+ Responder ao Tópico



  1. É o que eu venho tentando por aqui a bendita e sonhada 3.5ghz...

    O Google tenta convencer o governo americano a liberar frequências de rede ainda não utilizadas por serviços de internet dos Estados Unidos. De acordo com o jornal Wall Street Journal, a intenção da empresa é reduzir o custo do acesso à internet sem fio no país.


    As empresas de telecomunicação americanas operam na faixa entre 600 e 700 MHz, comprimentos de onda que conseguem viajar por longas distâncias e atravessam grandes construções, por


    O Google quer que o governo americano libere a faixa de 3,5 GHz, raramente usada por ter alcance muito menor do que aquelas disponíveis.Elas não interessam às grandes empresas de telefonia, que precisam de redes de longo alcance e com cobertura nacional.


    Esse comprimento de onda, porém, seria capaz de carregar grandes quantidades de dados em curtos espaços, uma alternativa viável para a criação de redes wi-fi em áreas restritas dentro de espaços urbanos.


    Segundo o Wall Street Journal, o Google defende que essa faixa seja usada “na implantação de redes wi-fi de alta velocidade e baixo custo em parques, prédios ou áreas públicas, tornando o acesso à internet mais barato para os consumidores.”


    De acordo com o jornal, o Google acredita que o formato atual de exploração das frequências disponíveis impede que novas empresas entrem no mercado. Os custos para comprar e manter uma faixa gira em torno das dezenas de bilhões de dólares por ano.


    Dessa forma, se novas faixas do espectro de rádio forem liberadas, novas empresas entrariam no mercado, abaixando os preços cobrados atualmente.


    O Google não comentou seus planos para a nova frequência e ainda não está claro se a empresa iria explorá-las diretamente.


    Iniciativas como o Google Fiber, que está instalando redes de fibra-óptica em grandes cidades americanas, e o Projeto Loon, que quer levar conexão a internet até regiões remotas do planeta por meio de balões, indicam que a empresa enxerga o acesso à rede como parte de seu futuro.


    Mas, de qualquer forma, internet barata em grandes cidades estimularia o acesso de mais consumidores, que, obviamente, usuariam mais produtos do Google.

    FONTE: http://boo-box.link/1T7TG

  2. O projeto Loon na época que testou um balão aqui no Brasil teve até apoio do Min Paulo Bernardo prestigiando o teste. Isso numa época que o tom era internet mais barata para o povo.
    Depois veio o tema dos 700mhz e não se falou mais sobre o assunto por parte das autoridades administrativas. Logicamente para os grandes os 700mhz são muito mais rentáveis e como parece que eles manipulam as tendências governamentais, o 3.5 assim como o Loon acabam ficando no esquecimento administrativo.

    Mas bem vivos na mente dos provedores e da Google.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 1
    Último Post: 25-03-2006, 15:18
  2. distribuir tráfego da porta 8080 para outras portas via ssh
    Por Lipse no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 05-02-2005, 12:29
  3. iptables fazendo forward da rede interna para a externa e ve
    Por bandlinux no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 14-11-2004, 10:39
  4. Migrando da Micro$$oft para o pinguim
    Por Bonissauro no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 28-08-2004, 14:29
  5. Liberação das portas 25 (SMTP) e 110 (POP)
    Por ZEDjjs no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 01-04-2004, 10:01

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L