+ Responder ao Tópico



  1. tenho duvida sobre ccq todos clientes que instalo fica na media de 90 a 100 porcento e a potencia sempre tento fecha minimo possivel exemplo -70 a -53 e sempre fecha ccq 90 a 100 pórcento

    tenho duvida fiz ponto a ponto com duas airgride m5 23dbi distancia de 1k e fecho -70 minimo que consegui so que ccq fico otimo 99 porcento e ta passando 50 megas que mando la quero saber pq as vezes potencia de sinal fica em alguns clientes -53 e fica ccq 80 ,91 porcento sabem me dizer uso so airgride nos clientes e nanostation ultima duvida é quando ativo airmax do meu ap em bridge automaticamente meus cliente que tem ubiquit vai pega airmax e so teria que mudar prioridade de none para medium ou hight onde coloco hight por teoria seria melhor mas na pratica? Gente nao quer resposta subgetiva sobre isso relevante se tem arvore quanto de banda ja to afirmando todos estao visado . A todos no bullet m2 hp planos são de 600k ,1 mb e 1,5mb e com thunder cache comecei agora so tenho 40 clientes mas ja tenho 3 torres


  2. Bom o CCQ é um parâmetro para medir a qualidade da conexão, até onde se, não existe um padrão de CCQ, cada fabricante tem suas características ao verificar o estado de uma conexão.

    No seu caso que usa os mesmo equipamentos em um cliente com sinal "melhor" tem CCQ pior do que um cliente que tenha sinal "PIOR", pode ser explicado pelo SNR, pode ser que esse cliente de -53dbm tenha mais ruido do que onde está o cliente de -70dbm, e com isso o SNR do cliente de -53dbm seria inferior ao do cliente de -70dbm.

    para melhorar o CCQ, verifique sempre se você está no melhor canal disponível, e também ajuste o MCS de acordo com o nível de sinal obtido.



  3. Se é em 2,4GHz (Bullet M2), tem que lembrar que a zona de fresnel em 2,4GHz é gigante, ter ela 100% limpa é praticamente impossível.
    Com ela só 80% limpa o sinal cai só uns 5 a 10dBm, mas... o CCQ não chega a 100%.

    O problema de zona de fresnel parcial é que nas bordas refletem pacotes e eles percorrer um caminho minimamente mais longo, logo, chegam com atraso mínimo em relação ao pacote que veio em linha reta. Se houvesse um atraso grande o radio saberia ignorar o pacote fora que o nível dele seria muito baixo, mas atraso pequeno (Um eco pequeno) vem em nível alto e atrapalha completamente a legibilidade dos pacotes, não altera nada o nível de sinal mas sim o percentual de erros nos pacotes (Logo, o CCQ).


    PTP geralmente é alto, e cada rádio só tem que lidar com 1 conexão, a zona de fresnel raramente é parcial e se for os acktimeut auto as vezes se ajusta pra minimizar isso, as perdas de pacotes são mínimas, até porque o processamento do chipset de RF está bem tranquilo com só 1 conexão pra cuidar.

    Em PTMP tem muita troca de status, mesmo cliente sem tráfego consome algum processamento do chipset de RF, mas o maior problema vem das repetições de pacotes, vários clientes mandam pacote ao mesmo tempo e o AP recebe tudo ilegível, precisa responder pra 1 por vez pra reenviar, fora que os pacotes que próprio AP envia as vezes saem ilegíveis pro cliente e este responde com checksum errado, ou com o checksum certo mas a conexão ruim perde essa resposta, é reenvio de pacote igual.

    Zona de fresnel meia-boca é problema intrínseco de 2,4GHz, tem que colocar antenas muito altas pra isso ficar ok.
    Mas um problema que vem do uso é excesso de uso nos canais. A Ubiquiti tem o excelente AirView pra ver isso (Afinal escanear SSID num canal não diz NADA sobre qualidade do espectro):
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         05_airview-v1.1-beta_image01.jpg
Visualizações:	64
Tamanho: 	178,1 KB
ID:      	62346
    Tem que ver que o canal tem 20MHz de largura, se setar 2417MHz você vai na verdade de 2407 até 2427MHz, ou seja, acerta em cheio canais tipo 2412, 2422MHz, e acerta a beirada de 2427 e 2432MHz.

    Escanear isso (Analisar o espectro) somente na torre não resolve tudo, porque no cliente a 700m de distância pode ser TUDO diferente, pode ter um retardado imbecil com omni de "25dBi" e rádio a 30dBm (1000mW) do lado desse cliente, zoneando completamente um canal, ele pode atrapalhar muito o cliente mas por conta de árvore ou construção ele mal será escaneavel na torre, esse cliente vai ter muita perda de pacote, ele vai pedir ou fazer reenvio de pacote 10x mais que outros clientes, esse cliente vai consumir tempo e processamento do chipset de RF, ele vai derrubar a capacidade de tráfego para com OUTROS clientes por um problema que ele nem tem culpa e que nem tem como escanear pela torre!

    Essa parte do espectro zoneado anda mais comum em 2,4GHz, gente idiota usando alta potência pra dividir internet com smartphone de vizinho, ao invés de colocarem antenas direcionais e posicionar com visada fazer aquelas topeirices tipo colocar omni a 2m de altura, com rádio na maior potência possível (Como se smartphone respondesse com potência equivalente), afeta diretamente os vizinhos próximos, mas por conta de obstáculos raramente vão muito longe. Em 5GHz tem muita cagada similar, mas essa frequência mais alta perde muito sinal com obstáculos, a tendência é colocar tudo mais alto, o que atrapalha um cliente geralmente também aparece na torre.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 3
    Último Post: 28-06-2017, 10:58
  2. Led da lan do bullet m2 não pisca quando há trafego
    Por hugocpjunior no fórum Ubiquiti
    Respostas: 1
    Último Post: 07-10-2016, 21:43
  3. Respostas: 9
    Último Post: 20-07-2016, 06:52
  4. Quebrou as travinhas da porta lan do bullet!
    Por hugocpjunior no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 12-02-2016, 00:42
  5. Respostas: 3
    Último Post: 22-01-2014, 15:47

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L