+ Responder ao Tópico



  1. #61

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    naldo864 , voce quer disser que nao compensa por estabilizador na casa do cliente?

  2. #62

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Eu acho que só compensa ligar no estabilizador ou nobreak ou mesmo filtro de linha vagabundo só por um motivo, o cliente geralmente desliga quando nao ta usando e eu na minha opiniao acho que isso aumenta a vida util do conjunto, da fonte, da antena ao inves de ficar ligado 24x7. Mas nem todo cliente quer isso, ainda mais se vc ligar um roteador Wi-fi q varias pessoas usam...



  3. #63

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Citação Postado originalmente por speedpc Ver Post
    vitorfagundes muito obridado brother, desse edital eu nao tinha conhecimento mesmo cara ate a XR3 foi citada, e como vc disse "resoluçao" que é um "regulamento sobre Condições de Uso da Faixa" eu achei que tinha saido outra depois da 537 de 2010. Mas acho que agora com toda certeza depois desse edital de licitaçao eles devem reformular uma nova resolucao para nosso bem ou mal . E concordo plenamente que devemos pressionar a Anatel, porque somos nos que realmente fazemos inclusao digital nesse pais e acho que se pressionarmos com uma associaçao forte com os acordos internacionais ou nao, eles vao ter que reformular algo de melhor para que possamos ter a opçao de sair de 5.8 e 2.4ghz .

    Mais uma vez muito obrigado meu camarada ...
    Ainda esta meio confuso esta questão..
    Pelo voto do Zerbone, que foi o último documento postado, ele sugere a abertura do mercado para facilitar aos pequenos.

    Mas na Analise onde trata de femtocélulas a coisa está muito embrulhada ainda.
    As características de um equipamento desses não iria permitir o uso em wi-fi pois algumas características exigidas não se conformariam com o 802.11.
    Por exemplo, o equipamento na célula tem que ser autoconfigurável...parar de emitir sinal quando não tiver ninguém conectado... mudar configurações quando "sentir" a presença de outras estações para permitir a convivência entre eles... etc etc.

    Qual equipamento que conhecemos que faz isso? Em wi-fi não vi.... só o recurso do DFS que é exigido em 5.4
    E creio que os NanoStationM3 também não vão atender a estes requisitos, só se alterarem os firmwares.

    Ou eu estou totalmente enganado?

  4. #64

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Ainda esta meio confuso esta questão..
    Pelo voto do Zerbone, que foi o último documento postado, ele sugere a abertura do mercado para facilitar aos pequenos.

    Mas na Analise onde trata de femtocélulas a coisa está muito embrulhada ainda.
    As características de um equipamento desses não iria permitir o uso em wi-fi pois algumas características exigidas não se conformariam com o 802.11.
    Por exemplo, o equipamento na célula tem que ser autoconfigurável...parar de emitir sinal quando não tiver ninguém conectado... mudar configurações quando "sentir" a presença de outras estações para permitir a convivência entre eles... etc etc.

    Qual equipamento que conhecemos que faz isso? Em wi-fi não vi.... só o recurso do DFS que é exigido em 5.4
    E creio que os NanoStationM3 também não vão atender a estes requisitos, só se alterarem os firmwares.

    Ou eu estou totalmente enganado?
    Brother ainda nao tive tempo de pegar o edital de licitaçao e ler completamente inclusive os detalhes tecnicos do edital, mas eu estava mais era agradecendo o camarada vitorfagundes que perdeu o tempo procurando o edital para postar aqui
    no under e com isso todos nos ganhamos com essa informaçao.

    Mas a realidade é que sempre corri atras da 3.5ghz nao para trabalhar com 802.11 e sim em 802.16E e D, celulas em cidades de 10.000 a 400.000 habitantes para entregar em clientes LOS e nLOS . Usando 2 redes; Uma para os "Los clients" radios Vecima nos Pops a cada 8km e clients vecima linha vistamax para meus clientes fixo PJ, outra rede para clientes "Nlos" radios Alvarion linha 4motion nos Pops a cada 2km e nos clientes poderia diversificar em toda a linha "Avalrion 4motion clients" chegando 3.5ghz e entregando na lan e wifi como o modem SI2000 da linha 4motion isso seria viavel para mim hj pelos contatos que tenho la fora, isso se eu poder trabalhar em 3ghz .

    Agora eu posso está dizendo uma grande besteira aqui e me perdoem por isso dês de ja, porque ainda nao li os detalhes tecnicos do edital de licitaçao e tambem nao sei se poderia trabalhar em Nlos na mesma licença Anatel entao fica varias perguntas no ar ...

    Vou poder trabalhar em Nlos no caso clientes mobile?

    Como seria a homologaçao desses radios para podermos trabalhar 100% dentro da lei ?

    O valor da licença definitiva seria em um valor possivel para os nossos bolsos ou seria como a da 2.5ghz comprada em lotes pelas teles de celular?

    Logico que todas as perguntas so serao respondidas depois de uma resoluçao definitiva da 3.5ghz, e por agora é so aguardar e tentar presionar ao maximo a Anatel para que isso seja um dia possivel .
    Última edição por speedpc; 26-07-2014 às 17:39.



  5. #65

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Todos os meus poucos clientes tem estabilizador (Apesar de eu rir disso), e dos poucos NS, NS Loco e airGrid que tem, sempre tem algum queimado, todo mes nessa época, daqui uns meses começam as chuvas aí tem 1 por semana. Tipo de 20 NS Loco (Maioria com estabilizador, alguns com nobreaks) uns 6 queimaram lan na primeira temporada de chuvas (E não são os sem estabilizador). Contra umas 5 lan queimada de CPE OIW, 3 ou 4 de GTS (Que dá outros problemas), 1 ou 2 de Elsys, e 1 de TPlink/Intelbras (Ou 0,3 por ano, já que das 20 ou 30 em 3 anos só 1 queimou lan)

    Eu NÃO vejo nos meus clientes maior durabilidade de NADA com estabilizador, seja fontes AT ou ATX (As reparo desde 1997), inkjet ou laserjet (Essas pifam mais com estabilizador, consumo alto faz rele ficar doido nos estabilizadores), monitores LCD (Estufam cap. por calor, led tem fonte de potencia menor e esse problema não existe, só tem micon corrompido por ESD, talvez um isolador ajudaria, mas é 1% dos LED com isso, não vale o custo), menos ainda roteadores, CPE's ou modens. Cliente que tem problema por aqui é casa mal-feita (Portanto rede eletrica ridícula também), já coloquei isolador pra diminuir problemas e não ajudou, já fiz aterramento pra outro e nada, hoje prefiro reparar o que queima do que ficar insisto pro uso de aterramento decente, isolador ou de nobreak.
    (Até porque na maioria dos locais se queima lan de CPE também vai estourar nobreak (SMS queima tudo, duzias de transistores e diodos, APC importado tem SMD e raramente queima), queimar lan de desktop ou de AP interno... tenho duzias de carcaças de estabilizadores pra transformar em trafo 220>127V, 1 ou 2 tem trafo danificado, a grande maioria danifica a placa, seja travando metade dos reles ou queimando o micon. Onde tem desktop desligando por energia variando tanto um estabilizador como um auto-trafo resolve, então faço do estabilizador um auto-transformador com interruptor, e somem problemas de rele, de micon, de diodos...

  6. #66

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    @speedpc , este também é o sonho da maioria... mas com certeza vai haver leilão. E sabe-se lá a que preço vai parar isso.
    A boa notícia nos links postados é que a tendência será fazer leilões locais ou regionais. Vamos ter que aguardar para ver... mas tenho quase certeza que a Agência não vai abrir mão de uma boa receita.

    E como as Femtocelulas são o ideal para desafogar o 3G, as operadores de celulares vão brigar por estas frequencias...



  7. #67

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    @speedpc , este também é o sonho da maioria... mas com certeza vai haver leilão. E sabe-se lá a que preço vai parar isso.
    A boa notícia nos links postados é que a tendência será fazer leilões locais ou regionais. Vamos ter que aguardar para ver... mas tenho quase certeza que a Agência não vai abrir mão de uma boa receita.

    E como as Femtocelulas são o ideal para desafogar o 3G, as operadores de celulares vão brigar por estas frequencias...
    ----------- @1929, dá uma olhada na prévia do edital da faixa de 700 MHz que deve ser publicado em breve, pelo que pude ver as operadoras não precisaram utilizar a faixa de 3.4-3.6 GHz puderam utilizar a faixa de 1.9-2.1 GHz para desafogar o 3G.
    --------
    A proposta da Anatel é neste momento aumentar a concorrência e com isso, provavelmente iram definir uma receita máxima para empresas concorrerem na faixa de 3.4-3.6 GHz no máximo 20 milhões "Provavelmente".
    --------
    Creio que ser as associações e diversas empresas pressionarem a Anatel, conseguiremos que a mesma publique o edital o ano que vêm.

  8. #68

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    @speedpc , este também é o sonho da maioria... mas com certeza vai haver leilão. E sabe-se lá a que preço vai parar isso.
    A boa notícia nos links postados é que a tendência será fazer leilões locais ou regionais. Vamos ter que aguardar para ver... mas tenho quase certeza que a Agência não vai abrir mão de uma boa receita.




    E como as Femtocelulas são o ideal para desafogar o 3G, as operadores de celulares vão brigar por estas frequencias...
    @1929 Cara acho que com o leilao que será realizado da 700mhz e que ate passou em rede nacional na tv por causa dos possiveis problemas de interferencia com o sinal de tv digital, creio eu, que o camarada vitorfagundes possa estar certo no ponto que se eles querem desafogar a 3G o ponto alvo será a 700mhz por varios motivos, uma cobertura maior, e que cobertura; Pensa so a cobertura absurda que esses caras vao ter em 700mhz so lembrando que o throughput por setor é bem mais baixo em comparaçao a 2.5ghz sei porque a Verizion ja ultiliza 700mhz na LTE .
    E creio que a tendencia das operadoras aqui no Brasil sera copiar o que ja tem la fora que é a LTE em 700mhz, deixando em status de obsoleto a rede 3G, assim deixando para nós a opçao da 3.5ghz que é trabalho da Anatel regular muito bem isso ai, para que eles nao comprem todas as faixas de frequencia para poder monopolizar o negocio da banda larga no Brasil assim cometendo um grande crime contra nós e contra toda a populaçao brasileira.

    Agora se isso acontecer o valor de qualquer coisa acima de R$100.000 pela licença da 3.5ghz seria um valor que vai contra o artigo 18 do cap.6 da resoluçao 537 de 2010 que diz:

    CAPÍTULO VI
    DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
    Art. 18. O processo de autorização das Subfaixas objeto desse Regulamento deverá considerar a necessidade de "estimular" a participação das "Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte", caracterizadas de acordo com a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, ou outra que venha a ser editada em substituição, por meio do “estabelecimento de condições específicas adequadas ao porte dessas empresas.”

    Entao brother pode ser que o camarada vitorfagundes esteja certo ao dizer que eles podem querer estimular a concorrencia assim liberando a 3.5ghz para nos e assim tambem cumprindo um dos principais objetivos do PNBL que é trazer inclusao digital a todos cidadaos brasileiros.

    E ai amigo se disponibilizarem a 3.5ghz para nos, aparelhos como o viliv s5 que sao para uso da nossa rede em "Nlos mobile devices" estariamos vendendo banda larga somente, estariamos dentro da lei estes aparelhos que sao considerados "netbooks"
    instalando um SKYPE; Dentro da nossa rede Nlos o cliente poderia falar de graça com outro skype em qualquer parte do mundo e isso seria uma grande perda de renda para as operadoras de telefonia celular entendi , esse era um medo das operadoras de celular na Florida quando a antiga "4G CLEAR" trouxe o wimax e esses dispositivos moveis , eles nao sao para falar, mas falam de uma forma movel automaticamente se tornam um celular . Cara isso sao ideias que ja eram possiveis dês de 2007 e so agora pode ser que possamos colocar em pratica .

    Mas posso estar sonhando demais aqui e nada disso seja possivel para nos pequenos e o monopolio dessas empresas continuem para sempre ...
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         mobile device.png
Visualizações:	52
Tamanho: 	309,6 KB
ID:      	53407Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Resolucao 537 3.5Ghz(1).pdf
Visualizações:	17
Tamanho: 	113,0 KB
ID:      	53408



  9. #69

    Padrão

    Mas o que pode acontecer é que por exemplo o leilão seja por município, o que custa uma operadora elaborar mais de 5 mil propostas para abocanhar cada município? E mesmo que o filé deles seja o 700mhz ainda acho que eles usariam o 700 só para fazer links, pois toda esta base de celulares em 900, 1800 que andam por aí, vão ficar "caducas"?

    E mesmo que comprem o 3.5 ainda pode ser que para "cumprir tabela" eles coloquem alguma coisa mas sem futuro, só para que nós provedores não venhamos a pegar este espaço e concorrer com eles na banda fixa.
    É esperar para ver...

  10. #70

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    De acordo com o edital as Operadoras poderam utilizar as faixas que já obtêm 900 Mhz, 1800-2100 Mhz para desafogar o 3G e servir de suporte para o 4G. Cada torre do 4G deverá ter capacidade mínima de 1 Gigabit.



  11. #71

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Mas o que pode acontecer é que por exemplo o leilão seja por município, o que custa uma operadora elaborar mais de 5 mil propostas para abocanhar cada município? E mesmo que o filé deles seja o 700mhz ainda acho que eles usariam o 700 só para fazer links, pois toda esta base de celulares em 900, 1800 que andam por aí, vão ficar "caducas"?

    E mesmo que comprem o 3.5 ainda pode ser que para "cumprir tabela" eles coloquem alguma coisa mas sem futuro, só para que nós provedores não venhamos a pegar este espaço e concorrer com eles na banda fixa.
    É esperar para ver...
    Esse é meu medo pegarem a 3.5 somente para monopolizar o negocio mas vamos ver o que vai dar o negocio é esperar mesmo de qualquer forma estamos todos nas maos da dona ANA .....

  12. #72

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Citação Postado originalmente por vitorfagundes Ver Post
    De acordo com o edital as Operadoras poderam utilizar as faixas que já obtêm 900 Mhz, 1800-2100 Mhz para desafogar o 3G e servir de suporte para o 4G. Cada torre do 4G deverá ter capacidade mínima de 1 Gigabit.
    vitorfagundes Obrigado pelas informaçoes companheiro foram de grande valia, agora é esperar e tentar pressionar ao maximo a Anatel para ver se sai algo favoravel a nos, e começar a trabalhar com a 802.11ac porque é o que temos de melhor nesse momento para trabalhar um padrao que pode ser bençao mas tb pode ser maldiçao os equipamentos em AC, 1300mw e 80mhz nas maos da galera leiga em RF ...



  13. #73

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Citação Postado originalmente por speedpc Ver Post
    Esse é meu medo pegarem a 3.5 somente para monopolizar o negocio mas vamos ver o que vai dar o negocio é esperar mesmo de qualquer forma estamos todos nas maos da dona ANA .....
    ------- @1929, @speedpc neste quesito podem ficar tranquilos.
    1 - As operadoras estão desde 2011 esperando ser feito o leilão da faixa de 700 MHz a mesma utilizada no EUA, onde será menos antenas "menor investimento" para cobrir áreas médias "Perfeito para o padrão Brasil".
    2 - Mesmo que essas operadoras tentassem em adquirir a faixa de 3.5 GHz o CADE não deixaria.
    3 - Se cada munício em média sair por 50 mil reais a licitação seria na faixa de 260 milhões de reais para cobrir todo o Brasil.
    4 - A única que poderá ficar com interesse será a que ficará fora do leilão da 4G, devido ser 3 somente 3 lotes para todo o Brasil, 1 Lote em todo Brasil (Exceto onde atua Sercomtel e CTBC)."Anatel pretende faturar 7 bilhões de reais no leilão da faixa de 700 MHz".
    5 - O investimento necessário para atender as metas do 4G, irá fazer com que as empresas não tenham dinheiro em caixa para esse investimento secundário.
    6 - OI TELECOM : Está na fase de venda de ativos para arrecadar fundos para a fusão com PT Telecom.
    7 - Claro Telecom:Em fase de preparação para a fusão com a Embratel e NET.
    8- TIM: Telecom Itália está a procura de comprador para empresa (AT&T ou Verizon).

  14. #74

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    vitorfagundes , pelo que observo você está "por dentro" das regulamentações. São tantas que não é fácil ficar atualizado..
    Me perdoe o autor do tópico, mas como uma coisa afeta a outra de certa forma, eu fico preocupado com o futuro. Não adianta definir Ubiquiti ou Mikrotik sem pensar a médio e longo prazo.
    A minha pergunta é relacionada com o 4G.
    O que tem realmente de liberado para esta tecnologia no país? Vejo muita propaganda por todas as operadoras mas pelo que eu saiba leilão mesmo ainda não saiu.
    Estas operadoras estão operando mesmo com equipamentos considerados de 4ª geração? Ou não passa de uma manobra de marketing



  15. #75

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    O que tem realmente de 4G é 4G mesmo, 2,5GHz com canais de 10 ou 20MHz (Na verdade vai até 2690MHz). Se falta conexão é por conta da alta frequencia de baixa penetrabilidade com obstaculos (E brasileiro está acostumado a 850-900MHz) ou por falta de link nas torres (Falta fibra no brasil).

    Nessa frequencia não tem como ter tanta banda e estabilidade com conexão movel, isso só vai prestar quando a faixa dos 700MHz for liberada.

    A meu ver ocuparam com a banda dos 2,5GHz a toa, isso não tem muita penetrabilidade e vai exigir antenas decentes, coisa que smartphone e dongle USB nunca tem, equipamento caro pra ser usado só por quem está proximo de torre terá pouco uso, duvido que seja viável financeiramente a longo prazo. 700MHz mesmo que tenha largura menor e permita portanto menor tráfego tem maior alcance nas periferias, onde há mais dependencia de conexão barata, sem antenas, sem dongles.

    Infelizmente as concessões de MMDS não usaram decentemente a faixa dos 2,5GHz, preferem operar via satelite, com anteninhas ridículas de 90cm que no mínimo sinal de nuvem ou chuva ficam sem sinal...

  16. #76

    Padrão

    @rubem devo ter me perdido no acompanhamento de licitações. Estas poucas que você citou são aquelas feitas alguns anos atrás antes do recuo da Anatel?
    O que vejo é muita propaganda em torno mas acho que pouca coisa ainda é 4G.

    O 2.5 cairia como uma luva para os provedores que trabalham com conexões fixas, pois eu também acho muito difícil um smartphone conseguir manter uma boa conexão nesta frequencia. Acho que nem tem smart nesta faixa, não?



  17. #77

    Padrão

    @rubem devo ter me perdido no acompanhamento de licitações. Estas poucas que você citou são aquelas feitas alguns anos atrás antes do recuo da Anatel?
    O que vejo é muita propaganda em torno mas acho que pouca coisa ainda é 4G.

    O 2.5 cairia como uma luva para os provedores que trabalham com conexões fixas, pois eu também acho muito difícil um smartphone conseguir manter uma boa conexão nesta frequencia. Acho que nem tem smart nesta faixa, não?

  18. #78

    Padrão

    @rubem devo ter me perdido no acompanhamento de licitações. Estas poucas que você citou são aquelas feitas alguns anos atrás antes do recuo da Anatel?
    O que vejo é muita propaganda em torno mas acho que pouca coisa ainda é 4G.

    O 2.5 cairia como uma luva para os provedores que trabalham com conexões fixas, pois eu também acho muito difícil um smartphone conseguir manter uma boa conexão nesta frequencia. Acho que nem tem smart nesta faixa, não?



  19. #79

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Não sei sobre as licitações, mas 2500MHz é o que tem de antena de aparelho onde fiquei sabendo, olha um aparelho pra 1800 e 2500MHz:
    http://www.motorola.com.br/MOTOROLA-RAZR-HD/m-RZHD.html
    (É velho, tem 1 ano de lançamento no brasil, tem em varios distribuidores)
    Tem um LG que vejo as vezes também:
    http://www.magazineluiza.com.br/smar...67611/te/tece/
    (Ele fala em 2600MHz pra LTE, mas é o padrão de 2,5GHz, banda 2500-2690MHz)

    Que eu saiba 1800MHz ninguem está usando pra 4G, apenas 2500MHz. Tem antena e dongle USB no mercado de 800-2500MHz, antena pequena de celular geralmente tem ganho ridículo tipo 5-8dBi, dá pra fazer antena barata de espectro tão grande mas o ganho fica baixo.

    2500MHz já dançou, já tem torre 4G em diversas capitais, não tem mais volta, vai morrer na mão das operadoras (Tipo 1800/1900MHz, mal e mal usam isso nas grandes cidades, em 99% do brasil usam apenas 850-900MHz, mas... licitaram pras operadoras 1800, 1900 e 2100MHz, elas usam só em 30 cidades e tem exclusividade em todo o território (Que nunca cobrirão), então chance zero de re-licitar essas bandas mortas tipo 1800-1900 pra LTE (Que tem equip. 1,8GHz no mundo).

  20. #80

    Padrão Re: Ubiquit solução oou problema?

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    vitorfagundes , pelo que observo você está "por dentro" das regulamentações. São tantas que não é fácil ficar atualizado..
    Me perdoe o autor do tópico, mas como uma coisa afeta a outra de certa forma, eu fico preocupado com o futuro. Não adianta definir Ubiquiti ou Mikrotik sem pensar a médio e longo prazo.
    A minha pergunta é relacionada com o 4G.
    O que tem realmente de liberado para esta tecnologia no país? Vejo muita propaganda por todas as operadoras mas pelo que eu saiba leilão mesmo ainda não saiu.
    Estas operadoras estão operando mesmo com equipamentos considerados de 4ª geração? Ou não passa de uma manobra de marketing
    1929 Cara a 4G foi implementada no Brasil pelas 4 operadoras mas os maiores lotes da 2.5ghz foram arrematados pela claro e vivo , oi e tim ficaram com a menor parte sendo a vivo com 40mhz comprada por 1.050 bilhoes , claro 845 milhoes, e tim e oi dividindo 348 milhoes em 20mhz, as cidades sede da copa ja estavam sendo cobertas com o 4G LTE dês de meiados de 2013 com planos de 5MB com franquia de 10gb a 20gb de trafego em media e valores minimos de 99 reais na menor franquia de uso .
    Agora relacionado ao que o rubem comentou sobre a 2.5ghz ela funciona muito bem em dispositivos moveis e modens usb ou disposituvos mais poderosos com antenas melhores o problema que aqui no Brasil o investimento que foi feito ate agora nas torres de telefonia celular nao foi grande entao quase nao se tem cobertura porque nao existem celulas suficientes para um bom atendimeto ate mesmo nas cidades que estao sendo cobertas com o 4G.
    A 700MHZ é uma faixa de frequencia muito melhor para o LTE por motivo de uma cobertura maior com muito menos investimento em torre e menos celulas para cobrir uma cicade ,mas 700mhz passa menos banda que a 2.5ghz e nao se pode confundir o poder de penetrabilidade em faixa de frequencia em WIFI 802.11, WIMAX 802.16, e LTE , cada uma vai reagir de forma diferente quando se diz penetrabilidade por exemplo: o Wimax 802.16e tem um poder de penetracao sob obstaculos 15 vezes maior que o wifi 802.11bg na mesma faixa de frequencia e o LTE é um melhoramento da tecnologia WIMAX . Entao as operadoras de telefonia celular tem uma poderosa arma em maos para trabalhar , mas em contra partida uma pequena empresa se puder trabalhar com WIMAX legalmente, podera prover um serviço de muito melhor qualidade que as operadoras e dependendo do investimento em celulas podera fazer planos moveis sem franquia pq nao tem as metas de lucrabilidade que essas empresas grandes tem que ter para se manter em pé .