+ Responder ao Tópico



  1. @rubem veja os dois anexos, tirei de um único cliente, veja a diferença na Distancia e o CCQ.
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Sinal cliente.jpg
Visualizações:	208
Tamanho: 	243,4 KB
ID:      	59508   Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Sinal cliente1.jpg
Visualizações:	207
Tamanho: 	200,5 KB
ID:      	59509  

  2. Tá, saquei agora um detalhe bobo: Você está olhando o CCQ no cliente. Não precisa se preocupar com ele.

    O que tem que cuidar muito é o CCQ no AP, o CCQ de RX desse cliente está como 98%, que tá bom.

    Nunca procurei os detalhes mas é normal o CCQ no AP ficar algo tipo 95%, mas no setup do cliente aparecer 70 ou 80%. Pro AP isso não é uma conexão ruim, e seu foco deve ser no desempenho do AP porque ele se comunica com 40 clientes, se o AP tiver desempenho ruim todos os 40 terão conexão ruim.

    A CPE do cliente só se comunica com 1 contraparte, ela pode sofrer, ela pode se esforçar e repetir pacote. Quem não pode ficar repetindo pacote é o AP porque repetir pacote perdido é gastar tempo que podia estar sendo gasto com conexão de outro cliente.

    Você precisa muita banda? Ví que está em MCS7, de 65M. Se trafegar ao todo menos de uns 15Mbps teste o max tx rate em MCS4, nem que seja por uma madrugada (É mudar e salvar, todo mundo cai mas volta em segundos). Ele é uma modulação 16QAM que aceita melhor sinais nem tão altoa tipos -66dBm, acho que tem grandes da maioria dos CCQ's irem pra 98-99% se usar MCS12.

    (Eu vejo pelo seguinte lado: MCS7 (65M) tem sensibilidade de uns 76dBm, se colocar uma margem de 20dBm o sinal recomendavel seria -56dBm. Esse cliente recebe hoje -66dBm, que é a margem minima pra manter conexão, provavelmente por isso o Airmax capacity está abaixo do mínimo (50%, no quadrinho vermelho). Mais fácil que fazer o sinal subir 10dBm é baixar pra um datarate que se dá bem com -66dBm, tipo MCS4 (Talvez MCS5, mas MCS5 é modulação 64AQAM, é muito mais ponto que 16QAM do MCS4, há uma diferença de 3 a 5dBm na sensibilidade entre MCS4 e MCS5 porque eles não muito diferentes mesmo, onde MCS5 funciona bem geralmente MCS7 também, então acho que só valeria a pena testar MCS4 logo de uma vez)



  3. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Tá, saquei agora um detalhe bobo: Você está olhando o CCQ no cliente. Não precisa se preocupar com ele.

    O que tem que cuidar muito é o CCQ no AP, o CCQ de RX desse cliente está como 98%, que tá bom.

    Nunca procurei os detalhes mas é normal o CCQ no AP ficar algo tipo 95%, mas no setup do cliente aparecer 70 ou 80%. Pro AP isso não é uma conexão ruim, e seu foco deve ser no desempenho do AP porque ele se comunica com 40 clientes, se o AP tiver desempenho ruim todos os 40 terão conexão ruim.

    A CPE do cliente só se comunica com 1 contraparte, ela pode sofrer, ela pode se esforçar e repetir pacote. Quem não pode ficar repetindo pacote é o AP porque repetir pacote perdido é gastar tempo que podia estar sendo gasto com conexão de outro cliente.

    Você precisa muita banda? Ví que está em MCS7, de 65M. Se trafegar ao todo menos de uns 15Mbps teste o max tx rate em MCS4, nem que seja por uma madrugada (É mudar e salvar, todo mundo cai mas volta em segundos). Ele é uma modulação 16QAM que aceita melhor sinais nem tão altoa tipos -66dBm, acho que tem grandes da maioria dos CCQ's irem pra 98-99% se usar MCS12.

    (Eu vejo pelo seguinte lado: MCS7 (65M) tem sensibilidade de uns 76dBm, se colocar uma margem de 20dBm o sinal recomendavel seria -56dBm. Esse cliente recebe hoje -66dBm, que é a margem minima pra manter conexão, provavelmente por isso o Airmax capacity está abaixo do mínimo (50%, no quadrinho vermelho). Mais fácil que fazer o sinal subir 10dBm é baixar pra um datarate que se dá bem com -66dBm, tipo MCS4 (Talvez MCS5, mas MCS5 é modulação 64AQAM, é muito mais ponto que 16QAM do MCS4, há uma diferença de 3 a 5dBm na sensibilidade entre MCS4 e MCS5 porque eles não muito diferentes mesmo, onde MCS5 funciona bem geralmente MCS7 também, então acho que só valeria a pena testar MCS4 logo de uma vez)
    Poisé @rubem, esse setor está todo setado no automático agora. Tanto modulação quanto o ACK TimeOut. Se eu mudar p/ MCS manual (MCS4 pra testar), somente no AP já vai servir como teste, ou terei que alterar nos clientes também ?

    Abraço.

  4. Se vai mudar só um lado, é melhor mudar todos os clientes (Pra MCS2 digamos) do que mudar só da torre.

    Mas mudar só o da torre pra MCS4 não é difícil testar, muda, todos caem e voltam em poucos segundos.

    Ack timeout fixo não é urgente, nem é tão necessário, é mais pra quem quer otimizar todo o possível, mas colocar em cada cliente um max tx rate baixo (Sugiro MCS2) acho bem urgente.



  5. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Se vai mudar só um lado, é melhor mudar todos os clientes (Pra MCS2 digamos) do que mudar só da torre.

    Mas mudar só o da torre pra MCS4 não é difícil testar, muda, todos caem e voltam em poucos segundos.

    Ack timeout fixo não é urgente, nem é tão necessário, é mais pra quem quer otimizar todo o possível, mas colocar em cada cliente um max tx rate baixo (Sugiro MCS2) acho bem urgente.
    Ok @rubem, vou testar essa madrugada e te falo o resultado, abraço e obrigado pela força.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 5
    Último Post: 25-05-2011, 13:32
  2. Respostas: 9
    Último Post: 19-01-2009, 12:40
  3. Ambiente X trava tudo, não sei oque fazer?
    Por phyxsius no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 23-05-2005, 07:29
  4. Interferência / Ruído
    Por Carlos_Radlink no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 27-08-2004, 09:18
  5. Webmail!!Oque fazer!!!
    Por no fórum UnderLinux
    Respostas: 1
    Último Post: 10-12-2002, 12:00

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L