+ Responder ao Tópico



  1. A anos leio sobre o sistema binário. Uma das explicações são as seguintes:
    Para o computador os dados são representados por números binários 0 (zero) e 1(um). "Baixa voltagem (entre 0V e 0.5V)" é representado por 0, obviamente, que 1 representa "alta voltagem (entre 2.5V e 3.5V)". Esses números binários são convertidos em letras, números ou símbolos.

    A observação é simples, o sistema é formado por 0 ou 1, total de 8 bits formam 1 byte...
    Já usei linguagens de programação, onde realizei modificações em bytes, com isso tenho "facilidade" neste tema...
    Mas minha dúvida é a seguinte, lendo uns dias atrás, uma postagem começou a remover minha grande dúvida sobre sistemas binários, onde esta dizia que o sistema era susceptível a erros...

    Então, mesmo tendo esta resposta, não consegui ter a resposta para minha pergunta...

    O porque não usamos um sistema onde ex: 0v, 1v, 2v, 3v, 4v, fossem dados como "bits"...
    Assim teríamos 5 combinações, sabemos que 8 bits podem ter 256 combinações diferentes (2x2x2x2x2x2x2x2), mas se utilizássemos mais voltagens, poderíamos ter mais combinações em menos espaço ex (5x5x5x5x5x5x5x5) - "8 bits" retornariam 390625 combinações diferentes...

    Com isso poderíamos utilizar voltagens diferentes, mais e mais, conseguindo milhares de combinações diferentes com menos "espaço"...

    É impossível que eu tenha sido o primeiro a pensar isso, deve existir algo que impede a lógica acima, e é isso que gostaria de saber, o que nos impede realizarmos a lógica acima?

  2. Não entendo muito de linguagens de computadores em si, mas ainda temos muitos controladores que funcionam com 5,0(5,6V) e cujo se a tensão for inferior a 2,6V irá interpretar como 0(zero) ou 1( hum), mas os modernos trabalham em seu chipset com 1,5V, 1,8V ou 3,3V ou em nossos celulares que funcionam no máximo com 2,5V. Poderia ser usado uma espécie de trem de pulso mas ocorreria uma espécie de interferência que afetaria o seu desempenho, e acredito que num futuro bem próximo exista controladores que funcionem com 0,6 a 0,7 volts, ou seja uma simples pilha (1,5V ou 1,2V) pode fazer com que os mais modernos processadores possam operar...
    Isso otimizaria e muitos as baterias nos celulares e outros dispositivos móveis, ou então como em alguns filmes de ficção científica, o calor do nosso corpo ou o frio, um atrito com o ar e até mesmo vibração manteria o sistema eletrônico funcionando.



  3. Citação Postado originalmente por abcd Ver Post
    A anos leio sobre o sistema binário. Uma das explicações são as seguintes:
    Para o computador os dados são representados por números binários 0 (zero) e 1(um). "Baixa voltagem (entre 0V e 0.5V)" é representado por 0, obviamente, que 1 representa "alta voltagem (entre 2.5V e 3.5V)". Esses números binários são convertidos em letras, números ou símbolos.

    A observação é simples, o sistema é formado por 0 ou 1, total de 8 bits formam 1 byte...
    Já usei linguagens de programação, onde realizei modificações em bytes, com isso tenho "facilidade" neste tema...
    Mas minha dúvida é a seguinte, lendo uns dias atrás, uma postagem começou a remover minha grande dúvida sobre sistemas binários, onde esta dizia que o sistema era susceptível a erros...

    Então, mesmo tendo esta resposta, não consegui ter a resposta para minha pergunta...

    O porque não usamos um sistema onde ex: 0v, 1v, 2v, 3v, 4v, fossem dados como "bits"...
    Assim teríamos 5 combinações, sabemos que 8 bits podem ter 256 combinações diferentes (2x2x2x2x2x2x2x2), mas se utilizássemos mais voltagens, poderíamos ter mais combinações em menos espaço ex (5x5x5x5x5x5x5x5) - "8 bits" retornariam 390625 combinações diferentes...

    Com isso poderíamos utilizar voltagens diferentes, mais e mais, conseguindo milhares de combinações diferentes com menos "espaço"...

    É impossível que eu tenha sido o primeiro a pensar isso, deve existir algo que impede a lógica acima, e é isso que gostaria de saber, o que nos impede realizarmos a lógica acima?

    Meu caro , a resposta é simples. O sistema binario foi escolhido pela baixa probabilidade de erros na transmissão e recepção. É facil distinguir um "0" ou um "1" entre dois sinais (pode ser luz acessa ou luz apagada) agora distinguir 5 niveis diferentes de intensidaes de luz e mais dificultoso, porem mais erros. Assim de simples.

    Para sua informação existem modulações com varios niveis de sinal, trafegam a mairo velocidade porem com mais erros.

  4. Citação Postado originalmente por emilidani Ver Post
    Meu caro , a resposta é simples. O sistema binario foi escolhido pela baixa probabilidade de erros na transmissão e recepção. É facil distinguir um "0" ou um "1" entre dois sinais (pode ser luz acessa ou luz apagada) agora distinguir 5 niveis diferentes de intensidaes de luz e mais dificultoso, porem mais erros. Assim de simples.

    Para sua informação existem modulações com varios niveis de sinal, trafegam a mairo velocidade porem com mais erros.
    Bom tarde @emilidani, quando se fala em erros, eu não consigo elucidar em minha mente a maneira correta de ação.
    Imagino uma onda eletromagnética, esses erros, seriam que por algum evento externo alteraria a voltagem? ou nós ainda não temos tecnologia suficiente para trabalharmos com voltagens menores?

    Na realidade tenho dificuldades, por não compreender corretamente todos os passos de uma onda eletromagnética...






Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Último Post: 06-11-2002, 18:51
  2. Tem como instalar três Sistemas Operacionais
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 04-11-2002, 18:06
  3. Instalações de sistemas operacionais
    Por thiagog no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 23-08-2002, 17:53
  4. Placa de som paraliza o sistema na inicialização
    Por Lecasso no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 03-06-2002, 17:31
  5. Performance de Sistemas com WIN98/LINUX-SAMBA
    Por soyeu no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 28-03-2002, 21:55

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L