Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Mastro militar para antena

    Alguem tem noção de como se constroem esses mastros, pois pensa na praticidade pra montar um ponto a ponto com isso ou microcelulas , a manutenção seria mais facil, mais o preço não deve ser nada barato.


  2. #2

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    É um projeto de mastro telescopico com catraca como muitos a venda, mas depois de erguer um segmento eles travam ele em cima (Um pino com mola pode fazer isso, depois é só puxar o pino por um cabo até embaixo), soltam o ganho, encaixam outro segmento abaixo, colocam o gancho no segmento dabaixo, e o segmento de baixo vai empurrando o de cima.

    Com isso poderia usar N segmentos em teoria, desde que tivesse gente suficiente pra segurar estaios.

    E isso é extremamente barato, cabo de aço, roldana carretilha, tubos, o preço dos itens é baixíssimo, a montagem/fabricação é que não é tão simples.

    Acho que isso ajuda melhor, veja que tem um gancho "puxando" o cano pra cima:

    Depois de X altura é só travar o cano de cima pra poder baixar o gancho, colocar outro tubo encaixado por baixo do de cima (Não precisa ser mais fino, só precisa ter um encaixe por dentro), e prender o gancho no de baixo.

    Mas os projetos mais usados hoje são com tubos fixos, nesse estilo de projeto:
    http://www.feirinhadigital.com.br/rb...AT/cmastro.pdf
    ou
    http://www.radioamador.com/tecnica/mastro_pp5vx.pdf

    Quadrado pra não girar facilita, os a venda são quadrados:


    Os redondos geralmente pistões, pra erguer com ar, mas aí tem que travar lá no alto, fica meio inviável.

    Se for pra travar manualmente no alto depois de erguer fica mais fácil gastar menos ferro e fazer andaimes desmontaveis, aqueles modulares de 1m de largura e 1,25m de altura (Desses: http://www.engearq.com.br/andaimes-m...cessorios.html ), vão 2 pra cada 1,25m de altura então pra digamos chegar a 6m pra travar um mastro de 6m você precisa só 8 (Ficaria a 5m, mesmo um anão alcança mais 1m acima), se fizer a conta vão só 4 tubos 1 1/2" chapa 14, e uns 8 tubos 1" chapa 17 pra interligação, e isso é sistema que 1 pessoa monta (Andaimes) se precisar na urgencia, dá pra colocar 5m acima de um tubo de 6m e você sozinho fazer manutenção eventual, até poderá subir tudo sozinho se fizer uma base dobradiça em baixo como no projeto do PP5VX. Sai praticamente o preço de uma torre triangular de 12m, mas tem que levar em conta que andaime modular você movimenta fácil e usar em qualquer lugar, se tiver 10 mastros desse aí começa a valer a pena (Comparado a 10 torres de 12m).

    Eu sempre gostei disso porque esse negócio de encher de gente pra "ajudar" só incomoda, 2 pessoas pra subir mastro com 3 segurando estaio, muito incomodo achar todo esse povo, só acho interessante aquilo que você pode mecher sozinho, os andaimes modulares ajudam muito na montagem nessa hora, você sobe, desce, trava e destrava tudo sozinho.



  3. #3
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    906

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Usei muito mastro telescópico, tipo assim começa com um cano de umas 3" até 1/2" atingindo a uma altura de 18 metros. Orgãos reguladores(prefeitura, crea, anatel, fab etc) não autoriza o seu uso em caráter definitivo por questões de segurança, precisa de no máximo 3 pessoas e precisa estar muito bem estaiada.

  4. #4
    Avatar de TreiscBr
    Ingresso
    Aug 2014
    Localização
    São Paulo
    Posts
    327

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Dicas.

    1) Tudo que se refere a uso militar eles compram material de primeira qualidade, ou seja, este mastro militar deve ser de aço inox, ao minimo, de ferro carbono que não é não, e se for deve ser galvanizado (dúvido que seja).

    Assim quem pensa que fazer um mastro deste ao modo "meia boca", vai ter dor de cabeça, devido a corrosão e atrito. Consulte um engenheiro mecânico, que é a praia dele, quem sabe o que lhe seja conveniente ou não!

    2) Ou, um profissional que pode lhe auxiliar de um projetista mecânico, quem irá fazer algo inteligente, com material bom, sistema de deslizamento sem atrito, e com isto barato não fica não. Com supervisão do engenheiro mecânico.

    Dos videos que mostram como içar o mastro, primeiro não tem deslizamento e tem atrito elevado, não foi feito um projeto inteligente, por que é para pequena altura. Bem rústico e, bem grosseiro este treco, nem se diga mastro. Deveria ter dois pontos de apoio e os dois que estão juntos o momento de inércia é muito grande, isto ai pode estourar a parede, tem que ter uma distância maior, se vê que o camarada quiz economizar, nisto não pode economizar ou é qualidade ou, é meio das coxas.

    Quem pensa em altura elevada tem que analisar: se é proporcional ao custo?

    Quanto mais alto, mais vai investir.

    Veja das torres telescópicas. Elas devem ter rodilhos, que podem ser de nylon ou de rolamentos (estes são de custo elevado).

    Se pensa em fazer meia boca esquece, um treco deste dobrar ou cair em matar um, ou acidentar algo, quem paga o peixe é o dono da torre meia boca.

    Por que já não fazem torres tubular assim!!! E, preferem estaidas ou autoportante?

    Por que tudo tem um valor. Se tu pesar na balança custo x beneficio = ai sim tu irá fazer algo decente.

    Já dos mastros para radiomadores é algo de alto investimento, não é algo, tão barato como dizem não e, que vi nestes videos é que não teve projeto.

    O camarada inventa no meio das coxas, e quem compra gato por lebre vai se estrepar.

    Assim, cuidado!

    Peça documento de engenheiro mecânico projetista, com certeza com avaliação de um engenheiro mecânico que é a praia dele, e não a tua, por que os curiosos e os que se metem em praia dos outros, é quem nem o lema:

    - boi em terra de estranhos, é vaca.

    Tenho lido aqui no Under de muitos que são bons em equipamentos de telecomunicações, mas se mostram leigos em estruturas metálicas, alguns se enfiam a fazer algo, de alguns fabricantes de fundo de quintal, sem noção nenhuma de mecânica, e postam contatos para venda, de modo que mostra ser gato por lebre.

    Tudo tem que ter avaliação de quem compra algo, ver origens, de quem fez: se tem algum tipo de qualificação? Se tem uma credencial, se tem algum curso técnico, não é assim: vai comprando e, depois chorar é fácil, e reclamar não é de direito, por que comprou por que não se informou.

    Existem muitas empresas fabricantes de torres clandestinas, sem registro no CREA, e que pegam engenheiros avulsos, ai tudo bem, mas e, das que vendem torres sem nada de documentos do CREA, ai é enfiar a mão num saco sem saber o que tem dentro.

    Se voce procura bem estar, segurança, conforto, satisfação procure por quem esteja registrado no CREA, e que tenha em seu quadro técnico funcionários com cursos profissionalizante em colégios técnicos, dos soldadores se tem Certificado de Curso de Soldagem, por que ir num fabricante é de praxe, eu faço isto desde 1973 sou bem velho, mas tudo que se resume a comprar algo, se tem que ir no fabricante ver seu pátio, seu galpão para ver se tem estrutura, se não é algo meia boca, ou de que veio de fontes estranhas!!!

    Em outros produtos, todos os compradors visitam o show room ou vão no fabricante e, depois vão em cartório e lavram o contrato de compra, ai sim, é um bom negócio, assim aconselho quem comprar algo que exija todos estes documentos, e faça um contrato de compra e venda, enfim uma torre é um produto com garantia, sem o contrato de compra e vendas, se vai na justiça reclamar o que se nem nota fiscal tem, ai tu será cúmplice de quem vende e tá sonegando, uma empresa decente ela tem apontamento, tem contador tem nota fiscal, e pode muito bem lavrar um contrato de compra e venda de uma torre, é o correto.



  5. #5

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Seria interessante para clientes, atendo muitos clientes na zona rural que as vezes precisa de uma altura de 10/12m e descer aqueles canos longos esta inviabilizando por motivo de rápida manutenção, mesmo o preço sendo próximo de uma torre, melhor ter uma infraestrutura menor pra evitar gastos futuros de manutenção que as torres precisam (coisa que muitos esquecem).

    Porque alem de tudo, como no meu caso, colocar uma torre pra instalar uma antena de grade em cima é desperdício total.

  6. #6

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Citação Postado originalmente por TreiscBr Ver Post
    Dicas.

    1) Tudo que se refere a uso militar eles compram material de primeira qualidade, ou seja, este mastro militar deve ser de aço inox, ao minimo, de ferro carbono que não é não, e se for deve ser galvanizado (dúvido que seja).

    Assim quem pensa que fazer um mastro deste ao modo "meia boca", vai ter dor de cabeça, devido a corrosão e atrito. Consulte um engenheiro mecânico, que é a praia dele, quem sabe o que lhe seja conveniente ou não!

    2) Ou, um profissional que pode lhe auxiliar de um projetista mecânico, quem irá fazer algo inteligente, com material bom, sistema de deslizamento sem atrito, e com isto barato não fica não. Com supervisão do engenheiro mecânico.

    Dos videos que mostram como içar o mastro, primeiro não tem deslizamento e tem atrito elevado, não foi feito um projeto inteligente, por que é para pequena altura. Bem rústico e, bem grosseiro este treco, nem se diga mastro. Deveria ter dois pontos de apoio e os dois que estão juntos o momento de inércia é muito grande, isto ai pode estourar a parede, tem que ter uma distância maior, se vê que o camarada quiz economizar, nisto não pode economizar ou é qualidade ou, é meio das coxas.

    Quem pensa em altura elevada tem que analisar: se é proporcional ao custo?

    Quanto mais alto, mais vai investir.

    Veja das torres telescópicas. Elas devem ter rodilhos, que podem ser de nylon ou de rolamentos (estes são de custo elevado).

    Se pensa em fazer meia boca esquece, um treco deste dobrar ou cair em matar um, ou acidentar algo, quem paga o peixe é o dono da torre meia boca.

    Por que já não fazem torres tubular assim!!! E, preferem estaidas ou autoportante?

    Por que tudo tem um valor. Se tu pesar na balança custo x beneficio = ai sim tu irá fazer algo decente.

    Já dos mastros para radiomadores é algo de alto investimento, não é algo, tão barato como dizem não e, que vi nestes videos é que não teve projeto.

    O camarada inventa no meio das coxas, e quem compra gato por lebre vai se estrepar.

    Assim, cuidado!

    Peça documento de engenheiro mecânico projetista, com certeza com avaliação de um engenheiro mecânico que é a praia dele, e não a tua, por que os curiosos e os que se metem em praia dos outros, é quem nem o lema:

    - boi em terra de estranhos, é vaca.

    Tenho lido aqui no Under de muitos que são bons em equipamentos de telecomunicações, mas se mostram leigos em estruturas metálicas, alguns se enfiam a fazer algo, de alguns fabricantes de fundo de quintal, sem noção nenhuma de mecânica, e postam contatos para venda, de modo que mostra ser gato por lebre.

    Tudo tem que ter avaliação de quem compra algo, ver origens, de quem fez: se tem algum tipo de qualificação? Se tem uma credencial, se tem algum curso técnico, não é assim: vai comprando e, depois chorar é fácil, e reclamar não é de direito, por que comprou por que não se informou.

    Existem muitas empresas fabricantes de torres clandestinas, sem registro no CREA, e que pegam engenheiros avulsos, ai tudo bem, mas e, das que vendem torres sem nada de documentos do CREA, ai é enfiar a mão num saco sem saber o que tem dentro.

    Se voce procura bem estar, segurança, conforto, satisfação procure por quem esteja registrado no CREA, e que tenha em seu quadro técnico funcionários com cursos profissionalizante em colégios técnicos, dos soldadores se tem Certificado de Curso de Soldagem, por que ir num fabricante é de praxe, eu faço isto desde 1973 sou bem velho, mas tudo que se resume a comprar algo, se tem que ir no fabricante ver seu pátio, seu galpão para ver se tem estrutura, se não é algo meia boca, ou de que veio de fontes estranhas!!!

    Em outros produtos, todos os compradors visitam o show room ou vão no fabricante e, depois vão em cartório e lavram o contrato de compra, ai sim, é um bom negócio, assim aconselho quem comprar algo que exija todos estes documentos, e faça um contrato de compra e venda, enfim uma torre é um produto com garantia, sem o contrato de compra e vendas, se vai na justiça reclamar o que se nem nota fiscal tem, ai tu será cúmplice de quem vende e tá sonegando, uma empresa decente ela tem apontamento, tem contador tem nota fiscal, e pode muito bem lavrar um contrato de compra e venda de uma torre, é o correto.
    Queria achar um desses tudo regularizado ja pronto pra comprar pois montar sem saber não e uma boa ideia



  7. #7

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Citação Postado originalmente por olivionet Ver Post
    Seria interessante para clientes, atendo muitos clientes na zona rural que as vezes precisa de uma altura de 10/12m e descer aqueles canos longos esta inviabilizando por motivo de rápida manutenção, mesmo o preço sendo próximo de uma torre, melhor ter uma infraestrutura menor pra evitar gastos futuros de manutenção que as torres precisam (coisa que muitos esquecem).

    Porque alem de tudo, como no meu caso, colocar uma torre pra instalar uma antena de grade em cima é desperdício total.
    Tambem concordo com vc uma antena de grade numa torre sozinha e um grande desperdicio

  8. #8

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    É um projeto de mastro telescopico com catraca como muitos a venda, mas depois de erguer um segmento eles travam ele em cima (Um pino com mola pode fazer isso, depois é só puxar o pino por um cabo até embaixo), soltam o ganho, encaixam outro segmento abaixo, colocam o gancho no segmento dabaixo, e o segmento de baixo vai empurrando o de cima.

    Com isso poderia usar N segmentos em teoria, desde que tivesse gente suficiente pra segurar estaios.

    E isso é extremamente barato, cabo de aço, roldana carretilha, tubos, o preço dos itens é baixíssimo, a montagem/fabricação é que não é tão simples.

    Acho que isso ajuda melhor, veja que tem um gancho "puxando" o cano pra cima:

    Depois de X altura é só travar o cano de cima pra poder baixar o gancho, colocar outro tubo encaixado por baixo do de cima (Não precisa ser mais fino, só precisa ter um encaixe por dentro), e prender o gancho no de baixo.

    Mas os projetos mais usados hoje são com tubos fixos, nesse estilo de projeto:
    http://www.feirinhadigital.com.br/rb...AT/cmastro.pdf
    ou
    http://www.radioamador.com/tecnica/mastro_pp5vx.pdf

    Quadrado pra não girar facilita, os a venda são quadrados:


    Os redondos geralmente pistões, pra erguer com ar, mas aí tem que travar lá no alto, fica meio inviável.

    Se for pra travar manualmente no alto depois de erguer fica mais fácil gastar menos ferro e fazer andaimes desmontaveis, aqueles modulares de 1m de largura e 1,25m de altura (Desses: http://www.engearq.com.br/andaimes-m...cessorios.html ), vão 2 pra cada 1,25m de altura então pra digamos chegar a 6m pra travar um mastro de 6m você precisa só 8 (Ficaria a 5m, mesmo um anão alcança mais 1m acima), se fizer a conta vão só 4 tubos 1 1/2" chapa 14, e uns 8 tubos 1" chapa 17 pra interligação, e isso é sistema que 1 pessoa monta (Andaimes) se precisar na urgencia, dá pra colocar 5m acima de um tubo de 6m e você sozinho fazer manutenção eventual, até poderá subir tudo sozinho se fizer uma base dobradiça em baixo como no projeto do PP5VX. Sai praticamente o preço de uma torre triangular de 12m, mas tem que levar em conta que andaime modular você movimenta fácil e usar em qualquer lugar, se tiver 10 mastros desse aí começa a valer a pena (Comparado a 10 torres de 12m).

    Eu sempre gostei disso porque esse negócio de encher de gente pra "ajudar" só incomoda, 2 pessoas pra subir mastro com 3 segurando estaio, muito incomodo achar todo esse povo, só acho interessante aquilo que você pode mecher sozinho, os andaimes modulares ajudam muito na montagem nessa hora, você sobe, desce, trava e destrava tudo sozinho.

    Gostei da torre do segundo video achei muito pratico, e tambem penso igual vc ficar arrumando um monte de gente pra estaiar um torre dessa e depois tambem pra desmontar ai fica muito incomodo dar manutenção a do segundo video ficaria otimo uma celula com nanostation m5



  9. #9

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Essa empresa vende e parece ser muito seria mais deve ser muito caro
    http://www.sbftelecom.com.br/mastro-...pneumatico.asp

  10. #10

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Se for pelo preço fora do brasil, os pneumáticos são pra lá de caros:
    http://www.ebay.com/itm/PTAM-1-5-30F...m/300851687080
    R$ 6 mil por menos de 10m. Todo preço que vejo é nessa faixa. E olha que esse é pra 5Kg de equipamento, e a sobrevivencia a ventos é baixa.

    Poderia pensar que é culpa do metal ser mais caro lá fora, mas opções mais simples são bem mais baratas:
    http://www.ebay.com/itm/Cb-Ham-Radio...-/140701768546
    Esse é daqueles que você ergue a base (De 2,5m apenas), estaia, sobe a última parte (de cima) na mão, trava, sobe a penultima e trava, e assim vai, fazendo uma força danada pra empurrar de baixo pra cima os módulo.
    Eu acho meio pobre esse travamento, mas é o que usam:
    http://www.ebay.com/itm/OEM-Replacem...-/261568715589
    Se é pra subir na mão eu acho mais prático usar tubo de 6m um dentro do outro, e colocar andaime pra chegar nos 6m e erguer a outra parte na mão (E travar, mas eu travaria com muito mais coisa).


    Aqui no interior nem tem tanta internet na area rural, 10% das fazendas tem e olhe lá, mas 99% tem antena pra celular, uma yagi 15 a 21dBi e 10m de altura ou mais. Como yagi é pesada não dá pra colocar bambu ou algo assim, precisa mastro de ferro mesmo, aí até que não tem tanta gambiarra feia. Mas internet tem CPE mais leve, e os instaladores são mais porcos, é mais comum bambu-net ou mastro de ferro preso em poste de concreto de 7m (Que custa caro), não é falta de dinheiro porque quem não tem dinheiro não compra NanoBridge ou RocketDish, é tentativa de economizar o máximo (Aí nunca que se consultaria engenheiro... pff... mal se encontra um veterinário ou um pedreiro que saiba ler e escrever, quero ver encontrar engenheiro com um pingo de experiencia em estrutura metalica).

    Alias, quando tem engenheiro fazendo projeto quase sempre tem problema por aqui. Problema comum em area rural é com caixa d'agua, pra algumas linhas de financiamento precisa comprar o produto em X empresas (Devido a nota, situação na receita e etc, ou homologação sei lá onde), aí só se encontram caixas que se monta com guincho alto, um guincho de 20m pra um caixa de 18m:
    http://www.classiwebgratis.com.br/image/34388.jpg
    O problema é que o capiáu compra a caixa, a transportadora tras, mas... não existe guindaste tão alto em todos os 5573 municípios do brasil, se tiver de 10 ou 12m é muito. E o custo pra levar um guindaste lerdo de 20m por 500Km de estradas ruins só pra erguer 1 caixa é o preço da caixa, só que os fabricantes (A.K.A engenheiros donos de fabricantes) tem dificuldade de entender isso e continuam insistindo em caixa que precisa guindaste alto.

    O que os fabricantes locais fazem? Colocam 2 dobradiças em baixo, no pé, tipo tem aqui:
    http://img.clasf.com.br/2014/06/29/C...0629114159.jpg
    2 argolas simples de aço, uma na base e outra na caixa, põe a caixa na posição e coloca parafuso pra segurar, custo baixo.
    Aí pra subir a caixa prende essas 2 dobradiças se ergue com guincho bem mais baixo, tipo assim:
    https://s3-sa-east-1.amazonaws.com/m...4.500.00_p.jpg
    Ou onde nem guincho chega (O brasil tem 8,5 milhões de Km², caminhões chegam em 1% disso!) o jeito é puxar com trator, assim:
    http://img.clasf.com.br/2014/05/05/C...0505052611.jpg
    Mesmo a maior caixa é colocada com 3 tratores pequenos (Que toda fazenda tem), e falo de caixa de 20m (De 200 mil litros), que é pesada pra caramba.

    Pra subir mastro com pouca gente é só seguir o mesmo, dobradiça em baixo. Dá pra fazer uma sapata larga com dobradiça num lado, de modo que ela apoie melhor nos instantes em que os estaios estão soltos.
    Pra não precisar gente segurando estaio tem que colocar 4 estaios, como o mastro só sobe ou desce numa posição devido as dobradiças os 2 estaios laterais podem ser colocados firmes com o mastro dobrado ainda no chão, o estaio que está no lado abaixado da torre precisa calcular, aí entra o que a gente aprende na escola e insiste que nunca usa, que é cateto1 ao quadrado + cateto2 ao quadrado = hipotenusa ao quadrado (a² + b² = c²), sendo que a altura do mastro é um cateto, e a distancia da base até o estaio é o outro cateto, se for 6m cada dá 36 + 36 = 72, e a raiz quadada de 72 é 8,48, então o estaio que você deixa solto é de 8,4m, puxando o 4° estaio pra erguer o mastro os 2 laterais vão segurar pros lados, a dobradiça vai prender a base, e quando chegar em 90° se calculou direito o estaio solto ele vai estar esticado, é a situação em que você sozinho instala mastro de 6m.
    (Como não tem tubo pronto de mais de 6m por aqui eu nunca tentei erguer mais que isso, 1 e 1/4 chapa 14 é tranquilo erguer sozinho assim. Nunca fiz em cima de andaime, porque não precisei, mas não teria receio de tentar, usando cordoalha 3/16 a primeira parte de 6m fica bem firme)

    Está tendo uma porcaria de uma festa barulhenta aqui perto de casa, única coisa que cuido nesses eventos são as "tendas" armadas, geralmente uma estrutura tipo torre triangular, com 2 estaios finos e proximos em cada, amarradas entre sí de modo que cada modulo tem 2 estaios até o chão e 2 estaios indo um pra cada modulo vizinho, mas são estruturas de 5m, sobre elas é apoiado o "telhado" da tenda, pra prender ela alguém sobe (Nem sempre magro), tudo chacoalha mas nada cai. Tenda pequena de 2,5m pra somente pessoas é tranquilo, mas pra expor implemento agricula precisa coisa alta e grande, tudo estruturas que parecem frágeis demais, eu sempre torço pra que tudo caia sobre os festeiros, mas infelizmente tudo fica em pé.


    Eu não tenho receio de tubo estaiado justo porque os capiáu aqui no interior usam tudo que é tipo de antena SEM estaios (Na cabeça deles se um poste de concreto de 7m fica em pé sem estaios, porque um tubo de aço de 7m não ficaria?), e por mais que você diga que vai dar m*rda a maioria passa anos e anos sem cair (Enquanto torre de telecom tipo da Oi, que tem duzias de engenheiros assinando ART pra cada alteração ou antena extra, cai!).

    Outro problema que tenho com engenheiros são os projetos nada práticos, tipo torre tubular com módulo de 1,85m. Qual o problema? O problema é que o corno que fez o projeto não sabe que na maioria do brasil ferro se comercializa em peças de 6m, fazendo parte de 1,85m você termina uma torre com 50 retalhos de 45cm. Aí o eng. diz que poderiamos comprar ferro por metro sob encomenda, aí você tem que explicar pra quem vive fora do mundo real que o produto em estoque custa digamos R$ 30 pela barra de 6m, mas encomendando barra de 8m o preço não sobe pra R$ 40 como a lógica diria, como é encomenda pequena tipo 30 peças o preço sobe pra R$ 50, o preço por metro sobe muito porque o sujeito não foi capaz de fazer projeto de modo a otimizar o que tem no mercado local.
    (Tubo quadrado pra subir com roldana seria uma boa, mas não encontro a menos de uns 1000Km daqui (Já redondos tem aos montes), o que significa o dobro do preço do tubo redondo, fora que roldanas laterais não existem a venda, teria que mandar torneiro fazer de tecnil (Aí o preço sobe muito, manofatura sai caro), eu estou tirando torre de 30m de casa e vou colocar um sistema com roldanas, mas por falta de insumos pra comprar vou ter que usar tubos redondos, e vou usar 6m porque o tubo a venda é de 6m, afinal se eu for consultar um eng. (O mais proximo que meche com esse tipo de estrutura fica a 400Km) ele vai sugerir coisas absurdas tipo 4,8m (Aí o que eu faço com os 1,2m que sobram do tubo de 6m?))



  11. #11

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    revivendo esse topico vi um anuncio de uma torre retratil isso presta?

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Torre-de-telecomunicaes-retrtil-20151102232306.jpg
Visualizações:	156
Tamanho: 	9,8 KB
ID:      	63930 Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         1453425029_2.jpg
Visualizações:	143
Tamanho: 	1,43 MB
ID:      	63931Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         1453425029_1.jpg
Visualizações:	113
Tamanho: 	1,97 MB
ID:      	63932Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         1453425029_0.jpg
Visualizações:	126
Tamanho: 	1,95 MB
ID:      	63933
    link do anuncio http://www.noleilao.com.br/?c=p&id=1453425029

    torre 100%aluminio para provedores de internet, telecomunicações, retratil, automatica sobe e desce modulo por modulo acionando o botão com três cabos de aço, torre segue o padrão exigido pela anatel, obedecendo as normas de segurança, tem de 20 á 23 metros de altura e pesa de 200 á 300kg, prática e duravél, pode passar de geração á geração.


  12. #12
    Avatar de TreiscBr
    Ingresso
    Aug 2014
    Localização
    São Paulo
    Posts
    327

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Telescópica. Penso, que tenha sistema de segurança, tipo engate na hora que cada módulo chega, ele é preso por um sistema de sincronismo, que tendo engate dos lados, para evitar de desabar, por ser içado por cabos de aços, estes devem ser feito revisões periódicas, para evitar de soltar pernas. Quando vai descer cada módulo, o sistema de sincronismo abre as alavancas, para cada um dos módulos poderem descer, uma de cada vez, lógico, senão vai implodir se descerem todos juntos, ou pausadamente. A priori não é algo complicado, é bem fácil de fabricar, o problema é o custo quem vende isto, vende por quanto, e montar isto cobram outro serviços. Vale a pena? Já tem bons anos que não sabemos de quem tenha um destes, talvez por falta de investimento. Mas, o legal seria ela descer total dentro do solo, e não ficar a mostra ai, por que o solo serve de ancoragem para a torre toda. Dá para fabricar com outros tipos de sistemas mecânicos, isto vai da imaginação de cada um, tem outras soluções tem e sem cabos de aço, pode ser com motor elétrico e corrente de moto, que aguenta até 4 toneladas para não estourar. Tem outras soluções, mas isto tudo tem que ser feito ensaios dentro de uma oficina, num quintal aberto sem vizinhos, se um treco destes desbesta, por algum erro, e se veja que o povo ai todos sem EPI´s segurança zero.



  13. #13
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    906

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Montei alguns destes como emergencia ou em acampamentos de obras, garimpos etc. No meio urbano não é recomendado por questão de segurança; digamos tenha 15 a 20 metros de altura, o terreno tem em média 6 a 20 metros de largura quando muito e se vier a cair vai atingir o vizinho podendo ferir alguém além dos danos materiais. A antiga DENTEL, hoje ANATEL dava outorga de licenças em HF/SSB ( ondas curtas, 3,5 a 22 MHz) alturas que variava de 7 a 18 metros do solo ou com "V" invertido caso tenha rádios móvies não permitiam o mastro telescópico ainda que fosse no meio rural.

  14. #14
    Avatar de TreiscBr
    Ingresso
    Aug 2014
    Localização
    São Paulo
    Posts
    327

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Muito bom estes tópicos, em que a gente vê que ninguém se preocupa com a segurança. Mas, o Nilton Nakao, sua explanação ai é interessante, por que se voce tiver a parabola da altura da em função a largura do terreno, saberá quantos metros irá cair no vizinho, assim tenho feito no autocad, a pedido de interessados, meço quanto seria as fixações dos estaios e a altura da torre estaiada, de forma que cai dentro do terreno adquirido e não cai no vizinho, mas estaiadas muito altas, tem que ser em zona rural, sem haver vizinhanças, se cair cai no mato, mesmo assim todo cuidado é pouco, já em cidades ou zona urbanas eu não faço nem medição por que não faço trabalhos de estaiadas em cidades ou zona urbana, não sou otário, tem que ser autoportante e isto de mastro, esquece, tem que ser como o Nilton Nakao diz, do contrário é procurar chifre em cabeça de cavalo. kkkkkkkkkkk



  15. #15
    Avatar de TreiscBr
    Ingresso
    Aug 2014
    Localização
    São Paulo
    Posts
    327

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Cacilda, estamos sendo brecados, fui por um ponto de reputação para o povo aqui, não aceita para o Nilton Nakao, já para o autor da pergunta sim, vai entender, nunca houve isto, agora inventaram outra frescura para não recebermos mais pontos de reputação, o senhor moderador qual é a sua agora, tá inventando outra jogada!!!!

    Ao Senhor Nilton Nakao, eis ai o que surge ao tentar lhe dar um ponto de reputação:

    "Você precisa acrescentar reputação a outros antes de acrescentá-la a Nilton Nakao novamente."

    Tá fiz isto, mas não aceitou para o colega ai Sr. Nilton Nakao!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  16. #16

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Citação Postado originalmente por TreiscBr Ver Post
    Cacilda, estamos sendo brecados, fui por um ponto de reputação para o povo aqui, não aceita para o Nilton Nakao, já para o autor da pergunta sim, vai entender, nunca houve isto, agora inventaram outra frescura para não recebermos mais pontos de reputação, o senhor moderador qual é a sua agora, tá inventando outra jogada!!!!


    Ao Senhor Nilton Nakao, eis ai o que surge ao tentar lhe dar um ponto de reputação:

    "Você precisa acrescentar reputação a outros antes de acrescentá-la a Nilton Nakao novamente."

    Tá fiz isto, mas não aceitou para o colega ai Sr. Nilton Nakao!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Se recentemente vc acrecentou algo a reputação dele não pode denovo durante um certo tempo



  17. #17
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    906

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    TreiscBr, tem hora que alguns de nossos colegas, clientes quer nos fazer de otários. Nesta cidade onde resido tem uma torre de 20 metros estaiada muito mal; mastros de antena montada para parede da calçada, antenas do tipo sky sem ao menos usar um cordão no caso do rompimento das buchas de fixação; antenas parabólicas de 1,70 metros. Felizmente nenhum incidente tem ocorrido ainda, mas acidentes com rede elétrica sim e alguns até me pediram para fazer o laudo alegando que a rede da concessionária está com problema; como problema, se queimou só da casa dele e além disso no meio urbano são 20, 30 até mais consumidores conectados a um único transformador.
    Eu também já tentei, mas em vão acrescentar à reputação.
    Acho que dá para contar nos dedos, os colegas que se importam com segurança e principalmente como consumidor. " funcionou tá bom" se der pau amanhã a gente vê o que faz ou não faz. Cansei de brigar nas oficinas mecânica, para trocar pastilhas e lonas de freio; mas não está gasta nem a metade, indago tem 40 mil km, dois anos troca estou pagando... ao retirar uma delas estava dando sinal de rachadura, para descolamento pouco custa.

    Entendo pelo seguinte, se montamos uma antena no ambiente externo, fazemos cabeação utilizando postes ou não, entre outros somos eternamente responsáveis mesmo que vença "garantia exigida em lei" à excessão que venha um terceiro e faça qualquer serviço sem o prévio acompanhamento. Por isso as distribuidoras de energia, teles, iluminação pública não permite que ninguém faça o serviço nas vias sem prévia autorização.

  18. #18
    Avatar de TreiscBr
    Ingresso
    Aug 2014
    Localização
    São Paulo
    Posts
    327

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Senhor Wala. A questão é que não dei reputação nenhuma para ele, mas ao tentar dar pela primeira vez, não aceitou, assim isto gera desconfiança de que o moderador está contornando quem possa dar reputação para quem não é de desejo, sua resposta ai em cima não foi feliz, por que se falou algo que depõe contra sua argumentação, como tentei dar duas reputações, se nem a primeira aceitou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



  19. #19
    Avatar de TreiscBr
    Ingresso
    Aug 2014
    Localização
    São Paulo
    Posts
    327

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Nilton Nakao. Desde que entrei neste mundo telecom em agosto de 2011, só tenho visto tretas, ou seja, penso que até os desenhos de projetos em autocad, que eu fui remunerado para fazer para um cliente, tenho plena convicção que a torre dele não está igual ao projeto do desenho, por que tem certos acessórios que é usual para uso em torres autoportante e das estaiadas, que ninguém conhecia, ou se conhecia não colocava como eu indico pela norma Telebrás, da Anac, da ABNT, e enfim das normas regulamentadoras, enfim, em suma muitos não atendem as normas, fazem tudo no meio das coxas, com raras exceções se encontra alguém que age com idoneidade, mas veja da NR 35 em sua grande maioria por todo o Brasil não é cumprida, na construção civil vejo todos os dias trabalhadores em mais de 2,00 metros de altura, ou melhor acima de 7,00 metros sem EPI´s, diga-se de passagem as leis, decretos-leis, normas, resoluções Denatran, não são atendidas, só para os profissionais que possuem credenciais em órgãos de classe são vigiados, processados por questões banais e dá tudo em pizza, e os fiscais não agem, não atuam, só quando algo dá de errado, tipo que eles queiram ferrar a vida de um empresário ai conseguem até embargar a empresa. Assim, eu vivo o mercado desde 1973 em mecânica industrial, meu caro já coisa de pessoas que não respeitam o próximo, não cumprem as leis, são foras das lei em sua grande maioria, ai quando a água bate na bunda, ai o cara apavora e para se livrar de multas de notificação procuram profissionais na última derradeira hora, e querem para ontem, é duro se fazer projetos para quem é assim, se fica em atraso de algo que não foi voce que gerou o atraso, foi o teu cliente que deixou o prazo da notificação vencer, ai voce é expremido e depois ainda vão falar mal de voce para outros, o profissionais habiltados e capacitados são os sacos de pancadas, já quem não tem credencial profissional fazem como querem, não ordem de classe para punir empresários neste país, por que eles não estudaram é isto de uma grande estupidez os órgãos caçarem os que estudaram e são credenciados, mas empresários não por que se fizerem atuação, os empresário conseguem que funcionários públicos concursados sejam demitidos e tenho um conhecido do CRECI que se meteu a denunciar peixe grande de uma grande imobiliária no interior paulista, foi demitido, era concursado federal, ganhou o olho da rua, assim fiscais não mexem com empresas, tá ai a gente conta o que sabe e o que vê no dia a dia.

  20. #20

    Padrão Re: Mastro militar para antena

    Citação Postado originalmente por TreiscBr Ver Post
    Senhor Wala. A questão é que não dei reputação nenhuma para ele, mas ao tentar dar pela primeira vez, não aceitou, assim isto gera desconfiança de que o moderador está contornando quem possa dar reputação para quem não é de desejo, sua resposta ai em cima não foi feliz, por que se falou algo que depõe contra sua argumentação, como tentei dar duas reputações, se nem a primeira aceitou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Vai nesse caminho aqui:
    https://under-linux.org/usercp.php?#reprecv
    Lá aparece "Last Reputation Given", últimas reputações concedidas a outros usuários, verá se não deu uma reputação pro Nilton a algum tempo.
    Não importa se for a 1 ano, não pode repetir a reputação pro mesmo usuário.

    E o Nilton pode ver se umas das últimas reputações recebidas não é sua.

    Todo mês alguém me pergunta porque "eu não aceito reputação"... mas é essa característica, não pode ficar dando reputação sempre pra mesma pessoa, tem que intercalar, senão vira clubinho.

    (Vira clubinho porque quando você tem reputação maior, a reputação que você dá gera muitos pontos, usuário novo gera 1 ou 2 pontos de reputação, usuário mais velho com pontuação mais alta gera 1000 ou 2000 pontos por reputação, se fosse possível ficar trocando pontos ("Me reputa que te reputo") o crescimento seria exponencial a partir de certo ponto. Algo tipo: Você dá uma reputação que vale uns 2000 pontos, o usuário que recebeu aumenta de pontuação então ele te devolve uma reputação que agora (Pelos pontos que você deu) vale 2050 pontos. Se você reputar o usuário de novo, dessa vez valerá 2110 pontos, ele te voltaria 2170 pontos, e assim cresceria indefinidamente)

    O Google usa esse sistema de ranking nos resultados das buscas: Se só sites pequenos, e só 2 ou 3, te citam, você vai pro fim do resultado. Se 3 ou 4 sites grandes te citam, você sobe na lista. Se 500 sites pequenos te citam você ainda não é importante, não sai do fim da busca, mas se 500 sites grandes te citam, você é importante na internet e vem pra primeira página da busca. É um sistema de democracia onde uns valem mais que outros porque justamente são lidos por mais gente, tem mais peso porque se comunicam com mais gente. E não dá pra dizer que nosso sistema eleitoral com o voto de todo eleitor pesando o mesmo é justo, já que em SP-Capital um vereador precisa 50 mil votos pra ser eleito, enquanto nalgumas cidadezinhas do interior até com 50 votos se elege. Ou, um senador se elege em Roraima com 150 mil votos, enquanto em SP com 5 milhões de votos ele ainda não se elege, e são senadores que terão peso similar no senado depois de eleitos. O peso de cada voto de um Roraimense nesse caso pesa muito mais que o voto de um Paulista (Pesa 50 a 70x mais, se não me engano).