+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Arquitetura Airfiber5

    Alguem saberia me dizer pq a ubnt diz que arquitetura da airfiber5 quando utilizado mais que duas é:

    master -> slave > slave > master?

    Será que essa arquitetura é melhor para os rockets tb.. quando são mais que 2

    Seguimos
    Marco

  2. #2

    Padrão Re: Arquitetura Airfiber5

    Acho que essa indicação não é só de Airfiber, sempre ouvi isso antes deles existirem.

    O problema é o seguinte, quando você faz o esquema AP>Cliente>cabo>AP>Cliente você tem entre AP e cliente um trafego X e um ping Y, mas... entre o primeiro AP e o último cliente (Passando por um cliente e AP no meio) você tem 0,7X de trafego e 3Y de ping! Mas geralmente só em um sentido.

    É aquela coisa, entre cada ligação direta você tem tudo lindo, mas hora que percorre todo o trajeto alguns delays misteriosos aparecem. Leva 1ms entre cada conexão (Wifi ou com cabo), mas o trajeto todo de 4 dispositivos não dá 4ms e sim 10ms, fora uns pacotes perdidos.

    Provavelmente é problema pelo tipo de tratamento dado aos pacotes por quem está como AP, o tempo gasto nesse processamento parece que toma tempo de analizar outras coisas e umas respostas são negligenciadas, uns pacotes se perdem por pura bobeira, enquanto em modo cliente (Equivalente ao slave) há praticamente uma bridge layer3 cega e burra repassando tudo sem processar nada.



  3. #3

    Padrão Re: Arquitetura Airfiber5

    Pelo que eu li nos fóruns da UBNT, tem a ver com a potência dos equipamentos.

    Já tentei fazer o que eles não recomendam (AP-Cliente-AP-Cliente) e deu merda, pois ambos os enlaces ficam muito ruim, mesmo com GPS habilitado.

    O cenário que melhor funciona acaba sendo AP-Cliente-Cliente-AP

    Isso vale tanto para o AF5, como para o AF5X. O problema são as torres compartilhadas... aí tem que seguir quem chegou primeiro.