+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Velocidade Bridge Mikrotik

    Pessoal,

    Pergunta boba mas... me surgiu a dúvida...

    Quando eu faço uma bridge no mikrotik, por exemplo, com 3 eths, a velocidade de saída de cada placa será respeitada, se uma placa estiver linkada a 100M e outra a 1G, por exemplo? Ou a bridge terá um valor global definido (ex: na bridge tota só sai 100M), limitando a capacidade de comunicação individual de cada placa? Fui claro rs?

    Obrigado a todos desde já!

  2. #2

    Padrão Re: Velocidade Bridge Mikrotik

    Obrigado pela resposta amigo
    Vou ter que dar uma repensada em minha rede... tenho uma bridge com muitas eths e ela trafega 80M em média em horários de pico.. então está próxima do gargalo mesmo... vou pensar aqui em como separar esse tráfego.
    Muito obrigado



  3. #3

    Padrão Re: Velocidade Bridge Mikrotik

    Na verdade funciona da seguinte forma :

    Vamos supor quatro placas, duas de 100 e duas de 1mil.

    Quando o trafego for entre as duas de 100, ou entre uma de cem e uma de 1mil, a velocidade máxima prática será de 100mbit.

    Quando o tráfego for entre as duas de 1mil, a velocidade será de 1gbe.

    Na verdade não há modificação da velocidade das placas.

    Vamos supor um pacote de 1k bytes.

    Na rede de 100, isso levara (hipoteticamente) 1ms para ser transferido do host que esta ligado na entrada de 100 e a entrada de 100. Quando esse pacote vai para a placa de 1mil, ela não comuta para o modo 100mbit só por causa desse pacote. O que acontece é que ela vai levar (vamos supor) 0,1 ms para transferir esse pacote para o host que esta ligado nela a mil. Os outros 0,9 ms ela vai ficar ociosa, e assim sucessivamente.

    E o que acontece então se a gente transferir um arquivo de um host ligado a 1mil no bridge e um host ligado a 100mbit ?

    Ele vai congestionar (por que a placa de 100mbit não da conta) e perder pacotes.

    Uai mas pq eu não percebo isso ?

    Por que num protocolo mais acima (TCP) conforme os pacotes começam a ser perdidos (o buffer do bridge lota) o protocolo percebe e diminui a quantidade de pacotes enviados por segundo, adaptando a conexão ao link de 100mbit. É o famoso sliding window. (O tcp tem um protocolo de controle de congestão que diminui o tamanho da janela, nesse protocolo supoe-se que toda perda de pacote é resultado de congestionamento, o que nem sempre é verdade).

  4. #4

    Padrão Re: Velocidade Bridge Mikrotik

    Legal! então mesmo estando misturadas na mesma bridge links de 100Mbps e 1Gbps, quando o tráfego for entre duas de 1Gbps a velocidade será de 1Gbps

    Isso ajuda muito também!
    Obrigado



  5. #5
    Alex Rock Avatar de alexrock
    Ingresso
    Jan 2006
    Localização
    S. J. do Rio Preto-SP
    Posts
    828

    Padrão Re: Velocidade Bridge Mikrotik

    Lembre-se que bridge consome processamente (é feito via software). Para ter velocidade de cabo (wirespeed) preciso usar o switch da rb (master port). Mas usando o switch você perde o recurso de firewall e de monitoramento de tráfego entre as portas em bridge.

  6. #6

    Padrão Re: Velocidade Bridge Mikrotik

    Citação Postado originalmente por alexrock Ver Post
    Lembre-se que bridge consome processamente (é feito via software). Para ter velocidade de cabo (wirespeed) preciso usar o switch da rb (master port). Mas usando o switch você perde o recurso de firewall e de monitoramento de tráfego entre as portas em bridge.
    Entendi, obrigado Alex!

    Aproveitando então, vou descrever minha situação para ver se vocês tem uma sugestão de como eu poderia proceder.

    Hoje tenho uma RB CCR1016 que concentra todos os meus serviços: autenticação (via radius com mk-auth), controle de banda, recebimento do link com balancemaneto, servidor DHCP, redirecionamento para cache etc.. O processamento fica em torno de 10%.. Fiz uma bridge com 5 eths e chamei ela de Local. Essa bridge representa toda a saída para os meus clientes, então tudo que configurei (hostpot, dhcp, etc) foi configurado nessa interface/bridge Local. Usei 5 eths pq tenho 5 pontos de distribuição (torres) que preciso alimentar e, como uma torre não pode ter comunicação com a outra, fui na aba de filters da bridge e dei um drop na comunicação entre as interfaces. Minha dúvida é que se apesar de cada porta da bridge estar linkada a 100Mbps, a bridge, como um todo, estaria limitada a 100Mbps.. ou se cada porta poderia sair até 100Mbps e, em uma situação hipotética de tráfego máximo, a interface/bridge Local então marcaria 500Mbps? Minha preocupação é pq a bridge já marca em horários de pico uns 80M tx e 15M rx... vendo esse cenário, vcs teriam, por favor, alguma dica ou sugestão de mudança?



  7. #7

    Padrão Re: Velocidade Bridge Mikrotik

    Olha so, tem dois limites como o alex falou, o limite de sinalização (o wirespeed) e o limite the throughtput.

    O throughtput vai ser limitado pelo que for mais lento dentro do conjunto.

    Ou seja, vc tem cinco portas de 100. Teoricamente daria 500mb. Mas isso é o wirespeed. Muito provavelmente o limite estará no "switch", que no caso é virtual, já que se trata de uma bridge em software.

    Agora o negocio faz mais sentido. Vc ta usando portas 1gbe com equipamentos de 100mb, é isso ?

    Nesse caso a linha vai ser configurada em 100 pela autonegociação. A velocidade máxima de linha conjunta será de 500 mbit e o troughtput máximo vai ser proporcional ao que o processador conseguir trocar entre as portas (tarefa io/bound). Acredito que com esse equipamento vai bater os 500mbit.

    Pra servir de comparação. Um humilde intel atom de 4 threads consegue fazer 550Mbit/sec usando os drivers do freebsd. Por que um processador de 16 threads não conseguiria ?

  8. #8

    Padrão Re: Velocidade Bridge Mikrotik

    Vou pensar no caso de separar um pouco as coisas, obrigado benerofonte

    Extamente JogeAldo, uso portas 1Gbps com euiqpamentos de 100M.. sei que estou limitado a 100M em cada eth por causa do equipamento que estou conectando nela é 100M... mas minha dúvida era essa, se exigir o máximo de cada eth ao mesmo tempo, se a brdige como um todo passaria mais de 100M (somando o tráfego de todas as eths).. só que não vou usar tudo isso tb.. pelo menos por equanto..rs.. então acho que essa CCR ainda aguenta um tempo..

    De qualquer forma, vou dar uma reestruturada na topologia, e tirar um pouco de coisas dela



  9. #9

    Padrão Re: Velocidade Bridge Mikrotik

    Galera, desculpe-me em ressuscitar o tópico, possuo uma RB CCR-1016 mas não estou conseguindo fazer master-port nem nas ether1 a ether4, alguém pode me ajudar com essa missão, pois nao queria usar um Bridge?