Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Wink Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Olá Pessoal, tudo bem?

    Estou sumido do fórum desde 2012 quando vendi meu provedor (na época com aproximadamente 80 clientes) para outro provedor maior, na época me prometeram salário e um cargo bem alto que como não estavam no contrato não foi cumprido, enfim, estou pensando em retornar a ativa e venho mexendo alguns pauzinhos e gostaria de compartilhar com vocês minha visão para o futuro dos provedores via rádio, já tinha esta visão desde 2010 e hoje ela pode se tornar realizada mais facilmente, vamos lá:

    Internet de Alta Velocidade:
    Atualmente as teles e vários provedores via rádio que iniciaram o cabeamento por fibra ou cabo de rede oferecem conexões na média de 50 á 100mbps (sendo que em são paulo a net e tim já oferecem 500mbps por um preço acessível) a verdade é que estas velocidades só estão disponíveis nos grandes centros (e nos centros das cidades) deixando bairros novos e afastados sem cobertura, além disso os provedores de hospedagem tem limitação na velocidade de entrega ao cliente, ou seja, não adianta o cliente ter 100...200mbps, ou que seja 1gbps sendo que o site que ele está acessando só vai liberar 2 megas de conexão para o ip/computador dele.

    Enfim, acredito que a velocidade não é tudo e sim a qualidade desta conexão, na tecnologia atual MIMO da Ubiquiti, acredito ser possível entregar até 10mbps para cada cliente com 1mbps de upload, e esta velocidade será suficiente pelos próximos 5 anos, afinal a telefônica e net ainda vendem conexão de 1 mega por exemplo.

    Telefone Fixo:
    O Voip que no começo da internet foi muito desmoralizado ainda é a melhor tecnologia de telefonia devido a sua versatilidade, é possível montar um servidor de telefonia próprio (com conexão à operadoras de telefonia fixa e móvel) e oferecer planos de ligações ilimitadas para nossos clientes, e para numeração é possível fazer parceria com alguma operadora STF que atende na sua cidade, é assim que os provedores voip fazem: contratam uma grande quantidade de DDR de operadoras e montam um servidor na cidade.

    Além disso com o voip é possível oferecer serviços diferenciados como: caixa postal com recados via e-mail, siga-me configurável, não perturbe, ramais para empresas, etc etc.

    E como o servidor estaria local na empresa e as ligações sairiam por operadoras físicas não terá problemas com picotamento de ligações causados pela conexão de internet, e no wifi você pode priorizar o tráfego, além disso com o G729 ele consome cerca de 100kbps UP/DOWN.

    E o equipamento para entregar a linha ao cliente (ATA) temos opções acessíveis e inclusive um modelo de roteador da TP-LINK que já vem com Wifi e 2 Linhas Voip.

    TV via Satélite:
    Acho que a TV é mais questão de ter o serviço disponível (para o cliente não falar: vou pra NET por que lá tem TV), por que muitos clientes hoje em dia utilizam o Gato TV, inclusive o GATO TV seria a 3º maior operadora de tv do Brasil (rsrs), então assim, aqueles clientes que desejam ter o serviço de tv por assinatura e já usam ou queiram a sua internet e telefone podem assinar com você o serviço de tv via satélite, a ISP TV lançou isso há alguns anos, agora mudou de nome (http://www.redeippi.com.br/) ainda não sei quais são as condições comerciais mas provavelmente você leva um valor inicial pela instalação e mensal para manter a cobrança, atendimento e suporte.

    Enfim, dá pra oferecer tv por assinatura, é só querer.

    Informática:
    Aqui eu acredito que seja o grande diferencial da maioria dos provedores via rádio e o que eu pretendo levar a larga escala na minha nova empreitada: soluções em informática, hoje a maioria dos provedores via rádio nasceu muitas vezes de uma loja de informática que acabou colocando uma antena em cima da sua loja e começou a vender internet.

    O serviço de informática pode ser agregado na mensalidade do cliente, por exemplo: você pode incluir o suporte técnico por telefone para dúvidas gerais na utilização do computador (muitas vezes já fazemos isso sem cobrar, afinal o cliente liga lá e diz: meu internet explorer não abre, aí temos que orienta-lo a usar outro navegador, as vezes temos que até ensina-lo como instalar), também é possível oferecer suporte via conexão remota (usando o team viewer por exemplo) e ainda incluir formatação, backup, anti-vírus, etc.

    Com isso nós provedores via rádio teremos um diferencial, que na verdade já temos, porém em forma de um pacote, ou plano, mensal, imagina cobrando R$ 30,00 de cada cliente para ele ter suporte técnico em seu computador? se você tiver 100 clientes já são 3.000 mil a mais por mês, e provavelmente você não vai ter que oferecer suporte técnico à todos durante o mês, pois muitos não precisarão, outros esquecerão que pagam para isso e outros simplesmente não enchem o saco por qualquer coisa.

    Atendimento e Suporte:
    Não podemos nos esquecer do atendimento e suporte técnico, que como todos sabem nas grandes teles é uma porcaria, o cliente só passa raiva para resolver pequenos problemas, por isso muitos optam pelos pequenos provedores, e isso se deve a pequenas coisas:

    Atendimento Personalizado: nós prestamos um atendimento único, conhecemos o cliente e sabemos quem ele é e qual sua necessidade, reclamação diária, muitas vezes o que se passa na vida dele, então esse relacionamento próximo é o que atrai e seguro muitos clientes.

    Suporte Rápido e com Hora Marcada:
    Quando o cliente liga na vivo por exemplo e depois de muito esperar e muitas vezes chingar eles dizem que enviarão um técnico em 48 horas, aí o cliente tem que ficar lá esperando como se ele não tivesse mais nada para fazer da vida, por isso muitos clientes preferem provedores locais, por que ele tem acesso mais fácil para ligar ou ir até lá e ver um horário que de certo para fazer a manutenção (quem ainda não oferece visita técnica com hora marcada, fora de horário ou em finais de semana ou feriado está perdendo um grande diferencial perante a concorrência, seja ela de teles ou de outros provedores).

    Resumindo:
    Enfim, não é por causa da tecnologia que o cliente contrata um provedor via rádio, muitas vezes ele não sabe a diferença, para ele é tudo 1 giga, quando na verdade é 1 mega, no final o que ele quer é ser bem atendido.
    Na minha visão, o provedor via rádio do futuro precisa ser Multicombo, nada de triplay com o diferencial da Informática e o atendimento somos mais fortes que os 200mbps das operadoras!

    #GoWireless

  2. #2

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Lembrando que SCM não permite fazer saída de VoIP para operadora de telefonia, então seria necessário ter outra outorga, acho que a SeAC, que é bem mais cara. Já é difícil provedor via rádio ter SCM, imagina SeAC.



  3. #3

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Olá,
    grandes companhias tem grandes investimentos e uma grande área de atuação, sendo que uma área no inicio de seu desenvolvimento pode ter prejuízo que outra área cobre esses gastos. Com o pequeno provedor isso não ocorre, geralmente a área de atuação é próxima com um raio de uns 80km? É fácil se queimar e o prejuízo vem forte.

    Você falou que a tecnologia da Ubnt será suficiente para os próximos 5 anos?
    Não, não vai, certeza.
    Quando comecei a trabalhar no ramo a +- esses 5 anos que você citou eram instalados placas PCI e antenas de grade tentando vender velocidades de 150-300k. Hoje vendemos planos de 1Mb a 10Mb. A tecnologia cresceu muito nesses últimos 5 anos e vai crescer em PG na proporção dos próximos 5 anos. Se a 5 anos atras nem era vendido 1Mb daqui 5 anos provavelmente 10Mb será o plano básico.

    O marketing de vender via rádio é fraco comparado a todo mundo fazendo GPON e entregando fibra nas casas, a tendencia é fibra.
    Seu investimento vai ser maior, seu marketing vai ser maior e a tecnologia te proporciona algo muito superior.
    Você chegou com fibra na casa do cliente, qual o seu limite? Do equipamento que está usando.. Você levou ao cliente a coisa mais rápida na transmissão de dados existente, e não só rápida, confiável.

    Leve uma fibra até o cliente, coloque uma ONU e esqueça.
    O cara quer 1, 10, 100Mb? Você pode levar.
    Quer TV? Telefone? Você pode levar.
    Hoje as programações são gravadas em HD, daqui a pouco será 4K ou outra resolução, mas tudo vai criar corpo e ficar com mais megabytes/s.
    E isso tudo até o cliente com qualidade.

    Entregar hoje via rádio ou então investir toda uma nova estrutura em rádio é bem complicado, a não ser que o poder aquisitivo do local seja baixo.
    Você gasta 100k em uma nova estrutura, chega um concorrente passa fibra.. pronto, mesmo que seja bom seu produto, seu suporte e afins.. o marketing da fibra leva clientes.. é pelo fator de status.
    "EU tenho fibra em casa" não importa quantos Mb ou qual a velocidade dos vídeos no youtube.

    Mas sim, o futuro é o combo.. ou a concorrência irá tomar conta.

  4. #4

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    G729 e 9k até onde me lembro.



  5. #5

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Creio que em alguns pontos todos estão certos.
    Ninguém pode prever o rumo certo. Existem tendências.
    Esta questão da fibra por exemplo, como citado tem um forte apelo de mercado.
    O usuário final ao ouvir "fibra", TV, fonia, etc fica com seu "ego" massageado ao comentar nas rodinhas de amigos e deixar os outros babando. Na outra semana os amigos vão correndo mandar instalar para não ficar para trás.

    Já vi apelo anti-ético ( se é que dá para falar em ética em nosso ramo) de provedor anunciando fibra, tv, telefone mas na prática ele só tem é parte do backbone em fibra. 99% dos clientes é rádio mesmo. Maioria dos Pops ligados via rádio mesmo.

    E TV, comercialmente falando ainda não vi depoimentos e indicações viáveis. Tudo está muito na área especulativa. Será que o custo de liberação de canais vai compensar para um pequeno provedor?
    E coloco pequeno até 10 mil assinantes. 1000 já seria micro provedor.

    é inegável o crescimento tecnológico e classifico como incerto o rumo pois os fabricantes de equipamentos wireless não estão parados no tempo. Eles também sabem do potencial enorme da fibra, mas eles não vão querer perder seus mercados.
    Coisa mais parruda vai aparecer no mercado para suprir a necessidade.
    Uma vez o Steve Jobs disse que o futuro era o wireless e foi criticado por muitos.
    Hoje se observa que bons equipamentos são um diferencial nesta área. Só quem já pegou um Apple nas mãos vai entender o potencial que o wireless ainda tem.
    Até internet ruim funciona que é uma beleza num Apple.
    Isso falando de equipamentos para usuários. O elo fraco ainda está no fornecedor do serviço.
    A geração Y se vira muito bem com um smartphone ou tablet. Muitos já nem querem uma máquina presa a um plano fixo. Querem mobilidade em qualquer lugar. Levam seus devices para qualquer lugar. E aí também entra a questão do marketing. Se o amigo tem, ele vai querer também.

    802.11AC, 802.16, LTE? Sei lá mas que devem surgir coisas novas, isso é certo.
    E as tecnologias acabarão se complementando.

    Só uma coisa eu tenho certeza quanto ao futuro. A coisa vai ficar pesada para os pequenos provedores. Só quem começar a investir agora, seja em fibra, seja em rádios mais parrudos é que vai sobreviver.
    E me preocupo muito com as instabilidades que se apresentam em Ubiquiti e Mikrotik. Por mais que muitos e muitos digam que estão tranquilos, vemos diariamente gente reclamando.
    E o monitoramento passa a ser a peça chave do provedor. Parou, troca. Trava, reinicia. Queima Lan, coloca outra peça. E por aí vai.
    Tudo isso acaba gerando um SLA alto e o usuário se dá conta disso.
    Não dá para crescer num ambiente assim. Qualquer propaganda falsa de uma operadora grande tira nossos clientes.

  6. #6

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Lembrando que SCM não permite fazer saída de VoIP para operadora de telefonia, então seria necessário ter outra outorga, acho que a SeAC, que é bem mais cara. Já é difícil provedor via rádio ter SCM, imagina SeAC.
    Uma vez consultei a Anatel sobre isso, pois o texto como sempre deixa dúvidas.
    Diz lá que ligações geradas e terminadas dentro da rede são permitidas.
    Sabemos que a ideia original do Voip é dentro da rede. E para tanto quem trabalha assim, acaba não cobrando nada do usuário.
    Já quando depende de uma operadora, a coisa muda de figura na medida que passa a depender de uma conexão de fonia externa.
    E foi aí que citei o caso da Vono que tem numeração fixa para seus assinantes. Mas para eles é fácil pois a Vono é a mesma GVT.
    Ao descrever o serviço , a resposta que obtive na época e isso vai lá para 2009 2010 era de que em princípio não seria permitido mas que a Anatel iria estudar o caso do exemplo citadado.
    E como até hoje a Vono está aí no mercado, ou foi engavetado ou pode usar outra operadora.
    Já a modalidade nova de outorga, SeAC, esta sim é clara em permitir a fonia sem restrições.



  7. #7

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Meus planos de trabalho estão mais ou menos por isso aí que os dois falaram.... Seria uma mistura entre o que foi colocado até agora, porém não acredito muito que seja extremamente necessário vender TV e principalmente VOIP junto com a internet para sermos competitivos. As vezes é até melhor que não faça isso, pois se não tivermos condições de oferecer um serviço de excelente qualidade somente servirá para gerar transtorno.

    Tenho percebido uma necessidade muito grande é de oferecer a manutenção no computador, como já foi citado. Isso sim, pois está intimamente ligada a qualidade da internet e satisfação do cliente, pois muitas vezes o problema não é na internet, mas a maioria dos usuários não consegue identificar isso.

    Sobre FTTH, acredito que é isso mesmo, é o futuro, não adianta... Via rádio será pra atender áreas rurais... muito em breve não teremos condições de concorrer usando somente rádio, mas não tenho dúvida nenhuma que o rádio sempre existirá, pois existem lugares onde nunca será viável colocar fibra.

    Portanto, meu foco é: Possibilitar que o cliente conecte-se a internet com muita facilidade e consiga fazer tudo aquilo que ele necessita, seja acessar o facebook, assitir um vídeo, mandar um e-mail, jogar... e quando tiver um problema e não conseguir acessar, seja no computador, celular, tablet, ele tenha a quem recorrer e terá atenção e seu problema resolvido.

  8. #8

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Bem vejamos... A NET de 500 Mega as é muito cara, tendo em vista a redução de velocidade. A Live TIM só tem planos de 35, 50, 70 e 1.000 megas, este último a instalação custa 3 mil reais e a mensalidade 1,5 mil (R$ 1,50 o Mega kkk). Quem contrata planos rápidos normalmente tem um motivo, ninguém vai contratar 50 megas para acessar o Facebook.
    É muito difícil alguém deixar de contratar um Velox, virtua, live tim, GVT etc para contratar Internet via rádio, um cliente que tem opção de VDSL de 50 Megas por 89 reais, por exemplo, qual seria o provedor de internet via rádio capaz de competir ???



  9. #9

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Muito interessante o tópico.
    Só corrigindo:

    SEaC: Outorga TV
    STFC: Outorga Telefonia

  10. #10

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    O que todo que foi dito é muito lindo, mas me lembro do 3g com a frase o fim dos provedores a radio. Muito se especulou na época, bem 05 anos depois nos multiplicamos os clientes e os provedores, logo o fim não éo fato a nada. Existe variáveis que si se manifestaram quando chegarmos lá, assim como foi com o 3g, então previsões mirabolantes é do especulações, ex um provedor vende Internet a 84,90 outro chega vendendo por 24,90 3 meses depois 44,90, logo a lógica seria falência, mas fato que outras variáveis entram no jogo e equilibra. Então fato não será o fim cliente quer Boa Internet e pronto, o caminho pode ser mais difícil mas no final o cliente desiste da fibra porque não aguento mais o suporte.
    TV a caso já esta em declínio há fadada a estaquinacao ou redução, o futuro é on-demande telefone e outra coisa que anda a caminho do fim, so se tem fixo que é obrigado , SMS é whatsap voz tem skype, vyber etc, fato é que temos que dar uma nos via de acesso a esses serviços que já estão ai,



  11. #11

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Citação Postado originalmente por mkre0 Ver Post
    Bem vejamos... A NET de 500 Mega as é muito cara, tendo em vista a redução de velocidade. A Live TIM só tem planos de 35, 50, 70 e 1.000 megas, este último a instalação custa 3 mil reais e a mensalidade 1,5 mil (R$ 1,50 o Mega kkk). Quem contrata planos rápidos normalmente tem um motivo, ninguém vai contratar 50 megas para acessar o Facebook.
    É muito difícil alguém deixar de contratar um Velox, virtua, live tim, GVT etc para contratar Internet via rádio, um cliente que tem opção de VDSL de 50 Megas por 89 reais, por exemplo, qual seria o provedor de internet via rádio capaz de competir ???
    Uma conexão de 50 Mbps por R$89,00 seria interessante, porém vc não consegue pagar somente esses R$89,00. Na verdade essa é uma estratégia das grandes empresas para chamar atenção, pois o valor real de uma internet de R$50 Mbps da GVT vai pagar de R$230,00, pois esse valor é para aquisição num pacote onde vem telefone e TV juntos e que no final vai sair pelo mesmo valor. Portanto, R$89,00 por 50 Mbps não existe no Brasil.

    E o fato é que pra uma residência, uma internet de 2 Mbps de qualidade dá pra fazer praticamente tudo que vc faz com uma de 50 Mbps. Eu vendo uma internet de 2 Mbps por R$50,00 e no caso da GVT, vc não consegue nem comprar uma internet de R$50,00, o mínimo é 109,90 por 25 Mbps.

    Agora eu te pergunto, para uma pessoa que tem um salário de R$1200,00 para sustentar uma família, o que é que ele vai fazer: Pagar R$230,00 por uma internet de 50 Mbps ou R$50,00 por 2Mbps?

    Isso sem contar a dificuldade que será

    O negócio é ter foco no cliente, saber o que ele realmente precisa.

  12. #12

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Acho que até os donos de provedores já foram adestrados pelas campanhas das grandes, só se pensa em duas coisas velocidade e preço, mas essas são as únicas variáveis no jogo?



  13. #13

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Galera acho e continuo achando que soluçoes wireless será o futuro por um motivo em especifico a internet irá unificar tudo todos os serviços, por exemplo aqui no Brasil isso ainda nao é possivel por motivo da burocracia do pais e o modelo de lucrabilidade das grandes empresas na area de telecomunicaçao, mas tenho absoluta certeza que os serviços citados: INTERNET DE ALTA VELOCIDADE, TELEFONIA FIXA , TV e tambem A TELEFONIA MOVEL ou o modelo que conhecemos de telefonia movel ira mudar um pouco para os proximos 10 a 15 anos . Vamos la :

    * INTERNET DE ALTA VELOCIDADE:
    Hoje nos os pequenos provedores ja vamos poder prover planos de 10 a 25MB residencial com a nova tecnologia 802.11AC o que vai ter que melhorar sera o modelo de FISCALIZAÇAO da Anatel punindo os que tentarem trabalhar acima de 400MW que é o permitido pela 045 se pelo menos isso for fiscalizado ja da para pensar em trabalhar com 802.11AC e nao ter dor de cabeça com interferencia de radios que vao poder abrir em 80mhz e 1300mw de potencia e se os pequenos provedores se conscientizarem e trabalharem em modelos de celulas de ate no maximo "2km" poderemos entregar planos de alta velocidade em 40mhz e com 802.11ac teremos 1Gbps por celula para compartilhar, agora me fala se a 802.11 AC nao vai trazer o provedor wireless a um novo patamar em telecomunicaçoes .

    * TELEFONIA FIXA:
    Em outros paises a telefonia fixa ja é coisa do passado e pagar mensalmente pelo serviço tb já é coisa do passado tb, por exemplo nos USA vou citar somente dois modelos de telefonia que detonaram com o serviço de telefonia fixa, por exemplo o MAGIC JACK e antes do magic jack O SKYPE PHONE, sao planos que vc paga menos de 49,00 dolares "POR ANO" , isso mesmo "POR ANO" fala ilimitado para todo telefone fixo dentro de todo os USA e CANADA entao com magic jack por exemplo e 600k de internet vc fala quase que de graça para todo os USA e CANADA. Creio que algo como magic jack vai chegar ao Brasil nos proximos anos ai telefonia fixa mensal ja era...Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         2012-08-23_174402_2012-07-21_085802_p11993a_magicjack-plus_magicjack-usb-voip-adapter-with-1-yea.jpg
Visualizações:	1448
Tamanho: 	110,4 KB
ID:      	53907Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         magic-jack-install.png
Visualizações:	351
Tamanho: 	54,1 KB
ID:      	53908Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ipevo-s0-20-wi-fi-skype-phone.jpg
Visualizações:	168
Tamanho: 	29,8 KB
ID:      	53909
    http://www.magicjack.com/index.html

    TV via satellite ou TV A CABO:

    Com a evolucao das tvs smart aonde estao se tornando na realidade um PC tv o modelo de cultura de assisir tv tb ira mudar hj nos temos os canais via "live stream" que qualquer um com uma camera e internet de alta velocidade pode criar seu proprio canal de tv via live stream estes canais sao uma grande evoluçao la fora nos paises da Europa e America do Norte e tb sao muito assistido por isso que canais como a ABC, CNN, DISCOVERY E outros ja tem seus canais disponibilizados nos live stream de graça e creio que a tendencia mundial será essa agora os live stream em alta, automaticamente se estao na internet as TVS SMART fazem este serviço muito bem.
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         screen-80fefaede71fa0d11f068a0dce72118d.png
Visualizações:	161
Tamanho: 	455,1 KB
ID:      	53911Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         tv-kino.net-TV-im-Internet-als-Livestream-02.png
Visualizações:	528
Tamanho: 	155,8 KB
ID:      	53912

    Agora o ponto que queria chegar era TELEFONIA MOVEL como ja citei aqui em alguns outros topicos que falavam sobre a WIMAX que para nos pequenos provedores seria uma excelente ideia para podermos ingressar no mercado movel com planos de 1 a 5MB em um custos acessivel para um pequeno provedor usando equipamentos em 3.5ghz a 5mhz ou 10mhz , logico com uma possivel liberaçao da Anatel da faixa de frequencia 3.5ghz para os pequenos provedores como tb ja foi citado em outros topicos.

    Entao aparelhos como o "viliv s5" que é wimax e wifi trabalha em 3.5ghz no caso é a faixa de frequencia que poderemos possivelmente ingressarmos no mercado MOVEL ,o cliente que estiver dentro da rede com internet WIMAX da empresa do pequeno provedor e se o cara tiver um plano por exemplo skype ele podera falar para fixo de graça e de skype para skype de graça sem problemas, estes aparelhos tem boa capacidade de processamento para poder rodar por exemplo um windows xp e o custo deles é bem mais barato do que um IPHONE por exemplo, custa a metade do valos de um .

    Logicamente que isso so poderia ser possivel para nos se a Anatel realmente liberar a 3.5ghz para nos pequenos provedores, entao entao por isso que e digo que tecnologias e soluçoes wireless serao as tecnologias que irao perdurar no futuro. 1 pelo motivo da MOBILIDADE e outro pelo baixo custo para o provedor e assim podendo colocar as empresas menores bem mais competitivas com as grandes teles e la fora empresas como a Bridgemaxx, 4G CLEAR que foi vendida para a SPRINT E NEXTEL e outras, ja fazem isso com perfeicao e temos outras em crescimento .
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         mobile device.png
Visualizações:	134
Tamanho: 	309,6 KB
ID:      	53914 Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         100_0062_full.jpeg
Visualizações:	112
Tamanho: 	71,0 KB
ID:      	53915Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Photo_032509_003.jpg
Visualizações:	178
Tamanho: 	317,8 KB
ID:      	53916

    E se nos, podermos nos unir em uma associaçao forte para pressionarmos a Anatel a liberar como por exemplo a 3.5ghz para nos pequenos isso será possivel para nos aqui no Brasil tambem.

    Fica ai meu ponto de vista e posso estar muito certo......

  14. #14

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Todo provedor via rádio quer cabear sua área de cobertura, bairro, ou cidade, seja na fibra, gpon, cabo rede, coaxial, enfim... a questão é o custo para implementação (projeto, aluguel de postes, equipamentos nos postes e no cliente) enfim, o investimento será muito alto e o retorno dele irá demorar, as grandes operadoras trazem o retorno do investimento para seus acionistas depois de muitos e muitos anos.

    Eu acredito no cabeamento em condomínios fechados e prédios verticais, chegando com fibra ou rádio e utilizando par trançado já existente e/ou cabo de rede.

    A Ubiquiti lançou aquele equipamento para Ponto à Ponto (AirFiber) em 5Ghz (antes era 10ghz) que teoricamente chega à 1gbps, o que impede eles de lançarem um nano que trabalhe com velocidade giga?

    A questão da interferência é um ponto complicado no wireless, que pode ser reduzido como diminuição do alcance das torres repetidoras (para cerca de 2km), apontamento correto, fiscalização e denuncia de provedores que fazem o uso incorreto de potência, monitoramento constante, limite de clientes por setorial, usar equipamentos de qualidade, ter backup funcional, enfim dá pra se resolver.

    Para se ter uma ideia tem um bairro aqui na minha cidade que existe há mais de 20 anos, e a única internet que chegava lá era via rádio, na época do meu provedor foi lançado o 3G e achei que ele iria roubar todos meus clientes, o que aconteceu? não perdi nenhum cliente pro 3g, agora este mesmo bairro recebeu speedy da telefônica com velocidades de até 10 megas, e o que aconteceu com os provedores via rádio? continuam tendo procura diária, novas instalações, enfim não é somente pela velocidade e por ser no cabo a questão é o atendimento, suporte e serviços adicionais.

    Agora aqui também chegou o 4G da ON, uma empresa que só vende internet, 5 megas por R$ 59,90 com franquia de 20GB e a aceitação não tem sido muito boa, os provedores via rádio continuam firme e fortes na cidade.

    Para quem deseja entregar por conta própria TV ou serviços sob demanda no cabo ou fibra vai esbarrar na legalidade do serviço, se você for fazer tudo certo vai ficar muito caro (fechar contrato com distribuidoras de conteúdo, comprar licença, equipamentos de distribuição, etc, etc, etc) e se for entregar por exemplo filmes sob-demanda sem pagar direitos autorais também pode ser sérios problemas, ou seja, acredito que vender a tv via satélite na forma de parceria é a melhor opção para atender seu cliente sem se preocupar com licença, compra conteúdo, equipamentos etc.

    No caso do VOIP realmente o telefone vem caindo a cada dia, o que acontece é que cada vez mais empresas precisam do serviço de telefonia e podemos ganhar um boa mensalidade oferecendo também o serviço de telefonia para elas.

    O Wireless vai ser o futuro, afinal o poste também tem limite de cabos e equipamentos pendurados neles... quando os provedores via rádio grandes forem pro cabo os pequenos ficarão com mais frequências livres pra atender seus clientes.

    #FICAaDICA



  15. #15

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    O plano de 50 megas por 89 que eu falei é da TIM, é somente o valor da Internet
    Planos de TV as grandes operadoras oferecem em qualquer lugar do Brasil e possuem panos muito mais baratos que os praticados por pequenas operadoras.
    O negocio de provedores pequenos sempre será as sobras de grandes operadoras.

  16. #16

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Citação Postado originalmente por mkre0 Ver Post
    O plano de 50 megas por 89 que eu falei é da TIM, é somente o valor da Internet
    Planos de TV as grandes operadoras oferecem em qualquer lugar do Brasil e possuem panos muito mais baratos que os praticados por pequenas operadoras.
    O negocio de provedores pequenos sempre será as sobras de grandes operadoras.
    você realmente quer usar a TIM como referencia, até hoje não vi uma única coisa da Tim que presta. não adianta dar velocidade nominal e preço, e o serviço ser uma caca. tenho que fazer uma correção, o sistema de cobrança dele funciona e só.



  17. #17

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Citação Postado originalmente por fmcjunior Ver Post
    você realmente quer usar a TIM como referencia, até hoje não vi uma única coisa da Tim que presta. não adianta dar velocidade nominal e preço, e o serviço ser uma caca. tenho que fazer uma correção, o sistema de cobrança dele funciona e só.
    Amigo, na telefonia móvel ele deu uma sacudida baixando o preço das ligações, minha vó achou o máximo poder falar o quanto quisesse com o filho dela que mora em outro estado por apenas 50 centavos. Em SMS ela foi um sucesso cobrando bem barato e apenas o dia que usar(3g também). A única operadora que oferece 3g sem franquia e por apenas 25 centavos o dia que usar, 4G que na pior das hipóteses a velocidade é de 8 megas (25 centavos ao dia e sem franquia).
    A internet fixa dela é tão ruim que vc contrata 35 Megas e recebe 38 em horário de pico e tem cobram várias taxas adicionais e te obrigarem a fazer um combo
    Falando serio, as grandes operadoras não são assim tão ruim, conheço várias cidades que não tem nem 8 mil habitantes e a OI leva Velox e telefone fixo, um plano de dois megas+ fixo fica por 79 reais, só não é bom para os pequenos provedores que investiram antes para levar internet até locais como estes, porem cobram muito caro, tipo 85 reais por 256 Kbps. Aqui na minha região a Vivo levou 3g para várias cidades da região que não tinham serviço de telefonia móvel, ajudou e muito o pessoal, facilitou a comunicação com parentes, chamar ambulância. O governo federal levou energia para localidades e o pessoal la esta de boa, a muitos quilômetros da ERB e assistindo vídeo no YouTube em Full HD sem travar usando apenas um modem USB.
    Eu já fui em vários lugares e que todos as grandes operadoras ofereciam um bom serviço. Enfim, acho que moro em outro Brasil

  18. #18

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Cara verdade vc mora em outro Brasil, não me leva a mal mas que funciona bem é exceção, e esse papo de ambulância é apelação, não estados falando de benefícios um radio amador também serve pra chamar ate walktok, mas isso não muda o fato que nunca é 25 centavos porque tem que ligar 5 a 10 vezes pra fazer uma ligação de 50 min. a internet não e ilimitada como disse é 10mb de trafego depois disso vai pra 64k, o 4g a 8mb nunca vi nem em SP, MG,PR ou RR olá que tenho os dois empresa e pré pago, nem em aeroportos da isso. A fibra da tim eu não usei e ate pode ser que funcione a final e poucos lugares que tem i e poucos mesmo BH mesmo não tem,
    Tem mais uma coisa quando lançaram o 25 centavos eu usava um cartão de 17 por mês sur pressentimento depois dele tinha que usar até 3 cartões de 17, comecei a monitorar meus créditos e olha só chegava a sumir ate 10 rais sem explicaçã, digo isso sem medo e impossível vender uma ligação a 25 pra qualquer lugar do Brasil sem limite e manter qualidade.



  19. #19

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    Citação Postado originalmente por SantiagoMG Ver Post
    Meus planos de trabalho estão mais ou menos por isso aí que os dois falaram.... Seria uma mistura entre o que foi colocado até agora, porém não acredito muito que seja extremamente necessário vender TV e principalmente VOIP junto com a internet para sermos competitivos. As vezes é até melhor que não faça isso, pois se não tivermos condições de oferecer um serviço de excelente qualidade somente servirá para gerar transtorno.

    Tenho percebido uma necessidade muito grande é de oferecer a manutenção no computador, como já foi citado. Isso sim, pois está intimamente ligada a qualidade da internet e satisfação do cliente, pois muitas vezes o problema não é na internet, mas a maioria dos usuários não consegue identificar isso.

    Sobre FTTH, acredito que é isso mesmo, é o futuro, não adianta... Via rádio será pra atender áreas rurais... muito em breve não teremos condições de concorrer usando somente rádio, mas não tenho dúvida nenhuma que o rádio sempre existirá, pois existem lugares onde nunca será viável colocar fibra.

    Portanto, meu foco é: Possibilitar que o cliente conecte-se a internet com muita facilidade e consiga fazer tudo aquilo que ele necessita, seja acessar o facebook, assitir um vídeo, mandar um e-mail, jogar... e quando tiver um problema e não conseguir acessar, seja no computador, celular, tablet, ele tenha a quem recorrer e terá atenção e seu problema resolvido.
    Aqui ja tenho feito exatamente asssim caro amigo SantiagoMG, tem dado tão certo que ja estou abrindo uma assistencia técnica para serviços mais complexos de concerto em informática, o que fiz aqui que e deu certinho foi fazer chegar fibra até os POPs que tenho e agora pretendo dar um passo maior. fibrar os predios que ja tenho clientes e oferecer mais banda.

  20. #20

    Padrão Re: Provedor via Rádio do Futuro - Multicombo: internet, telefone, tv e informática

    E nós temos até evitado fazer formatações. O assinante que está chegando na chamada inclusão digital tem uma tendência de misturar as coisas.
    Acaba que ele fica com um sistema 'apodrecido' e acha que é a internet. Já aconteceu até de gente que o pc não carrega o sistema e ele reclama que está sem internet.
    Por outro lado, se envia para qualquer um fazer o serviço, acaba que fazem serviço porco... ou então aproveitam para 'reforçar' a argumentação do cliente de que é na interntet.
    Mesmo quando mostramos com nosso notebook que está tudo normal, ainda tem gente que acredita mais nestes "consertadores de fim de semana".

    É uma sina que não esperávamos há 6 anos atrás...
    Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.... kkkk