+ Responder ao Tópico



  1. Eriberto, este seu depoimento faz-nos colocar na devida posição como brasileiros.
    Temos frente aos nossos vizinhos uma posição de superioridade tupiniquim. Isso não existe. Está aí mais uma prova.
    Enquanto estamos aqui a questionar a validade ou não do wimax os caras, os mesmos caras que atuam no Brasil, estão eles a implementar projetos wimax em países que nós de forma prepotente classificamos como 'republiquetas sul americanas".
    E ainda por cima com CPEs de 10 dólares... Estamos atrasados mesmo, por aqui...

  2. Volto a dizer, a Anatel NÃO REGULAMENTA TECNOLOGIA E SIM O SERVIÇO PRESTADO ATRAVÉS DELA. A questão no Brasil não é sobre o uso do WiMAX e sim A LICITAÇÃO DA FAIXA DE 3.5 GHz PARA UTILIZAR O WIMAX, ONDE O PROVEDOR ATUARIA COMO SISTEMA PRIMÁRIO E FICARIA PROTEGIDO CONTRA INTERFERÊNCIA.
    -----------------------
    @1929, você se auto respondeu, nenhuma operadora quer operar em áreas remotas então para o governo é bom sim. O projeto do Google é somente para áreas remotas, se não as próprias operadoras pressionaram a Anatel.
    --------------------
    WIMAX
    @speedpc, em relação ao WiMAX não existe somente o protocolo 802.16d e 802.16e há outros que fornecem muito mais banda como o 802.16-2012, 802.16p, 802.16n, 802.16.1-2012, 802.16.1a, 802.16.1b. Em breve chegará o WiMAX 3 com velocidades por torre de 10 Gigabit.



  3. Citação Postado originalmente por vitorfagundes Ver Post
    Volto a dizer, a Anatel NÃO REGULAMENTA TECNOLOGIA E SIM O SERVIÇO PRESTADO ATRAVÉS DELA. A questão no Brasil não é sobre o uso do WiMAX e sim A LICITAÇÃO DA FAIXA DE 3.5 GHz PARA UTILIZAR O WIMAX, ONDE O PROVEDOR ATUARIA COMO SISTEMA PRIMÁRIO E FICARIA PROTEGIDO CONTRA INTERFERÊNCIA.
    -----------------------
    @1929, você se auto respondeu, nenhuma operadora quer operar em áreas remotas então para o governo é bom sim. O projeto do Google é somente para áreas remotas, se não as próprias operadoras pressionaram a Anatel.
    --------------------
    WIMAX
    @speedpc, em relação ao WiMAX não existe somente o protocolo 802.16d e 802.16e há outros que fornecem muito mais banda como o 802.16-2012, 802.16p, 802.16n, 802.16.1-2012, 802.16.1a, 802.16.1b. Em breve chegará o WiMAX 3 com velocidades por torre de 10 Gigabit.
    Sim com certeza a regulamentação é em cima do serviço e não da tecnologia. Mas convenhamos, na prática não existe diferença. Se tivessemos produtos wimax disponíveis no país em 5.8, resolveria a questão das interferências? O NLOS que segundo alguns é o grande diferencial, seria até que nível? Obstrução parcial, total?
    Se tivessemos estes equipamentos em 5.8, com certeza a Anatel não poderia impedir seu uso.

    Quanto aos balões e os drones, duvido muito que estas empresas fariam um investimento desses só para atender áreas pouco povoadas. O filão econômico está nas cidades pela pulverização das assinaturas.

  4. Você pode operar em 5.4 GHz ou 5.1 GHz também



  5. Realmente o problema é com a frequência que pretendem utilizar, mais qualquer equipamento na faixa 2.4ghz ou 5ghz canais liberados para o Brasil, poderiam ser utilizados aqui, como é uma tecnologia diferente, protocolo de comunicação diferente, não iria interferir tanto ou sofrer interferência de sistemas wi-fi convencionais.
    O Negócio é encontrar fabricantes nas frequências que são disponíveis para nós, e com preço acessível como o amigo disse lá fora custar USD 10,00, se chegar para nós por R$50,00 já estaria mais do que acessível.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 108
    Último Post: 18-09-2015, 14:41
  2. Onde estou errando, ou não funciona?
    Por rogeriodj no fórum Redes
    Respostas: 18
    Último Post: 26-12-2008, 12:42
  3. software que mostre os pacotes que passam ou nao no iptables
    Por quecosuix no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 13-07-2005, 11:20
  4. Respostas: 7
    Último Post: 05-11-2003, 19:09
  5. Não sei o que estou fazendo de errado (Tar.gz)
    Por vanilia_sky no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 8
    Último Post: 13-01-2003, 02:42

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L