Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Internet via Rádio

    Boa tarde pessoal, sou novo aqui no fórum under-linux.org e estou aqui porque estou precisando de uma ajuda de alguém que entenda de internet via rádio.

    Eu estou com um problema aqui na minha rede, depois que troquei meus equipamentos o meu sinal não ta chegando com a mesma potência que chegava antes, e não estou entendo já que os equipamentos de agora são mais potentes... antes eu tinha uma omini de 12dbi e um rádio de potência 500mw, e hoje tenho uma omini de 15dbi homologada e um rádio de 1600mw da mikrotik era pra mim ter um ganho bom mas pelo contrario onde pegava os cinco pontos agora só ta pegando 3...

  2. #2

    Padrão Re: Internet via Rádio

    isso vc fez chama Caca.

    potencia forte não é = a qualidade de sinal
    antena de 12dbi com potencia de radio menor a abertura fica melhor na vertical.
    antena de 15dbi vc deve usar muito menos potencia de radio para ter qualidade.
    se mudou a altura da antena tb muda o nivel de sinal dos clientes.
    se vc colocou a antena torta ou em um mastro de bambu tb fica uma merd...

    agora vc me ajuda numa coisa me mostra onde aqui no under-linux ou fora que viu que 1600 mw de potencia melhora em alguma coisa o que vc ja tinha.



  3. #3

    Padrão Re: Internet via Rádio

    1watt e 600? diminui isso amigo, voce ta gerando interferência pra si mesmo, vai ocasionar além de tudo uma imensa retransmissão de pacotes

  4. #4
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    902

    Padrão Re: Internet via Rádio

    para meu roteador doméstico, fiz testes com 100, 150, 200, 300, 400, 500, 700, 1000 mw, acima dos 200 mw com uma determinada antena nada muda. hj uso com antena de 100 mw e 5 dBi. Antes dividia com um amigo e cunhada, e a partir de 100 mw não fazia diferença nenhuma, com antena de 15 dBi omni.



  5. #5

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Eu particularmente não usaria antena co-linear maior que 9dBi.
    Omni de monopolo tem vswr meio grande, em omni pequena tipo 2 ou 5dBi ela é gigante, um absurdo de grande, por isso com 100 ou com 500mW o alcance com qualidade não muda muito.

    Omni co-linear de 12dBi eu usaria no maximo 100mW. Omni co-linear de 15dBi NUNCA.

    Marca que tem nome a ZELAR, tipo UBNT, Linksys ou MK, vende antena omni co-linear de ganho grande tipo 9dBi? Nem pensar!
    Elas usam omni de 2 a 5dBi, até usam potencia alta, mas não são omni com dipolo/monopolo/co-linear, são omni tipo slot, ou melhor, tem slot na emissão, vide a antena de omnitik:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         mikrotik_omnitik_antenna.jpg
Visualizações:	731
Tamanho: 	243,6 KB
ID:      	54650

    As antenas comuns de 12 ou 15dBi são um monte de elementos empilhados um em cima do outro, fabricantes serios já TIVERAM omni de alto ganho em catalogo, tipo Hyperlink 15dBi, que é co-linear:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Nynex-Omni-15-db-24ghz-wifi-antenna-01-open-.jpg
Visualizações:	486
Tamanho: 	88,5 KB
ID:      	54651
    Mas... isso é dum tempo que rede 802.11B com conexões de 128 ou 256Kbps eram suficientes, não tem como ter banda decente e alcance decente com omni hoje.
    A Ovislink, por exemplo, limitava a 9dBi suas omni a venda:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ovis8.JPG
Visualizações:	676
Tamanho: 	45,9 KB
ID:      	54652
    9dBi era o limite dela (Acho que 8,4dBi ou algo do tipo) com co-lineares porque até esse ganho o VSWR é aceitavel, acima disso fica grande demais. Com baixo ganho tem o problema do angulo muito aberto, por isso antena de 5dBi as vezes melhora o throughput dentro de casa sem mudar o nível de sinal, com angulo menor simplesmente tem menos reflexos.

    Se já tem uma omni de 12 ou 15dBi o negócio é caprichar na instalação, usando cabo curto (Acredite, ví omni 15dBi em "torre" de 10m com cabo RGC58 descendo até dentro de casa, chuto uns 20m!!!!), usando potencia baixa tipo 100 a 150mW no MAXIMO, colocar a omni LONGE de reflexos tipo telhado ou paredes laterais (1,5m acima do telhado, 3m de parede lateral), e caprichar nos clientes, tem MAIS DO QUE NUNCA instalar apenas antena com zona de fresnel desobstruídas totalmente.

    Minha omni 12dBi co-linear (Aquario) estava jogada num canto, coloquei no telhado e liguei um cartão danificado em 15dBm, conecta no smartphone a 100m de distancia tranquilo, já escaneei com sinal APARENTEMENTE suficiente a uns 500m de distancia, mas se não olhar o sinal cliente>torre tem que apanhar, nunca que o fato de aparecer no site survey com sinal "alto" quer dizer qualquer coisa, existem reflexos e dutagens que enganam, o negócio é ter certeza da visada e da limpeza na zona de fresnel.
    (Alias, tinha 12dBi Aquario e 9dBi Oiw, antigamente quando testava elas (Quando comprei provedor elas vieram junto, tinha 1 em uso, removi urgente) o alcance com ambas era o mesmo, mas digo alcance com qualidade, com throughput decente (Pra mim 1Mbps tá bom, só uso smartphone/PDA/Palm/Handheld mesmo) tanto faz usar 9 ou 12dBi.

    Omni 'slotted' tem outro funcionamento comparado a co-linear, existem lobulos secundários com reflexos igual, mas não tem VSWR preocupante, daria pra usar omni de OUTROS tipos que não seja co-linear, o problema é que as antenas comerciais de 9 a 15dBi tem elementos com vswr alto demais, funcionar funciona, mas não permitem throughput ou alcance grande, e colocar potencia alta é como qualquer coisa com potencia mais alta que o necessario (Potencia de som, potencia de carro...), só serve pra incomodar a vizinhança, só usa isso quem tem fugiu da escola.

    (Omnitik tem 700mW porque tem antena tipo slot e tem uma etapa de RF muito boa, ela não é burra tipo um maldito RTL8186 que reenvia pacotes quando estes se perdem, a Omnitik tem adaptatividade pra diminuir ou aumentar a potencia conforme níveis de sinal que chegam e conforme dialogo com os clientes (Ela recebe info do nível de sinal no cliente), por mais que você coloque potencia fixa alta ela não vai mandar pacotes aos montes se tiver apenas clientes proximos, uma coisa é ser escaneavel com sinal alto, outra é receber os pacotes de dados com sinal mais alto que o necessario, ela (Omnitik) tem sensibilidade muito boa, que aliada a antena de slot (Não é slotted) permite ter sinais baixos ais legíveis, ou seja, tem mais sensibilidade mesmo tendo potencia alta. A diferença é que raramente ela usa potencia alta se usar o modo auto e usar 802.11N. Obviamente se usar os 700mW dela fixo e em 802.11G vai incomodar a vizinhança e ter throughput péssimo, não basta ter antena e etapa de RF bom, também tem que ver o modo usado (B e G são coisa da década passada, ter isso desde 2008 ou 2009 é aceitável, mas implantar isso em 2014 é um atraso de vida enorme)

    Resumo: Quer usar co-linear? Limite a 8 ou 9dBi. Quer omni maior que isso? Ache slot, slotted, ou qualquer coisa que não seja co-linear. Já tem omni co-linear de 12 ou 15dBi? Use potencia baixa e capriche MAIS nas instalações que se tivesse paineis setoriais.

  6. #6

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Nada a ver rubem. Pouco se usa omni de alto ganho devido ao diagrama de irradiação não ser favorável à distribução. Ganho em omni é uma coisa esquisita. Quanto mais ganho, mais os clientes tem que ficar próximo a antena da torre em altura. Isso é ineficiente.

    Os paineis setoriais tem azimutagem justamente para permitir que o diagrama de irradiação seja direcionado para baixo. É por isso que se usa tanto paineis setoriais.

    Eu inventei uma antena omni de alto ganho e com diagrama de irradiação para baixo que sana essas dificuldades. Mas não tenho como produzir.



  7. #7

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Se fosse só pelo diagrama seria só usar antena de 2 ou 4dBi, que tem angulo vertical gigante tipo 40 ou 50º, mas as co-lineares de ganho baixo assim sempre tem vswr gigante tipo 2.0:1. Não é regra, é praxe de fabricação de baixo custo pelo visto.

    Ter omni com irradiação vertical melhor até tem:
    http://www.tp-link.com.br/products/d...-ANT2415D#down
    Mas com esse VSWR quero ver ter o throughput que se consegue em slotted, e o preço é praticamente o mesmo.
    Quase toda co-linear que tem a irradiação na vertical meio caida tinha vswr alta desse jeito também, talvez em 802.11B e sua portadorona de 11M isso não seja um problema, mas em 802.11N e aquele monte de portadoras o throughput cai demais com vswr alto ou com reflexos em telhados e paredes com omni de angulo aberto (3dBi, por exemplo).

  8. #8

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Não adianta abrir o diagrama e ter baixo ganho. O sinal abre pra cima e pra baixo, e pra cima, qual a utilidade ?

    O meu projeto irradia PARA BAIXO.

    Um dos problemas das colineares é o fato da alimentação vir por debaixo da antena. O que vai acontecer é que cada elemento vai transmitir 3db do sinal e passar 3db pra cima.

    Tipo :

    20db na entrada da antena.

    primeiro elemento transmite 20-3 = 17 e passa 17 pro elemento seguinte.
    segundo elemento transmite 17-3 = 14 e passa 14 pro elemento seguinte.

    Em outras palavras o primeiro elemento transmite metade do que recebeu e passa metade pra cima.

    Sacou ?

    Isso pode ser resolvido com alimentação split dos elementos. mas a antena vai ficando cada vez mais complexa.



  9. #9

    Padrão Re: Internet via Rádio

    faça o seguinte voce pode colocar a antena de 12dbi novamente ou colocar uma de 9 ou 5,
    voce provavelmente esta usando celular ou notbook ou antena usb, baixa a potencia para 100mw no maximo 250mw, testa e me diga como ficou. outra coisa se for pouca banda coloca em b.

    nao sem como usar setorias ?? nanostation?? melhor q omni. acho q gastaria menos do que vc gastou e ficaria melhor.
    posta o resultado pra v se melhorou

  10. #10

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    Não adianta abrir o diagrama e ter baixo ganho. O sinal abre pra cima e pra baixo, e pra cima, qual a utilidade ?

    O meu projeto irradia PARA BAIXO.

    Um dos problemas das colineares é o fato da alimentação vir por debaixo da antena. O que vai acontecer é que cada elemento vai transmitir 3db do sinal e passar 3db pra cima.

    Tipo :

    20db na entrada da antena.

    primeiro elemento transmite 20-3 = 17 e passa 17 pro elemento seguinte.
    segundo elemento transmite 17-3 = 14 e passa 14 pro elemento seguinte.

    Em outras palavras o primeiro elemento transmite metade do que recebeu e passa metade pra cima.

    Sacou ?

    Isso pode ser resolvido com alimentação split dos elementos. mas a antena vai ficando cada vez mais complexa.
    E essa complexidade nunca ví em antena de 12 ou 15dBi, é só só o monte de dipolo empilhado, é sempre uma colinear coaxial, o mínimo que vejo de variação é o elemento de 1/4 no começou ou final (As vezes é coaxial, as vezes parece material diferente (Pra ter fator de velocidade diferente?), as vezes em baixo tem algo tipo j-pole pra tentar isso de "puxar" a irradiação pra baixo (Pelo diagrama de irradiação funciona http://www.procom.dk/products/base-s...nas/cxl-5700-6 ), as vezes tem um pseudo-feed a cada 3 elementos, as vezes a cada 4 elementos...)

    Mas enfim, só posso supor algo de muito errado nas colineares coaxiais comerciais, você tem antenas colinear não-coaxial 6dBi com 1 elemento de meia onda e 2 elementos de 3/4 de onda, funciona normal, vswr preocupante tipo 2:1 mas ok. Aí tem uma colinear coaxial de 6dBi, ela tem 6 ou 7 elementos de 1/2 onda e mais o de 1/4 na ponta, mesmo vswr. Então tem algo problemático com colinear coaxial, e isso provavelmente se extender pras omni de 12 ou 15dBi no mercado brasileiro, que são todas colineares coaxiais de desempenho esquisito.

    Nem dipolo de 2dBi os grandes fabricantes usam, Linksys ou Cisco andam usando só j-pole na antena interna ( http://leckemby.net/aj0ml/images/wrt160n-2a.jpg ) e na externa algumas slot (Um dipolinho tipo j-pole dum lado da pcb, do outro o negativo ligado no GND) e algumas de maior ganho uma planar impressa. Ubnt e MK também não tem mais nada com colinear.
    Alias, o que mais acho curioso são anteninhas de 2 - 2,5dBi que bem poderiam ser um dipolo comum pelo ganho, mas são planar impressas, não acredito que o fabricante ia colocar antena cara em aparelho de 300-600Mbps se não tivesse um motivo muito bom.
    (A Linksys (Ou é a Cisco?) até tem em manual a info que suas antenas não podem ser substituídas por omni's comuns (Colineares) com risco do throughput cair 50%. Eu nunca tinha prestado atenção no tipo de antena de baixo ganho até ver essa "ameaça")

    (Falando em j-pole, tem omni com algo tipo j-pole, mais pra c-pole, com o "buraco" do "C" mais pra cima, digo, acima do meio, parece que a intenção é baixar o angulo vertical do lobulo primario, achei quando procurava uma calculadora rapida pra j-pole: http://www.m0ukd.com/Calculators/Slim_Jim/ )



  11. #11

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Vê só, duas antenas são colineares quando seus elementos estão dispostos ao longo de uma mesma linha imaginaria.

    Por exemplo, dois dipolos com polarização vertical são colineares se estiverem uma em cima da outra.

    Como você vai alimentar esses dipolos ai é outra história. Voce pode muito bem usar um split com cabos de tamanhos iguais, como se fosse um Y. Desse jeito as duas antenas recebem sinais de mesma fase e amplitudes similares. Você pode alimentar o de baixo e puxar dele uma derivação pro de cima. Nesse caso a potência é desigual, e assim sucessivamente.

  12. #12

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Boa noite Edmar, fiz a troca do meu radio e da minha omini porque queimaram, então entrei em contato com uma loja de equipamentos via rádio que conheço na internet que se chama (Ligway) não sei se vc conhece, expliquei ao vendedor que eu tinha um rádio de 500mw e uma omini de 12dbi e que eu estava querendo uma coisa com mais qualidade e potência aí foi onde ele mim recomendou um rádio da Mikrotik METAL2SHPn - 1.600 mW e uma omini de 15dbi da aquários homologada, depois que fiz toda a instalação foi onde achei muito estranho quando vi que tinha alguns cliente que recebiam a conexão via rádio com cinco pontos depois passaram a pegar só com três pontos, aí foi onde encontrei esse fórum e estou tentando explicação para isso pois coloquei equipamentos melhores e não surtio o efeito desejado que era ter um ganho de distância maior do que antes e qualidade também...



  13. #13

    Padrão Re: Internet via Rádio

    O que me diz deste projeto, @rubem

    http://www.l-com.com/wireless-antenn...rical-downtilt

    E esta alimentada pelo centro e não pelo primeiro elemento
    http://www.l-com.com/wireless-antenn...male-connector
    Última edição por 1929; 15-09-2014 às 08:15.

  14. #14

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    O que me diz deste projeto, @rubem

    http://www.l-com.com/wireless-antenn...rical-downtilt

    E esta alimentada pelo centro e não pelo primeiro elemento
    http://www.l-com.com/wireless-antenn...male-connector
    Hunf, eu tinha inventado uma antena omni com tiltdown. Agora descubro que outra pessoa inventou primeiro. Pelo que to vendo dela, ela segue o mesmo princípio que eu idealizei. Usa-se uma defasagem dos sinais em cada elemento do stack de forma a favorecer sinais que vão pra baixo. É como se fosse uma omni-setorial.

    A segunda antena é alimentada pelo centro, isso melhora a distribuição de potência na antena. Se você distribuir a potencia da extremidade para cima ou da extremidade para baixo, a potencia no ultimo elemento do conjunto vai ser metade da potencia dos elementos finais num sistema alimentado centralmente. Isso melhora um pouco. O ideal mesmo seria um treco com divisão por igual por elemento. Mas ia ficar complexo o desenho da antena.



  15. #15

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Edielton Ver Post
    Boa tarde pessoal, sou novo aqui no fórum under-linux.org e estou aqui porque estou precisando de uma ajuda de alguém que entenda de internet via rádio.

    Eu estou com um problema aqui na minha rede, depois que troquei meus equipamentos o meu sinal não ta chegando com a mesma potência que chegava antes, e não estou entendo já que os equipamentos de agora são mais potentes... antes eu tinha uma omini de 12dbi e um rádio de potência 500mw, e hoje tenho uma omini de 15dbi homologada e um rádio de 1600mw da mikrotik era pra mim ter um ganho bom mas pelo contrario onde pegava os cinco pontos agora só ta pegando 3...


    amigo coloca ai 100 mw e vai aumentando conforme suas necessidades mais 100 mw ja e mais que suficiente máximo 200 mw potencia não e qualidade pesa 15 dbi de antena ja e um abi surdo de potencia ainda mais com um radio de 1600mw isso não e sinal e ruido puro faz os testes e boa sorte.

  16. #16

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    Hunf, eu tinha inventado uma antena omni com tiltdown. Agora descubro que outra pessoa inventou primeiro. Pelo que to vendo dela, ela segue o mesmo princípio que eu idealizei. Usa-se uma defasagem dos sinais em cada elemento do stack de forma a favorecer sinais que vão pra baixo. É como se fosse uma omni-setorial.

    A segunda antena é alimentada pelo centro, isso melhora a distribuição de potência na antena. Se você distribuir a potencia da extremidade para cima ou da extremidade para baixo, a potencia no ultimo elemento do conjunto vai ser metade da potencia dos elementos finais num sistema alimentado centralmente. Isso melhora um pouco. O ideal mesmo seria um treco com divisão por igual por elemento. Mas ia ficar complexo o desenho da antena.
    Pois é, não são muito divulgadas e até um importador algum tempo atrás quando eu queria comprar não tinha e segundo ele porque não tinha procura.

    A meu ver, estas duas são os melhores projetos de omni depois do projeto da omni de slot.
    A de slot da L-com é muito boa. Melhorou muito o CCQ dos usuários com ela por conta da melhoria de sinal e também da rejeição de sinais espúrios.



  17. #17

    Padrão Re: Internet via Rádio

    O diagrama de irradiação de uma omni slot não é perfeitamente omnidirecional.

  18. #18

    Padrão Re: Internet via Rádio

    Pois é, o preço disso me diz que não é uma solução tão simples quanto "usar frequencia 2% menor pra calcular tamanho de elemento" como uns projetos dizem fazer pra baixar o angulo ( http://www.para.org.ph/legacy/member...20Antennas.htm ).
    Esse modelo Hyperlink 11dBi na lista de preço que achei está US$ 79, e outro modelo, comum, de 12dBi, está US$ 62, claramente tem algo mais complexo pro preço aumentar mais de 1/4. Digo, mais complexo que as colineares típicas que são as omni no brasil.

    Alias, até dá pra ver o "lado" onde o fio passa, a emissão dessas antenas com tiltdown eletrico é sempre meio ovalada (3dBi é muita coisa), nessa aqui dá pra ver mais claramente:
    http://www.airlinx.com/products.cfm/.../1-138-727.htm

    Não que isso seja um problema, já que outros modelos tem um solda ou montagem não muito bonita, e o diagrama fica pouco perene de qualquer forma:
    http://www.zero13wireless.net/foro/s...ional-15-dBi-s
    (Se você coloca os 2 ou 3dBi de variação numa escala de 0 a 100% verá uma irradiação muito "torta" pra o que todo mundo imagina ser uma omni)

    Bom, lá por 1998 fomos resolver um problema em antena de TV, era algo tipo:
    http://www.renair.co.uk/Base-station...mages/211a.jpg
    Se olhar bem, o divisor que vai pros 2 elementos de cima tem fio 1cm mais curto que o fim de baixo, isso dá um titldown consideravel, porque o problema que fomos resolver era a TV não pegar na area urbana mas pegar na area rural distante, mais rapido que inverter a antena foi simplesmente cortar 2cm do fio que ia pros dipolos de cima, resolvido. Não lembro se foram 1, 2 ou 3cm, mas era coisa mínima. Pra quem não entendeu, é algo assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         electrical+tilt+13.png
Visualizações:	394
Tamanho: 	37,8 KB
ID:      	54657

    Mas bom seria ver dessas antenas, todo mes alguma empresa por aqui precisa algo do tipo, e toda omni que compram é péssima pro uso dado, que geralmente é mais indoor que outdoor, por isso nem me preocupo com tiltdown, pra cada omni vendida pra provedor acho que tem 5 ou 10 vendida pra outros ambientes em que essa feature não é necessaria, e o grande problema acaba sendo reflexos, problema que setoriais até podem ter mas que não se reflete em grande queda de throughput.
    (Última omni 13,5dBi Oiw que troquei por setorial 12dBi de 60º permitia trafego tipo 10-20KB/s na rede interna, melhor que isso só ficando a 10m da antena, com setorial subiu pra 8-10MB/s, com o mesmo nível de sinal)



  19. #19

    Padrão Re: Internet via Rádio

    http://www.mactelradiocom.com.br/antenas.asp

    veja isso aqui. São antenas colineares do mesmo jeito que as omnis que a gente usa (so que pra frequencia diferente). Veja que essas são alimentadas com splits sucessivos. Todos os elementos recebem a mesma potência. Se você alterar o comprimento dos cabos vc altera a relação de fase entre os elementos e com isso altera o angulo de tilt da antena. Não tem mistério nenhum.

  20. #20

    Padrão Re: Internet via Rádio

    É simples mas nenhum omni no brasil tem isso.
    Setorial que NEM PRECISA, que tem ajuste mecanico de tilt, tem 2 ou 3º de downtilt eletrico, tipo as basestation UBNT:
    http://dl.ubnt.com/AirMax5GSectors.pdf
    (Resolução ruim, mas parece ser 3º)

    Eu uso umas Hyperlink antigas que tem 4 dipolos dentro, o coaxial interno sobe até o meio e então é dividido igualmente, seria bem simples colocar um downtilt ainda maior sem aumentar custo, só mudando o tamanho dos coaxiais. Mas sei lá porque uma setorial com sistema "complexo" assim custa R$ 350 ( http://sp.quebarato.com.br/sao-paulo...l__676992.html ) e uma omni com sistema bem mais simples e muito menos material custa R$ 300 ( http://www.nrstore.com.br/http-www-n...-pro-html.html ).


    Mas... toda propaganda de slotted fala na vantagem de não ter interação entre os elementos, citam que há indução de corrente por conta do elemento vizinho. Imagino que isso interfira no throughput, afinal muita gente relata pequenas quedas na banda maxima em UBNT Airmax 21dBi comparado com a de 16dBi, afinal meia centena de portadoras em 50 clientes significa milhares de portadoras em modo N, não dá pra comparar 2 ou 3 conexões de portadora única em B desses velhos Hyperlink com o alto trafego exigido em N com Airmax BaseStation hoje.
    (Digo isso porque meus paineis Betel/Wirelink são ok em modo B, digo, desempenho igual os Hyperlink, mas em N as conexões viram um lixo depois do 10º cliente, coisa que não ocorre com Hyperlink. A diferença é só em N)