+ Responder ao Tópico



  1. Pessoal me tire uma duvida, muitos clientes me perguntam e fico sem saber o que responder, esses roteadores de 2 antenas 300mbps são melhor de sinal do que o de 150mbps de 1 antena? os 300mbps é somente transmissão, sera que um cliente que tem 1mb de velocidade vai fazer tanta diferença em visto do roteador de 150mbps? é isso ai galera as minhas duvidas.

  2. 2 antenas é pra MIMO, multipla entrada e multipla saída.

    É como se fosse uma pessoa com 2 bocas e 2 ouvidos, e a gente pudesse falar "o dobro" pois poderia falar por 2 bocas ao mesmo tempo.

    Mas quem ouve também teria que ter a capacidade de diferenciar. O hardware que faz isso é o hardware com suporte a 802.11N.

    2 bocas não falam mais alto que 1, só falam mais palavras.

    Com 300Mbps você tem mais velocidade, e não sinal mais alto.


    E não adianta um roteador ter potência alta (Roteador de 500mW) se quem fala com ele é um smartphone ou notebook que mal e mal tem 50mW. Wifi é bidirecional, os 2 lados da conversa tem que falar alto se a intenção é atravessarem 2 comodos.
    (Senão o que ocorre é o roteador gritar, o smartphone ouvir, mas responder com voz tão baixa que o roteador só escuta um sussuro e tem que ficar no "Hein?" "Não entendi", "Fala mais devagar pra eu entender".

    A correlação é a mesma, falar mais devagar é diminuir o datarate, "Hein?" é um pedido pra reenviar pacote perdido, potência de emissão ou "falar alto" não tem nada a ver com ouvir bem (Minha tia ouve mal mas fala baixo, eu preciso gritar com ela mas ela fala normalmente comigo. Aparelhos baratos as vezes tem sensibilidade ruim, veja na ficha técnica dos produtos a sensibilidade, algo tipo -75dBm em MCS7 é muuuuuito melhor que apenas -65dBm de sensibilidade, esses 10dBm de diferença é a diferente entre entender ou não entender o que a contraparte da comunicação enviou))


    Se você configurar um roteador G antiiiiiigo, em datarate de 18M, ainda conseguirá uns 10Mbps de throughput REAL e SUSTENTADO com 2 paredes no meio. Então quem tem internet comum de menos de 10Mbps não precisa NEM roteador de 150M.

    Alias, não adianta comprar roteador de 150 ou 300M se na verdade com canal de 20MHz os datarates são 65M e 135M. Se deixar o roteador no default é isso que terá 90% do tempo.

    Isso são números só pra enganar trouxa, não é nada diferete do "Watt PMPO" de uns anos atrás, é só número pra servir de ferramenta de marketing, a qualidade da conexão wifi dentro de casa não tem NADA a ver com o datarate máximo do roteador e sim com uns 10 ou 14 características dos 2 equipamentos (Os 2 lados, roteador de um lado, e smartphone ou notebook do outro).

    Em uns 70% dos clientes a sensação de qualidade melhor quando você tira da configuração default e fixa a configuração, pra quem tem internet tipo 2Mbps pode até mesmo colocar fixo em modo 802.11b que o cliente vai achar uma maravilha de conexão (Porque nesse modo o datarate é obrigatoriamente baixo (11M) então a sensibilidade é mais baixa (Ouve de forma legível sinais mais fracos) e a potência é um pouco maior.
    (Pode ver na ficha técnica dos aparelhos que a maioria tem coisa tipo 12dBm a MCS7 (150M, que dá na mesma potencia que MCS15 de 300M), e 18dBm a MCS0 (6,5M), no caso dos Intelbras e Greatek que prometem 500 a 700mW essa potência só existe em B (11M), porque em N a 150M ou 300M potência não é nem 75mW)

    E por fim: Escanear sinal não garante nada.
    O sinal roteador > smartphone pode ser ótimo, mas o sinal smartphone > roteador ruim. Num sentido tudo é legível e no outro há muitas perdas de pacotes (O roteador fica falando "Hein?" a cada 3 palavras do smartphone).

    Fora que a transmissão de SSID é feita no chamado preambulo, é um datarate baixo, de 1M ou 2M, e datarate baixo implica potência maior. A transmissão do pacotes de dados mesmo será feita em datarate maior, que implica potência menor. Nada substitui um teste de throughput (Mas pra cliente comum o negócio é desligar eles dessa preocupação, deixar claro que wifi até atravessa parede, mas perde qualidade, o único modo de ter qualidade é sem obstáculos. Uma coisa é o "funcionar funciona", outra bem diferente é "Funciona sem perdas de dados". Wifi só funciona sem perdas de pacotes quando tem sinal alto e claro, sem obstáculos problemáticos, e isso não acontece em 95% das casas).

    Tem que deixar claro pro cliente que wifi foi feito pra ter foco em mobilidade, não em velocidade. Se ele quer aproveitar toda a banda que compra terá que usar de outro jeito que não seja com roteador dentro de casa e com smartphone lá na varanda, com 3 paredes no meio. Usar datarate baixo (E não alto!) minimiza as perdas (Quem quer ser bem entendido fala devagar, e não rápido), mas não "zera" elas.

    Enfim, fixa datarate baixo (MCS3 em 20MHz se for N, se tiver smartphone velho fixa em G a 18M de datarate) e veja se os clientes gostam.
    (Isso inclusive acaba com uns travamentos de roteador barato)






Tópicos Similares

  1. Roteador doméstico + Antena externa
    Por TsouzaR no fórum Redes
    Respostas: 41
    Último Post: 11-06-2014, 21:35
  2. Respostas: 2
    Último Post: 04-10-2009, 09:51
  3. Respostas: 3
    Último Post: 30-09-2009, 14:40
  4. Respostas: 4
    Último Post: 26-06-2009, 08:07
  5. roteador com antena "móvel"
    Por _N3o_ no fórum Redes
    Respostas: 12
    Último Post: 02-05-2007, 21:20

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L