Página 1 de 4 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Olá pessoal.

    Eu estou com a ideia de iniciar por aqui um provedor de Internet por vias cabeadas e estou estudando para ver se é viável, como fazer, etc.

    Então, estou pensando em fazer o backbone por fibra óptica, para percorrer grandes distâncias, colocando switches somente em pontos estratégicos ou em locais de onde derivariam as redes Ethernet para próximo dos clientes, bairro a dentro.

    Eu vi que há alguns switches com portas SFP, mas são bem caros (por terem, geralmente, 24 portas, procuro por algo com umas 8), então não quero nem cogitá-los como solução. A dúvida que me surgiu é a seguinte:

    O que é usado para converter de fibra para Ethernet e ainda dar continuidade à fibra para o próximo switch? Ex.: a fibra do link chega na porta sfp1 e sai pela sfp2 (em bridge para o próximo ponto), e nesse mesmo equipamento sai o link para o switch pela porta Ethernet.

    Existe algo que faz isso? Seria algo semelhante a um conversor de mídia, porém que tenha mais uma porta para a continuação da fibra.

    É apenas isso, obrigado pela atenção.
    Até mais.

  2. Ola Amigo, vc tem duas opções.

    Primeira opção:
    Vc vai passar uma em fibra, uma fibra vc vai sangrar ela, e vai usar 2 conversores opticos, um chegando o link e outro saindo.
    Nesse caso, vc coloca entre os dois conversores 1 rb 750, 450, e deixa as duas portas ligadas aos conversores em bridge, e usa outra porta para fazer autenticação pppoe ou hotspot.

    Segunda Opção:
    seguindo a ideia de uma unica fibra, na sua base vc coloca uma OLT, e nas esquinas vc sangra a fibra e splita ela soltando a esquina uma ONU, e dessa vc solta switchs para os lados e leva utp ate os clientes.

    Switchs com sfp, não são confiaveis para essa aplicação, e na maioria seu tamanho atrapalha em montar nos postes.



  3. A primeira opção não é muito viável, visto que ao invés de ocupar somente 1 porta do switch com o link, ocupa duas. Em switches de umas 8 portas não dá para fazer dessa forma aí. Além disso, planejo que a alimentação dos switches seja feita pelos clientes, por PoE, como nas soluções da Volt, Vertical Simples, CCN, etc.. Desse jeito, se o switch não tiver clientes ativos, ele vai desligar e, se for depender dele para fornecer o link para o conversor continuar a fibra, o backbone vai ser interrompido, uma vez que a distância entre eles não permitirá passar alimentação de um ponto para outro (no backbone escolhi usar fibra exatamente para ter maiores distâncias entre os pontos). Somente o tal equipamento de continuação da fibra com a saída Ethernet que seria alimentado por uma rede elétrica que passaria junto com a fibra pelos postes.

    Já a segunda, se entendi bem, você sugere usar splitters, é isso? Seria uma opção interessante por ser passiva, porém há alguns problemas:

    Como o sinal de luz é dividido (igualmente ou não) entre as fibras resultantes da divisão, ele vai se enfraquecer mais rápido e a rede óptica não poderá ter uma extensão muito grande. Ex.:

    No meu caso, a cada switch no backbone eu teria que colocar um splitter 1x2 desbalanceado, onde parte do sinal de luz iria para o conversor do ponto enquanto restante seguiria para o próximo. Como o ponto toma parte do sinal para ele, o que vai para o próximo vai ser menor que o sinal original, e assim enfraquecendo a cada um que passa.

    - Esse enfraquecimento que ocorre no sinal influencia somente na extensão da rede ou no desempenho também?
    - Como os splitters desbalanceados determinam quanto de sinal irá para cada fibra que sai?
    - O que é feito nessas redes passivas (PON, GPON no meu caso) para não ocorrer esse enfraquecimento e consequente redução do alcance/extensão?
    - Há algum equipamento que faça a repetição da fibra óptica para reforçar o sinal dela? É isso que procuro, um repetidor, mas que tenha uma saída Ethernet para o switch.
    - Até que ponto a perda de sinal causada por splitters não é significativa?

  4. Aqui na empresa usamos a segunda opção, OLT no datacenter, fibra saindo e sendo splitada em diversos pontos, vc pode usar um cabo com mais fibras e ir usando as que vc precisa, sendo necessário vc splita e continua sua rede, a perda de sinal depende de qual spliter vc vai usar, aqui usamos 1x2, 1x4, 1x8 e 1x16, cada um tem uma perda diferente, de uma procurada por tabelas na internet que se não me engano já vi algumas.



  5. Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         arquivo.pdf
Visualizações:	488
Tamanho: 	73,9 KB
ID:      	53904
    Dá uma olhada nesse exemplo, explica mais ou menos o que te passei..






Tópicos Similares

  1. disponibilizo equipe para serviços de fibra óptica RS
    Por Maurobranquinho no fórum Empregos
    Respostas: 7
    Último Post: 09-08-2016, 07:23
  2. Respostas: 0
    Último Post: 19-07-2016, 11:13
  3. Respostas: 3
    Último Post: 23-05-2016, 21:12
  4. Respostas: 8
    Último Post: 05-03-2012, 21:23
  5. Vroot usado para invasao de maquina
    Por aspenbr no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 03-06-2004, 16:54

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L