+ Responder ao Tópico



  1. Obrigado a todos por responderem.

    Somente para tentar explicar um pouco mais, acredito que tenha ficado mal explicado a situação, não tenho a menor intenção de criar uma provedora de internet, ou sair instalando torres de transmissão, o que pretendo fazer é colocar uma antena omnidirecional no telhado do meu prédio (4 andares, existe mais uns 11 iguais ao meu em volta) e jogar APENAS 2mb de sinal aberto para quem quiser usar, no máximo vai a uns 30 ou 40 metros, quem achar que o sinal está ruim ou a velocidade esta baixa, simples, assine com uma empresa que forneça algo melhor, até porque sera 2mb para muitas pessoas que vão conectar, entendem? Não tenho a intenção de acabar com o trabalho de ninguém ou passar a perna.


    Muito obrigado a todos que explicaram bem, com calma e sem agredir ou julgar.


    PS: Muito legal a historia da Meraki, gostei de conhecer a historia.

  2. Citação Postado originalmente por daffymarco Ver Post
    o que pretendo fazer é colocar uma antena omnidirecional no telhado do meu prédio
    Se colocar omni no telhado do prédio as pessoas vão precisar estar num helicóptero para pegar seu sinal. Pesquise sobre o ângulo de abertura vertical dessas antenas e veja essas esquematização:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         diagrama_antena_omni_horizontal_vertical.jpg
Visualizações:	70
Tamanho: 	13,8 KB
ID:      	53420



  3. Pilotos de helicoptero também são filhos de Deus e precisam de internet gratis :-)

    Se alguém está pensando no que tem de especial nas antenas do projeto Loon do Google (Internet via balões), tem o mesmo que muito provedor: Rocket M5 fazendo PTP com o solo, usando uma conjunto de meia duzias de patch como antena (Angulo tipo 30-40°), e Rocket M2 liberando o sinal pra terra, também com antenas patch comuns (14-16dB, 90-100° cada).

    Como o troço está no ar, está pra cima de todos, não tem nada na zona de fresnel, então 20Km de alcance é "facil" (Segundo relatos, os testes na Nova Zelandia e Australia foram com coisa tipo 200-300mW, com MCS3 ou 4 no balão e MCS0 na base (Wow, eu insisto nisso faz tempo, quase tive um orgasmo que ouvi que o Google usou MCS3 ou 4 e base com o menos MCS possível!).

    As antenas de chão do projeto Loon são apenas 1 antena patch quadrada, ganho de uns 12-15dB, abertura de uns 90° com ganho decente, virada exatamente pra cima, fixas.

    (Esses dados só dá pra chutar pelas fotos, e no depoimento vago dos engenheiros, eles não divulgaram detalhamento do projeto, só tem entrevista de jornalista leigo, o pouco que saiu é isso, NADA de omni)

  4. Não usam omni no conceito como nós utilizamos.

    Mas com certeza a emissão lá de cima tem uma cobertura de 360º.
    E nestes globos que são colocados nas residencias não deu para ver direito mas parece que tem uma anteninha tipo path panel virada pra cima mesmo. E daí, via cabo desce para o usuário.
    https://www.youtube.com/playlist?lis...2w0pKVlwzlwMrs



  5. Isso, logo que saiu o projeto o pessoal no forum da UBNT já arranjou fotos com o que claramente é um rocket:
    http://community.ubnt.com/t5/The-Lou...on/td-p/492565
    A antena da base está no video, ele fala que é patch (E dá pra ver), não tem outra coisa com patch sem ser o que temos em qualquer cpe, angulo de 30 a 90° dependendo do ganho, não tem omni em patch. Se entende que é 2,4GHz pelo tamanho da antena, um elemento tão grande em 5GHz teria que ter varios patch's lado a lado (2x2, multipatch), que tornam o angulo frontal pequeno demais, tipo 5° com ganho suficiente pra conexão a 20Km, com a idéia de uma balão a cada 100Km (Distancia lateral) você precisa uma antena mais aberta. Um patch 2,4GHz daquele tamanho tem 10-12dBi e angulo mais aberto, ou, aberto o suficiente, fora que nessa frequencia as nuvens não são um obstaculo tão problemático (Que em 5GHz são).

    No brasil andaram testando LTE neles, vide:
    http://www.wired.com/2014/06/google-...ns-year-later/
    Isso é bem diferente da proposta inicial, de usar aquelas bases vermelhas, parece que definiram que o brasil é muito pobre pra isso e precisa conexão direta com os smartphones (Porque todo Multilaser de R$ 149 tem LTE, claro, todo funcionário de escritório do google, com seus Nexus 5 e Moto X sabem disso...). Possivelmente a base amarela nas fotos é uma base LTE.

    Bom, nos balões o hardware não é muito citado, alguém já falou em UniFi Outdoor, mas omni tem angulo muito fechado, pra um balão a 65 mil pés (Menos de 20Km) não tem lógica usar omni, e antena isotropica... o que temos desenvolvido de isotropica (Antena que emite pra todo lado, pra cima, pra baixo, pros lados) é coisa tipo 4 ou 5dBi, e balão não precisa emissão pra cima ou pros lados, precisa emitir pra baixo, num angulo tipo 60 a 90° (Com 90° já vai longe demais lateralmente, 20Km de altura significa alcance de uns 28Km pra cada lado (Angulo de 45°), falam em largura de 40Km (Por isso um balão a cada 100Km lateralmente, uma falha de 20Km? Não, só um ponto de sinal ruim), mesmo com uma visada muito boa 50Km de alcance (A 45°) é muita coisa, vai cair em datarate pequeno, e a proposta não é apenas internet, mas alta velocidade constante!)

    Enfim, tudo aponta pra antena 90° nos balões, 90° no solo, Rocket M2 ou algo similar (UBNT com mimo) no solo. Nos balões... IMAGINO que descaracterizaram algum rocket cortando o VRM e colocando um VRM diferente (Digamos 4,2>3,3V), alimentado pelas celulas li-ion carregadas pelos paineis solares, isso otimiza muuuuuuito o gasto de energia. O equip. LTE testado no brasil é claramente muito maior que o testado na Australia e Nova Zelandia, provavelmente não tem celula LTE pequena como tem equip. 2,4 e 5GHz.


    Mas enfim... o caminho que o google tomou é muito similar ao dos provedores, antenas patch nos clientes e nas torres, equipamento comum, aposta na visada e baixos datarate (Não tem promessa de 300Mbps, mas sim de 5 ou 22Mbps) pra ter alcance, bem pé no chão.
    Essa proposta de balão com LTE testada no brasil eu estranhei muito, mas aí lí que conta com "ajuda" da Vivo e cia, e no final o texto oficial diz que "conta com as mesmas velocidades das conexões 3G no brasil", ou seja, esses 50Kbps que tenho nesse horario (1h da manhã). Tá explicado.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 1
    Último Post: 04-03-2015, 22:00
  2. Respostas: 9
    Último Post: 24-04-2013, 20:02
  3. Programa Para Ocultar a Chave de rede no Windows
    Por alextaws no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 6
    Último Post: 26-02-2010, 01:44
  4. Respostas: 11
    Último Post: 19-10-2008, 02:23
  5. Mikrotik no Windows
    Por evertonfritz no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 30-03-2007, 19:54

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L