+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão como instalar corretamente duas nanostation neste cenario

    Olá pessoal boa noite, gostaria de saber, nesta situação conforme a foto, com devo instalar corretamente as duas antenas para uma melhor configuração? vejo pessoas falar que nao pode virar pra cima, virar para baixo. visada limpa de um prédio para o outro... basta eu colocar as duas pareada ,, e ficará boa ou nao, mesmo estando em desnivel, entre um prédio para o outro. em função desses comentários todos, me surgiu muitas duvidas.. veja a foto

    http://img.gforum.tv/img/56ddfc7ece5...50025daf55.jpg
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         tttt.jpg
Visualizações:	73
Tamanho: 	20,1 KB
ID:      	59164  

  2. #2

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Além de visada limpa, precisa ter zona de fresnel.
    Zona de fresnel depende da frequencia e da distancia, e você não disse se é NS M2 ou M5 (2,4 ou 5GHz).
    Calcule aqui:
    http://www.novanetwork.com.br/suport...os/fresnel.php

    Se for digamos 1Km, e for Nanostation Loco M5, a zona de fresnel em 5,8GHz é de uns 4m. Ou seja, precisa um tunel limpo (Sem arvore nem fios da rede elétrica) de 4m de diametro, 2m pra cima da linha de visada, 2m pra baixo, e 2m pra cada lado.

    Em 1Km se for Nanostion Loco M5 o sinal será algo tipo -65dBm, que é insuficiente pra ter conexão estável no default, então recomendo NÃO deixar no default. REcomendo essa configuração, um como Acess Point e outro como cliente (Station/Estação):
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ns1.gif
Visualizações:	61
Tamanho: 	80,5 KB
ID:      	59165
    E do outro lado:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ns2.gif
Visualizações:	57
Tamanho: 	78,0 KB
ID:      	59166


    E na aba Network configurado como BRIDGE, cada um com um IP diferente (Mas deixa na mesma faixa de IP que usa hoje)

    Se a distancia for maior tipo 3Km seria só usas o Max TX Rate em MCS10, e colocar a potencia de emissão em 25dBm.

    NS Loco seja M2 ou M5 trafegará uns 20Mbps full-duple em MCS12, ou uns 35Mbps half-duplex. Eles não são feitos pra PTP então não espere banda grande com algo tão barato.

    Se não tiver zona de fresnel limpa (Só encherga a pontinha do outro prédio), qualquer 2m a mais na altura que você colocar usando mastro melhora MUITO o throughput usando 5GHz.

    Se for NS Loco M2, de 2,4GHz, precisará zona de fresnel bem maior, talvez só fique com usando Max TX Rate em MCS10 e potencia tipo 25dBm mesmo se for só 1Km, isso dependerá da zona de fresnel.



  3. #3

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    desculpe pelo post incompleto. 205 metros. Os equipamentos são nanostation5 loco.. veja essas duas fotos do local exato da instalação...

    http://img.gforum.tv/img/6942464e415...1e7e459b09.jpg

    http://img.gforum.tv/img/90717c528ee...1ce9144c2a.jpg

  4. #4

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Olhando de lado ou de baixo não dá pra ter uma boa noção se terá zona de fresnel totalmente limpa, teria que subir e olhar do ponto onde a CPE será colocada.

    Mas se é só 200m não tem problema, tendo visada tudo facilita.

    Pode colocar inicialmente a configuração de Max TX Rate em MCS10, configure assim em bancada, depois de instalados eles devem se conectar sozinhos (Afinal você já configurou antes), e se o CCQ for de 100% na aba Status, teste MCS11. Se o CCQ ainda continuar em 100% teste MCS12, e assim vá subindo o Max TX Rate de 1 em 1, de MCS10 até MCS12 ou MCS13 (Não precisa chegar a MCS15, sinal bom hoje não significa que não vá reduzir o sinal quando chover).

    Lembra que cada alteração de Max TX Rate é bom fazer nos 2 lados, nos 2 NS Loco M5, não precisa ir nos 2 locais pra mecher, meche remotamente, por isso é importante na aba Network você colocar um IP fixo na faixa de IP que você usa hoje (Se seu roteador hoje é digamos 192.168.1.1, coloque um NS como 192.168.1.10 e outro como digmaos 192.168.1.20, poderá acessar ambos depois pra ver status (CCQ principalmente).

    Se tiver visada entre um e outro em 200m será fácil usar MCS13 e ter trafego sustentando de quase 50Mbps (Half duplex, mas pra assistir filme 1080p via rede dá e sobra).



  5. #5

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    beleza,, massa,,,, so me tire mais uma dúvida: para inicio de instalação, essas duas nano está de bom tamanho??

    http://www.fullwireless.com.br/image...co-5-med-1.jpg

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post

    ...
    Rubem, aproveitando a carona do tópico, posso usar a configuração acima citada por você para um P2P com dois Nanobridge de 25dbi a 1km?

    Preciso passar ao menos 50 de up e 10 de down.

    (Caso preferir podemos abrir um tópico específico)

    Grato.



  7. #7

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Citação Postado originalmente por ruanserver Ver Post
    beleza,, massa,,,, so me tire mais uma dúvida: para inicio de instalação, essas duas nano está de bom tamanho??

    http://www.fullwireless.com.br/image...co-5-med-1.jpg
    Esse aí é o Nano Loco 5, é a versão mais antiga. A configuração será diferente, do print que mandei, por ser mais antigo a banda passante será menor.

    A versão moderna deles (De 2010 pra cá) é o Nanostation Loco M5, M de MIMO, é equipamento que suporta a tecnologia 802.11n de 2009 (Enquanto os sem N só suportam 802.11a, de 2002, pra ver como é coisa velha).

  8. #8

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Citação Postado originalmente por gfqsw Ver Post
    Rubem, aproveitando a carona do tópico, posso usar a configuração acima citada por você para um P2P com dois Nanobridge de 25dbi a 1km?

    Preciso passar ao menos 50 de up e 10 de down.

    (Caso preferir podemos abrir um tópico específico)

    Grato.
    Dá sim. Mas com esse equipamento se tiver zona de fresnel totalmente limpa poderá usar MCS15 sem instabilidades, e Airmax ativo (Melhora um pouco o ping usar datarate maior). Isso é equipamento que faz PTP em MCS12 até em uns 15Km.



  9. #9

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Dá sim. Mas com esse equipamento se tiver zona de fresnel totalmente limpa poderá usar MCS15 sem instabilidades, e Airmax ativo (Melhora um pouco o ping usar datarate maior). Isso é equipamento que faz PTP em MCS12 até em uns 15Km.
    Dei uma olhada e o máximo que esses NB meus alcançam é MCS12-78 [180], mas estão no automático. E no TX/RX Rate fica mostrando 162 Mbps / 162 Mbps e CCQ 98,8%, nesta distância com Fresnel perfeita.

  10. #10

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Dá uma olhada aqui nos datarates de cada MCS:
    http://mcsindex.com/

    MCS12 com canal de 20MHz e GI (guard interval, intervalo de guard) longo é o default, e ele é nominado como 78M, por isso "MCS12-78".
    Em 40MHz com GI curto seria 180M, mas você está usando GI longo, por isso aparece RX/TX de 162M.

    Eu não ví mais que uns 150Mbps nesses equiptos em testes, e não foi em MCS15 com GI curto e 40MHz, já dá pra conseguir esse trafego em MCS13 mesmo. Não adianta subir datarate ou aumentar largura de canal porque existe um limite de processamento de dados nos chipsets (Se não existisse você poderia usar um AR7240 pra PTP, mas o limite dele mal chega a 100Mbps. Os chipsets evoluem pra melhorar a capacidade prática).

    Em 1Km com MCS12 devia ter CCQ lacrado em 100%, então suspeito que ou não tem a zona de fresnel tão perfeita, ou tem reflexo atrapalhando esse CCQ (Reflexo no chão, efeito multipath ). Quando está tudo perfeito, e tem margem de sinal suficiente (Uns 20dBm acima da sensibilidade) dá CCQ de 100% o tempo todo.

    Mas a medida definitiva é ver throughput, se o throughput não for pelo menos metade do datarate (80Mbps half-duplex, no caso de datarate de 162M) testa baixar o datarate, se o CCQ estiver em 100% é isso que terá, pelo menos metade do datarate nominal na forma de throughput. As vezes com CCQ de 95% em MCS12 a 78M você tem throughput de PC a PC de digamos 20Mbps, mas baixando pra MCS11 (52M de datarate nominal) a capacidade de trafego sobe pra 25Mbps! Situações onde o CCQ não é confiável, hora que tem tráfego ele cai (Culpa do efeito multipath, hora que não tem trafego não tem muita coisa pro radio analisar, mas hora que gerar trafego também vai gerar mais reflexos, aí o radio se embanana na analise dos dados e a capacidade real de tráfego cai).



  11. #11

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    será que consigo passar 20 mega com essas nanostation que coloquei a foto?

  12. #12

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Dá uma olhada aqui nos datarates de cada MCS:
    http://mcsindex.com/

    MCS12 com canal de 20MHz e GI (guard interval, intervalo de guard) longo é o default, e ele é nominado como 78M, por isso "MCS12-78".
    Em 40MHz com GI curto seria 180M, mas você está usando GI longo, por isso aparece RX/TX de 162M.

    Eu não ví mais que uns 150Mbps nesses equiptos em testes, e não foi em MCS15 com GI curto e 40MHz, já dá pra conseguir esse trafego em MCS13 mesmo. Não adianta subir datarate ou aumentar largura de canal porque existe um limite de processamento de dados nos chipsets (Se não existisse você poderia usar um AR7240 pra PTP, mas o limite dele mal chega a 100Mbps. Os chipsets evoluem pra melhorar a capacidade prática).

    Em 1Km com MCS12 devia ter CCQ lacrado em 100%, então suspeito que ou não tem a zona de fresnel tão perfeita, ou tem reflexo atrapalhando esse CCQ (Reflexo no chão, efeito multipath ). Quando está tudo perfeito, e tem margem de sinal suficiente (Uns 20dBm acima da sensibilidade) dá CCQ de 100% o tempo todo.

    Mas a medida definitiva é ver throughput, se o throughput não for pelo menos metade do datarate (80Mbps half-duplex, no caso de datarate de 162M) testa baixar o datarate, se o CCQ estiver em 100% é isso que terá, pelo menos metade do datarate nominal na forma de throughput. As vezes com CCQ de 95% em MCS12 a 78M você tem throughput de PC a PC de digamos 20Mbps, mas baixando pra MCS11 (52M de datarate nominal) a capacidade de trafego sobe pra 25Mbps! Situações onde o CCQ não é confiável, hora que tem tráfego ele cai (Culpa do efeito multipath, hora que não tem trafego não tem muita coisa pro radio analisar, mas hora que gerar trafego também vai gerar mais reflexos, aí o radio se embanana na analise dos dados e a capacidade real de tráfego cai).
    Estive lendo e relendo esse post e analisando a visada. Realmente pode estar havendo reflexão de um obstáculo a uns 50m a frente do AP. É o telhado com telha de barro de um barracão que fica bem na perpendicular da linha de visada. Essas coisas não dá para ter certeza, mas dá para suspeitar. Aproveitando baixei mais um pouco a potência dos dois lados para ver se dava diferença da reflexão e fiz o teste de throughput usando a ferramenta do próprio NB e apresentou em duplex RX/TX com 48/48 em half tanto em TX como RX deu média de 102Mbs e o CCQ manteve 98,8% a 99,1%.

    A propósito, o GI seria a mesma coisa que o preambulo? Onde altera isso no NB?

    Sugere fixar em algum datarate específico?



  13. #13

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    O tempo de guarda (Ou de aguardo...) é diferente do preambulo.

    O preamble é uma verificação de erros que pode ser simples ou completa, curta ou longa, ela muda o throughput muito pouco.

    O tempo de guarda é um tempo reservado depois de cada "sincronia" (Troca-se um punhado de dados até um dizer pro outro: "Agora vem os dados do cliente") pra passar dados de rede mesmo.

    É tipo email, se você olhar um email em texto verá um cabeçalho, lá tem origem, data e hora da origem, a quem responder, destino, assunto, e só depois de muitos bytes de cabeçalho vem o texto do email. Um tempo de intervalo curto seria limitar o texto útil do email a 140 caracteres, e um intervalo longo seria limitar o tamanho do texto útil a 280 caracteres, pra escrever um livro de 200 páginas você precisaria muito mais email de 140 caracteres. Mas... um email de 280 caracteres leva mais tempo pra ser escrito, enviado e respondido (Confirmação de resposta existe e emails), tem maior risco da comunicação variar nesse tempo então nem sempre é uma boa um texto maior.

    GI, tempo de guarda, short interval yes/no, o nome é geralmente algo assim, mas ele só existe em N.
    O preamble existe em todo roteador A/N ou B/G/N porque A, B e G usavam, talvez algum firmware suma com essa opção quando seleciona apenas N.

    UBNT não tem essas configurações, por isso digo que é hardware pra dona-de-casa que não sabe configurar nada, só funciona na base da auto-configuração (Que quando funciona é linda, mas quando falha é igual Windows, formata e começa denovo. Isso é praxo do dono da UBNT, ex-engenheiro da Apple, e a Apple não tem menu avançado pra NADA, é hardware pra senhorinha mesmo, zero possibilidades de configuração avançada pra otimizar algo.

  14. #14

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Ah, e quanto ao datarate específico, sugiro procurar um que tenha uns 20dBm de margem.
    Sensibilide de MCS12: -86dBm, logo pra ter 20dBm de margem precisa sinal -66dBm ou maior.
    Mas... onde a zona de fresnel não é bem limpa o sinal não é confiável, aí você tem que TESTAR vários datarares.

    Eu testo de baixo pra cima, configuro na bancada com MCS8 a 20MHz, sempre conecta (Mesmo que tenha sinal tipo -80dBm), ajusto o apontamento pra ter maior sinal, ai vou e mudo pra MCS10 nos 2 radios, se o CCQ ficar em 100% mudo pra MCS11, se ainda tiver CCQ de 100% mudo pra MCS12, até achar o MCS mais alto a dar 100% de CCQ. Se for um meio baixo, tipo MCS10, aí sim eu testo o throughput em MCS11 ou MCS12, mas metade das vezes o MCS com CCQ de 100% passa mais banda que o com 95% mesmo que seja datarate nominal mais alto.

    E não confio nos testes de roteador, eles dão algo tipo 80Mbps, mas depois em produção você mal vê 60Mbps trafegando, por isso prefiro testar PC a PC, movendo conteúdo via rede, em ambos os sentidos. Software tipo o TeraCopy, HyperCopy ou o velho SuperCopier 2.2 beta acho uma maravilha pra isso, mostram o trafego real segundo a segundo, e você pode limitar o trafego num sentido, caso queima testar coisa tipo RX/TX 20%/80%. Medindo PC a PC sempre ví trafego igual ao que se vê depois trafegando dado de internet ou rede mesmo.



  15. #15

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Em Rubem., será que consigo passar 20 mb com essas duas nanostation loco5 que coloquei na foto?

  16. #16

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Com Loco5 o limite é uns 20-22Mbps half-duplex, mas só se tiver zona de fresnel uns 200% limpa.

    Na prática com prédio na zona de fresnel, provavelmente só terá estabilidade usando o datarate de 36M, que passa um pouco de 15Mbps.


    Se nosse Loco M5 o limite subiria pra uns 70Mbps half-duplex.

    Sem saber a visada EXATA não tem como estimar, se já comprou os equiptos é mais fácil instalar e medir. Se não comprou, seria bom pegar Loco M5.
    Se falta zona de fresnel limpa, não adiantaria colocar equipto mais caro tipo NanoBeam ou Nanobridge, mais fácil erguer as antenas uns 2 ou 3m em mastros maiores do que colocar equipamento mais caro.



  17. #17

    Padrão

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Ah, e quanto ao datarate específico, sugiro procurar um que tenha uns 20dBm de margem.
    Sensibilide de MCS12: -86dBm, logo pra ter 20dBm de margem precisa sinal -66dBm ou maior.
    Mas... onde a zona de fresnel não é bem limpa o sinal não é confiável, aí você tem que TESTAR vários datarares.

    ...
    Caro Rubem, aproveitei a madrugada de insônia e fui fazer alguns testes.

    Fui baixando a potência até 2dBm e o sinal manteve-se em -47dBm, penso que ainda posso baixar mais.

    Em seguida desabilitei o modo Automático de ambos os rádios e fui baixando Datarate. Com MCS11 o CCQ não subiu, mas o Airmax Quality e o Airmax Capacity baixaram cerca de 12%. Com MCS10 o CCQ não melhorou mas o Airmax Quality e Capacity baixaram cerca de 50%, o Airmax Capacity veio para 20%. Então voltei para MCS12 com o modo Automático desabilitado e as leituras cravaram em CCQ 99,3% RX/TX Rate a 180Mbps/180Mbps e Airmax Quality e Capacity em 99%.

    Fiquei surpreso com as leituras e da dúvida se não é um falso verdadeiro, pois nunca tinha visto leituras assim.

    Fiz o teste de Throughput usando o software do radio mesmo só como referência e em duplex passou 106Mbps com Rx/Tx bem equilibrado.

  18. #18

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Se você conseguiu esse throughput com MCS12 então nem tem muito o que melhorar, já tem zona de fresnel muito boa.

    O trafego de um lado ao outro levando em conta o processamento dos NS (Passar de ethernet pra wifi e vice-versa) pode dar um delay extra e diminuir o throughput, no todo imagino que chegue nos 70Mbps, foi o que lembro de ver com mini-PTP com NS.

    (E nessa hora as vezes surgem pings tipo 8ms, enquanto noutra configuração que use menos processamento (Talvez sem airmax, ou com canal de 20MHz, ou em datarate menor) o ping cai pra 2ms. Eu sempre rodo o ping normal, e do lado um ping -l 1450 pra tirar a duvida sobre a estabilidade. Quando fica com isso a 2-4ms e tem o throughput desejado, não mecho muito, raramente melhora, MCS12 usa modulação 16QAM que é bem robusca, talves 36QAM seria uma boa mas passando pra MCS13 você pula pra 64QAM, aí já precisa mais sinal pra ter o mesmo CCQ, nem sempre melhora o throughput ou as vezes melhora mais o ping sobe de 2ms pra 10ms, depende da finalidade do mini-PTP (Faço muito disso pra empresa, pra backup e cia precisam mais banda, outros usam pra rodar aplicativos via rede então precisam ping mínimo))



  19. #19

    Padrão Re: duas nanostation deste cenario

    Rubem, desculpa reviver o tópico depois de dias, mais é que postei uma dúvida aqui recentemente e o pessoal foi muito vago na explicação.. com seu conhecimento acho que você poderia me ajudar.

    Tópico original da minha dúvida ->>>> https://under-linux.org/showthread.p...80403&p=754398

    Estou montando um PTP da minha casa para a casa do meu irmão, distância de uns 100 a 150 metros c/ visada. Link de 90MB Live Tim, eu queria a possibilidade de poder usar os 90MB do link via rádio, pois vai ser dividido para os 2 imóveis, porem quando um deles estivesse off queria a possibilidade de usar full link... 90/30 Down/UP.

    Vi esse tópico e achei interessante o que voce falou sobre não ter FIOS na visada como se fosse um "TÚNEL" livre, pois na minha provavelmente irá ter os 3 fios superiores da rede de energia da rua já que estão bem altos. Minha pretenção era colocar nao muito alto as antenas, máximo cano de ferro comum de 2 metros em cada ponta.

    Equipamento de início eu tinha pensado em um par de NANOSTATION LOCO M5. Porém me desencorajaram pelo fato da abertura ser de 45º H/V e poluir o ambiente.
    Pensei em NanobridgeM5, vi nesse site AQUI que a abertura do Nanobridge M5 é de 10º H/V correto? Diminuiria a poluição RF e otimizaria o enlace por ter mais foco. Nesse caso, tem problema ter os fios na frente? apesar que por ser mais fechado, eu tentaria uma de modo o foco ficar abaixo dos fios e nao entre como ficaria com as stations.

    Outro colega postou sobre a SXT Lite5, o preço está bom, equivalente com o que eu almejava antes na margem de preço dos NANOSTATION LOCO M5, mais essa MK consegue suprir minha necessidade de banda passante.. 90/30?

    Minha intenção é pegar algo que não seja muito superior ao que eu necessito, mais que não me deixe na mão, com preço bom, mais se não tiver jeito.... a gnte pega o bridge que é mais caro fazer o que...

    Me ajuda ae man... VLW