Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Boa tarde galera, primeiramente ja quero agradecer a todos que irão me ajudar... a questão é a seguinte:

    Possuo uma célula onde está dificil fazer o cliente mudar o equipamento para 5.8. E como não temos grana para bancar essa troca, gostaria de saber se existe uma possibilidade de passar maior banda, no pop utilizo bullet m2 (modo b/g/n mixed)

    os clientes operam no modo B...

    caso eu troque o rádio deles por um que opera no modo N, terei melhoras ? Ou se eu setar todos no modo G ?


    Abraços e obrigado

  2. ninguém vivenciou isso em suas respectivas redes ?



  3. Bom dia
    Cara se colocar em G o alcance dos clientes vai cair pela metade da distancia, em modo G vc vai atender clientes a 1 km no máximo, agora em modo N o alcance é mais parecido com o modo B e vai ter melhorias no sinal e na velocidade final nos clientes, eu já consegui passar 4 mb em modo N com 2.4 com qualidade.

  4. qual distancia maxima em N ?



  5. Em N o tchã não é o alcance, que é o mesmo em B (Comparando B a 11M, e N a 13,5M), o tchã é permitir maior nº de clientes por setorial (Capacidade de processamento é otimizada por features presentes apenas em N) mantendo qualidade.

    N geralmente se usa com bandas maiores que B. Afinal B limita a 4 a 4,5Mbps por setorial, N permite isso em MCS0, em MCS1 dá o dobro, automaticamente com banda mais alta você VÊ melhor os problemas que instalação mal-feita (Sem visada, sem uns 70% da zona de fresnel livre, com potencia (Ganho da antena + potencia do hardware) alta demais ou baixa demais. Esses problemas existem em B, mas como são bandas ridículas tipo 200-500Kbps ninguem nota 1s a mais no carregamento de site quando o normal é demorar 14 segundos pra carregar. Em N com banda mais alta você precisa mais do que nunca equalizar os clientes, esse negócio de "Qual o alcance" não deve ser pensado, você tem que ir pelo contrário: Quero 2Km de alcance. #Comofaz? Faz com antena de alto ganho a 2Km, e antena de pequeno gsnho proxima a torre, potencial alta tipo 300mW em cliente longe (2 Km), e 63mW em cliente proximo (100m). NUNCA use potencia alta pra TAPAR O SOL COM A PENEIRA em cliente sem visada (Mesmo a 100m) ou com zona de fresnel muito obstruída.

    Leve zona de fresnel muuuuuito a serio, o problema em 2,4GHz é ruído regional, e não baixo alcance ou qualquer coisa assim, 5,8GHz tem menor penetrabilidade e portanto o alcance é menor, tem que remediar usando potencia alta e antena dew ganho maior, provedor mal-informado sofre menos com problema físico em 5,8 porque a zona de fresnel é menor, mas não há nenhum problema intrínseco de 2,4GHz, o maior problema é o proprio provedor que cria: Ruído por usar potencia alta em todos os clientes, 1 cliente a -45 e outro a -75, isso é inaceitável num rede que pretende ser boa. O sinal -75 parece ter zona de fresnel parcialmente obstruída? Eu diria que é o com -45 que tem esse problema, o provedor teve ping ou navegação ruim, não cuidou visada ou zona de fresnel, e "resolveu" o ping na base da potencia maior, isso ocupa tanto processamento do setor quanto 5 ou 6 clientes de instalação perfeita.

    Modo N em 2,4GHz permite o aproveitamento das antenas dos clientes. CPE B/G acho que foram poucas, quem comprou CPE B/G em 2013, por exemplo, pediu pra sofrer mesmo, bem feito! (Eu fiz isso, ciente do prejuízo futuro) Pras grades, tem roteador N de potencia boa pra alcance, tipo o Intelbras Win240, o Aquario com N, são de uns 100 ou 150mW em MCS2 ou 3 (Obviamente não espere usar MCS6 ou 7 e ter alcance, isso não existe, tem que usar datarate baixo pra aproveitar a sensibilidade mais alta dos hardwares (Na torre e nos clientes), datarate alto exige sinal mais alta naturalmente, mas os hardwares tem sensibilidade pior e potencia mais baixa em datarates altos, é burrice usar MCS6 ou 7 se você tem só meia duzia de clientes por setorial e vende conexão tipo 500K a 1M, nesse exemplo MCS1 já serviriai, mas por precaução é bom se acostumar com MCS2, 3 ou 4.

    Modo B funciona bem porque em 11M os equip. já tem sensibilidade boa e potencia boa. Modo G tem muito problema porque muita gente usa os malditos modos auto (Canal, datarate, ack) e a tendencia dos roteadores é usar os maiores datarates, isso exige mais do hardware, perde sensibilidade, e portanto corta o alcance. G teria alcance minimamente menor, mas na prática devido a configurações ruins tem metade do alcance na prática. 4Km em G seria tranquilo, DESDE QUE bem configurado, mas do default, como muita gente usa, se chegar a 900m será muito (Especialmente CPE's, elas tem antenas pequenas e baixa potencia em datarate tipo 48M, tem que fixar em datarate baixo o que não falta é provedor que acha que coisinha tipo Krazer/Kodama/Firemax/APRouter vai ter 100mW em 54M...).






Tópicos Similares

  1. Bullet2Hp ou Bullet M2??
    Por GPlink no fórum Redes
    Respostas: 56
    Último Post: 25-01-2016, 07:02
  2. Bullet m2 hp
    Por Sp4celan no fórum Redes
    Respostas: 59
    Último Post: 13-12-2013, 11:04
  3. Tutorial Bullet M2 (modo APWDS/StationWDS)
    Por claudinhohw no fórum Redes
    Respostas: 24
    Último Post: 15-08-2012, 12:34
  4. Respostas: 9
    Último Post: 19-10-2010, 18:51
  5. Respostas: 1
    Último Post: 21-01-2010, 10:19

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L