+ Responder ao Tópico



  1. Gente, já sei e entendo perfeitamente a questão de utilizar ou não PC-AP, suas vantagens e desvantagens, consumo de energia, nobreack durar pouco, etc. Para cada problema existe a sua solução!
    Preciso de respostas concisas e dentro do questionado!

    - Trabalho com Células por bairro, sendo sempre ampliado o sinal na localidade com novos microPontos (omni 8dbi)
    com uma distância média de 800 metros de uma para a outra, com sinal no bullet no mínimo possível e com média de 40 clientes por torre não chegando a 20 simultâneos em cada microCélula, sendo que as mesmas não gerenciam e estão em bridge.

    - Tenho como concentrador um CCR-1016 e autenticação via Hotspot e Radius
    - CRS-125 como switch com duas redes distintas
    - RB750G como ballance de 4 ADSLs de 10M ( e não! minha cidade não tem link dedicado! Já tentei comprar 3 vezes banda de 30M na Oi e na hora da instalação os técnicos cancelam por falta de BANDA na cidade, tentei até de 4M e ocorreu o mesmo, mas já estamos trabalhando um enlace e trazendo um link de fora de 50M da Embratel)

    - SpeedR como cache paralelo, (logo logo, cacheBox)

    - Sistema de bakcup de eletricidade, monitoramento de rede com PRTG, e outras coisas que fazem parte do Provedor


    Tenho a seguinte situação atualmente:

    Torres em prédios, pois a cidade possuem muitos e são aproveitados ao máximo as oportunidades de alugá-los.
    Essas torres eu utilizo para chegar nos bairros através de enlaces NanoBrige M5 e totalizam 7 torres e células que estão praticamente em estrela e apenas uma rota de saída/entrada.

    Tem torres que partem hoje até 3 enlaces individuais levando para pontos distintos, porém, chegou uma situação em que preciso atender novos bairros e me preparar para o link dedicado que vem chegando e estou interessado em migrar as torres para mikrotik.

    Pesquisei em foruns, google, wiki da mk, etc, e vi muita coisa para enlace PTP, ensaios, testes, etc, mas pouca coisa para multi enlaces (não é PTMP -> 1 para N, mas sim, N para N). Analisei a seguinte alternativa:

    - PC-AP com slot PCI-e, placas 5.8 para a camada enlace e 2.4 para conexão do cliente (bridge). As placas mães encontradas possuem de 3 a 7 slots PCI-e o que daria uma gama grande de configuração! Utilizaria RouterOS instalado em flashcard, antenas de boa qualidade, Cabos RF Cellflex 7/8 (pretendo deixar PC sempre embaixo e subir o RF, nada superior a 15m de RF). Os PCs-APs não gerenciaram os clientes, estarão em bridge, mas terão que ter uma boa banda passando na camada de enlaces.

    - O melhor seria cabeado, mas ainda não dá pq pretendo utilizar tudo na Fibra, e realmente ainda não dá !!!

    Vejam abaixo:

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Torres com redundancia - Projeto.png
Visualizações:	205
Tamanho: 	1,80 MB
ID:      	54258

    Esse seria o novo esquema, com duas rotas de saída/entrada. Em cada torre saem ou podem sair mais do que os dois enlaces típicos (torre a torre), pois elas são as células que alimentam as microCélulas ou pode a partir dela ser direcionado para uma célula principal para outro bairro e dessa nova alimentar outras microCélulas. Em cada torre principal dessa um pc-ap (sim, com tudo que o pc-ap precisa, já sei ! rsrsr), lembrem-se, nenhuma delas estarão apenas com dois enlaces e elas também precisam ter o sinal em 2.4 e 5.8 simultaneamente. Nas microCélulas atualmente trabalho com Bullet, mas pretendo utilizar mikrotik, ainda não decidi se dois Grooves, sendo um em 5.8 e outro em 2.4 ou RB com dois cartões nas duas frequências.

    Pergunto:

    - Alguém já fez algo parecido, mesmo que entre poucas torres, quais experiências, equipamentos utilizados, etc?

    - Alguém já trabalhou com esse modelo de célula e microCélula ? (sei dos conceitos, mas achei mais apropriado chamar assim)

    - Alguém já utilizou esse modelo + Mesh, colocando cada ponto como Portal e as microCelulas conectarem a elas ?

    - Se sim no Mesh, utilizou no 5.8 omni ou painel ?

    - Já utilizou no pc-ap placas pci-e com duas rp-sma e interconectou em alguma antena MIMO? Qual resultado?

    Por enquanto é só, a medida que as respostas forem surgindo tiro novas dúvidas !!

  2. Já usei pc-ap, mas acabei trocando tudo por rb, principalmente pela autonomia em casa de queda de energia e a questão da manutenção do pc ser mais cara. Mas o pc tem muito mais processamento e memória. Tem que estudar caso a caso.



  3. É, dei uma lida em vários tópicos aqui @leandrovaranda, e todos na época de pc-ap com placas pci, que compartilham o processamento para o slot. No meu caso, quero usar uma torre pra vários enlaces e ainda o 2.4 para atendimento ao cliente, acha mais viável RB? 2 ou até 3 RBs numa caixa interligadas, do que um PC-AP sozinho para o serviço?

    Teve experiência com alguma das utras perguntas que fiz ??


    Sei da necessidade do backup de no mínimo um PC-AP completo e de backup de periféricos.

  4. A vantagem da routerboard é que você pode fazer o hotspot na própria rb que atende os clientes em 2.4. Uma RB411GL atenderia bem os clientes em 2.4, fazendo o hotspot com radius. Coloque-a numa caixa hermética o mais próximo possível da antena. Ligada a ela poderia ter uma RB750GL (estou colocando GL pelo processamento maior) que por sua vez estaria ligada aos PTP em 5.8 (também mikrotik). Com a configuração correta nesta RB750GL vai conseguir usar 2 ou mais saídas para chegar ao servidor, sem loop, criando a redundância de que precisa. Ficaria um sistema muito bom e com possibilidade de crescer, pois não sobrecarregaria a sua central.
    A CCR-1016 continuaria com radius e atendendo o que vir em bridge (caso uma Rb de problema você coloca um radinho lá temporário enquanto resolve o problema) .
    Eu faria assim, só qeu ao invés de hotspot usaria pppoe.
    Nunca usei Mesh então não posso opinar. 5.8 usava em painel, assim como as 2.4.
    Pc em cima de prédio eu tive experiencias ruins, mas não quer dizer que o sistema seja ruim.



  5. Entendi @leandrovaranda, então vc não usaria bridge como eu faço hoje deixando todo o processamento de controle de banda, firewal, etc, no CCR, colocaria as RBs pra trabalhar como autenticadores tbm. E no caso de eu ter uma torre pra fazer uns 6 enlaces 5.8 a partir dela e mais o atendimento em 2.4, colocaria 3 RB433 ??? pois a RB411GL só possui 1 slot para cartão miniPCI, não atendendo os enlaces. Como me aconselha nesse caso, pois minhas torres terão no mínimo 3 enlaces 5.8 mais o atendimento 2.4, ou seja, 4 saídas RFs !






Tópicos Similares

  1. servidor mk + pc ap como configurar
    Por Rmnet no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 22-05-2009, 15:54
  2. PC-AP com proxy em lugar de RouterBoard
    Por megamota no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 31-10-2008, 09:41
  3. Respostas: 42
    Último Post: 13-11-2007, 10:35
  4. Como configurar ap como repetidor de sinal
    Por Sidon no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 06-08-2006, 09:48
  5. Respostas: 3
    Último Post: 09-05-2006, 11:59

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L