo deixando n puro ai crava em 1ms.

    Tbm uso omnitik em 10mhz como cliente airgrid, nano loco e sxt nada a reclamar.