+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Wink Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    Salve pessoal,

    Estamos aqui na luta como sempre, nesta empresa que montei está fazendo 1 ano hoje, ou melhor ontem (rsrs, já são 3 da madrugada). Enfim, vou compartilhar com vocês o cenário da minha empresa e como estamos lutando contra a crise, e gostaria que compartilhassem como estão as coisas na região de vocês, como estão lidando, etc...

    Resumindo a história do meu provedor:
    Montei este negócio no final de 2014 como um investimento pra enfrentar esta crise que vivemos hoje, na época já sabia que ela viria e pensei: bom ninguém fica sem internet então este é um bom ramo para se entrar, o que não é mentira, ninguém fica sem internet, mas usa do vizinho, do namorado, da prefeitura, to trabalho, e por aí vai, porém ao mesmo tempo muitos preferem cancelar planos de tv e telefone e ficar só com a internet onde fazem tudo por ela e assim precisam ter a sua em casa.

    Já no fim de 2014 quase fechei a empresa, os funcionários que contratei e os clientes que peguei no início do negócio me quebraram, por fim resolvi continuar e no começo do ano aceitei um sócio, meu querido pai, o bom é que ele não interfere muito nas decisões da empresa, com o investimento que ele fez aumentamos nossa cobertura, investimos em equipamentos, propaganda, novos funcionários, etc...

    Bom, de uns dois meses pra cá as coisas não andam muito bem, principalmente devido à crise, temos muita procura pelo serviço mas muitos clientes em áreas onde não atendemos e ficaria inviável atender, além disso como só parcelamos a instalação no cartão de crédito isso limita os clientes que tem potencial para assinar, e por fim a base de clientes que temos está se tornando cada dia mais inadimplente, muitos cancelamentos (clientes mudando de cidade por causa de emprego, mudando de casa pra economizar no aluguel, etc).

    Resultado: dispensei funcionários, fechei escritório e voltei a fazer tudo sozinho e novamente pensei em ir parando com tudo aos poucos (até fiz um post falando sobre isso). Estava desanimado, foi quando um amigo aqui do fórum colocou aquele vídeo do bola cheia e bola mucha, aquele simples vídeo me animou novamente, hoje nosso caixa está estourado, minhas contas e da empresa estão atrasadas, meu pai (sócio) está desanimado com o negócio, mas quer saber de uma coisa? faz parte, simples assim, estou focando na solução e não no problema, por falar em solução, aqui vão as soluções que estou planejando para driblar esta crise:

    SOLUÇÕES PARA DRIBLAR A CRISE:

    Cortar Gastos (clássico né, todo mundo fala isso):
    Bom mas faz sentido, equilibrar o caixa e diminuir os custos ajuda e muito, o que cortamos:
    - Link Extra (nada de sobrar banda, se precisar aumentamos novamente)
    - Planos de Telefonia (interurbanos agora fazemos por skype, menos números pra atender (só tenho 1 orelha mesmo, rsrs)
    - Funcionários (estou deixando a empresa mais familiar até crescer mais, aí volto a contratar)
    - Combustível (estamos juntando os serviços e saindo pra fazer tudo de uma vez ou tentando resolver remotamente)
    - Instalação mais Rápida e simples (antes fazíamos um teste de visada, cortamos isso e fazemos instalação e visada juntos, tem visada instala, não tem vai pra próxima instalação)
    - Papel/Impressão (estamos estudando colocar a O.S no tablet com assinatura e tudo mais e o boleto somente on-line e dar um desconto pro cliente que aceitar assim).
    - Folhetos (estamos imprimindo nossos panfletos personalizados e segmentados por bairros, só mandamos pra gráfica quando são panfletos genéricos ou pra bairros muito grandes).
    - Propaganda (nada de propaganda que não traz grandes resultados, estamos fortalecendo parcerias locais, grandes anuncios como lista telefonica deixaremos de fazer)
    - Energia (mais ventilador e janela aberta e menos ar condicionado, equipamentos são desligado quando não estão sendo utilizados, um notebook com SSD demora menos de 1 minuto pra ligar, compensa desligar e ligar ele).
    - Escritório (agora fica junto com a torre de transmissão, na minha casa, antes ficava no centro da cidade, é um atendimento provisório na garagem, mas pelos poucos clientes que recebemos no local a economia será muito grande).

    Enfim, estamos cortando mesmo, só não estamos cortando onde vá diminuir a qualidade do serviço ou do atendimento.

    Novos Serviços:
    Estamos planejando lançar novos serviços para atrair novos clientes, afinal ficar só no arroz com feijão não dá, conheça alguns deles:

    - Telefonia Voip (foco em empresas com planos ilimitados pra celular (que será o futuro logo logo)
    - Web TV (netflix e outros apps, muitos clientes não sabem como usar estes serviços, queremos unificar isso numa plataforma).
    - Wifi na Cidade (estamos fechando parcerias com locais pra disponibilizar nosso wifi pros nossos clientes, trazendo assim a impressão que a internet dele também é móvel).
    - PTP pra empresas (isso já fazemos mas não divulgamos muitos, vamos intensificar a divulgação, em tempos de crises isso pode trazer muita economia pra empresas que possuem filiais).
    - Plano de Backup (um plano onde a empresa contrata e paga um valor baixo mensal, mais um adicional por cada giga consumido, a ideia é ele usar só quando a internet que possui cair, cada vez mais empresas precisam desta solução, vamos lança-la).
    - Ponto adicional de Wifi (todo mundo quer wifi na casa todo, vamos lançar um serviço onde fazemos isso pro cliente, puxamos o cabo instalamos um roteador adicional, etc).

    Bom, além destes serviços que estamos estudando como implementar, valores, etc, já temos o serviço de hospedagem de sites e e-mail e assistência técnica remota (este ainda não vingou muito, mas vamos intensificar a divulgação dele).


    Soluções Criativas e Diferenciadas:
    Uma coisa que sempre tive em mente na minha empresa foi oferecer soluções inovadoras aos nossos clientes, por exemplo, somos a única empresa da cidade que já coloca o roteador wifi em todas as instalações, afinal ninguém mais usa no cabo, todo mundo quer wifi, tem cliente que nem computador tem só usa no celular, e você delegar isso ao cliente é um problema, afinal tudo passa pelo roteador e dependendo do roteador que ele usar pode dizer que sua internet é muito ruim.

    Além disso também somos a única empresa que atende o cliente via whatsapp, isso traz uma comodidade enorme (as vezes enche o saco também né, rsrs, afinal o cliente tá lá cagando e o vídeo não carrega, aí ele vai no whatsapp e reclama: a internet tá muito ruim e nem dá tempo de responder ele manda: agora ficou rápido, kkkkk, mas são casos á parte)

    Também matemos um contato aberto com os clientes, seguindo nossos padrões mas ao mesmo tempo se adaptando a necessidade dele, por exemplo, internet tá bloqueada, ligou e disse que pagou nós damos o crédito a ele e liberamos, a maioria dos provedores aqui o cliente tem que esperar no outro dia ou ir lá levar o comprovante, enfim um contato mais humano.

    Novos Investimentos:
    Bom, equilibrando nossas contas nos próximos meses já definimos nosso investimento para este ano, é aquilo e pronto, não inventaremos novas torres e Pop`s e sim vamos investir nos que já existem e estão programados, afinal não adianta atender a cidade inteira e ter 10 clientes em cada bairro.

    Além disso a concorrência tá atirando pra todo lado e fibrando boa parte da cidade, mas ainda assim seu atendimento e fama continua muito ruim e acho que vai ser um tiro no pé, inclusive ano que vem se tudo correr bem talvez cabearemos um bairro que tem potencial de crescimento e está fora da mira dos outros provedores.

    Enfim, é isso, vamos que vamos, que nossa bola tem que estar sempre cheia, deixa todo mundo falar que está ruim, deixe entrar de um lado do ouvido e sair do outro, se cerque de pessoas que tem visão e querem crescer junto com a empresa.

    Como diz aquela mulher que fala grosso: BOOOORRRAAAAAAAAAAA!!!! kkk boa noite

  2. #2

    Padrão Re: Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    legal msm, eh temos que sempre inovar... aqui tmb somos os únicos que damos suporte pelo whatss...

    legal gostei .



  3. #3

    Padrão Re: Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    Muito legal sua iniciativa ! ! !

    Na tv e net, ta cheio de gente reclamando da crise, com razão é claro... Mas vai fazer o que !? Terminar de afundar sem nem bater os pés ?!?!?!?!

    Já faz uns anos que sai do ramo de provedor, estou com outra área... Mas de vez em quando vejo as necessidades e buracos que poderia me meter... E assim a mente empreendedora vai nos mostrando o caminho !

    Posso dar uma dica legal, talvez vc ja tenha pensado nisso !

    Caso tenha aqueles centros comerciais, lojas tudo junto no mesmo prédio na sua cidade...

    Experimenta fazer uma parceria com o dono do prédio pra colocar ponto de rede à cabo em cada box, isso não precisaria cobrar instalação e assim conseguiria 5 - 10 sei lha quantos clientes de uma vez !

  4. #4

    Padrão Re: Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    Seu texto é muito bem articulado, você se expressa muito bem.
    Tem economias que não compensa.
    Exemplo: qual é mais fácil, ganhar mil reais a mais ou tentar economizar mil dentro de uma despesa de 1800.
    Agora tem muita coisa que dá para simplificar. Exemplo: uma vez ouvi uma história, se verídica não sei: que para escrever no espaço com esferográfica não era viável, então a nasa investiu milhões num projeto de lápis para escrever no espaço, os russos levaram um lápis grafite.

    Hoje com a experiência que tenho vejo que diversificar no serviço enriquece o leque opções mas gasta muito mais tempo. Quando você foca a coisa flui mais.

    Acredito que te economize muito tempo uma cartilha bem didática para o cliente consultar sempre antes de ligar para o suporte.
    Tanto uma versão online como uma impressa. Deve ser constantemente aperfeiçoada e atualizada e aí você vai matando umas coisas básicas e uma parte do povo pode não ligar com problemas bestas.

    Cuide da saúde DORMINDO BEM e procurando informações não tendenciosas que os meios de comunicações chapa branca nos passam, procure por "salutis" no youtube, veja os benefícios do magnésio que aliás é muito barato. E isso não interessa à grande mídia e as grande empresas.
    Afinal sem saúde até se você tivesse já estabilizado financeiramente ainda poderia perder tudo. E perderia muito mais pois buscamos a parte profissional para atingirmos uma satisfação geral na vida que é uma coisa bem mais ampla.


    Um abraço meu caro

    Romero



  5. #5

    Padrão Re: Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    Sugestão:

    Foca só na Net, esqueça outros serviços como os citados acima, se quer adcionar algo faça formatação, ou venda e configuração de roteador wifi.

    Outra, de nada adiantar só reduzir custos, ex: não gastar folhas de papel, vc vai economizar quanto só com isso, um pacote de folhar A4 custa 15 reais? então procure aliado a isso colocar clientes em sua base a qualquer custo, vc precisa disso, cobra quanto 60 reais, então um cliente que colocar vai ser mais do que sua economia, alem do mais, reduzir e não aumentar a receita vc cairá do mesmo jeito daqui a pouco.

    Monte pequenas repetidoras, vc disse que tem gente o procurando mas não vale a pena por que seriam uns 10 clientes, 10X60 =600 mes 600X12= 7200 ano.

    Vai em um ponto estratégico, oferece a net a pessoa, ou empresa se for prédio, coloque uma torre pequena um ou dois módulos, 3 rockets + base station, (se tiver nanostation 5, não e o M5) serve e fica até mais barato, aumente cliente, não da visada, por que tem uma arvore, coloca ASSIM MESMO antes de dizer que não da, coloca e veja se funciona, muitos dirão que isso não e bom, é não e, mas vc precisa de clientes, e isso que fará vc voltar a melhorar.

    Por enquanto e isso...foca em aumentar clientes...

  6. #6

    Padrão Re: Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    O suporte pelo whats hoje em dia eu acredito que seja quase uma obrigação, pois todo mundo tem (até minha mãe agora tem) e é uma grande economia pra todos.

    Quanto a economia do papel, parece pouco mas avalie: tem o valor da tinta, do papel, da energia, do desgaste da impressora, as vezes imprimimos algo errado ou então esquecemos de imprimir e vamos sem O.S no cliente, pra esta questão já resolvi tínhamos um tablet parado aqui com tela grande e que já tem caneta nele, baixamos as O.S, contratos, etc em PDF e conseguimos preencher elas lá e inclusive o cliente assinará no tablet, vamos ver como fica.

    Também tem outra questão: todos os contratos assinados e ordem de serviço assinadas e preenchidas a gente digitaliza pra facilitar a busca dela no futuro, com elas já em formato digital também não teremos mais este trabalho e custo e ainda tem a questão ambiental, gera lixo do papel, tem que armazenar, etc...

    Enfim, parece besteira mas economias de centavos no final do mês faz diferença, estou aprendendo isso ainda pois sou muito desperdiçador de recursos.

    Quanto as repetidoras concordo e discordo, uma conta rápida:
    Por exemplo fechamos uma caixa d'agua pra repetição de sinal em um condomínio, só lá teremos um custo mensal de R$ 200 pelo aluguel da caixa (claro que em outros locais você pode fazer permuta por exemplo, mas lá não era possível), fechamos até o momento 10 clientes em 7 blocos diferentes e teremos que investir pra atende-los: R$ 1.000,00 pra fechar o PTP + R$ 500,00 pra enviar pros blocos + R$ 3.500,00 pra atender os 7 blocos (antena no topo, switch, caixa, etc), total: R$ 5.000,00 os 10 clientes vão render R$ 600,00 por mês (mais ou menos), ou seja, só pra recuperar o investimento vamos demorar 1 ano, isso se estes clientes pagarem certinho e não cancelarem por algum motivo, claro que vão aparecer novos clientes mas quando? enfim... é de se pensar...

    Fora isso podemos ter outros problemas: tenho um caso aqui onde tenho um POP instalado na casa de um cliente onde o mesmo não está tendo dinheiro pra pagar a energia e este mês pediu emprestado pra gente pra não deixar cortar, o que fazer neste caso? tudo instalado lá, investimento feito... pedir outro relógio? e o custo, e os problemas que pode causar com o cliente, complicado.

    Isso sem contar que você terá mais equipamentos pra monitorar, mais interferências pra resolver, pode queimar, pode ser vandalizado ou roubado, pode ter problema com energia e precisar de no-break, enfim, vai longe a coisa hehehe

    Resumindo, repetidoras próximas do cliente concordo que é o melhor a se fazer, mas o retorno do investimento é demorado, hoje tenho a visão de diminuir os pops, concentrar eles em pontos com melhor visão (prédios, caixas d'agua, etc) evitando assim investir em torres próprias, também não vou fechar novos pops em residências, no começo parece melhor porém você pode ter problemas como a energia, o acesso na casa, o dono mudar, vender, etc, em empresas isso já é mais difícil.

    Quanto a instalar mesmo sem visada limpa, com visada limpa já está difícil funcionar bem, imagina sem, rsrs, é problema na certa.

    Quanto os serviços adicionais minha opinião é:
    É mais problema? sim, traz grandes resultados financeiros? depende, as vezes o cliente pode fechar o contrato com sua empresa por causa deste serviço.

    Enfim, qual o diferencial da nossa empresa pra concorrer com outras que estão passando fibra e entregando mais velocidade? acredito que seja estes serviços adicionais, estou formatando eles pra que não gerem tanta demanda e problemas e sim pequenas receitas que no final fazem a diferença.

    Afinal, por que acham que quando você contrata um cartão de crédito eles querem de enfiar aqueles serviços adicionais como seguro, plano dentário, cartão adicional, etc, é de onde vem boa parte da receita deles, se não, não ficariam insistindo tanto.

    Pegar ou não pegar novos clientes:
    Hoje temos um custo com a instalação de R$ 573,00 e cobramos R$ 300,00 de instalação, ou seja, em cada instalação temos que desembolsar: R$ 273,00 e nosso plano mais baixo custa R$ 49,90 neste plano (sem contar as despesas com boleto, imposto, link, custos, etc) demoramos 6 meses pra começar a ter lucro com um cliente novo (isso se ele pagar em dia, se não cancelar, etc), faça isso vezes 20 clientes por exemplo, todo mês temos que investir R$ 5.460,00 só em instalação, e claro dependendo do plano temos retorno antes, no plano mais alto por exemplo temos retorno em 3 meses.

    O que estamos tentando fazer também é diminuir o custo da instalação comprar em maior quantidade, buscando novos fornecedores e novos equipamentos, diminuindo o tempo que demoramos pra ganhar receita com o cliente.

    O que vamos fazer a partir deste mês: continuar pegando clientes, porém avaliando o cliente, SPC / Serasa, como vai pagar a instalação, como é a casa dele, parece besteira ou discriminação mas já temos estatísticas aqui, clientes que tem restrição por exemplo pegam velocidades altas costumam sempre atrasar pra pagar e sempre dão problema, claro que cada caso é um caso mas avaliando o conjunto todo, por exemplo: vai pagar no cartão de crédito dele mesmo (ok, quer dizer que tem crédito em algum lugar), escolhe uma velocidade média (provavelmente vai aguentar pagar), mora em casa própria (também é importante descobrir esta informação pois as vezes ele mora em casa alugada e é tipo cigano, cada dia está morando em um lugar e isso é péssimo pros negócios), enfim, são diversas avaliações que no final vai resultar em:

    Tem Restrição? compra o equipamento, nada de comodata.
    Quer velocidade alta? mas avaliamos que não vai aguentar pagar? só liberamos velocidade mais baixa e depois ele aumenta.
    Mora em casa própria? se é alugada quanto tempo mora lá, pensa em mudar, tem contrato, etc.

    Enfim, são avaliações que podemos fazer no ato da venda e concluir na instalação.

    Melhor pegar 30 clientes que vão pagar certinho e do que pegar 100 que só vão dar trabalho.

    Bom é esperar pra ver os resultados, boa sorte à todos, obrigado pelas repostas.



  7. #7

    Padrão Re: Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    eh isso ai aprovo

  8. #8

    Padrão Re: Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    Rapaz vc tem resposta para tudo, então boa sorte.

    Fica uns comentários.

    Pense no futuro, não só no agora.

    Empreendedor arrisca.

    Outra coisa 600x12=7200 isso considerando 10, mas se instalou um pop trabalhe para lotar ele de clientes e não só 10.

    Vou fazer 15 anos de provedor, acho que sei pouco para pode ajudar, e não existe receita já que tudo muda rápido, volta daqui um tempo e conta pra gente como foi que driblou os problemas.



  9. #9

    Padrão Re: Driblando a Crise - Compartilhando experiências

    Concordo se a pessoa for só pelo retorno inicial num faz é nada...