+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Question Duvidas com Mikrotik

    Olá pessoal, estive "fuçando" no Mikrotik, muito bom por sinal, mas eu estou com algumas dúvidas, tanto sobre o Mikrotik, como na "arquitetura" de um provedor (lembrando que eu não tenho um provedor e nunca tive contato com o Mikrotik, ou qualquer outro roteador desse tipo antes).

    Primeiro, eu sei que um provedor (pode) recebe(r) um bloco de IPs do fornecedor do seu link, digamos 100.100.100.0/24 (ou seja, 100.100.100.0 até 100.100.100.254, certo?), mas como esses IPs chegam ao cliente final? (Considerando o link via fibra, passando por um RouterBoard, uma BaseStation Ubiquiti até um AirGrid no cliente e até um roteador WiFi, por exemplo)

    Eu coloquei o MikroTik em um PC com uma placa de rede off-board e uma on-board. Sendo a ether1, o link que vem do ADSL (apenas para teste, não vou distribuir esse link) e o ether2 um roteador WiFi e conectado ao WiFi, um notebook.

    IP do ADSL (187.*.*.*), definido pela operadora
    IP PC MikroTik (192.168.1.88) faixa 192.168.1.0/24
    IP Roteador WiFi (192.168.0.254, definido pelo DHCP do MikroTik) faixa 192.168.0.0/24
    IP Notebook (192.168.10.2, definido pelo DHCP do WiFi) faixa 192.168.10.0/24

    Eu imagino que o Roteador WiFi, seria como a BaseStation e o Notebook seria o AirGrid do cliente, estou certo?

    Então como o cliente (Quem está conectado ao AirGrid), ao acessar o meuip.com.br (por exemplo), consegue visualizar o IP dele e não do meu servidor? O que eu estou tentando saber é onde e como ocorre essa diferenciação do IP Local da rede do cliente, do IP dos AirGrids, BaseStations e etc, e do IP do meu servidor final?

    E como eu poderia fazer para acessar o MikroTik no meu servidor, por meio de um computador na rede de um cliente?

    Agora, abusando mais um pouco, como seria a questão da distribuição do bloco IP para os clientes, que eu comentei no inicio do tópico, se o bloco fosse em IPv6? (Eu acho que falei besteira, kkk)

    Desculpem se eu fiz alguma pergunta idiota, mas eu estou aprendendo ainda.

    Obs: se alguém puder me mandar algum material sobre IPv6 eu agradeceria, as pesquisas que eu fiz não foram muito úteis.

    Obrigado.

  2. #2

    Padrão Re: Duvidas com Mikrotik

    Cara acho melhor você pesquisar mais aqui tem tudo isso e um pouco + não vai assim montando provedor não pois alem de prejudicar quem ja tem com serviço ruim você se prejudica também estuda + boa sorte

    CONHECIMENTO E TUDO?



  3. #3

    Padrão Re: Duvidas com Mikrotik

    JuniorZancan, foram muitas indagações que acabei me perdendo na sua pergunta . . . ksksksks

    Mas acho que a chave de todas suas indagações esta no "O que é e o que faz o NAT ?!?!"

    Sabemos, que com o IPV4 temos pouquíssimos IP´s válidos, e não teria como prover acesso à tudo hoje, se tivéssemos que usar um ip válido em tudo que acessa, não é verdade !?

    NAT traduzido no "linguagem de noís do interior", é o que permite que vários dispositivos acessem a internet usando apenas um ip válido. Isso com o auxílio do "roteador" que interliga a rede externa (wan man) à rede local (lan). Outro ponto a se entender é a diferença de IP´s Válidos (os blocos de ip´s repassados pela operadora e que podem ser acessados diretamente pela net) e os ips não válidos (aquelas classes que usamos em redes locais ex: 192.x 10.x e por aí vai . . .)

    É isso que esta acontecendo na sua rede. EXEMPLO:

    Vc recebe no seu modem ADSL, um IP Válido (em alguns casos nao, mas sendo um link dedicado recebe). O qual do modem adentro já se usa um ip não válido, e é em seu dispositivo é que vc define qual classe de ip usar e as regras e quantidades de ips pra repassar.

    A diferença de ip que vc recebe no seu notebook, é por que ele já recebe outra classe de ip que o roteador wi-fi esta configurado para fornecer. Isso por que ele também esta atuando como "roteador" e interligando duas redes, a rede local do Mikrotik; que para o roteador chega pela Wan, e pela Lan, o wi-fi repassa pra sua rede local seu bloco de ip.

    Contando uns 3 à 4 NAT em uma rede.

    Desculpa pelo monte de texto, respondi meio apressado.

    Há, tem um material que um amigo postou que participou de um curso sobre ipv6 e que é muiiito bom.

    Créditos para o NIC-BR e pro amigo que não lembro o nome que postou antes

    http://saladeaula.nic.br/moodle/course/view.php?id=9

  4. #4

    Padrão

    miccharg, obrigado pela explicação, vou estudar um pouco sobre o NAT, eu achava que só servia para redirecionar somente portas para IPs inválidos, não sabia que dava pra redirecionar IP válidos também.

    Eu encontrei no fórum a solução para a questão do acesso remoto do MikroTik como o bfwcache disse.

    Eu tinha intenção de abrir um provedor, mas a concorrência na minha cidade é grande (4 provedores para 15000 habitantes), e dois deles estão começando a passar fibra óptica. Mas estou gostando de estudar sobre isso, antes eu pensava na internet como uma simples conexão entre o meu PC e o servidor onde eu quero acessar, mas agora eu vi que a internet é um monstro sem tamanho (fantástico por sinal), são tantos protocolos, tipos de transmissão, regras e muitas siglas (BGP, PTT, AS, ASN, MPLS, NAT, IPv4, IPv6, PPPoE e por ai vai kkk)



  5. #5

    Padrão Re: Duvidas com Mikrotik

    Verdade, ksksks

    Há tanta coisa que parece que vamos endoidar . . .

    Boa sorte aí nos estudos . . .