Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão

    Por exemplo, se tivemos um ruido recebido (no receptor) de -95 dBm, qual seria o sinal adequado ? Bem, isto dependerá de outros tópicos importantes também, mas o principal deles é, qual o tipo de modulação escolhida. A modulação poderá implicar diretamente no valor de SNR exigido, mas falando em extremos. Este é outro fator decisivo para nosso projeto, pois eu obterie bandas altas, geralmente se partir para a tecnologia IEEE 802.11n, onde já é possível fazer uso de protocolos específicos para aprimorar e otimizar a relação global do enlace, tal como o MIMO, TDMA, PHY, etc. Tratando de tecnologias MIMO, será necessário e possível utilizar larguras de canais maiores que é justamente neste ponto que será necessário o SNR maior. A relação é, quanto maior o canal, maior o esforço necessário para se chegar no objetivo (receptor).

  2. #22

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por jmayer Ver Post
    Preciso resolver uma dúvida: Qual a relação de largura de canal X nº de clientes simultâneos X banda cliente?
    Tomando por base uma nanostatiom M5 quantos clientes simultâneos poderia atender com planos de 1Mb.
    Modulando com 5Mhz?
    Modulando com 10Mhz?
    Modulando com 20Mhz?
    Sabendo que teoricamente em 5Mhz sofreríamos menos interferência e teríamos mais penetração.
    JMayer
    Gigante trabalho na area a 14 anos tenho mtcna e mtcwe e vou tentar responder sua pergunta da maneira mais simples possivel ok ...
    O equipamento citado é a nanostation m5 trabalha em 802.11an.
    802.11n supostamente passa 300mbps mas esse modelo de cpe em especifico tem porta 10/100 entao se o tx/rx mbps bater 150/150 ou 300/300 nao interessa pq a porta é barra 100 entao so passa 100mbps na rede wireless isso se a largura do canal for 20 ou 40mhz . Se for 10 ou 5mhz ai passa menos, vai uma tabelinha que possa te ajudar .
    Lembrando, isso vale para essa cpe polarizaçao dual em especifico porque é porta barra 100, a relaçao do que terá para compartilhar no setor para seus clientes "MIMO" em half :

    40mhz=98.000kbps
    20mhz=98.000kbps
    10mhz=45.000kbps
    5mhz=20.000kbps

    Entao sabendo disso 20 e 40mhz vc podera ter mais clientes por setor para compartilhar esses 98.000kbps .
    Em 10mhz isso cai para a metade e em 5mhz caiu para metade da metade .

    Sim quanto mais fino a largura de canal mais poder de penetrabilidade ele tem, mas, menos banda ele vai passar tambem .

    Sabendo disso vc tera que olhar qual seria sua policita de compartilhamento adequada para seus clientes 4x1, 5x1 e ai vai; Lembrando que a politica de compartilhamento de megas vai mudar se o link for dedicado ou nao porque a latencia baixa do link vai determinar o nivel de compartilhamento e ai vc podera calcular qual sera a melhor forma de compartilhamento . A latencia da celula do setor podera ser comprometida se 1 cliente estiver mal conectado, este mesmo podera criar lantencia alta em toda celula daquele setor em especifico da sua rede

    Agora um conselho 20mhz é aonde encontrara mais interferência 40,10, e 5mhz podera encontra menos interferencia porque a grande maioria da galera encontra em 20mhz a melhor forma de distribuiçao wireless mais megas possivel por setor chegando com uma cobertura muito boa . Lembrando a COBERTURA nao depende somente de seu equipamento provedor e sim muito mais em conta do seu equipamento em cliente, sempre tente scanear a area antes de colocar o equipamento para rodar e escolha um canal aonde ninguem esteja trabalhando .

    Lembrando que equipamento citado nanos. m5 nao tem um bom processamento para provedor porque foi inventada para trabalhar como cliente, quando se coloca esse tipo de equipamento em provedor ela faz bem a parte de wireless mas nao tem processamento para trabalhar como provedor por motivo dos clientes simultaneos entao, na parte de wireless ela faz em compartilhamento de 4x1 em 20mhz por exemplo ate 240 clientes registrados, mas quando colocar 30 clientes simultaneos ela ja "abre o bico" porque nao tem processamento para isso . Outro conselho como diz o brother Nicola da microwave "fala baixo que eu te escuto" tente sempre usar a potencia mais baixa possivel no provedor enxerga menos interferencia e ajuda a todos.

    Espero ter ajudado ...



  3. #23

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    WWANInternet , um problema SERIO de hardware de provedor (Seja UBNT ou MK na torre, seja CPE barata (NS, Intelbras, OIW, roteador domestico)) é que o nível de ruido LIDO aumenta quando aumenta o datarate (Esquema de modulação com datarate teórico maior).

    Usando -95 como exemplo, esse é o ruído LIDO (Limiar inferior da sensibilidade do aparelho, não é o ruído eletromagnético real) quando configurado em MCS0. Ao configurar em MCS7 o ruído LIDO será algo tipo -65dB, ou seja, com sensibilidade de -95 você precisa miseros -80dB de sinal pra ter estabilidade em MCS0, enquanto em MCS7 você precisa não apenas SNR maior, mas também sinal maior, visto que o limiar da sensibilidade é muito menor, precisa coisa tipo -35dB de sinal (Claro que a recompensa é grande, passa de 10Mbps pra 50Mbps de troughput)
    (Na prática pra mim o que é preciso de SNR é 20dB em MCS0 e 25dB em MCS7, em hardware domestico, só o que muda é o limiar inferior de sensibilidade, o SNR necessario não muda tanto)

    Esse problema também ocorre em modo B ou G, aumentando o datarate o nível da sensibilidade piora, e você tem exibido no setup um nível de ruído maior (Que não é o nível real, é só o limiar da sensibilidade).

    Entendo que os hardwares comuns fazem isso por preservação da etapa de RF do VSWR de antenas comuns, diminuem o limiar da sensibilidade e prejudicam a conexão em 20%, porque se não fizessem isso as ondas estacionárias seriam tantas que a alta sensibilidade 90% afetaria 90% do troughput.

    A muitos anos notei que uns radios Yaesu e Kenwood também tinham isso, recebiam sinal local a S9+5, mas aí selecionando potencia de transmissão de 25W (Contra 5W default) o mesmo sinal na mesma antena não passava de S9, dá a entender que um atenuador era acionado ao acionar maior potencia de saída. Isso aínda deve existir, mas tem 10 anos que não enconto em transceptor ou HT. Em 802.11abgn não há atenuação conforme a potencia de saída, mas sim conforme o datarate selecionado, datarate alto usa portadora com muito trafego (Muitos bits por chip) mas exibe nível de ruído maior, o nível de sinal requerido é muito maior, mas pra exibição no setup o SNR requerido não é muito maior, não tenho certeza se a exibição de nível de ruído equivale ao ruído real mas acredito que não, no entando isso não deixa ter efeito prático na conexão, o hardware lê como ruído o que está proximo do limiar.

  4. #24

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Alias... penetrabilidade com canal estreito, como é isso?

    Alguém fez um comparativo entre MCS0 (Canal de 20MHz, 1 bit por chip), e MCS7 em canal de 5MHz (6 bits por chip) pra ver se algum tem "penetrabilidade" maior?

    Pra mim penetrabilidade é o ato de uma frequencia transpor determinado obstaculo (Ar é obstaculo). Teria diferença se comparar transito a 900 e 2400MHz, mas não a largura de um canal. Canal estreito tipo 5MHz no default de muito roteador significa cair no modo B, uma portadorona enorme de 5MHz em DSSS, enquanto em modo G ou N tem meia centena (Ou mais) de portadoras de uns 300KHz cada, em OFDM, isso muda muito o tipo de problema que se tem com obstaculos (Distancia é problema de obstaculo, afinal ar é obstaculo). E... essa diferença é derivada do tipo de modulação usada ou da largura do canal? Que eu saiba largura do canal é irrelevante, um DSSS de portadora única 20MHz seria fantástico, mas não tem canal que chega pra isso.

    Wimax por sua vez não tem problemas de poluição, pode optar por portadorona única da largura do canal (20MHz). Viva 802.11B, estava no caminho certo e o modo G e N deturparam tudo (Porque com poucos canais e excesso de roteador domestico era a única salvação).



  5. #25

    Padrão

    Citação Postado originalmente por speedpc Ver Post
    Gigante trabalho na area a 14 anos tenho mtcna e mtcwe e vou tentar responder sua pergunta da maneira mais simples possivel ok ...
    O equipamento citado é a nanostation m5 trabalha em 802.11an.
    802.11n supostamente passa 300mbps mas esse modelo de cpe em especifico tem porta 10/100 entao se o tx/rx mbps bater 150/150 ou 300/300 nao interessa pq a porta é barra 100 entao so passa 100mbps na rede wireless isso se a largura do canal for 20 ou 40mhz . Se for 10 ou 5mhz ai passa menos, vai uma tabelinha que possa te ajudar .
    Lembrando, isso vale para essa cpe polarizaçao dual em especifico porque é porta barra 100, a relaçao do que terá para compartilhar no setor para seus clientes "MIMO" em half :

    40mhz=98.000kbps
    20mhz=98.000kbps
    10mhz=45.000kbps
    5mhz=20.000kbps

    Entao sabendo disso 20 e 40mhz vc podera ter mais clientes por setor para compartilhar esses 98.000kbps .
    Em 10mhz isso cai para a metade e em 5mhz caiu para metade da metade .

    Sim quanto mais fino a largura de canal mais poder de penetrabilidade ele tem, mas, menos banda ele vai passar tambem .

    Sabendo disso vc tera que olhar qual seria sua policita de compartilhamento adequada para seus clientes 4x1, 5x1 e ai vai; Lembrando que a politica de compartilhamento de megas vai mudar se o link for dedicado ou nao porque a latencia baixa do link vai determinar o nivel de compartilhamento e ai vc podera calcular qual sera a melhor forma de compartilhamento . A latencia da celula do setor podera ser comprometida se 1 cliente estiver mal conectado, este mesmo podera criar lantencia alta em toda celula daquele setor em especifico da sua rede

    Agora um conselho 20mhz é aonde encontrara mais interferência 40,10, e 5mhz podera encontra menos interferencia porque a grande maioria da galera encontra em 20mhz a melhor forma de distribuiçao wireless mais megas possivel por setor chegando com uma cobertura muito boa . Lembrando a COBERTURA nao depende somente de seu equipamento provedor e sim muito mais em conta do seu equipamento em cliente, sempre tente scanear a area antes de colocar o equipamento para rodar e escolha um canal aonde ninguem esteja trabalhando .

    Lembrando que equipamento citado nanos. m5 nao tem um bom processamento para provedor porque foi inventada para trabalhar como cliente, quando se coloca esse tipo de equipamento em provedor ela faz bem a parte de wireless mas nao tem processamento para trabalhar como provedor por motivo dos clientes simultaneos entao, na parte de wireless ela faz em compartilhamento de 4x1 em 20mhz por exemplo ate 240 clientes registrados, mas quando colocar 30 clientes simultaneos ela ja "abre o bico" porque nao tem processamento para isso . Outro conselho como diz o brother Nicola da microwave "fala baixo que eu te escuto" tente sempre usar a potencia mais baixa possivel no provedor enxerga menos interferencia e ajuda a todos.

    Espero ter ajudado ...
    Speedpc era justamente isso que esperava, uma resposta simples e objetiva, mas agradeço a todos pela participação com seus conhecimentos, mesmo eu que trabalhei 25 anos com eletrônica, desde quando montava os transmissores de 160M a partir de receptores valvulados, sempre é bom rever nossos conceitos.
    Creio que esse tópico foi de grande importância, pois sanou muitas dúvidas, não só minhas mas de muitos colegas.
    JMayer

  6. #26

    Padrão

    Trabalho em 30mhz, 20mhz e 10 mhz. É notável a menor interferência em 10mhz se tornando vantajoso em pops com 20 clientes em media. Mas agora falar que em 40mhz vai ter baixa interferência assim como em 10mhz só por causa que a maioria das pessoas trabalham em 20mhz não procede. Em 40mhz você vai estar sujeito a pegar até o dobro da interferência de 20mhz, isto é um fato. Recentemente a Ubiquiti lançou o Airfiber em 5Ghz com largura de canal de até 56mhz, ja pensou se ela lançasse uma omni com toda essa largura a interferência e a sobreposição dos canais que iria gerar seria extremamente alta. No Airfiber 5Ghz só não é tão problemático devido a baixíssima abertura do angulo de de transmissão do sinal da antena Airfiber.



  7. #27

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por jmayer Ver Post
    ...
    ...
    desde quando montava os transmissores de 160M a partir de receptores valvulados, sempre é bom rever nossos conceitos.
    ...
    ...
    JMayer
    Que pena que não usamos mais os 160metros Mayer.. Senão iríamos conversar todos os dias. Frequência boa para a distância que nos separa.
    Aquele QRM de estática de fundo era um entorpecente para nossas mentes, hehehe

  8. #28
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Alias... penetrabilidade com canal estreito, como é isso?

    Alguém fez um comparativo entre MCS0 (Canal de 20MHz, 1 bit por chip), e MCS7 em canal de 5MHz (6 bits por chip) pra ver se algum tem "penetrabilidade" maior?

    Pra mim penetrabilidade é o ato de uma frequencia transpor determinado obstaculo (Ar é obstaculo). Teria diferença se comparar transito a 900 e 2400MHz, mas não a largura de um canal. Canal estreito tipo 5MHz no default de muito roteador significa cair no modo B, uma portadorona enorme de 5MHz em DSSS, enquanto em modo G ou N tem meia centena (Ou mais) de portadoras de uns 300KHz cada, em OFDM, isso muda muito o tipo de problema que se tem com obstaculos (Distancia é problema de obstaculo, afinal ar é obstaculo). E... essa diferença é derivada do tipo de modulação usada ou da largura do canal? Que eu saiba largura do canal é irrelevante, um DSSS de portadora única 20MHz seria fantástico, mas não tem canal que chega pra isso.

    Wimax por sua vez não tem problemas de poluição, pode optar por portadorona única da largura do canal (20MHz). Viva 802.11B, estava no caminho certo e o modo G e N deturparam tudo (Porque com poucos canais e excesso de roteador domestico era a única salvação).

    uma pergunta rubem que me mata de curiosidade aqui .

    meus paineis trabalham todos em 40 mhz airmax ligado ponto multiponto atendimento a clientes residenciais planos de 1 a 5 mega de velocidades .
    uso mcs 0-6.5{15} nos radios do cliente e no rocket mcs 15-300 , todos os radios estão com ccq de 90% a 100% com 47 estações em um dos paineis ,estou no caminho certo ?



  9. #29

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por jmayer Ver Post
    Speedpc era justamente isso que esperava, uma resposta simples e objetiva, mas agradeço a todos pela participação com seus conhecimentos, mesmo eu que trabalhei 25 anos com eletrônica, desde quando montava os transmissores de 160M a partir de receptores valvulados, sempre é bom rever nossos conceitos.
    Creio que esse tópico foi de grande importância, pois sanou muitas dúvidas, não só minhas mas de muitos colegas.
    JMayer
    jmayer obrigado pela citação companheiro e tentei explicar realmente da melhor maneira e mais simples possivel como sempre .

    Para que nao fique nenhuma duvida em conceito penetrabilidade ou penetraçao por obstaculos vamos la:

    Vejo que trabalha na area da eletronica a 25 anos entao ja ouviu falar em Nikola Tesla o invertor da corrente alternada e o maior gênio de toda a historia da humanidade na minha opiniao . Acredite; Foi ele que inventou na realidade a radiofrequencia e nao "Marconi" como se pensa, as patentes de Marconi lhes foram tiradas 40 anos depois da invensao da radiofrequencia e dadas a Tesla por motivo que Marconi usou 14 patentes de Nicola Tesla para inventar sua radiofrequência.

    Entao sabendo disso vamos lá: Tesla viu que quando ele fazia dispositivos que ultilizavam frequencias mais altas poderia trafegar uma gama de dados maior como comandos de um dispositivo para outro na mesma frequencia, por exemplo os comandos via controle remoto: esquerda, direita, para cima ,para baixo e comandos simples assim, logico que auxiliados por um dispositivo eletronico . Mas estas frequencias mais altas nao tinham alto poder de penetracao sob abstaculos entao ele viu que: faixa de frequencia mais alta ele poderia trafegar mais dados mas nao tinham poder de penetrabilidade e o poder de penetrabilidade iria depender da faixa de frequencia "mais alta ou mais baixa" as faixas de frequencia mais baixas, com alto poder de penetrabilidade mas nao podendo passar a mesma gama de dados.

    Agora lógico que com os anos isso foi se aperfeiçoando com as tecnologias ultilizadas para transmissao de dados via radiofrequencia como por exemplo : Transmissao de radio "AM" e "FM" e ai vai...

    A tecnologia IEEE que ultilizamos a 802.11 "NAO FOI INVENTADA PARA FAZER O QUE FAZEMOS" ela foi inventada pela IEEE para Wlan: Wireless Local Area Network - (Rede de “área local” sem-fio) entao o que os frabricantes de equipamentos em 802.11 para longas distancias fazem é o que chamamos em RF de GAMBIARRA TECNOLOGICA rsrsrsrs.....

    A tecnologia IEEE criada para este destino que fazemos correta foi a WIMAX citada aqui pelo rubem . WIMAX: Worldwide Interoperability for Microwave Access (Interoperabilidade Mundial para Acesso de Micro-Ondas)
    IEEE 802.16 e ai vai, 802.16D, E, A e vairas outras inventadas cada uma para um destino especifico.

    O que quero dizer com a largura de canal mais fina "sim" ter um poder de penetrabilidade maior seria dentro da "mesma faixa de frequencia" e o objetivo final da ultilizaçao, por exemplo o WIMAX 802.16e ultilizados em conexões NLOS:Non-line-of-sight (SEM VISADA) quando é ultilizada na faixa de frenquencia 3.5ghz e 5mhz ela tem um poder de penetrabilidade muito maior e qualidade de sinal melhor do que quando se joga a largura de canal para 10mhz para obter uma banda maior, mas a qualidade de sinal e penetrabilidade ficam comprometidas .

    Agora o que fazemos é conexões em LOS: line of sight (COM VIDASA) ai os conceitos de penetrabilidade ou penetraçao sob abstaculos cai por terra simplesmente porque temos que trabalhar com "visada limpa" se a visada for comprometida todos estes conceitos vão cair por terra (isso é logico) ...

    Tentei explicar da maneira mais simples camarada espero ter ajudado mais uma vez...

  10. #30

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por speedpc Ver Post
    jmayer obrigado pela citação companheiro e tentei explicar realmente da melhor maneira e mais simples possivel como sempre .

    Para que nao fique nenhuma duvida em conceito penetrabilidade ou penetraçao por obstaculos vamos la:

    Vejo que trabalha na area da eletronica a 25 anos entao ja ouviu falar em Nikola Tesla o invertor da corrente alternada e o maior gênio de toda a historia da humanidade na minha opiniao . Acredite; Foi ele que inventou na realidade a radiofrequencia e nao "Marconi" como se pensa, as patentes de Marconi lhes foram tiradas 40 anos depois da invensao da radiofrequencia e dadas a Tesla por motivo que Marconi usou 14 patentes de Nicola Tesla para inventar sua radiofrequência.

    Entao sabendo disso vamos lá: Tesla viu que quando ele fazia dispositivos que ultilizavam frequencias mais altas poderia trafegar uma gama de dados maior como comandos de um dispositivo para outro na mesma frequencia, por exemplo os comandos via controle remoto: esquerda, direita, para cima ,para baixo e comandos simples assim, logico que auxiliados por um dispositivo eletronico . Mas estas frequencias mais altas nao tinham alto poder de penetracao sob abstaculos entao ele viu que: faixa de frequencia mais alta ele poderia trafegar mais dados mas nao tinham poder de penetrabilidade e o poder de penetrabilidade iria depender da faixa de frequencia "mais alta ou mais baixa" as faixas de frequencia mais baixas, com alto poder de penetrabilidade mas nao podendo passar a mesma gama de dados.

    Agora lógico que com os anos isso foi se aperfeiçoando com as tecnologias ultilizadas para transmissao de dados via radiofrequencia como por exemplo : Transmissao de radio "AM" e "FM" e ai vai...

    A tecnologia IEEE que ultilizamos a 802.11 "NAO FOI INVENTADA PARA FAZER O QUE FAZEMOS" ela foi inventada pela IEEE para Wlan: Wireless Local Area Network - (Rede de “área local” sem-fio) entao o que os frabricantes de equipamentos em 802.11 para longas distancias fazem é o que chamamos em RF de GAMBIARRA TECNOLOGICA rsrsrsrs.....

    A tecnologia IEEE criada para este destino que fazemos correta foi a WIMAX citada aqui pelo rubem . WIMAX: Worldwide Interoperability for Microwave Access (Interoperabilidade Mundial para Acesso de Micro-Ondas)
    IEEE 802.16 e ai vai, 802.16D, E, A e vairas outras inventadas cada uma para um destino especifico.

    O que quero dizer com a largura de canal mais fina "sim" ter um poder de penetrabilidade maior seria dentro da "mesma faixa de frequencia" e o objetivo final da ultilizaçao, por exemplo o WIMAX 802.16e ultilizados em conexões NLOS:Non-line-of-sight (SEM VISADA) quando é ultilizada na faixa de frenquencia 3.5ghz e 5mhz ela tem um poder de penetrabilidade muito maior e qualidade de sinal melhor do que quando se joga a largura de canal para 10mhz para obter uma banda maior, mas a qualidade de sinal e penetrabilidade ficam comprometidas .

    Agora o que fazemos é conexões em LOS: line of sight (COM VIDASA) ai os conceitos de penetrabilidade ou penetraçao sob abstaculos cai por terra simplesmente porque temos que trabalhar com "visada limpa" se a visada for comprometida todos estes conceitos vão cair por terra (isso é logico) ...

    Tentei explicar da maneira mais simples camarada espero ter ajudado mais uma vez...
    -----------------
    Na verdade quem inventou o rádio foi Roberto Landell de Moura e não Marconi. Landell desenvolveu o projeto e patenteou 5 anos antes do que Marconi.
    Tesla não criou o rádio o que ele exibiu em 1894 foi a transmissão de energia elétrica sem cabos. Tesla mostrou para o mundo o que as ondas eletromagnéticas poderiam fazer.



  11. #31

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por atiinformatica Ver Post
    Trabalho em 30mhz, 20mhz e 10 mhz. É notável a menor interferência em 10mhz se tornando vantajoso em pops com 20 clientes em media. Mas agora falar que em 40mhz vai ter baixa interferência assim como em 10mhz só por causa que a maioria das pessoas trabalham em 20mhz não procede. Em 40mhz você vai estar sujeito a pegar até o dobro da interferência de 20mhz, isto é um fato. Recentemente a Ubiquiti lançou o Airfiber em 5Ghz com largura de canal de até 56mhz, ja pensou se ela lançasse uma omni com toda essa largura a interferência e a sobreposição dos canais que iria gerar seria extremamente alta. No Airfiber 5Ghz só não é tão problemático devido a baixíssima abertura do angulo de de transmissão do sinal da antena Airfiber.
    Vc esta certo amigo esqueci de citar que 40mhz em provedor é somente para trabalhar em celulas de 200m a 1km por que se nao é logico que ira enxergar mais interferencia do que em 20mhz .

    Agora amigo esta meio desinformado sobre equipamentos que vao poder trabalhar em ate "80mhz" e sim antena omini em potencia de ate 1300mw é a nova linha AC da Mikrotik e UBNT e outros fabricantes por ai . Da uma olhada nisso ai...


    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         SXT AC.jpg
Visualizações:	177
Tamanho: 	157,2 KB
ID:      	53491 Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         rocket ac ppp.png
Visualizações:	123
Tamanho: 	193,8 KB
ID:      	53493
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Rocket5ac_DS.pdf  

  12. #32

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por vitorfagundes Ver Post
    -----------------
    Na verdade quem inventou o rádio foi Roberto Landell de Moura e não Marconi. Landell desenvolveu o projeto e patenteou 5 anos antes do que Marconi.
    Tesla não criou o rádio o que ele exibiu em 1894 foi a transmissão de energia elétrica sem cabos. Tesla mostrou para o mundo o que as ondas eletromagnéticas poderiam fazer.
    Exatamente, por isso o SpeedPc citou Tesla e não Marconi.
    Este episódio do Padre Landel de Moura, natural de São Leopoldo, RS, é característico do descaso tupiniquim.
    Conta a história que ele quiz fazer uma demonstração na baia de Guanabara para um Almirante que tinha o Status de Ministro na época.
    Ele queria transmitir telegrafia sem fio da Ilha Naval até um navio da Marinha ancorado no meio da baia e o Almirante em toda sua sabedoria disse prá que iria servir aquilo. E o bonde da História passou mais uma vêz.

    O Marconi segundo um documentário que assisti dia desses reportou que ele não era cientista de formação mas um grande empreendedor. Ele viu as possibilidades e aprofundou as pesquisas da Bobina de Tesla. Este sim foi o grande gênio..



  13. #33

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Esse é o problema do brasileiro (alguns talvez a maioria), tudo que vêm de fora é melhor não valoriza o que é daqui ou não se importa com a história de seu país.

  14. #34

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por vitorfagundes Ver Post
    -----------------
    Na verdade quem inventou o rádio foi Roberto Landell de Moura e não Marconi. Landell desenvolveu o projeto e patenteou 5 anos antes do que Marconi.
    Tesla não criou o rádio o que ele exibiu em 1894 foi a transmissão de energia elétrica sem cabos. Tesla mostrou para o mundo o que as ondas eletromagnéticas poderiam fazer.
    Gigante estuda direitinho a historia de Tesla e historia AMERICANA que verá que O GOVERNO DOS USA deu a patente da radiofrequencia a Tesla e existiram varias jogadas politicas que os levaram a fazer isso. E o que vc esta mencionando é a bobina de Tesla que nao tem nada a ver com a radiofrequencia de MARCONI.

    "No ano de 1897, Tesla apresentou-se no escritório de patentes com o projeto de seu rádio. Um rádio, que já nessa data incluía, além da possibilidade de transmitir voz, um desenvolvimento que poderia permitir transmitir também imagens. A patente ficou registrada no nome de Nikola Tesla, até que, três anos depois (1900) novamente aparece em cena o patife Thomas Edison junto com um de seus sócios italianos, Guglielmo Marconi, e apresenta um projeto de rádio que utilizava para seu funcionamento até 17 das patentes de Tesla.

    No entanto, a pressão exercida pelo multimilionário, sua influência e controle das altas esferas, fizeram com que o escritório americano de patentes mudasse sua decisão e outorgasse a patente do rádio a Marconi. Algo que foi ignorado por muito tempo, dado a que muitos livros de história continuam ensinando esta mentira: de que o inventor do rádio é Marconi."

    Espero ter esclarecido blz amigo .....



  15. #35

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Caro vou ser curto e grosso.

    1- Landell fez a primeira demonstração em 1894, somente em 1900 que ele realizou a patente no Brasil. Quando foi realizar a patente no EUA já era tarde demais em 1904.
    2- Não foi só Tesla ou Landell que estavam desenvolvendo o projeto paralelamente sem um saber do outro também havia o alemão Heinrich Hertz.
    Quem está precisando estudar história é você, só falta você me dizer que foi os irmãos Wright que inventaram o avião.




    http://www.activistpost.com/2012/01/...t.html#!bqR6mH
    http://www.landelldemoura.qsl.br/antena.htm

  16. #36

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Exatamente, por isso o SpeedPc citou Tesla e não Marconi.
    Este episódio do Padre Landel de Moura, natural de São Leopoldo, RS, é característico do descaso tupiniquim.
    Conta a história que ele quiz fazer uma demonstração na baia de Guanabara para um Almirante que tinha o Status de Ministro na época.
    Ele queria transmitir telegrafia sem fio da Ilha Naval até um navio da Marinha ancorado no meio da baia e o Almirante em toda sua sabedoria disse prá que iria servir aquilo. E o bonde da História passou mais uma vêz.

    O Marconi segundo um documentário que assisti dia desses reportou que ele não era cientista de formação mas um grande empreendedor. Ele viu as possibilidades e aprofundou as pesquisas da Bobina de Tesla. Este sim foi o grande gênio..
    O 1929 ja ouviu falar na patente de Tesla 511.916 de 2 de janeiro de 1894 ?

    Sei que nao tem nada haver com o assunto e me desculpe ao postante do topico, mas tive que falar pq sou apaixonado por isso cara da uma olhada nesse PDF infelizmente esta tudo em inglês é so traduzir no google o cara inventou no seculo passado um gerador de energia auto sustentável e foi escondido pelo governo americano e as geredoras de energia por todos estes anos .

    Dá uma olhada nisso ai mas nao pira a cabeça nao rsrsrsrs... pq é real e de 2010 para cá ja tem uma galera reproduzindo e melhorando o sistema da patente 511.916 de Tesla mas nao vai a publico pq os grandes que na realidade controlam este nosso mundo nao deixam ir a publico esta noticia BOMBASTICA que pode mudar ate mesmo a nossa maneira de viver... sou estudante dessas coisas a um bom tempo camarada pelo menos uns 12 anos e estou tentando reproduzir uma dessa tb em meu laboratorio ....
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         NICOLA TESLA GENERATOR.pdf
Visualizações:	20
Tamanho: 	4,08 MB
ID:      	53495



  17. #37

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por vitorfagundes Ver Post
    Caro vou ser curto e grosso.

    1- Landell fez a primeira demonstração em 1894, somente em 1900 que ele realizou a patente no Brasil. Quando foi realizar a patente no EUA já era tarde demais em 1904.
    2- Não foi só Tesla ou Landell que estavam desenvolvendo o projeto paralelamente sem um saber do outro também havia o alemão Heinrich Hertz.
    Quem está precisando estudar história é você, só falta você me dizer que foi os irmãos Wright que inventaram o avião.




    http://www.activistpost.com/2012/01/...t.html#!bqR6mH
    http://www.landelldemoura.qsl.br/antena.htm

    Brother sou cidadao Brasileiro e naturalizado americano agora o que é nosso, é nosso e o que é dos outros é dos outros e pronto, da uma olhada em quantas patentes Tesla tem e quanto os inventos dele influenciaram os outros inventores, e isso foi o que estudei e creio pelas alta gama de patentes que esse gênio tem, e até a energia modo AC (corrente alternada) que vc esta usando agora para mandar mensagens para o under atraves de seu computador foi ele quem inventou e foi tentado ser destruida por EDSON porque seu invento a CC (corrente continua) ja era lixo perto do invento de Tesla .

    Meu caro agora se vc quer acreditar nisso que esta falando tudo bem, eu te respeito ok .....

  18. #38
    Ricardo Romero Avatar de ricromero
    Ingresso
    Apr 2008
    Localização
    São Paulo / Interior
    Posts
    920

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Não me entendam mal não, mas o tópico é sobre "Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante"

    Em algum momento vcs vão voltar ao assunto ou vão ficar discutindo quem tem o "braço" maior?



  19. #39

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por speedpc Ver Post
    Brother sou cidadao Brasileiro e naturalizado americano agora o que é nosso, é nosso e o que é dos outros é dos outros e pronto, da uma olhada em quantas patentes Tesla tem e quanto os inventos dele influenciaram os outros inventores, e isso foi o que estudei e creio pelas alta gama de patentes que esse gênio tem, e até a energia modo AC (corrente alternada) que vc esta usando agora para mandar mensagens para o under atraves de seu computador foi ele quem inventou e foi tentado ser destruida por EDSON porque seu invento a CC (corrente continua) ja era lixo perto do invento de Tesla .

    Meu caro agora se vc quer acreditar nisso que esta falando tudo bem, eu te respeito ok .....
    --------------------------
    Sei que Tesla é o cara, gosto muito de tudo que ele fez! Também tenho nacionalidade america/brasileira/alemã!
    Por isso que considero que não foi só ele que inventou o rádio. Você considerar a corrente CC um lixo perto da CA é levar pro pessoal, invenções não se deve ver por quem inventou e sim suas funcionalidades.
    A principal rede de transmissão entre ITAIPU e SP é feita em corrente contínua. Tudo depende do custo econômico para tecnologias concorrentes por exemplo o WiMAX vs LTE.

  20. #40

    Padrão Re: Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante

    Citação Postado originalmente por ricromero Ver Post
    Não me entendam mal não, mas o tópico é sobre "Largura Canal X Nº de Cliente X Banda Passante"


    Em algum momento vcs vão voltar ao assunto ou vão ficar discutindo quem tem o "braço" maior?
    Por isso anteriormente ja tinha pedido DESCULPA ao postante do topico por ter desviado do assunto é porque assunto puxou ao outro ok ...
    Mas mais uma vez minhas sinceras desculpas...