Página 1 de 5 12345 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Olá pessoal.

    Estou pensando em formas de fazer um provedor cabeado, sem custos astronômicos. Hoje pensei em fazer cabeamento subterrâneo, ou seja, ao invés de ficar pagando mensalmente pelo aluguel dos postes, eu passo os cabos por tubulações enterradas nas ruas - tenho quase certeza que sai mais barato que passar anos pagando milhares de reais, e ainda posso alugar espaço nas tubulações para outras empresas.

    Tenho duas dúvidas, espero que possam me ajudar.

    *) Alguém já fez algo do tipo em cidade pequena (30 mil habitantes)? Em cidade grande (RJ, SP) isso já é comum, então deve haver diferenças, por isso o foco em pequenas.
    Como é feito para conseguir autorização na prefeitura para poder colocar tubulações nas ruas?
    Considerando que minha empresa será responsável por toda a mão de obra (só falta não permitirem isso...), há algum custo mensal, anual ou único que é preciso pagar à prefeitura ou algum outro órgão governamental?

    *) Como é que o cabo drop sai da tubulação na rua e chega no imóvel do cliente? Eu estava pensando em deixar no tubo dos cabos um T fechado na frente de cada possível cliente, assim bastaria cavar um pouco a rua e colocar na ponta solta do T um tubo fino, por onde o cabo drop passaria, até o meio fio (a partir daí não sei como prosseguiria). Embora aqui a maioria das ruas sejam de bloquete (fácil de abrir a rua, basta levantar eles e cavar um pouco), duvido que seja assim que as operadoras fazem em SP, RJ, etc. Como é?

    Além das dúvidas acima, o que pensam a respeito dessa ideia?

    A tubulação a ser feita não é aquelas grandes, com cimento, ou que caibam uma pessoa dentro (quando citei essa ideia em outro tópico, falaram que seria algo na casa dos milhões de reais, acho que pensaram que seria um túnel do metrô em miniatura, hahaha). É basicamente como as redes de distribuição de água, um cano largo (talvez até de plástico, aqui a companhia de saneamento quase nunca tem problemas com plástico passando água em alta pressão) e talvez com algo dentro para dividir o espaço (dá para improvisar isso).
    Fazendo assim, acho que não sai tão caro. O problema é só a autorização da prefeitura, que não sei se tem alguma taxa mensal ou anual envolvida nisso (

    Vantagens de fazer uma tubulação subterrânea para passar cabos:
    - se não houver alguma taxa da prefeitura, não haverá a necessidade de passar a vida pagando por algo que é dos outros. Mesmo tendo alguma taxa, pode sair mais barato que o aluguel de milhares de postes por anos e mais anos (ainda mais que aqui muitos são bem antigos e fracos, - tem até uns troncos de eucalipto - certamente a concessionária obrigaria a arcar com os custos da troca para aprovar o projeto)
    - pode passar o que quiser na tubulação, desde eletricidade (com alguns poréns) a quantos cabos de rede, fibra e etc. desejar (desde que bem organizado), sem preocupar com cálculo de esforço, projeto, etc.
    - não há o risco de levar um choque em uma rede primária ou mesmo secundária.
    - não é preciso contratar empresas (com aqueles caminhões de manutenção de rede elétrica) para fazer o lançamento dos cabos.
    - os cabos ficam protegidos da chuva, raios solares e caminhões com gigantismo que saem puxando tudo pela frente.
    - é possível alugar espaço para outros provedores.

    Aguardo opiniões e respostas para as perguntas acima.


    Grato pela atenção.
    Até logo.

  2. Interessante porém aqui em Recife isso fica só para as TELES mesmo. Mais vou acompanhar o post...



  3. Cada município tem lei organica diferente. Teria que ver como é por aí, provavelmente o a lei organica (Deve estar no site da camara dos vereadores, eles que a redigiram) só cita que toda instalação em area publica deve ser compartilhada, obviamente você pode definir no projeto (Provavelmente teria que submeter aos vereadores) limitações pra esse compartilhamento, tipo os postes da rede eletrica, a cia elétrica é obrigada a compartilhar mas não é pra qualquer projeto, tem regras rígidas.

    Provavelmente também, não encontrará mapa ou muita informação sobre a rede de aguas e esgoto, seria interessante garantir no projeto que irá reparar danos, isso alivia as preocupações (Lembra que vereadores são políticos e não seres com um cerebro muito rápido dentro da cabeça).


    Sobre enterrar canos, isso não se faz muito. Se usa valetadeira.
    Existe valetadeira grande pra alugar, pra inteligar cidades e cia ela cabe na beiras das estradas:
    http://www.crmlocacoes.com/valetadei...h-witch-ht-150
    ou
    http://www.crmlocacoes.com/valetadei...vermeer-ft-115

    Mas também existem as minivaletadeiras, a GVT sei que usa, como é menor cabe em qualquer calçada, tem pra alugar:
    http://comprar-vender.mfrural.com.br...as-112288.aspx
    Sei que tem algo ainda menor, que parece ser implemento pra micro-trator (Aqueles Tobatta ou Yanmar, mono-cilindro a diesel de 10 a 15cv), se usar eixo estreito nesses micro-tratores dá pra passar bem discretamente na beira da calçada sem atrapalhar o transito.

    Notei que nalgumas cidades a rede de agua e esgoto fica a 1m do meio-fio, se na sua cidade for assim (Pode verificar com funcionários da cia de agua, se isso é regra ou não por aí) poderia usar mini valetadeira que ela fica a uns 50cm da lateral, com poucas chances da cia de agua acertar sua fibra quando mecher nos canos dela.
    (Calcada é irregular, mas a rua é sempre livre, fibra a 70cm debaixo do asfalto fica bem protegida)

    Invariavelmente a cia de agua VAI acertar a fibra, sempre tem troca de cano e reparo de vazamentos que gera buracos grandes, nem sempre é com picareta e pá, as vezes usam retro-escavadeira e abrem buraco de 2m de largura pra trocar pedaço de cano de 50cm, os reparos você pode fazer manualmente, as a instalação inicial é mais fácil usar valetadeira, as fibras com proteção pra serem enterradas são mais caras (Não é R$ 1 por metro como as autosustentadas pra postes) mas uma valetadeira dessa faz muito serviço num dia. Procura videos no Youtube pra ver a velocidade.

  4. Rapaz, será que tal investimento vale apena, não seria melhor pagar a cia de energia o uso dos postes?
    Outra coisa, onde ficaria os Packs para Switch ou caixa de emendas para a fibra? De certo modo creio que vai acabar utilizando os poste de alguma maneira p jogar o drop na casa dos clientes.

    Tal mão de obra tanto para instalação do sistema, quanto manutenção ao meu ver é muito grande, e sem contar que eu acho mais difícil conseguir liberação para tal projeto do que com a cia de energia. É um caso a pensar, falo isso pela minha cidade no caso que aqui tenho certeza que eles não iriam liberar isso não! Não para nós provedores!



  5. Seguindo interessante o projeto.






Tópicos Similares

  1. cabeamento proxy firewall
    Por andymacdonald no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 15-08-2006, 08:25
  2. Cabeamento Alternativo
    Por MarcosJetz no fórum Redes
    Respostas: 10
    Último Post: 15-04-2006, 13:49
  3. cabeamento estruturado
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 26-07-2005, 13:16
  4. cabeamento estruturado
    Por jhonatanw no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 12
    Último Post: 13-07-2005, 21:14
  5. Cabeamento Estruturado
    Por androctonus no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 02-05-2003, 11:29

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L