Página 1 de 4 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Olá pessoal, já faz um tempo que estou lendo sobre isso mas acho que não entendi mesmo o conceito.

    Em um cenário:

    Quero ter dois links redundantes para os servidores, mas que eu possa utilizar o IP em ambos os links.
    Para isso vou ter que me cadastrar na LACNIC e registro.br para obter meu bloco IP correto?
    Também vou ter que usar BPG para anunciar os ips.

    É isso?

    Esses links que um monte de gente vende no fórum posso usar BGP neles? Estou com contato com a GVT para obter os links, e o vendedor me disse que pra isso tenho que ter um link ISP.

    É nisso que estou me confundindo, sobre que tipos de links existem.


    Outra coisa, sobre os PTTs, se eu me conectar neles por um link dedicado da COPEL por exemplo, eu tenho internet?



    Agradeço muito quem puder me ajudar a entender esses conceitos.


    Grande abraço

  2. Citação Postado originalmente por CyberVerme Ver Post
    Quero ter dois links redundantes para os servidores, mas que eu possa utilizar o IP em ambos os links.
    Para isso vou ter que me cadastrar na LACNIC e registro.br para obter meu bloco IP correto?
    Também vou ter que usar BPG para anunciar os ips.
    Não há interação direta com a LACNIC, e registro.br especificamente trata apenas do registro de domínios .br.

    Você tem que obter um ASN (Autonomous System Number) e um bloco IPv4 e IPv6 com o CGI.br.
    Para isso há alguns requisitos, como: ter link dedicado (e acho que é obrigatório ter link de redundância), equipamento capaz de trabalhar com BGP, ser um provedor devidamente legalizado ou uma empresa final em ordem com os órgãos fiscais, etc.

    Citação Postado originalmente por CyberVerme Ver Post
    Esses links que um monte de gente vende no fórum posso usar BGP neles? Estou com contato com a GVT para obter os links, e o vendedor me disse que pra isso tenho que ter um link ISP.
    A maioria permite BGP, mas há exceções (geralmente provedor pequeno vendendo link de outro) que no máximo roteiam um /29 para você (tem os mãos de vaca que nem isso oferecem, só o /30, quando não /31 ou /32 básico para a interconexão).

    Esse tal link ISP que o seu contato te informou deve ser link dedicado comum oferecido pela GVT, mas voltado para provedores (com atendimento diferenciado, BGP, etc.).

    Citação Postado originalmente por CyberVerme Ver Post
    É nisso que estou me confundindo, sobre que tipos de links existem.
    Se for quanto a esse tal "link ISP" da GVT, os tipos de link vão depender da operadora ou provedor que os vende, são planos diferenciados para cada público, basicamente.

    Até onde sei, os únicos tipos genéricos de link que existem são dedicado de trânsito (é esse link do qual você fala e permite comunicação com a Internet), dedicado de transporte (comunicação em camada 2 entre dois pontos, tem diversas finalidades), e compartilhado (é o serviço final oferecido pelos provedores aos clientes).

    Citação Postado originalmente por CyberVerme Ver Post
    Outra coisa, sobre os PTTs, se eu me conectar neles por um link dedicado da COPEL por exemplo, eu tenho internet?
    Para chegar no PTT tem que ser link de transporte até algum PIX. Só com isso você consegue comunicação nacional. Para internacional tem que adquirir trânsito com algum provedor ou operadora que participe do mesmo PTT que você (ou ter um link de trânsito em conjunto do de transporte para o PTT).



  3. TsouzaR, muito obrigado pelos esclarecimentos.


    Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Para chegar no PTT tem que ser link de transporte até algum PIX. Só com isso você consegue comunicação nacional. Para internacional tem que adquirir trânsito com algum provedor ou operadora que participe do mesmo PTT que você (ou ter um link de trânsito em conjunto do de transporte para o PTT).
    A COPEL vende esse serviço que me liga no PIX de Londrina
    http://www.copeltelecom.com/hpteleco...o-ehsn-ptt.jsp

    Quer dizer então que seu eu for um AS, obter meu bloco IP com CGI.br e contratar link de transporte até o PIX de Londrina os serviços do meu servidor podem ser acessados pelo Brasil todo?
    Qual é o limite de velocidade? ou o limite de velocidade é o limite do meu link?

    Como funciona a contratação de trânsito internacional?
    Eu pago por uso ou existem pacotes predefinidos?
    Todas as operadoras vendem trânsito?

  4. Citação Postado originalmente por CyberVerme Ver Post
    Quer dizer então que seu eu for um AS, obter meu bloco IP com CGI.br e contratar link de transporte até o PIX de Londrina os serviços do meu servidor podem ser acessados pelo Brasil todo?
    Exatamente.

    Citação Postado originalmente por CyberVerme Ver Post
    Qual é o limite de velocidade? ou o limite de velocidade é o limite do meu link?
    Sim, o limite é a velocidade do link.

    Citação Postado originalmente por CyberVerme Ver Post
    Como funciona a contratação de trânsito internacional?
    Eu pago por uso ou existem pacotes predefinidos?
    Todas as operadoras vendem trânsito?
    É a mesma coisa que contratar um link dedicado de trânsito comum, porém é feito dentro da rede do PTT por meio de VLANs.

    A comunicação nacional no PTT se dá por um acordo chamado ATM, no qual todos participantes fazem parte de uma mesma VLAN (ID 100, se não me engano) e fazem BGP com os roteadores do PTT. Assim, você consegue se comunicar com qualquer serviço na rede dos participantes.

    Agora, para ter trânsito internacional, é solicitada uma VLAN exclusiva, da qual farão parte apenas você e a operadora/provedor que for te atender (acordo bilateral). Por meio dessa VLAN a operadora/provedor te atende como se fosse um link dedicado comum, que você compra em qualquer cidade: preço por quantidade (às vezes é até mais barato quando pega no PTT), pode ter BGP ou não, etc.

    Há várias operadoras e provedores (Level 3, Sparkle, G8, Algar, Minas Mais, etc.) de tudo quanto é porte vendendo trânsito nos PTTs. É mais difícil achar quem não venda, mas não é impossível - alguns participam só pelo tráfego nacional.



  5. Qual a configuração seria mais recomendada para redundância e/ou maior custo benefício (se é que seja possível)

    a- Contratar um Link de Transporte até um PIX + Link de Trânsito + BPG
    Contando que a maioria dos recursos acessados nos servidores são por brasileiros, com isso usaria quase que inteiramente link de transporte. O Link de Trânsito seria paras as rotas internacionais e para servir como rota na ocasião de falha do link de transporte com o PTT.

    b- Dois links de trânsito de operadoras diferentes + BGP

    c- Dois links de transporte me conetando a dois PIX diferentes + BGP + compra de trânsito


    É possível essa combinação? Qual poderia me dar o menor tempo de acesso? Qual seria mais segura no quesito redundância? Qual seria mais barata?

    Levando em conta que o serviço mais solicitado é um site que mantemos que tem em média 22 milhões de pageviews/mês. Existe mais coisa mas o maior é esse, e 90% do tráfego provêm do Brasil.






Tópicos Similares

  1. Dúvida sobre link dedicado
    Por multlink no fórum Redes
    Respostas: 21
    Último Post: 12-04-2009, 16:18
  2. Duvida sobre link Dedicado Satelite
    Por netuai no fórum Redes
    Respostas: 14
    Último Post: 09-01-2009, 21:00
  3. Duvida sobre link
    Por Meiobit no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 23-06-2008, 10:51
  4. Duvida Sobre Link
    Por Meiobit no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 19-05-2008, 07:36
  5. Dúvida sobre Link Simbólico
    Por Cyber_Punk no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 08-01-2004, 14:36

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L