Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Pessoal,

    Pergunta boba mas... me surgiu a dúvida...

    Quando eu faço uma bridge no mikrotik, por exemplo, com 3 eths, a velocidade de saída de cada placa será respeitada, se uma placa estiver linkada a 100M e outra a 1G, por exemplo? Ou a bridge terá um valor global definido (ex: na bridge tota só sai 100M), limitando a capacidade de comunicação individual de cada placa? Fui claro rs?

    Obrigado a todos desde já!

  2. Obrigado pela resposta amigo
    Vou ter que dar uma repensada em minha rede... tenho uma bridge com muitas eths e ela trafega 80M em média em horários de pico.. então está próxima do gargalo mesmo... vou pensar aqui em como separar esse tráfego.
    Muito obrigado



  3. Na verdade funciona da seguinte forma :

    Vamos supor quatro placas, duas de 100 e duas de 1mil.

    Quando o trafego for entre as duas de 100, ou entre uma de cem e uma de 1mil, a velocidade máxima prática será de 100mbit.

    Quando o tráfego for entre as duas de 1mil, a velocidade será de 1gbe.

    Na verdade não há modificação da velocidade das placas.

    Vamos supor um pacote de 1k bytes.

    Na rede de 100, isso levara (hipoteticamente) 1ms para ser transferido do host que esta ligado na entrada de 100 e a entrada de 100. Quando esse pacote vai para a placa de 1mil, ela não comuta para o modo 100mbit só por causa desse pacote. O que acontece é que ela vai levar (vamos supor) 0,1 ms para transferir esse pacote para o host que esta ligado nela a mil. Os outros 0,9 ms ela vai ficar ociosa, e assim sucessivamente.

    E o que acontece então se a gente transferir um arquivo de um host ligado a 1mil no bridge e um host ligado a 100mbit ?

    Ele vai congestionar (por que a placa de 100mbit não da conta) e perder pacotes.

    Uai mas pq eu não percebo isso ?

    Por que num protocolo mais acima (TCP) conforme os pacotes começam a ser perdidos (o buffer do bridge lota) o protocolo percebe e diminui a quantidade de pacotes enviados por segundo, adaptando a conexão ao link de 100mbit. É o famoso sliding window. (O tcp tem um protocolo de controle de congestão que diminui o tamanho da janela, nesse protocolo supoe-se que toda perda de pacote é resultado de congestionamento, o que nem sempre é verdade).

  4. Legal! então mesmo estando misturadas na mesma bridge links de 100Mbps e 1Gbps, quando o tráfego for entre duas de 1Gbps a velocidade será de 1Gbps

    Isso ajuda muito também!
    Obrigado



  5. Lembre-se que bridge consome processamente (é feito via software). Para ter velocidade de cabo (wirespeed) preciso usar o switch da rb (master port). Mas usando o switch você perde o recurso de firewall e de monitoramento de tráfego entre as portas em bridge.






Tópicos Similares

  1. rede bridge mikrotik + wla-5000ap
    Por lucianogf no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 05-11-2008, 22:48
  2. Aviso de Manutenção AP em Bridge Mikrotik
    Por netosdr no fórum Redes
    Respostas: 11
    Último Post: 22-08-2008, 12:19
  3. PPPoe atraves de bridge mikrotik
    Por tecnic no fórum Redes
    Respostas: 9
    Último Post: 14-07-2008, 20:52
  4. Problemas com Bridge Mikrotik
    Por plugnow no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 19-05-2008, 09:13
  5. Respostas: 4
    Último Post: 04-10-2007, 08:32

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L