Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Antes de escrever este post eu fiz muitas pesquisas. Sobre redes e provedores de internet Wi Fi descobri muitas coisas, desde aqueles que investem pouco, até os que estão há anos no mercado empreendendo e se esforçando ao máximo para levar qualidade e segurança para seus clientes. Mas será que só isso basta?


    Aqui em Brasília praticamente não existem mais provedores Wi Fi de bairro. Aqueles que ainda persistem na atividade são na verdade uma segunda fonte de renda dentro da empresa de TI. Me refiro às lojas de produtos de informática nas cidades satélites, uma fonte complementa a outra.


    O desaparecimento deste tipo de serviço no DF é em minha opinião o reflexo do advento da Internet 3G. Nossa topologia favorece bastante à qualidade em vista de outras cidades pelo Brasil. Aqui a 3G caiu de verdade nas graças da população. Além disso, as fiscalizações quanto aos quesitos técnicos e de qualidade são frequentes por aqui. Isso ajuda na manutenção da boa prestação do serviço.


    Outra questão que também pode ter contribuído para a desistência dos provedores Wi Fi é a presença maciça das operadoras convencionais. GVT, Oi e Net alcança 100% do DF, em algumas localidades elas chegaram antes do asfalta e até da água ( verdade, vivi isso). A oferta do serviço atrelado à alta renda da população ( maior renda por pessoa do país), faz com que a “mal falada” internet via rádio seja esquecida e até menosprezada. Ou seja, o baixo custo do serviço Wireless quando comparado com o serviço oferecido por alguma das empresas mencionadas acima não é levado em consideração, a população prefere pagar mais caro.


    Com o Programa Nacional de Banda Larga - onde o Governo Federal estabeleceu meta de tempo para ser implantado nas regiões mais remotas - o Wireless tende a ficar ainda mais obsoleto para o cliente doméstico nas localidades mais distantes, pois a fibra vai chegar.


    Outra questão são as chamadas “Cidades Digitais”, aqui em Brasília o projeto está em fase final de implantação com tecnologia Cisco. É de se impressionar a qualidade e o alcance do sinal. Como aqui é uma cidade plana, pelo que percebi toda a rede – em todo o DF – está sendo desenvolvida em modo repetidor. Ou seja, o sistema só necessita de um poste com energia elétrica. Já contei, do trabalho até em casa existem 26 estações de Acess da Cisco instaladas.


    Diante do cenário, como vocês enxergam o futuro dos provedores Wireless em regiões que estão na mira dos projetos sociais que priorizam o acesso da população à internet de alta velocidade?




    Veja a última seleção das cidades que irão receber o projeto “Cidades Digitais”: http://goo.gl/Zn9W5J


    Entenda o PNBL: http://goo.gl/QzC9IJ




    Cheguei ontem e já lhes trago um post deste nível. Putz...

  2. #2
    Ricardo Romero Avatar de ricromero
    Ingresso
    Apr 2008
    Localização
    São Paulo / Interior
    Posts
    920

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    De que adianta ser tudo Cisco se nada que o Governo provê presta?



  3. #3

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    É mas este relato apesar de ser localizado, é um alerta a todos nós.
    Eu tenho um conceito já de muitos anos, mesmo antes de entrar no ramo.
    Nós somos desbravadores e criadores de sonhos para que as grandes teles assumam o controle em pouco tempo.
    Só mesmo um bom projeto pode fazer frente a esta situação.
    Ainda há tempo para nos preparar nas cidades pequenas. Mas nas grandes a coisa já está pegando. E vai pegar mais a medida que a operadora tornar rentável o investimento em cidade após cidade.
    Mesmo em cidades interioranas o que está acontecendo é a realocação de equipamentos retirados das grandes cidades e levando para o interior para melhorar o serviço.

  4. #4

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Não se assustem com o famigerado PNBL, isso não interessa ao governo. Porquê?
    Pro governo fornecer internet à população é um tiro no pé, dele, pois na grande rede a rejeição do governo tá lá em cima, visto que na rede se obtém as verdadeiras informações não divulgadas pela grande mídia.
    Nõa tô fazendo política é apenas uma constatação, façam uma pesquisa e verão a realidade.
    JMayer.



  5. #5

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Citação Postado originalmente por Arthur Bernardes Ver Post
    O antigo prefeito daqui prometeu cidade digital (Orindiúva sempre teve), até hoje nada saiu.

    Arthur, pelo que andei lendo o que está ocorrendo é que as prefeituras não estão conseguindo desenvolver um pro projeto de viabilidade técnica e econômica, como a escolha das cidades é uma espécie de "processo seletivo", aquelas que não conseguem de primeira vão para o final da fila.

    Marque uma audiência com seu prefeito e sinta os problemas. Quem sabe você não seria a solução? Falta de dinheiro não é.

  6. #6

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Verdade meu amigo, povo educado, povo informado...
    Apesar de que um índice alto de usuários só quer "pão e circo para o povo".
    Veja o fenômeno Facebook... a vasta maioria é só no Selfie... hehehe. Informação que é bom. nada...

    PNBL não passa de palanque....


    Citação Postado originalmente por jmayer Ver Post
    Não se assustem com o famigerado PNBL, isso não interessa ao governo. Porquê?
    Pro governo fornecer internet à população é um tiro no pé, dele, pois na grande rede a rejeição do governo tá lá em cima, visto que na rede se obtém as verdadeiras informações não divulgadas pela grande mídia.
    Nõa tô fazendo política é apenas uma constatação, façam uma pesquisa e verão a realidade.
    JMayer.



  7. #7

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Citação Postado originalmente por ricromero Ver Post
    De que adianta ser tudo Cisco se nada que o Governo provê presta?

    Veja o case de São Paulo, que está ultrapassando a mesma proposta de serviço de NY: http://www.wifilivre.prefeitura.sp.gov.br

  8. #8

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Citação Postado originalmente por technorte Ver Post
    @Brito, no meu ponto de vista esse projeto é PeTista, é só pra ganhar voto...nem vc e nem ninguém irá colocar na minha cabeça, nunca, que um projeto do Governo Federal visa o bem do povo...ou é pra conseguir voto ou é pra lavar dinheiro pra politicas futuras...me diga de onde vc tirou que um serviço gratuito a qual se propõe esse projeto terá qualidade, logico que no começo td são flores, mas e depois que eles conseguirem o que querem vai virar o que? um monte de sucata em leiloes...
    vou te dar um exemplo que vi com meus proprios olhos...nao direi os nomes dos órgãos públicos por questão de ética...mas veja o que se passa aqui em meu estado...(isso é até caso de denuncia ao MP)
    um orgao estadual X me pediu serviço de internet...banda minima de 1MB...meu plano é de R$ 150,00 pra essa banda...falei coma a gerente desse orgao e ela me pediu pra subir o valor pra 180,00 pq ela só poderia me pagar de 6 em 6 meses...fiquei intrigado e perguntei pq...ai ela foi me explicando...(palavras dela)
    olha, eu assumi essa gerencia a pouco tempo e aos poucos tenho visto alguns erros, a internet que uso aqui é cambalacho de funcionario daqui com o provedor...perguntei como assim?...estou pagando 500,00 por mes mas descobri q tem um funcionario aqui, que indicou esse provedor e esta "tirando algum" nesse negocio, por isso vim falar com vc...preciso diminuir esse custo...ta muito pesado pro "orgao X" tenho que tirar dinheiro da manutenção dos veiculos pra pagar internet...mais ainda assim fiquei intrigado com o pagamento a cada 6 meses e perguntei denovo...ai ela me responde...seguinte, o "orgao X" licitou esse acesso a internet e quem ganhou foi a operadora X (nao vou falar a operadora por motivos obvios...nao quero confusao) e ela (operadora) tem colocado links via satelite em todas as unidades do "orgao X" só que o link que eles disponibilizam as vezes da 600k, mas na maioria do tempo esta sempre na faixa de 100k a 150k e com essa velocidade o sistema nao funciona, por isso a necessidade da contratação de outro serviço...perguntei denovo...-mas pq entao nao encerra o contrato com essa operadora?....el riu e me disse bem assim..."vc acha mesmo que iram perder o dinheiro das campanhas?" pasmem...o valor do contrato é de R$ 1.800,00 mensais...um roubo, um assalto...nem sei que nome a dar pra isso...

    sei q o caso é meio estranho pra alguns...mas depois q vi isso tenho certeza que nada que venha do governo tenha algum pensamento mesmo que remoto em ajudar algum habitante sequer desse pais...é tudo em beneficio dos próprios safados...

    e respondendo a sua pergunta @Brito, se tenho medo desse projetinho de [email protected] do governo...tenho nao meu amigo...só sinto por quem acredita...e olha que nem falei sobre o programa que ja roda aqui no Pará...um tl de "navegaPará"...que de 24 horas só funciona 2 horas por dia...afff

    abraço...

    edit: nao expliquei o pq do pagamento de 6 em 6 meses...é pq a pessoa usa dinheiro da manutenção dos veiculos e afins pra poder manter o serviço funcinando...e isso aconselhada pelo chefe do "Orgao X" do estado...


    Entendi suas colocações, concordo com você em alguns aspectos. Mas, eu preciso lhe informar que talvez você não observou, o PNLB não é um projeto, é uma política de estado fundamentado em lei no qual seus recursos não poderão ser destinados para outra finalidade.

    Outra situação, o PNLB é "tocado" pela Telebras, não por governos estaduais. Situações como a que você citou de exemplo dificilmente seria vista quando da implantação de acesso de internet em sua cidade via PNLB.


    A implantação local (nos estados, no interior) do PNLB será como a Petrobrás fez com o Pré-Sal, empresas privadas participaram de uma licitação para explorar a rede criada pela estatal e manter a qualidade técnica do serviço. Em troca elas ganharão subsídios e "um pouco" de dinheiro tudo pago pelo governo federal. A Telebras, segundo eu estudei chega com a infraestrutura, implanta e sai fora. Esse parceiro local que vai garantir o serviço.

    E sua região, o Norte é atualmente a "menina dos olhos", os maiores empreendimentos talvez serão seus vizinhos daqui um tempo. Pesquise no youtube algo como fibra na amazônia, muitos vídeos feitos por operários comentando sobre o das dificuldades de passar o cabo pela mata.



  9. #9
    Ricardo Romero Avatar de ricromero
    Ingresso
    Apr 2008
    Localização
    São Paulo / Interior
    Posts
    920

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Concordo com vc Prof. Carlos em estar preparado, mas discordo totalmente quanto as grandes cidades.

    Uso como exemplo o Naldo, ele está em uma cidade bem grande que se não me falha a memória é Carapicuiba com seus 230k de habitantes porém tem cidades gigantescas (Osasco com 660k, Barueri 250K ) ao redor e ele está lá firme e forte brigando com as grandes.

    No meu ponto de vista as Teles se esmeram primeiro nas partes ricas, e só depois vão correr atrás das "migalhas" que é onde o provedor à rádio nada de braçada, ora pelo seu atendimento que é muito melhor que as teles, ora pelo preço.

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    É mas este relato apesar de ser localizado, é um alerta a todos nós.
    Eu tenho um conceito já de muitos anos, mesmo antes de entrar no ramo.
    Nós somos desbravadores e criadores de sonhos para que as grandes teles assumam o controle em pouco tempo.
    Só mesmo um bom projeto pode fazer frente a esta situação.
    Ainda há tempo para nos preparar nas cidades pequenas. Mas nas grandes a coisa já está pegando. E vai pegar mais a medida que a operadora tornar rentável o investimento em cidade após cidade.
    Mesmo em cidades interioranas o que está acontecendo é a realocação de equipamentos retirados das grandes cidades e levando para o interior para melhorar o serviço.

  10. #10

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Eu no lugar de vocês respondendo essa minha pergunta com enfase no programa “Cidades Digitais”.


    CASE

    A DEMANDA:

    Implantar o projeto “Cidades Digitais” em minha cidade.



    ENTRAVES


    Projeto da prefeitura não consegue passar, sem isso a homologação não é liberada.


    MOTIVOS


    Na grande maioria dos casos o projeto reprovado é feito por funcionários das prefeituras, muitas propostas chegam ao Ministério das Comunicações sem obedecer regras básicas previstas nos editais de seleção, com isso a cidade não é selecionada. Também faltam critérios técnicos, claro, servidores públicos municipais não são técnicos em rede.


    Empresas de grande porte especializadas na prestação de consultorias no assunto, por sua vez, não se interessam por pequenas cidades, ou localidades muito distantes, pois o lucro seria pequeno.


    A SOLUÇÃO

    Eu, provedor local, vou me consultar com quem entende e depois vou propor ao prefeito da minha cidade que façamos um projeto juntos. Quando da aprovação, meu provedor seria o responsável técnico local pelo sistema, já que o dinheiro para a compra dos equipamentos e banda larga vem direto do Ministério.



    ______________________________________




    Gente,este case foi baseado com o que está escrito na legislação do“Cidades Digitais”, tudo que foi colocado é totalmente possível,mas se você morar numa cidade pequena e nas eleições passadas seu apoio foi para o concorrente do atual prefeito, eu lamento. Nem tente bater no gabinete do “homi”, Brincadeiras à parte...
    Última edição por Brito; 27-06-2014 às 22:57. Razão: Palavras juntas sem motivo



  11. #11

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Pode ser, pode ser Ricardo, talvez eu tenha generalizado demais.
    Ainda tem muita gente brigando de igual para igual ou até em melhores condições.
    é por isso que eu disse que precisa se mexer com projetos sustentáveis.

    Mas que é uma tendência as grandes começarem pelos grandes centros e se fortalecendo cada vez mais. Este exemplo de Brasília que o Brito citou não deve ser desconsiderado.


    Citação Postado originalmente por ricromero Ver Post
    Concordo com vc Prof. Carlos em estar preparado, mas discordo totalmente quanto as grandes cidades.

    Uso como exemplo o Naldo, ele está em uma cidade bem grande que se não me falha a memória é Carapicuiba com seus 230k de habitantes porém tem cidades gigantescas (Osasco com 660k, Barueri 250K ) ao redor e ele está lá firme e forte brigando com as grandes.

    No meu ponto de vista as Teles se esmeram primeiro nas partes ricas, e só depois vão correr atrás das "migalhas" que é onde o provedor à rádio nada de braçada, ora pelo seu atendimento que é muito melhor que as teles, ora pelo preço.

  12. #12

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Hoje fiquei sabendo que o governo agora tá fornecendo internet via satélite para todas as escolas rurais, atendia 2 via contrato prefeitura, segundo informações colhidas por cá o contrato de fornecimento é para até 2025, fornecido pela TELEMAR, adivinhem de quem é a empresa? E o interessante é que essa mesma EMPRESA já tinha internet em outra escola onde pelo uso de uma torre instalada nessa escola eu forneço um acesso de 128k, e a Diretora solicitou outro acesso pago, porque pasmem meu acesso de 128k é melhor do que a via-satélite fornecida pelo Governo.
    JMayer



  13. #13
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    O governo não consegue lidar nem com a saude e educação que são prioridade para o povo quanto mas iinternet
    Internet com qualidade e suporte tecnico que presta realmente nenhuma das grandes vai conseguir levar a população .
    Lido com o povo dia a dia e vejo a dificuldade .as grandes como a telefônica não tem escrúpulo empurram goela abaixo sua linha fixa e depôs se o cliente ficar muito longe do DG e o ADSL não funcionar eles enrolam com monte de mentiras os clientes uma falta de respeito total já perdi a conta de quantos clientes ganhei deles .
    Fora a musiquinha horrível do suporte tecnico uma hora você suando a orelha no telefone .....
    Kkkkkkkkkkk hoje só amanhã fuiiiiiiii

  14. #14
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Citação Postado originalmente por Arthur Bernardes Ver Post
    Realmente o suporte da Vivo é horrível, precisei cancelar um telefone fixo de meu pai que estava em outra localidade, foram 3 dias de luta para conseguir (a ligação para o setor de reclamação é horrível e atendente ainda desliga na tua cara)!

    Quando pedi meu ADSL outra luta, tinha o cabo ADSL dentro da minha casa, só faltava a ligação com a central deles, inventaram um monte de merda, por Deus que consegui um telefone cabeado + internet, e empurra e 99% da população da minha cidade aquele telefone FWT 3G, uma merda.

    osso vivo nem morto ......3g vivo então e so alegria pro provedor pequeno e um cliente atras do outro tomara que eles nunca se toquem disto .



  15. #15

    Padrão

    Putz!! Já esta chegando para estes lados este tipo de negociata.... pensei que ia demorar mais Mayer.
    Na verdade não temos medo do serviço "em si" que o poder público pode "patrocinar". O receio é com o esquema montado que pode derrubar nossa atividades. Sim, pois um estrago financeiro de apenas alguns poucos meses pode tirar muitos do mercado. Daí quando o consumidor realmente entender que aquele serviço não presta, muitos de nós talvez não tenhamos mais como reagir financeiramente.

    Um dia no Programa do Jô ele entrevistou o jurista Ives Gandra Martins. E este foi categórico em afirmar que existe um plano já estruturado para o aparelhamento do Estado. Não é "Teoria da Conspiração" não. Este senhor é uma pessoa séria, respeitada em todos os círculos acadêmicos.
    E ele disse que são mais de 500 artigos neste "projeto" que aos poucos vão aparecendo em forma de medidas provisórias, projetos isolados e assim por diante.
    E olha que ele até já defendeu publicamente o Zé Dirceu dizendo que o processo foi mal conduzido.
    Olha esta outra denúncia dele: http://www.dcomercio.com.br/2014/06/...3-e-ditatorial

    Nós talvez só observemos de perto o nosso setor pois isso pode afetar nossa sobrevivência como empresas. Mas a coisa é muito mais profunda.
    O poder do dinheiro é avassalador... "Nunca neste país" para citar o jargão de um patrono deste projeto, nunca se roubou tão descaradamente, nunca se denunciou tanto, mas mesmo assim a pressão continua em cima do dinheiro público. Toda semana é uma nova denúncia.
    Também, o que se pode esperar desta colcha de retalhos? Até o Collor está do mesmo lado...
    É vergonhoso dizer amigos, mas sempre se roubou no país. O próprio nascimento da República já estava repleto de maracutaias.

    Tem uma série literária do Prof Laurentino Gomes que trata da verdadeira História do Brasil. Não aquela que nos fazem decorar goela abaixo... mas uma história repleta de conteúdos vergonhosos para nossa história.
    Sugiro a leitura desta série. 1808 1822 1889
    Ele depois de uma profunda pesquisa nos trás relatos impressionantes a respeito do nosso passado nestes 3 livros.
    Os dois primeiros tratam do Reinado com D.João VI e depois o Império com D.Pedro
    O último trata da transição Brasil Império/Brasil República.
    Daí começamos a entender muita coisa que acontece hoje.
    Desde que se abriram novamente eleições eu tenho a consciência tranquila que nenhum levou meu voto.
    Aprendi que "homem tem dominado homem para seu próprio prejuízo".



    Citação Postado originalmente por jmayer Ver Post
    Hoje fiquei sabendo que o governo agora tá fornecendo internet via satélite para todas as escolas rurais, atendia 2 via contrato prefeitura, segundo informações colhidas por cá o contrato de fornecimento é para até 2025, fornecido pela TELEMAR, adivinhem de quem é a empresa? E o interessante é que essa mesma EMPRESA já tinha internet em outra escola onde pelo uso de uma torre instalada nessa escola eu forneço um acesso de 128k, e a Diretora solicitou outro acesso pago, porque pasmem meu acesso de 128k é melhor do que a via-satélite fornecida pelo Governo.
    JMayer

  16. #16

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Carlos, um conselho eu te dou, evite crescer, procure diminuir teus rendimentos, se possível baixe até poder usufruir das benécias do Estado, eu aqui vou parar de investir, pra não correr risco, apesar de ter nascido em uma classe bem humilde, e isso não foi motivo para não me esforçar em aprender uma profissão, adquirir algumas coisas com muito suor.
    Veja porque abaixo:

    Só solicito não entrarmos em discussão política, pra não poluir o tópico, que isso sirva apenas como referência pra seus futuros investimentos.
    JMayer



  17. #17
    Ricardo Romero Avatar de ricromero
    Ingresso
    Apr 2008
    Localização
    São Paulo / Interior
    Posts
    920

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Não entendi, devemos então parar de investir no Brasil, dimunuir nossos ganhos e esperar que nosso maravilhoso GOVERNO nos forneça tudo?

    Esse país virou comunista? Ele proverá tudo? Estamos rumo a Cuba e Venezuela?

    Citação Postado originalmente por jmayer Ver Post
    Carlos, um conselho eu te dou, evite crescer, procure diminuir teus rendimentos, se possível baixe até poder usufruir das benécias do Estado, eu aqui vou parar de investir, pra não correr risco, apesar de ter nascido em uma classe bem humilde, e isso não foi motivo para não me esforçar em aprender uma profissão, adquirir algumas coisas com muito suor.
    Veja porque abaixo:

    Só solicito não entrarmos em discussão política, pra não poluir o tópico, que isso sirva apenas como referência pra seus futuros investimentos.
    JMayer

  18. #18

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Citação Postado originalmente por ricromero Ver Post
    Não entendi, devemos então parar de investir no Brasil, dimunuir nossos ganhos e esperar que nosso maravilhoso GOVERNO nos forneça tudo?

    Esse país virou comunista? Ele proverá tudo? Estamos rumo a Cuba e Venezuela?
    É pra você evitar problemas futuros, se não, investindo e trabalhando você vai alcançar essa classe, ou se já faz parte, e aí você vai ser odiado.
    Já não postei o video completo onde aparece certas autoridades aplaudindo, mas faça uma busca e verá quem aplaude.
    JMayer



  19. #19
    Ricardo Romero Avatar de ricromero
    Ingresso
    Apr 2008
    Localização
    São Paulo / Interior
    Posts
    920

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Ah tá, não vou nem prolongar o assunto.

    Citação Postado originalmente por jmayer Ver Post
    É pra você evitar problemas futuros, se não, investindo e trabalhando você vai alcançar essa classe, ou se já faz parte, e aí você vai ser odiado.
    Já não postei o video completo onde aparece certas autoridades aplaudindo, mas faça uma busca e verá quem aplaude.
    JMayer

  20. #20

    Padrão Re: O futuro do Wireless em tempos de PNBL e “Cidades Digitais”, como prosseguir?

    Citação Postado originalmente por naldo864 Ver Post
    O governo não consegue lidar nem com a saude e educação que são prioridade para o povo quanto mas iinternet
    Internet com qualidade e suporte tecnico que presta realmente nenhuma das grandes vai conseguir levar a população .
    Lido com o povo dia a dia e vejo a dificuldade .as grandes como a telefônica não tem escrúpulo empurram goela abaixo sua linha fixa e depôs se o cliente ficar muito longe do DG e o ADSL não funcionar eles enrolam com monte de mentiras os clientes uma falta de respeito total já perdi a conta de quantos clientes ganhei deles .
    Fora a musiquinha horrível do suporte tecnico uma hora você suando a orelha no telefone .....
    Kkkkkkkkkkk hoje só amanhã fuiiiiiiii

    Veja o case de São Paulo, modelo que dentre pouco tempo deve superar a plataforma de NY: http://www.wifilivre.prefeitura.sp.gov.br/

    Veja como a sociedade civil, pessoas comuns tem apoiado iniciativas de acesso livre à internet por todo o Brasil: http://www.wifilivre.com.br/