Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. qual nobreak vcs sugere pra ligar uma rb
    Ccr1036-12g-4s-em , 3
    computadores, 1 servidor com 5 hds (cache), 3 conversor de fibra e um switch de 24, todas as maquina sem monitor

  2. Citação Postado originalmente por robertopc95 Ver Post
    qual nobreak vcs sugere pra ligar uma rb
    Ccr1036-12g-4s-em , 3
    computadores, 1 servidor com 5 hds (cache), 3 conversor de fibra e um switch de 24, todas as maquina sem monitor

    verifica potencia consumida por cada equipamento, soma, e escolhe o NB . Todos os NB trabalham com mais eficiencia entre 90 a 100% da potencia especificada.

    Se pretende ter mais autonomia deve escolher modelo com baterias externas e seguir a recomendação do fabricante. Eu utilizo a linha APC.



  3. Só pra dar uma idéia da variação com descrição tão generica do equipto.

    "3 computadores" podem ser 3 Celeron ULV dualcore basicões, cada um consome 30W. Se forem 3 Atom dualcore idem. Já se forem 3 lixos mal-feitos tipo Pentium 4-HT pode chegar em consumo medio (Não pico) de 120W cada. Ambos tem o mesmo desempenho.

    "1 servidor de cache com 5 HD's", se for um porco xeon quad de 2008 com HD's scsci velhos e lerdos pode chegar em 300W de consumo medio, picos de 400W. Se for um servidor mais bem dosado, digamos um I5 socket 1150 recente, com HD's 7200RPM normais, o consumo fica nuns 100W de media. Ambos tem o mesmo desempenho.

    Conversor de fibra, switch 24p (Gerenciado? comum 10/100? gigabit?) e a CCR tem consumo mais fixo.

    Então dá pra falar em 3x30=90W + 100W + 80W = 270W, com picos de 350W talvez, levando em conta fontes comuns com fator de potencia de 0,5 falamos em 700VA, mas é sacanagem comprar nobreak na medida então um de 1200VA serviria. Mas duvido que tenha equipamento de consumo tão baixo.

    Por outro lado, com outro tipo de hardware dá pra falar em 3x120= 360W + 300W + 120W, que dá 780W, com picos de 960W eu diria. Que com fontes com fator de potencia de 0,5A seria mais de 1900VA, situação em que seria bom nem usar nobreak comum de 2,2KVA, mas sim de 2,8 ou mesmo 3KVA.

    E se quiser sobrevivencia a grandes black-outs é bom pensar em bateria externa. Vou com o emilidani, APC sempre, tem linha APC de 2KVA ou mais com entrada pra baterias 24V, que geram uma senoidal bem limpinha, pra mim qualquer APC de 2KVA pra cima é uma obra de arte.
    (Mas se tiver blackouts diários tem que se preocupar com carga mais rapida nas baterias (Nobreak comum leva 30-40 horas pra carregar bateria meio grande), aí o jeito é pensar em APC ou Delta de dupla-conversão (São caros mas valem o investimento, duram muito), ou nas nhacas nacionais tipo SMS (Se for pagar R$ 2 mil num SMS senoidal pague R$ 2,1 mil num APC ou Delta de dupla-conversão, a diferença geralmente compensa, SMS repara em qualquer esquina porque pifa toda hora, precisa uma rede de assistencia grande mesmo)

  4. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Só pra dar uma idéia da variação com descrição tão generica do equipto.

    "3 computadores" podem ser 3 Celeron ULV dualcore basicões, cada um consome 30W. Se forem 3 Atom dualcore idem. Já se forem 3 lixos mal-feitos tipo Pentium 4-HT pode chegar em consumo medio (Não pico) de 120W cada. Ambos tem o mesmo desempenho.

    "1 servidor de cache com 5 HD's", se for um porco xeon quad de 2008 com HD's scsci velhos e lerdos pode chegar em 300W de consumo medio, picos de 400W. Se for um servidor mais bem dosado, digamos um I5 socket 1150 recente, com HD's 7200RPM normais, o consumo fica nuns 100W de media. Ambos tem o mesmo desempenho.

    Conversor de fibra, switch 24p (Gerenciado? comum 10/100? gigabit?) e a CCR tem consumo mais fixo.

    Então dá pra falar em 3x30=90W + 100W + 80W = 270W, com picos de 350W talvez, levando em conta fontes comuns com fator de potencia de 0,5 falamos em 700VA, mas é sacanagem comprar nobreak na medida então um de 1200VA serviria. Mas duvido que tenha equipamento de consumo tão baixo.

    Por outro lado, com outro tipo de hardware dá pra falar em 3x120= 360W + 300W + 120W, que dá 780W, com picos de 960W eu diria. Que com fontes com fator de potencia de 0,5A seria mais de 1900VA, situação em que seria bom nem usar nobreak comum de 2,2KVA, mas sim de 2,8 ou mesmo 3KVA.

    E se quiser sobrevivencia a grandes black-outs é bom pensar em bateria externa. Vou com o emilidani, APC sempre, tem linha APC de 2KVA ou mais com entrada pra baterias 24V, que geram uma senoidal bem limpinha, pra mim qualquer APC de 2KVA pra cima é uma obra de arte.
    (Mas se tiver blackouts diários tem que se preocupar com carga mais rapida nas baterias (Nobreak comum leva 30-40 horas pra carregar bateria meio grande), aí o jeito é pensar em APC ou Delta de dupla-conversão (São caros mas valem o investimento, duram muito), ou nas nhacas nacionais tipo SMS (Se for pagar R$ 2 mil num SMS senoidal pague R$ 2,1 mil num APC ou Delta de dupla-conversão, a diferença geralmente compensa, SMS repara em qualquer esquina porque pifa toda hora, precisa uma rede de assistencia grande mesmo)
    @rubem tire uma duvida minha, NB para suportar gerador é so senoidal? pois tenho uns nobreak aqui é desses comuns, mas quando coloco no gerador eles não ligam.



  5. É bem por aí, gerador não gera uma onda senoidal muito limpa, se você medir em multimetro comum e comparar com um multimetro true-rms verá diferença de até 20V.

    O problema é que a senoidal de alguns geradores é tão "errada" que ela equivale praticamente a uns 80V de uma senoidal limpa. A tensão suja dos geradores comuns tem picos altos, mas quando você aplica ela em um transformador (E nobreak comum faz tudo na base do transformador) este é excitado pela forma "media" da onda, os picos não fazem muita diferença, por mais que na realidade você tenha picos de tensão correta o nobreak comum usa um enrolamento comum no transformador de cerca de 15V pra "saber" que a tensão que vem da rede AC. O transformador acaba não entregando nem 10V (Onde devia ter 15V com senoidal perfeita entrando), então o circuito ACHA que tem tensão baixa demais.


    Nobreak de dupla-conversão ou senoidal tem outro processo, eles retificam essa onda que chega (Pode ser senoidal, quadrada, dente-de-serra, pode até mesmo ser DC!), uma ponte retificadora comum com 4 diodos, põe um capacitor grande pra filtagem, as vezes um filtro LC extra, e depois usa essa DC limpa e estável pra fazer inversão. Você tem nestes basicamente uma fonte DC filtrada, e depois um inversor DC>AC, eles ficam em uso o tempo todo. Quem leva o mérito por funcionar bem com qualquer tipo de tensão entrando é a fonte DC de entrada (Toda fonte chaveada faz isso, passa pra DC, filtra, e então faz o chaveamento, por isso tem toda a discussão sobre a inutilidade e o incomodos que os estabilizadores com trafos criam. Melhor filtrar DC do que ficar insistindo com AC em circuito que AC não é preciso, como em fonte chaveada).

    O transformador dos nobreaks comuns podia ser melhor, pra aturar formas de onda mais variadas, mas isso ia dar um custo muito mais alto, e ia fazer o rendimento ficar ruim, então digamos que os nobreaks comuns são um meio termo entre "transformador bom apenas o suficiente" e "algo que não seja caro nem desperdice energia demais".
    Claro que eles tem inutilidades que atrapalham mais que ajudam (Tipo o "estabilizador de 4 estágios incluso"), mas o custo extra dessas firulas é baixo tipo aumentar em R$ 8 o preço. Quem dita o verdadeiro grande preço é a diferença em transformador, nos mosfets comuns em nobreak comum, e no microcontrolador ou microprocessador mais simplório em nobreak comum.

    Nobreak de dupla conversão de boas marcas (Evito recomendar SMS) é coisa pra vida toda, põe um DR+DPS na entrada eletrica, um aterramento simples ao menos pro nobreak, e trocando bateria a cada 2 a 4 anos (Dependendo do uso) o troço dura décadas, só queima se fizer bobeira tipo ligar alto consumo na saída, em geral é um circuito muito parudo.
    (Já nobreak comum... putz, ao longo de poucos anos vendia 2 ou 3 nobreaks pro mesmo local, porque os nobreaks comuns duram pouco pra alguns, mesmo com usos bobos tipo 1 desktop comum em nobreak 600VA, ou 2 num de 1400VA, em rede eletrica comum em area residencial. Imagina colocar eles num inferno que é ser alimentado por gerador)

    Aqui umas formas de onda de geradores, elas variam conforme a carga (Consumo), as vezes até a frequencia varia demais pra alguns circuitos:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Costco_gen.JPG
Visualizações:	193
Tamanho: 	98,8 KB
ID:      	58153
    Esse acho que é depois de passar por um trafo pra reduzir a tensão (Trafo dá uma amenizada, ele "arredonda" as formas, ou seja, deixa mais parecido com senoidal):
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         eu2000-dc.jpg
Visualizações:	141
Tamanho: 	26,3 KB
ID:      	58154

    E com variação no consumo:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         waveforms.jpg
Visualizações:	159
Tamanho: 	70,1 KB
ID:      	58155

    Dá uma olhada como é a referencia de tensão:
    Nome:      rmssinegraph1.gif
Visitas:     275
Tamanho:  3,7 KB
    Essa diferença entre pico, média, e tensão real é que "confunde" circuitos eletronico que tentam trabalhar com tensões AC exatas, é só alterar um pouco a forma de onda sem alterar o pico que a media e a tensão real (RMS) mudam e o circuito ACHA que tem outra tensão.

    O problema de fazer um nobreak "comum" que ature AC de senoidal torta é que ele aceitaria mais variação de tensão, e sabe como é o maldito marketing, tem que falar em "tensão estabilizada" porque não falta noob achando que equipamento queima de a tensão variar lentamente de 100 até 130V (Ou em fontes chaveadas boas de 100 até 240V). É possivel um nobreak comum específico pra geradores, mas aí entra no problema da demanda, os nobreaks comums são baratos porque vendem como agua (Porque são mal-usados e queimam, porque usam mais que o necessario, etc), produto de venda pouca tipo nobreak senoidal continua caro porque vende pouco e vende pouco porque é caro.

    Um meio termo são os nobreaks pra portão-eletronico, eles geram e aceitam uma AC mais suja e feia, mas se usar boas fontes chaveadas com consumo na medida (dimensionamento correto) e filtragem eles servem bem. Eles também não se dão bem com QUALQUER senoidal torta também, então certeza mesmo você só tem com senoidal / dupla-conversão.

    E gerador tem de todo tipo, pré-excitado ou não, tipo dinamo com escovas, tem de US$ 200 na china até uns WEG nacionais de R$ 3 mil prometendo a mesma potencia. Alias, pelo preço de um gerador avulso, pra acoplar em motor, gerador de digamos 5KVA, só o gerador (Sem motor) você compra um grupo gerador a gasolina de 10KVA, ou diesel de 6KVA. Ou seja, um bom gerador avulso (Com senoidal mais pura) custa o preço de um gerador barato + motor a combustão + circuitos adjacentes. Exemplo, gerador sozinho, R$ 2,9 mil por 7,5KVA: http://produto.mercadolivre.com.br/M...ico-75-kva-_JM
    Grupo gerador a combustão de até menos potencia, 6KVA, R$ 2,7 mil: http://www.agrotama.com.br/produtos/...00E,26,91.html
    Ou seja, você "economiza R$ 200 e um motor a gasolina vem de brinde". Mas são alternadores de qualidades diferentes demais. Por isso sou mais fã de não comprar grupo gerador pronto e escolher você mesmo o motor que quiser com o gerador que quiser, o resultado pode ser algo assim:
    http://www.agrotama.com.br/produtos/...010,26,91.html
    Ou algo bem mais barato, com um gerador maior num motor menor pra ter AC mais limpa, talvez acrescentando algo tipo um contrapeso maior caso for usar pra ligar motores (O contrapeso ajuda a não dar trancos ou perder rotação com a alta corrente de partida dos motores). Cada caso precisa uma solução, os grupos gerados prontos são comuns hoje, mas a 20 anos aqui no interior quem queria isso tinha que montar, com familia de mecanicos diesel e mechendo com maq. agricola acabava sobrando pra gente, as vezes se topa com um motor com melhor torque não a 3600RPM, mas a 1500, aí tem que usar polia e não acoplamento direto, noutros casos o barulho é menor em alta rotação aí você faz acoplamento direto, mas fazendo redução com polia geralmente dá perfeitamente pra colocar voltante com masa enorme pra acionar motor sem peso, é só usar gerador super-dimensionado pra potencia do motor a combustão. Fora a possibilidade de usar geradores de baixa rotação, com polias servindo de massa pro volante, tipo:
    http://todaoferta.uol.com.br/comprar...P7RRTHHGN#rmcl
    (Esse deve dar 110V com 600RPM. 600RPM estáveis com volante grande você consegue fácil com qualquer motor pequeno diesel ou gasolina, com volante grande demora pra atingir a rotação ideal mas quem usa isso geralmente tem nobreak pra segurar as pontas por uns segundos a mais enquanto o motor esquenta e estabiliza ou atinge a rotação do voltante super-dimensionado, tudo pra ter senoidal menos suja, que sofra menos com sub-dimensionamento de alternador como é o caso dos grupos geradores baratos)



    Citação Postado originalmente por infor3 Ver Post
    @rubem tire uma duvida minha, NB para suportar gerador é so senoidal? pois tenho uns nobreak aqui é desses comuns, mas quando coloco no gerador eles não ligam.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Último Post: 13-09-2005, 12:03
  2. Informações sobre ambiente com no-break
    Por Drozzini no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 04-06-2005, 10:56
  3. Configurar No-break
    Por guardian_metal no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 21-01-2005, 10:43
  4. Conserto de no breaks em São Paulo
    Por vonlinkerstain no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 0
    Último Post: 09-05-2004, 23:26
  5. No-Breaks no linux
    Por Augusto_stos no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 0
    Último Post: 03-03-2004, 11:51

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L