+ Responder ao Tópico



  1. Bom, seguinte gente, é a minha primeira vez no Under e vi que há muitas pessoas experientes no assunto em relação a Provedores de Internet. Vi vários tópicos, vi que há usuários bem sucedidos e gostaria de expor aqui as minhas dúvidas.
    Primeiramente tenho uma ideia inicial para começar com o meu provedor de internet. Sou um pouco leigo no assunto. A experiência que tenho na área é que trabalho em um provedor de internet na cidade onde moro há 3 anos. Sei configurar roteadores em geral (AP, Client), instalações de antenas e etc... Porém não tenho prática com MikroTik, mas já penso que no decorrer da minha nova experiência, possa fazer um curso em Mikrotik e com certeza usa-los.
    Vamos lá!

    Pretendo fazer um provedor de internet via rádio trabalhando apenas em 5.8GHz. Nas torres, usarei NanoStation M5 e nos clientes AirGrid M5 vendendo banda de 2Mb a 4Mb. (Conheço a topografia da cidade e acredito que serão suficientes esses equipamentos da Ubiquiti).
    Eis que surge a minha primeira dúvida. Link de internet. Para 200 clientes, quantos Mbs de internet devo contratar? Preço? Dicas?

    De inicio, pretendo fazer uma grande LAN. Por Exemplo:
    *[LINK]__[ROTEADOR CONTROLANDO BANDA]_[HUB]_[APs em Bridge]* - [CLIENTES].

    Vou gerenciar a banda por IP. Por exemplo:
    *[ROTEADOR: 192.168.2.1/24]_[HUB]_[APS]* ---- [CLIENTE: 192.168.2.*].

    Dicas? Opiniões? Críticas?

    Tenho inúmeras dúvidas em relação a esse "mini-projeto", até tenho uma certa vergonha de postar algo assim. Mas acredito que a maioria de vocês não começaram do "alto" e me entenderão.

    Sei que se eu fizer isso, por exemplo, contratando uma linha da GVT doméstica e repetir para clientes, funcionará. Não com a qualidade boa, claro. Provavelmente serei denunciado à Anatel, e levaria uma multa e um processo forte.

    Outra dúvida. Caso eu contrate um LINK dedicado, porém deixando a minha rede em LAN, todos os clientes passando por apenas um IP Válido, estarei cometendo alguma irregularidade aos olhos das normas da Anatel?

    P.S.: O provedor que pretendo abrir não é na mesma cidade onde a empresa que eu trabalho atua. A concorrência onde pretendo atuar é de baixa qualidade, banda e valores absurdamente desproporcionais.

    Obrigado galera, espero que tenham entendido a minha breve explicação sobre o que quero elaborar! Qualquer dica, opinião e crítica, serão totalmente bem-vindas e ficarei MUITO satisfeito em ter o prazer de conversar com gente entendedora do assunto.

  2. RB1200, RB1100, e RB493AH isentam a necessidade de switch.
    Uma RB493AH aguenta uns 60 clientes, se é pra começar a estória sem gastar demais.

    Lembra que equipamento Ubiquiti é caro, cliente de provedor via radio é quem mora em local não atendido por ADSL (Portanto longe dos centros, portanto mais pobres) ou quem não quer gastar com ADSL, portanto podem preferir hardware mais barato (Oiw, Intelbras/TPLink, Aquario), situação em que o hardware na torre tem que ser bem mais parudo que um NS (Hardware feito pra cliente), tipo MK ou Rocket M5 (UBNT queima lan a toa, fora que o gerenciamento é pobre demais, por isso tantos optam por MK). Por aqui tem provedor usando Airmax, isso escraviza o cliente numa marca (A que mais queima lan no mercado!), tô cheio de cliente dos outros querendo trocar de provedor porque não querem pagar R$ 400 por anteninha, esse valor paga meio ano de ADSL de 10Mb, vantagem ZERO pro cliente em comprar hardware caro pra provedor via radio.

    Mas essas ADSL's da GVT são tão fanstásticas assim pra aturar tanto consumo? Uma coisa é você colocar um gerenciador de downloads e em 20 instancias ele usar 8MB/s, na hora que tiver 20 pessoas navegando, cada um com 200 conexões semi-abertas (Facebook desperdiça banda, p2p no default desperdiça conexões demais, toda a "web 3.0" faz multiplas conexões e as mantém com trafego mínimo), o trafego mal passa dos 3MB/s mas o ping sobe pras alturas tipo 200mS.

    Ah, e se vai começar do zero, não começa em bridge não, põe logo rede roteada, põe autenticação nas antenas pra evitar curiosos e põe eles autenticando num servidor radius, evita hotspot porque abrir navegador hoje é coisa de velho, autentica no equipamento do cliente (Digamos PPPOE) e entrega pra ele uma conexão "limpa", nem necessidades dos anos 90 tipo discador ou se autenticar em ridículas páginas.
    (Lembra que coisa como telefone VOIP não tem browser pra autenticar em hotspot (E telefone voip gasta muuuuito menos banda que navegar no facebook), smartTV dá trabalho autenticar em browser, TV-a-gato não autentica em PPPOE nem hotspot (E isso também consome muuuuuito menos banda que navegar), enfim, hotspot incentiva o usuario a ficar no navegador, e o navegador gasta banda demais, deixa o cliente navegar no celular ou tablet que consome menos banda, deixa ele autenticas na PSN no PS3 que isso consome nada de banda... enfim, use meios que não exijam aqueles negocios dos anos 90, o navegador e o desktop (Pra discar).



  3. Boa rubem, eu uso hotpot ainda, mais já vou mudar para ppoe, quanto mas a navegação ficar leve melhor para o cliente e nos.






Tópicos Similares

  1. Como abrir um provedor de internet wireless.
    Por FelipeP no fórum Redes
    Respostas: 38
    Último Post: 24-07-2017, 22:19
  2. Quero abrir um provedor de internet via radio "ajuda"
    Por Welinton Oliveira no fórum Redes
    Respostas: 13
    Último Post: 18-06-2017, 13:28
  3. Quero abrir um provedor de internet?
    Por Thiagoteleradio no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 12-02-2008, 22:17
  4. Como montar um provedor de Internet?
    Por Vaza no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 18-03-2005, 14:09
  5. Como criar um provedor de Internet ?
    Por moreiraaristides no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 10-02-2004, 21:09

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L