+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    Boa tarde a todos, peço desculpas caso esteja postando em lugar errado, é meu primeiro acesso e gostaria da ajuda dos amigos para resolver um problema. Tenho uma propriedade rural, sou pecuarista e estou precisando montar uma rede de no max 300 metros com visada, campo aberto , para uso exclusivo, não é para fornecer internet a terceiros, entre a sede da fazenda, escritorio e estabulo, para realizar o posterior lançamento no sistema de controle, ou seja rastremento e identificação do gado por por chip; que hoje é feito a mão. Ai vem a duvida, sera q com esses kits relativamente baratos da greatek com antena setorial ou omni, consigo fazer o link? Muito grato por qualquer informação.

  2. #2

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    Se não tem muito interferencia na freqüência 2.4GHz no local (casas com antenas wifi pertinho etc), voce pode comprar um par de Ubiquiti Nanoloco M2 usado para fazer este link tranquilamente. Em modo WDS, eles funcionam como um cabo invisível, entre seu conexão de internet, e o local remoto. E muito fácil para instalar e alinhar também.


    Normalmente, o 5GHz será melhor, mas tem muitas empresas trocando o 2.4GHz por 5GHz, então pode ser possível comprar eles para um preço mais razoável.


    Voce pode considerar TP-Link também, mas não tenho experiência deles.
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ABAAAfF_kAG-3 (1).jpg
Visualizações:	263
Tamanho: 	32,0 KB
ID:      	62428



  3. #3

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    Aconselho uma antena omni MIMO em 2.4 GHz tipo AMO 2G10 da Ubiquiti ligado em um Rocket M 2.4 GHz . Essa a configuração minima confiavel para o que pretende fazer .

    Vai ser instalado outdoor e terá uma cobertura de pelo menos 100m para smartphone.

  4. #4

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    Nesse caso específico a antena omni comum até serve bem.

    (Mas pra cidades é ridículo)

    A PCBA da Greatek acho uma furada pelo desempenho meia-boca, não tem grandes sensibilidades.

    Veja seu problema assim: Você provavelmente quer usar o notebook no curral, sem antena externa, só pra fazer o lançamento. Lendo por um bastão com bluetooth ou um com cabo USB. Pegar o sinal wifi da antena omni no notebook é fácil, mas... o notebook responde com potência bem baixa. Digamos que a antena omni tem 15dBi, a antena no notebook tem 2 ou 3dBi. Digamos que o radio na sede tem 400mW, o notebook tem 50mW.

    (Se ficou curioso com as possibilidade dos bastões bluetooh, esquece, eles tem 10mW, e em 300m é difícil conseguir conexão até com 100mW, que dirá com 10% disso, bluetooth é só pra poucos metros mesmo. Fora que o bastão com bluetooth geralmente é 30 ou 40% mais caro que o via cabo)

    A antena omni tem o problema de enviar sinal pra todo lado, isso pode ser bom só se for usar com o notebook pra todo lado.
    Peguei uma propriedade qualquer só pra exemplo:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ex.jpg
Visualizações:	147
Tamanho: 	254,9 KB
ID:      	62434

    Se colocar nela uma antena omni no que parece ser a sede, ela vai emitir pra todo lado, assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ex2.jpg
Visualizações:	68
Tamanho: 	225,7 KB
ID:      	62435

    É tipo colocar uma lampada comum em cima do telhado, manda luz pra todo lado.

    A outra opção é usar antena setorial, elas concentram a emissão num setor mais restrito, é tipo aqueles farois traseiros pra trabalho nos tratores, não tem foco, é luz meio aberta, uma antena setorial de 90° emitiria mais ou menos assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ex3.jpg
Visualizações:	88
Tamanho: 	245,0 KB
ID:      	62436

    Mas se tiver tudo mais alinhado tipo esse propriedade do exemplo, não precisa comprar radio e antena separados, pode usar uma CPE, digamos um Nanostation M2, eles tem integrada uma antena de 45 a 60° conforme o modelo, a emissão é mais concentrada:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ex4.jpg
Visualizações:	197
Tamanho: 	248,7 KB
ID:      	62437


    Eu atendo muita fazenda, nesses usos (Entre sede e casas de funcionários ou coisa assim) uso o que tem por perto, sempre se acha uma antena sobrando, muita gente tem jogado num canto uma antena de 60º tipo dessas:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         antena-painel-setorial-mm-2412s-60-12-dbi-aquario_1_630.jpg
Visualizações:	188
Tamanho: 	12,1 KB
ID:      	62438

    A vantagem dela é que pode ficar a 6m de altura, e ainda assim logo no chão a frente dela pega sinal.

    Um problema de omni de ganho tipo 15dBi é que se colocar ela a 8 ou 9m (Num mastro de 2 ou 3m acima da casa), é comum o sinal ficar ruim debaixo dela, porque elas emitem pros lados, não pra cima e pra baixo.
    Se colocar a omni no alto, ocorre isso no 2º desenho:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         1_omni.png
Visualizações:	175
Tamanho: 	39,2 KB
ID:      	62439


    Onde não tem nada, eu sugiro sempre colocar uma CPE, sempre sugeria Nanostation Loco M2 mas ela anda cara. Uso as vezes essa:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...-nano-loco-_JM
    Em 300m, se o notebook estiver em posição que "enxergue" a CPE na sede, funciona mais que bem.
    Smartphone no bolso funciona as vezes até 500m longe de CPE assim em fazenda (Desde que configurado direito)

    Não sei se vale tanto a pena investir muito nisso (Numa antena cara e equipamento tipo um Rocket M2) porque os bolus no peito do gado apesar de lindo tem o problema de exigir leitora meio cara (8x o preço de um bastão pra RFID na orelha), e... já já a Globalstar lança os prometidos chips com uma célula solar que fica logando as posições do chip (Na orelha) via GPS, pra depois poder aferir com certeza onde esse animal esteve (Vai logar algo tipo 2000 ou 5000 posições, algo tipo 2 ou 3x ao dia, não tem como fraudar isso, tem precisão ruim tipo 20m mas isso já é suficiente pra "provar" que é criado a pasto ou que ficou sempre no mesmo confinamento)

    E seja lá se optar por omni, setorial ou CPE, o segredo pra ter alcance e estabilidade acho que está mais na configuração:
    Não usar data rate automatico (Default de fábrica), mas sim usar um modo de velocidade baixa, e um data rate baixo.

    Se usar o modo ieee 802.11B, cujo data rate maior é 11Mbps, vai trafegar na prática no máximo uns 4Mbps. Se isso foir até mais que a velocidade da internet, recomendo usar esse modo.

    Se usar o modo ieee 802.11G, o maior datarate é 54Mbps. Mesmo que você configure a CPE ou o roteador de mesa pra usar o datarate de 18Mbps ou 24Mbps, o notebook tem a mania besta de usar o maior datarate, que é 54Mbps, e o maior datarate tem potência menor e sensibilidade pior, ou seja, o numero de pacotes perdidos quando o sinal é baixo AUMENTA quando coloca em velocidade alta. Mas... ainda assim não deixe de colocar o roteador ou CPE no datarate de 18Mbps se optar por esse modo, esse datarate vai permitir tráfego na casa dos 6 ou 8Mbps lá longe a 300m da CPE (Enxergando ela, claro).

    Outra coisa: Se tiver uma parede na frente, seja usando setorial ou omni, seja usando rádio de R$ 100 ou de R$ 400, o sinal vai cair, e muito, terá talvez 1/4 da velocidade que teria sem a parede na frente, pois o sinal fica bem mais fraco. Todo curral que conheço é aberto, tem telhado simples, sempre tem como colocar o notebook numa posição que não fique atrás de um pilar de madeira ou concreto (Que atrapalham muuuuuito, dentro de casa perto do roteador é uma coisa, mas lá longe o sinal já está fraco, um pilar na frente pode baixar o pouco sinal que sobra).

    Se você já tem alguma coisa em casa e o sinal QUASE chega no curral, e quiser gastar pouco, pode comprar uma dessa:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...a-usb-cabo-_JM
    Pendura ela fora do curral, no alto, leva o cabo de 10m pra baixo, pluga no notebook, e vai ter sinal melhor que se estivesse em cima do telhado. Mas isso seria pro caso de já ter algo em casa que faz o sinal chegar até perto do curral, colocar um desse em casa não vale a pena (O link da antena de 60º que passei é pra plugar num roteador, de mesa tipo Intelbras ou Greatek, ou qualquer coisa via cabo).


    Ah, e cuida com o "alto", se colocar em cima de telhado de zinco vai ter problema (Metal reflete RF), a conexão fica ruim demais. Se colocar em cima de caixa d'agua metalica também fica péssimo (Até pra celular aqui fica bem ruim). Geralmente o jeito é colocar um tubo de aço de 1" chapa 18 de 3m em cima do telhado, colocar 3 ou 4 estaios, com a antena no alto, isso aguenta muito vento (Usando arame 18 comum baratinho nunca vi algo assim em mastro de 3 ou 4m cair com vento, devo ter instalado nuns 500 desses na vida).

    O que recomendo mesmo é CPE, colocar ela no alto virada pro lado onde mais usará. E... sabe que as coisas sempre queimam, na roça ainda mais, se for pra investir em algo teria que colocar proteção, e ficar desligando nas tempestades, como em quase toda fazendo alguém esquece disso, mesmo equipto de R$ 2 mil (Tipo Rocket e antena da Ubiquiti) acaba queimando em tempestade (Se queima transformador de 2 ou 3KVA, imagina um equipto 3000x mais sensível). Então se optar por algo caro, tem uns protetores de surto pra usar, um par deles já fica o preço da CPE que citei, e se não tiver aterramento pros protetores vai acabar queimando igual.

    No caso da CPE da TP-Link que passei o link, ela tem um conector SMA, depois pode ser ligado nela uma antena setorial ou omni, caso no futuro precise cobrir um angulo maior que os 60° dela.

    (E não pense que 802.11B a 11Mbps (4Mbps de trafego real) não dá pra nada. O que recomendo na roça é justo fazer acesso remoto, usar o notebook no meio do campo pra rodar o acesso remoto com o programa aberto na sede num computador ou notebook na sede, e fazendo o acesso remoto a 32 bits, sem efeitos visuais, em tela cheia, é tranquilo pra esse modo, as vezes tem gente que esquece e fica ouvindo musica pelo acesso remoto, porque é banda suficiente pra acesso básico. Alias, metade dos meus posts foram feitos assim, usando netbook acessando via acesso remoto um desktop noutro lugar, a vantagem é poder parar, desligar o netbook, sair e acessar de outro lugar, sem perder o ponto onde estava)


    Veja que tem uma diferença enorme no investimento entre simplesmente colocar uma CPE de R$ 250, um mastro de R$ 30, uns R$ 3 em arame, e uns R$ 15 em cabo de rede, em cima de casa, versus colocar uma CPE num ponto como AP, outra no outro ponto como cliente, isso dá mais qualidade de conexão mas fica o dobro do preço, a sugestão do CambuiAl seria colocar ainda um roteador wifi na CPE em modo cliente pra não precisar cabo, mas nos currais que conheço não tem mesmo muito o que fazer zanzando com o notebook, ele fica parado do lado da balança, pode ser plugado via cabo numa CPE externa, ou numa antena USB externa, ou ser posicionado a mais de 1m de altura numa posição onde enxergue a CPE que fica em cima do telhado da sede (Na maioria das propriedades que conheço do curral dá pra ver o telhado da sede). Pra esse uso não vejo porque investir muito. É tão comum queimar equipto em tempestade, ou derrubar notebook quando um boi menos calmo dá uma chacoalhada na balança (Ou na hora da vacina, se tiver peão sem habilidade, ou quando aplica por aspersão algo pra moscas e cia, tem animal que se assusta com a ponta dos aspersor (Viva do Difly! Acabou com metade da necessidade de manejo por aqui!))



  5. #5

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    Boa tarde amigo, obrigado em responder!!!!!!!!

  6. #6

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    Boa tarde ! Obrigado a todos amigos que responderam, peço perdão por alguma falha de minha parte na maneira de postar, falha de novato....
    Rubem, agradeço a aula de rede Wifi, entendi todas colocações, aqui eu tenho precisamente 286,20 metros ate o estábulo onde tenho a balança /tronco e o escritório a 20 metros em linha reta do estábulo, sem obstáculo algum. No escritório tenho um desktop, onde com meu pouquíssimo conhecimento pensei em colocar uma placa wifi nele e antena externa. Assim, realiza-se o rastreamento via bastãozinho mesmo e do escritório mandaria para sede. Outra coisa que facilitaria muito é a possibilidade de lançamento no EDA - sistema GEDAVE do controle de vacinação, febre aftose e brucelose alem de emitir a GTA diretamente. Qto ao uso de note no curral, sem chance pelos motivos que vc mesmo disse, nelorada tudo atacada. kkk.
    Quanto a antenas, é mais ou menos como transceptores 2m /40m ? antena direcionais ??? Plano terra e J polo? sofremos aqui ate acertar tudo tb.
    Vou ver os equipamentos que vc me indicou . Poderá ser instalado na mesma torre das antenas dos rádios 2m???
    Qto a ter algum equipamento aqui, tenho 3 antenas usadas que ganhei de um amigo, uma omni ,uma setorial ambas da aquario e uma de grade. Fora o modem adsl e roteador na sede.
    Aqui sofremos com descarga, desde unidades de cerca eletrica, modem roteador, mesmo tendo aterramento correto.

    Mais uma vez, agradeço a todos a ajuda a mim prestada!

    Forte abraço
    Nós usamos o difly aqui tb, e no confinamento torta de neem tb, pulverizar butox, triatox, nunca mais, em casos severos, tiguvon ou topline no dorso.



  7. #7

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    É bem por aí, uma antena polo J tem um monopolo que dá uns 2dBi de ganho.
    Uma plano terra tem coisa tipo uns 3dBi por elemento, se for elemento com tamanho de 5/8 de onda.

    Em wifi se usar muito monopolo de uns 2 a 3dBi, aquelas antenas originais dos roteadores são só um dipolo de 1/4 de onda. As de 5dBi tem só mais elementos empilhados. Esse omni da Aquario que você tem é um monte de elemento colinear, em 2m cada elemento colinear tem uns 2,5dBi, em wifi é mais comum varias, o primeiro elemento de meia onda (Porque cabe! São só 60mm), e os outros com 3/4 de onda (Porque cabe!). Se tivesse espaço poderia fazer antena assim pra faixa dos 40m tranquilamente, ia virar uma antena com uns 300m de altura mas isso é um detalhe menor...

    Se já tem as antenas, é mais fácil usar o que tem.
    Colocar a omni atual em cima do telhado é tranquilo, seria melhor ficar longe da antena do radio de 2m porque wifi trabalha com sinais bem mais baixos que o rádio 2m, qualquer HT de mão de 2m tem 5W, mas se tem antena fixa deve ter um rádio de uns 25W ou mais, isso é potência tão alta que as harmonicas e intermodulação numa antena wifi de 2,4GHz seriam grandes, provavelmente ia derrubar a conexão toda vez que usar o radio 2m pra transmitir.

    Se colocar a omni em cima de casa, no escritório a 30m é bem possível que pegue sinal suficiente dentro dele sem nem precisar antena externa. O problema pode ser a antena atrás do gabinete, o gabinete metalico pode atenuar muita coisa mas com omni de 9dBi em cima de casa, com rádio de baixa potência, eu conector notebook dentro de casa a bem mais de 30m. Só dá sinal baixo quando a tela do notebook (Onde ficam as antenas) está baixa.
    De modo que se colocar placa pci ou USB no desktop (Desktops modernos não usam mais PCI, só PCI-e, que tem placa muito mais cara que USB) as vezes resolve fácil colocar uma antena dessa, só ficando meio metro acima do desktop:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...c-com-cabo-_JM

    Ou mesmo usando um extensor USB
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...e-so-r-800-_JM
    Num adaptador USB com antena de 4 ou 5dBi tipo:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...2n-ref5847-_JM

    Ou garantir que o vendedor envie junto com o produto a base, que é um extensor USB de uns 1,5m, tipo esse parece enviar, pra colocar o adaptador mais de 1m acima do desktop:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...0mbps-wifi-_JM

    E 30m na verdade poderia ser feito via cabo de rede. Cabo de rede pode ter oficialmente 100m de comprimento sem problemas, pode fazer fora, no sol, que dura uns 4 ou 5 anos mesmo que seja barato (Se for bom dura 5 anos fácil). O problema é que cabo mais longo queima mais fácil a porta de rede, tanto do desktop como do modem ou roteador, teria que ficar desligando tudo em cada tempestade porque em fazenda é quase certeza que VAI queimar uma placa de rede por tempestade. Eu usaria wifi mesmo.

    Se já tem uma antena omni da Aquario e uma setorial, elas provavelmente tem conector N, poderia comprar um cabo N<>SMA tipo:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...macho-mp10-_JM
    Pra descer da antena até dentro de casa, e rosquear o conector SMA num roteador de mesa qualquer.

    Pra atender só o escritório a 10m, se for omni de 9 a 12dBi (Acho que a Aquario não fez modelo menor), ou setorial de 12dBi, até um roteador de R$ 60 dá conta.

    Pra conseguir conexão com notebook a 300m seria melhor algo mais parudo.
    Colocando um roteador de alta potência:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...-intelbras-_JM
    Ia escanear sinal lá do outro lado do planeta, mas... se o notebook ou smartphone tem potência baixa, só ia manter a conexão ativa até uns 300 a 400m mesmo.

    Roteador mais comum, tipo:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...-removivel-_JM
    Ia ter sinal mais baixo lá longe, mas bem configurado (Em datarate baixo, como citei) chega fácil em 300m usando uma omni de 9 ou 12dBi, ou setorial de 12dBi no alto. Só que esses roteadores de R$ 70 a 130 não são tão duráveis, não sei bem o que recomendar nessa faixa de preço porque nenhum se sobressai, se tiver um roteador hoje, mesmo que seja o modem ADSL com wifi, pode rosquear a antena externa nele e ver como fica o sinal no escritório, 30m mesmo com parede no meio, é fácil se a antena omni ou setorial estiver em cima do telhado.


    Eu começaria colocando a setorial em cima do telhado, descendo o cabo até o roteador comum dentro de casa, e vendo se um notebook ou smartphone conecta e navegando no escritório. Se conseguir isso, é só plugar uma placa pci com antena interna com cabo, ou esse USB com extensor pra antena ficar mais no alto.

    Aí pro curral a 300m, talvez ia precisar roteador mais caro, isso depende da qualidade do roteador wifi que tem hoje. Na pior das hipóteses esse Win240 da Intelbras, ou um Greatek mesmo (Tem versão de mesa da Greatek, pra ficar dentro de casa do lado do modem, é o WR-2500HP, tem mais potência mas potência não é tudo, tem essa questão do "outro lado" da conexão (Notebook ou smartphone) não responder com potência equivalente).

    Dependendo do que quiser usar no curral, pode deixar a setorial no roteador que já tem, e no curral colocar fixo a antena de grade apontada pra sede, pra chegar lá com notebook e rosquear o adaptador USB do desktop, pra ter internet nele (Já que talvez o roteador atual não chegue com sinal suficiente pra conectar direto no notebook).


    E mais uma opção: Colocar a omni em cima de casa, no roteador comum atual, com adaptador USB em extensor no escritório, e lá no curral fazer uma repetição passiva:
    Coloca a antena de grade em cima do curral virada pra sede, e o cabo dela liga direito na setorial, dentro do curral. Assim ela vai pegar o sinal em cima, e mandar pra dentro. Isso só vai prestar com antena de alto ganho tipo 12 a 25dBi, talvez vai aumentar o sinal dentro do curral o suficiente pra pegar em smartphone, só testando porque depende do ganho das antenas (A grade deve ser de 20 ou 24dBi, a setorial deve ser de 12dBi).
    Repetição passiva não fica boa usando omni na repetição, só presta com antena direcional mesmo, então pra testar isso seria melhor deixar a omni na sede.

    Tem um monte de opção pra testar com o equipto que tem aí, se já mexeu com rádio amador você deve conseguir "fácil" colocar um conector N e SMA num cabo RGC58 (Muito provedor de internet começa a mexer com isso sem nunca ter visto um cabo coaxial na vida), se tiver comércio vendendo os conectores aí por perto seria o cabo de comprar uns 15m de cabo, 3 conectores N macho, e um conector SMA, pra fazer os testes.
    (Ou comprar cabo pronto logo, SMA<>N de 10m, e um de uns 3 ou 4m com 2 conectores N, entre antena de grade e setorial no curral)

    Ou se quiser sinal por toda a volta da sede, a omni em cima, com um radio WIN240, vai permitir smartphone no chão a 100m conectando fácil, acima disso depende da altura, tamanho do cabo, essas coisas.

    E a distância do radio 2m pra antena de wifi nem é tanta, seria mais questão de altura. Se a torre com o radio 2m tem 12m, seria bom deixar wifi abaixo dos 8m, se ficar a uns 10m de distância já tá muito bom.

    Tenho 1 cliente que usa muito um Cobra 148gtl (40m) com as antenas a 1m uma da outra (40m e wifi) e não dá nada. Mas na cidade atendia um hotel do lado de um cara que usava um Yaesu 25W de 2m com um dipolo de 3 ou 4 elementos e tinha conexão caindo, a antena dele ficava nos fundos de casa e a conexão nos quartos só parou de cair quando ele mudou ela pra frente, uns 10m mais longe. Mas também atendo fazenda que tem wifi com setorial comum na sede, a 10m de antena 2m enorme (Aqueles plano-terra de uns 3m de altura, deve ser uns 10dBi) e não atrapalha mesmo com rádio de 45W (Interior de MT, fazenda a 80Km é perto, precisa rádio bem potente pra distância considerada grande). Eu não recomendaria colocar wifi perto de radio 2m não, especialmente antena omni. Se a setorial ficar de costas pra antena 2m aí fica mais tranquilo, mas omni não tem "costas" aí complica, eu usaria 10m como distância segura, mas se for radio menos potente talvez 2 ou 3m já sirva.

    (E essa grade de 20 ou 24dBi pode usar até pra celular qualquer dia (Vai dar uns 12dBi em 900MHz), e... andei testando até naqueles walkie-talkia Motorola de 433MHz e melhorou muuuito o alcance, coisa tipo 1Km sem visada, sendo que normalmente os aparelhos de 1,25W mal pegam a 100m sem visada. Fora da frequencia ideal (2,4GHz) essas antenas tem ganho baixo, mas com cabo longo, ficando no alto, qualquer 5 ou 6dBi de ganho já faz diferença, na área rural onde essas gambiarras não atrapalham ninguém dá pra usar a vontade (Um funcionário meu usava até pra pegar TV quando ia pescar e dizia que era ótimo...))

  8. #8

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    Boa Noite amigo, peço desculpas por não ter entrado em contato antes, estive fora essa semana buscando insumos para o inicio do plantio. Hoje a tarde , seguindo todas suas orientações, realizei um teste usando um roteador tplink e a antena setorial a 6 m do solo, montei os conectores certinho, medi continuidade com multimetro td ok, so que quando for efetivar a instalação, vou fazer corretamente , colocar tubo termo retratil nos conectorzinho sma e no conector da antena a fita de auto fusão , da mesma forma q nas antenas de 2m/40m,porque hoje foi meio RTA ( Recurso tecnico alternativo, vulgo gambiarra. rsrs) o sinal chegou baixo no notebook, estando com visada mas chegou e conectou a a mais ou menos 100 metros !!! a 200 metros , o smarthphone enxerga a rede , mas nao conecta. Penso que seguindo o que voçe me disse, vou usar o roteador interno esse intelbras, e antena setorial mesmo, porém, não seria bom usar uma CPE no curral? Não é caro no M.L http://produto.mercadolivre.com.br/M...-nano-loco-_JM e achei muito compacta. Com sua ajuda,vou montar a estrutura aqui e não vai nem chegar a 10% do valor que foi orçado!!! Saudade do yaesu, usavamos muito o 227R, antes era so o 148 gtl -dx e os lafaiete, atualmente, Hts da icon e kenwood, por falar nisso, em Wifi, não tem problema a R.O.E? Não precisa ficar multiplicando o comprimento do cabo por constante? No mais, muito obrigado por toda sua ajuda! Tenha um otimo final de semana, Abs



  9. #9

    Padrão

    Os conectores, se forem mal "montados", podem perder sinal. Mas se conectou a 100m em smartphone, então provavelmente foi bem montado.

    Sobre não conectar em 200m, mas pegar sinal, é aquilo que falei: Wifi é bidirecional, colocando uma antena grande na casa, é como se alguém em cima do telhado usasse um megafone pra falar, a 200m você ouve tranquilo o megafone, mas por mais que grite, se você a 200m não tiver também um megafone, a pessoa na casa não vai ouvir.

    O notebook ou smartphone recebe o sinal (Que é transmitido na casa com, digamos, 500mW EIRP), mas eles respondem os pacotes (Ou fazem o pedido de conexão) com potência muito mais baixa tipo 100mW EIRP.

    Sobre o tamanho dessa CPE do link, na verdade ela é uma das maiores. A menor é dessas: http://produto.mercadolivre.com.br/M...mimo-8-dbi-_JM

    Esse da TP-Link tem quase 1 palmo e meio de altura, tem uns 3/4 de palmo de largura, e isso é espaço bem grande pra uma antena, a área total dela deve ser igual a setorial da Aquario.

    A minha sugestão de testar repetição passiva era fazer mais ou menos isso:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC03880.JPG
Visualizações:	108
Tamanho: 	28,4 KB
ID:      	62543

    Únicas repetições que consegui com sucesso na verdade foi com 2 antenas direcionais de grade, de 20 ou 24dBi, não sei como ficaria com setorial ou omni, nem se o sinal do notebook ou smartphone chegaria alto o suficiente.


    Mas antes, talvez seria bom testar o roteador atual mudando a configuração. 100m com visada achei meio que pouco alcance, é normal de roteador comum mas a 150 ou 200m devia pelo menos conectar e cair toda hora. Talvez indo no setup dele, colocando no modo IEEE 802.11B, ou "modo B", ou "somente B" (Onde deve ter opções tipo B+G, B+G+N). Digo que é bom testar isso porque em modo B a velocidade nominal total máxima é de 11Mbps (Na prática só vai passar uns 3 ou 4Mbps), tanto o smartphone, notebook, ou o roteador, costumam ter mais potência e mais sensibilidade nesse modo do que usando os modos G ou N (Que tem velocidade total máxima de 54 e 150Mbps, mas se for internet de 1 ou 2Mbps tanto faz a velocidade do roteador porque o garglo não é com ele).

    Sobre uma CPE em cima de casa: Digamos a CPE da TP-Link, ela vai emitir com uns 1500mW EIRP! E a antena tem 12dBi mesmo. Entre antena e a placa dela (Uma placa de roteador, nada diferente) tem só meio palmo de cabo, não tem perda.
    Já a setorial Aquario de 12dBi, ligada num roteador de mesa comum de uns 63mW, daria emissão de uns 1000mW EIRP, mas... qualquer 2 conector no caminho e 10m de cabo já perde uns 5 ou 6dBm de sinal, a emissão total não passa muito de uns 500mW EIRP (EIRP é soma da potência do rádio com o ganho da antena).

    Então uma CPE em cima de casa, mesmo que seja uma CPE de 12dBi, costuma ter alcance muito maior que uma setorial 12dBi ligada num rádio comum, com uns 6 a 10m de cabo.

    E sobre a antena a 6m de altura do chão: Existe um fator que wifi precisa, é que a zona de fresnel. É tipo um tubo ao redor da linha de visada, que deve estar livre de obstáculos. Quanto maior a distância, maior esse tunel. O resumo seria digamos isso:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         visada.jpg
Visualizações:	144
Tamanho: 	158,0 KB
ID:      	62544

    Então... é capaz de conseguir alcance bem maior se colocar a antena uns 3 ou 4m em cima da casa (Que deve ter uns 6m), bem acima de qualquer obstáculo. É chato ficar instalando isso pra testar, dá pra pular isso e fazer o que várias pessoas fariam, que é comprar uma CPE, um um rádio pra colocar plugado direto na omni (Tem opção tipo: http://produto.mercadolivre.com.br/M...0mw-54mbps-_JM Mas olha o preço, isso fica o preço da CPE que já tem antena setorial que deve permitir alcance maior).

    O sinal baixo no notebook pode melhorar com a antena mais alta, passar telhado e forro de PVC geralmente derruba menos o sinal do que passar parede de concreto.
    Mas se não melhorar, tem a opção de antena com um rabicho de 1m pra colocar no escritório, num adaptador USB, apontada pra CPE ou setorial, tipo:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...eless-link-_JM

    (Mas configurando em modo 802.11B no setup do roteador, acredito que terá sinal suficiente, 30m com uma setorial ou omni em cima de casa não é muito, eu tenho uma omni pequena em cima de casa, num rádio de potência baixa, e conecto meu smartphone a quase 50m dentro de casa de vizinho, o smartphone conecta e cai conforme mexe (Se colocar no bolso cai a conexão) mas em notebook o sinal é estável em qualquer posição, porque antena de smartphone costuma ser péssima (Ou porque eu não tenho bolso grande o suficiente pra colocar um notebook dentro e ver se cai a conexão))

  10. #10

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    Rubem, bom dia!

    Venho informar que a rede esta funcionando alem de nossas necessidades e agradecer toda sua ajuda e atenção! Como voçe orientou, usei as antenas que tinha, apenas comprei um roteador para colocar no escritorio e um para colocar na sede, pesquisando no site, como cliente optei pelo gothan gwr120, pois o gwr100 somente encontrei usado e para sede fui atras do intelbras, mas em sorocaba /sp municipio vizinho so encontrei o greatek wr2500. A estrutura ficou assim, modem adsl> tplink941nd( que ja existia na sede) > cabo de rede > router greatek cabo de 6,5m antena setorial. No escritorio: antena de grade cabo de 10 metros gothan > desktop. Ambas antenas com visada 100% .O greatek no RF power minimo(15%), mandou e muito bem o sinal . No primeiro teste, o netsumbler não rodou no meu notebook, por isso usei o smarthfone com o wifi meter, somente para ter uma noção. Agora penso em configurar para otimizar ao maximo, como vc orientou os datarates e ACK, mas não consigo ter acesso de forma alguma nos router apos o tplink ( 192.158.0.1) O greatek ( 192.168.0.2) ,gothan ( 192.168.10.1) , mesmo conectando isoladamente.No mais , superou minhas espectativas, pois acreditava que era muito , mas muito mais dificil isso. Não querendo desmerecer os prestadores de serviço, claro que tem que cobrar, e quando não sabe fazer, ai não tem saida, mas creio que o orçamento que me passaram , foi meio alto. Rede cabeada com material e mão de obra, R$1840,00 e wifi R$1200,00 . Gastei uma fração disso. Forte abraço e mais uma vez obrigado por toda ajuda.



  11. #11

    Padrão Re: Ajuda com rede privada WIFI 300 metros

    O Netstumbler realmente só é compatível com alguns chipsets (Notebook tem uma placa mini-pci-express). O que eu tenho usado em notebook mais novo é o Homedale:
    http://thesz.diecru.eu/content/homedale.php

    (Eu acho curioso a geolocalização que ele tem na última aba, em notebook sem gps na cidade ele me posiciona no máximo uns 50m longe do local certo, ele é mais preciso que meu smartphone que TEM gps, não sei que bruxaria ele faz)

    Sobre o acesso aos roteadores, eles tem porta WAN e LAN. As 4 portas juntas são lan, e a porta separada é a wan.
    A internet a princípio entra pela WAN, e você deve selecionar um IP de faixa diferente pra lan e outro pra WAN. Digamos WAN como 192.168.2.1 e lan como 192.168.1.1.
    Se configurou só a lan no roteador, a wan ficou no default que é pegar IP automático. Quando pluga essa porta num roteador a wan pega um IP na faixa desse roteador, mas quando pluga ela num notebook o notebook não entrega IP, então o roteador fica sem IP na wan, e tem só o endereço da lan (E sem IP na wan, ele não troca dados com o notebook).

    Se está tudo ok, não precisa mexer, mas hora que mexer pode cuidar isso, se colocou esses IP's na wan ou na lan, porque eles precisa faixa de ip diferente (Não apenas ip diferente), e cada porta só responde se o notebook estiver com um IP na mesma faixa.
    (Se a wan está como 192.168.2.1, ele não responderá o notebook que estiver plugado nessa porta com um IP digamos 192.168.1.4)


    No mais, parabéns pelo empreendimento. Infelizmente no brasil pouca gente tem persistência pra fazer as coisas sozinho, acho que é preguiça de tentar, de quebrar a cabeça (E nem dá pra dizer que é porque preferem trabalho braçal, coisa mais simples do mundo é limpar quintal pra não ter água parada criando mosquito, mas nem isso muita gente faz).