+ Responder ao Tópico



  1. A Wifi Aliance finalmente lançou o release do padrão 802.11ah:

    http://www.wi-fi.org/news-events/new...ge-wi-fi-halow

    Mas calma que segundo a IEEE as últimas aprovações só ocorrerão em agosto desse ano (2016):
    http://grouper.ieee.org/groups/802/1..._Timelines.htm

    Foco em frequências abaixo de 1GHz, logo, no brasil o uso será limitado, legalmente podemos usar
    902 a 907,5MHz
    e
    915 a 928MHz
    Um canal de 5MHz e um canal de 13MHz.

    Nas minutas tem falado em canais de 1MHz, 2MHz, 4MHz, 8MHz e 16MHz. No brasil só seria aplicável canal de 8MHz pra baixo, e na banda de 902 a 907MHz só menos de 4MHz.

    "Beleza, temos 18 canais de 1MHz, não tá bom?".
    Não tá, pra ter todo esse alcance olha o que o PDF do grupo diz sobre datarate:
    http://www.ieee802.org/11/PARs/P802.11ah.pdf
    Destaco:
    Scope: This amendment defines an Orthogonal Frequency Division Multiplexing (OFDM) Physical layer (PHY) operating in the
    license-exempt bands below 1 GHz, e.g., 868-868.6 MHz (Europe), 950 MHz -958 MHz (Japan), 314-316 MHz, 430-434 MHz,
    470-510 MHz, and 779-787 MHz (China), 917 - 923.5 MHz (Korea) and 902-928 MHz (USA), and enhancements to the IEEE 802.11

    Medium Access Control (MAC) to support this PHY, and provides mechanisms that enable coexistence with other systems in the
    bands including IEEE 802.15.4 and IEEE P802.15.4g.

    The data rates defined in this amendment optimize the rate vs range performance of the specific channelization in a given band.

    This amendment also adds support for:
    -transmission range up to 1 km
    -data rates > 100 kbit/s

    while maintaining the IEEE 802.11 WLAN user experience for fixed, outdoor, point to multi point applications.
    >100Kbps quer dizer MAIS de 100K, mas esse seria o datarate mínimo. Certamente o alcance de 1Km está ligado a ele.

    Vejam o que o conteúdo técnico mais recente fala sobre os modos:
    https://mentor.ieee.org/802.11/dcn/1...-for-tgah.docx
    Na página 22:
    Modulation Rate (R) Minimum Sensitivity
    (1MHz PPDU)
    (dBm)
    Minimum Sensitivity
    (2MHz PPDU)
    (dBm)
    Minimum Sensitivity
    (4MHz PPDU)
    (dBm)
    Minimum Sensitivity
    (8MHz PPDU)
    (dBm)
    Minimum Sensitivity
    (16MHz PPDU)
    (dBm)
    BPSK 1/2 & 2x repetition -98 n.a. n.a. n.a. n.a.
    BPSK 1/2 -95 -92 -89 -86 -83
    QPSK 1/2 -92 -89 -86 -83 -80
    QPSK 3/4 -90 -87 -84 -81 -78
    16-QAM 1/2 -87 -84 -81 -78 -75
    16-QAM 3/4 -83 -80 -77 -74 -71
    64-QAM 2/3 -79 -76 -73 -70 -67
    64-QAM 3/4 -78 -75 -72 -69 -66
    64-QAM 5/6 -77 -74 -71 -68 -65
    256-QAM 3/4 -72 -69 -66 -63 -60
    256-QAM 5/6 -70 -67 -64 -61 -58

    Com 256QAM naturalmente precisa muito sinal. -58dbm de sensibilidade deve exigir sinal real na casa dos -40dBm pra usar todo o throughput que o datarate permite. Com -50dBm nele deve ter estabilidade ao menos.

    Se com OFDM com 64QAM em 802.2n temos 65 e 72Mbps de datarate em canal de 20MHz, teremos 10% disso com canal de 2MHz. Ou seja, 6,5 e 7,2Mbps. Com canal de 4MHz vai pra 13 e 14,4Mbps.
    Com 8MHz vai pra 26 e praticamente 29Mbps.

    Como no brasil podemos usar 1 canal de 8MHz e 2 de 4MHz, dá pra falar que o espectro comportará ao todo 52Mbps de datarate. O throughput de OFDM é cerca de metade do datarate então dá pra falar em 25Mbps em TODO o espectro. Realmente não dá pra ter provedor com isso, ocupar TODO o espectro da região pra míseros 25Mbps não dá.


    Enfim, PODIA ser um tipo de wifi pra provedor, mas... o foco é em rates bem baixos, e numa faixa de frequência estreita. É perfeito pra dispositivo mobile que tem bateria por isso precisa wifi de baixo consumo mas não precisa muito tráfego (1MHz com 16QAM é datarate de uns 1Mbps, dá um throughput sustentando de metade disso, parece pouco mas é 10x melhor que a conexão das operadoras de celular por aqui).

    Isso nos afeta porque o fulano poderá colocar um roteador desse em casa e entregar conexão direta pro smartphone dos vizinhos, tem potencial pra reduzir o numero de clientes nos planos de baixo custo.
    (Até eu viveria bem com uns 500Kbps no smartphone e mais um tanto desse no notebook)

    Em agosto deve sair regulamentação final, lá pelo fim de 2016 deve estar nas lojas, metade de 2017 vai ter a venda no brasil.

    Tiver que fazer o post antes que alguém chegasse dando falsas esperanças tipo "Agora sim, wifi de 1Km". É só ver os dados técnicos, não tem nada de bom pra provedor, pra área rural talvez ajude (Mas nem tanto, 900MHz não fura morro, só tem penetrabilidade maior, ao invez de atenuar 12dBm como em 2,4GHz vai atenuar só 8dBm no mesmo objeto, uma obstrução grande continua intransponível), a grande diferença deve ser no ambiente urbano mesmo, a sorte é que os roteadores vem no default em datarates automaticos que devem insistir em 256QAM, que como vimos tem sensibilidade lá pelos -58dBm, e portanto precisa sinal pelo menos nuns -50dBm (8dBm de margem é pouco mas pelo menos troca texto no WhatsApp), vai facilitar a vida de quem divide internet com vizinho.

    (Ou quem souber usar isso bem instalado, em datarate baixo e com antena alta pra ter esse alcance real)

    O IEEE já aprendeu, isso tem mecanismos pra evitar que um usuário denigra o canal a ponto de inutilizá-lo, está na parte de economia de energia, se não houver troca de dados do usuário o padrão não deve ficar trocando dados de sincronia e verificando status atual, se não consumir dados ele simplesmente não polui o espectro, ótimo pra um uso semi-movel ao redor de casa/empresa sem ser egoista ocupando todo o espectro só pra 1 usuário.

    (Mas infelizmente deve ocorrer o de sempre, um gatonet vai meter canal de 8MHz e vender plano de 10Mbps pra vizinho a 100 ou 200m, situação onde 5GHz seria plenamente usável se o usuário tivesse simancol)

  2. É uma pena passar tão pouca banda. Mas @ruben acho que nem os gato net vão poder usar, pois em 900mhz os smatphones não acharão rede.
    Vai ver muito bem aplicado em residencias maiores onde um roteador não consegue cobrir toda a casa.



  3. Provavelmente lá por 2017 vai ter smartphone com suporte a isso. Fim de 2016 os mais caros já devem ter, a Samsung deve lançar um modelo com isso, alguma versão dos Galaxy S7 ou 8...

    Com AC, N e 4G foi assim, meio ano depois do lançamento já tinha vários modelos suportando isso no brasil mesmo, começa nos mais caros e depois chega nos mais baratos (E quase, porque ainda tem smartphone barato suportando só B/G).


    O que deverá ter muito com 802.11ah é gatonet tentando conectar smartphone comum que diz na ser GSM 850/900/18000/1900MHz, assim como hoje tem uns leigos comprando NS Loco M9 pra smartphone GSM 900MHz conectar neles, esse povo acha que wifi e GSM são a mesma coisa e acham que são a mesma faixa só porque tem o mesmo nome de "900MHz".



    Enquanto esses protocolos estão sendo discutidos já tem fabricante fazendo chipset, no dia do lançamento oficial do padrão já vai ter lançamento de algum aparelho em LOJA (Chipset já lançaram, só não vendem ainda), o fórum do IEEE é feito justo por fabricantes, a Qualcomm (Atheros) participa de tudo que é padrão, investa mais em uns que em outros. Com 802.11AD quem está investindo muito também é a Panasonic, porque é um modo de baixíssimo alcance (Usa 60GHz, troço que mal passa uma parede), serve na mosca pra TV's (Área da Panasonic), mas deve confundir muita gente quando for lançado.

    Gosto dessa definição do uso proposto pros modos:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         802-11.png
Visualizações:	71
Tamanho: 	165,4 KB
ID:      	62244
    Só que leigo sempre vai consumir alcance com capacidade de tráfego, AF e AH até tem uns datarates razoáveis, mas só em distância curta, só tem distância grande com datarate mínimo, por isso isso está sendo vendido pra rede pra sensores, pra interligar alarmes, sensores de temperaturas e controladores diversos (Iluminação e cia, aquecimento, etc), Arduino tem esse problema, é fácil usar ele pra controlar algumas coisas mas pra distância razoável wifi não presta, eles não precisam muita banda mas precisam tempo de resposta curto e estável. Quem também se dá bem com as bandas baixas do alto alcance é o uso de chats tipo skype ou whatsapp, que são muuuuuito mais usados que qualquer MSN, ICQ ou IRC já foram, não é um mercado a se negligenciar.
    (E os chipsets podem ser multibanda, 802.11b/g/a/n/ac/ah/af, antena multibanda de baixo ganho também é tranquilo, o custo nessa parte não é alto)






Tópicos Similares

  1. Wifi para hotel. Nano m2 ou unifi
    Por edileyoliveira no fórum Ubiquiti
    Respostas: 7
    Último Post: 04-04-2016, 23:29
  2. Bullet 2 HP ou outro para provedor
    Por vandinho no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 25-07-2011, 11:17
  3. Respostas: 8
    Último Post: 03-08-2010, 11:03
  4. 802.11b ou 802.11g?
    Por FabricioViana no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 16-02-2007, 08:45
  5. HUB ou SWITCH,QUAL O MELHOR PARA PROVEDOR!!
    Por soco1000 no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 14-01-2006, 21:34

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L