Página 1 de 4 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Bom dia pessoal, eu estou com uma duvida sobre equipamentos ubiquiti para cliente.
    Enfim, queria saber a comparação entra a Air Grid e o Lite Beam, tanto em custo como em funcionalidade.
    Sabemos que hoje uma Air Grid 23DBI custa $59,50 dólares, enquanto o LiteBeam 23DBI tem o valor de $55,00 dólares.
    Poderia me dizer qual é mais vantajoso?

  2. Airgrid morreu, é velho, saiu de linha, não fabrica mais, só tem em estoque velho.
    Litebeam M5 substitui ele.

    Não tem como comparar, são produtos de gerações diferentes. O Litebeam M5 é um Airgrid 2016, ou o Airgrid é um Litebeam 2009.

    (Sim, o Airgrid é de 2009)

    O Airgrid já tinha tudo integrado na última versão, CPU e RF, pra um equipamento polarização simples (Coisa da década passada) isso servia. Com a vantagem de ter um controlador ethernet separado, com isso ele queima menos lan (Já que aterramento que é bom, ninguém quer fazer!) e quando queima o reparo é mais barato e rápido (O controlador ethernet é muito mais barato que um chipset todo).

    (A primeira versão do Airgrid era com chipsets separados (CPU separada de RF), mas não tinha chipset ethernet, ou seja, se queimasse a lan ia precisar trocar o chipset principal. A única vantagem dessa versão era ter dissipador de calor sobre o chipset. Mas... chipset mais antigo tem sempre rendimento pior, transforma muita coisa em calor, quanto mais novo o chipset menos ele aquece)

    O Litebeam M5 manteve tudo isso, o controlador ethernet AR8032 está lá (Se queimar lan (Por falta de um mísero aterramento) é só trocar ele), e o chipset principal, o AR9342 (Quase do poder de processamento do Rocket M5 xw) está lá separado, MAS... o amplificador de RF é mais parudo/resistente que o do Airgrid, em caso de indução de alta tensão na antena (E de novo falta de aterramento) ele aguentará mais que o amplificador QA1 dos Airgrid.


    Então digamos que o Litebeam M5 tem o controlador ethernet avulso igual, mas tem um chipset um pouco mais poderoso, e um amplificador mais durável.

    Logo, é igual em 1 ponto e melhor em 2.

    Mas é um produto pra cliente mesmo, falta dissipador de calor no chipset e no amplificador (Logo, usar em potência máxima (Maldito compliance test pra noobs!) então não pode trafegar banda de PTP (Dar conta é uma coisa, mas aguentar muitos meses/anos assim é outra, bota um dissipador de calor se for fazer isso!), e... não tem aquela latinha pra blindar EMI/RFI na etapa de RF, um PTP com isso vai dar um throughput bem sofrido (Bobo de quem não entende que é equipamento pra cliente e não pra PTP).alias, a etapa de RF toda é bem simplória, os componentes ocupam uns 2cm², é capado igual o Airgrid.

    Mas acho que o maior motivo da UBNT finalmente aposentar o velho gagá Airgrid é aquela grade grande e complicada de fabricar. O tipo de antena do Litebem M5 usa só 2 prensas pra fabricar, ocupa MUITO menos espaço no estoque e com isso também tem custo de frete muito mais baixo.

    A única vantagem do Airgrid seria... seria... seria... poder usar a ponteira tanto numa grade de 22 como 27dBi. Nos outros quesitos o Litebeam M5 leva vantagem (Nem tem como um fabricante PIORAR um produto conforme desenvolve ele. Só a Dlink faz isso, com suas versões capadas pra mercados emergentes (A.k.a. Brasil, Índia, África, Rússia, etc).


    (E não confunda com a Litebeam AC e o Litebeam Sector, são 2 produtos com polarização dupla (Coisa de gente que vive em 2016), só o Litebeam M5 tem polarização simples (Coisa pra 2009). Colocar um Litebeam Sector na torre, e Litebeam M5 nos clientes fica meio tosco, fazer 2x1 (2t1r) funciona até certo ponto, não serve pra setorial com muitos clientes ou pacotes grandes (Tipo 10Mbps por cliente, pra isso precisa 2x2 (2t2r))



  3. Parabéns Rubem, você me deu uma aula que não vou esquecer jamais e ainda me apontou uma solução legal para usar como AP, a Litebeam Sector. Grato pela explanação, concordo plenamente com você.

  4. Isso que enriquece o fórum, parabéns @rubem.
    Você me faz lembrar da época que comecei com o provedor em 2008. Consegui aqui neste fórum meu crescimento, muito aprendizado. Naquela época caras como @sergio, @alexandrecorrea, @1929 entre muitos outros estavam sempre compartilhando suas experiências.
    Muita gente passa por aqui, alguns mais participativos outros nem tanto. Houve um tempo que achei que este fórum fosse acabar, mas ainda bem que não.

    Mais uma vez, parabéns @rubem, continue assim, sempre estou acompanhando seus tópicos.

    Aproveitando o tópico do amigo, o Sector AC por ser 45º vai ter mais ou menos o mesmo alcance de um painel 90º de 20Dbi ? Pergunto porque se analisarmos, o AC de 45º teria um alcance maior, mas sua antena e de apenas 16Dbi, enquanto o M tem 90º mas com 20Dbi de ganho.



  5. Mas e a questão do material, durabilidade, a grade e suporte do Airgrid era a prova de quase tudo, e aquele sistema de fixação e alinhamento do Litebeam não me transmite muita confiança.
    Alguém também pensou o mesmo?
    Quando tiver que mexer numa antena 1 ou 2 anos depois de instalar aquilo não vai ter ressecado e quebrar tudo?






Tópicos Similares

  1. Respostas: 8
    Último Post: 31-07-2017, 10:00
  2. Respostas: 11
    Último Post: 14-04-2016, 08:23
  3. Melhor no-break em relação ao custo e beneficio
    Por samuelcarlos no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 16
    Último Post: 29-01-2013, 20:21
  4. Respostas: 4
    Último Post: 17-02-2012, 15:17
  5. Anti-Virus Melhor Custo Beneficio
    Por leoservice no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 13-07-2005, 20:57

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L