Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Procurei aqui no forum e nao achei ninguem com este problema.
    o que acontece é que o total do trafego que sai da minha interface de link, é superior a que mostra no meu trafego total da interface clientes.

    tipo, na bridge (interface clientes), mostra consumo de 9,2 mega e na interface do link mostra consumo de 10,1 mega
    isso é normal ?
    segue a imagem do ocorrido:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         problema no controle de banda.PNG
Visualizações:	90
Tamanho: 	516,5 KB
ID:      	63695

  2. Isso só acontece quando eu to baixando algo através do gerenciador de downloads, e eu ja fiz este teste quando só tinha eu conectado, assim ficava mais fácil de eu ver a diferença.



  3. Diferença pequena é normal porque o cabeçalho do pacote que vai pra internet é diferente do cabeçalho que vai pro cliente, isso levando em conta um mesmo payload (A parte do pacote com os dados que interessam ao usuário, o download do arquivo no exemplo).

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         comparison.png
Visualizações:	73
Tamanho: 	16,8 KB
ID:      	63697

    O que o software de download está vendo é só a parte que ele grava no disco (E por isso é MB/s, porque geralmente se grava via modo paralelo. Se fosse serial seria bits por segundo, Mbps, por isso rede serial é em bits, e gravação em disco com interface paralela é em bytes), que é a parte do payload, mas tem um mundo de informação ao redor do payload em cada pacote.

    Se pegar essa imagem dá pra ver o tamanho de algumas partes:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         frametypes.gif
Visualizações:	116
Tamanho: 	21,5 KB
ID:      	63698

    Se pegar um payload de 1450 bytes tem 21 bytes extras. Só isso aumenta muito pouco a coisa. Pra formar o frame aumenta pouca coisa a mais também. É normal o software falar em 7Mbps sendo gravado em disco e a interface na saída do MK mostrar 8Mbps da internet.

    O problema é com quebra de pacotes, se do seu PC sai um pacote de 1500 bytes, nalgum roteamento no meio do caminho (Numa CPE, talvez) o MTU é 1480 digamos, ela também precisa adicionar uns cabeçalhos extras (Pra identificar a resposta quando esta chegar) então digamos que ela quebra entre um pacote de 1470 bytes e um com 30 bytes.

    Mas... o tamanho mínimo na imagem é de 46 bytes, então essa diferença entre 30 e 46 bytes é preenchida com dado descartável, dado que não será usado pra nada mas que conta na interface. Então além dos 10 bytes extras num pacote, tem o outro pacote novo aparecendo, um pacote com 30B de payload útil, mas com uns 40 ou 50 bytes que existem só por ser um pacote!

    Se noutro ponto (No concentrador de acesso) de novo ocorre um roteamento onde de novo é necessário nova quebra de pacote (Porque o pacote chega com 1480 bytes, mas a saída pra internet é de 1472 bytes) novamente a quebra em 2 pacotes vai exigir 2 cabeçalhos completos, de novo vão ser mais 40 ou 50 bytes extras.

    50 bytes aqui e alí, e em 800 pacotes por segundo (Veja o packet rate, o Mikrotik é lindo porque mostra isso, analisa se o numero de pacotes chegando no seu PC, só com você navegando, é igual ao numero de pacotes chegando pela interface de internet do concentrador) você tem alguns milhares de bytes extra trafegando.

    Até dá pra sair tentando otimizar a rede, colocando MTU do maior para o menor indo da internet até a CPE do cliente, pra evitar pacote sendo dividido pra "caber" no limite da interface logo a frente, mas isso não melhora muito a sensação de velocidade, em provedor com 300 clientes num concentrador sim, mas em pequena escala acho que não.

  4. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Diferença pequena é normal porque o cabeçalho do pacote que vai pra internet é diferente do cabeçalho que vai pro cliente, isso levando em conta um mesmo payload (A parte do pacote com os dados que interessam ao usuário, o download do arquivo no exemplo).

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         comparison.png
Visualizações:	73
Tamanho: 	16,8 KB
ID:      	63697

    O que o software de download está vendo é só a parte que ele grava no disco (E por isso é MB/s, porque geralmente se grava via modo paralelo. Se fosse serial seria bits por segundo, Mbps, por isso rede serial é em bits, e gravação em disco com interface paralela é em bytes), que é a parte do payload, mas tem um mundo de informação ao redor do payload em cada pacote.

    Se pegar essa imagem dá pra ver o tamanho de algumas partes:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         frametypes.gif
Visualizações:	116
Tamanho: 	21,5 KB
ID:      	63698

    Se pegar um payload de 1450 bytes tem 21 bytes extras. Só isso aumenta muito pouco a coisa. Pra formar o frame aumenta pouca coisa a mais também. É normal o software falar em 7Mbps sendo gravado em disco e a interface na saída do MK mostrar 8Mbps da internet.

    O problema é com quebra de pacotes, se do seu PC sai um pacote de 1500 bytes, nalgum roteamento no meio do caminho (Numa CPE, talvez) o MTU é 1480 digamos, ela também precisa adicionar uns cabeçalhos extras (Pra identificar a resposta quando esta chegar) então digamos que ela quebra entre um pacote de 1470 bytes e um com 30 bytes.

    Mas... o tamanho mínimo na imagem é de 46 bytes, então essa diferença entre 30 e 46 bytes é preenchida com dado descartável, dado que não será usado pra nada mas que conta na interface. Então além dos 10 bytes extras num pacote, tem o outro pacote novo aparecendo, um pacote com 30B de payload útil, mas com uns 40 ou 50 bytes que existem só por ser um pacote!

    Se noutro ponto (No concentrador de acesso) de novo ocorre um roteamento onde de novo é necessário nova quebra de pacote (Porque o pacote chega com 1480 bytes, mas a saída pra internet é de 1472 bytes) novamente a quebra em 2 pacotes vai exigir 2 cabeçalhos completos, de novo vão ser mais 40 ou 50 bytes extras.

    50 bytes aqui e alí, e em 800 pacotes por segundo (Veja o packet rate, o Mikrotik é lindo porque mostra isso, analisa se o numero de pacotes chegando no seu PC, só com você navegando, é igual ao numero de pacotes chegando pela interface de internet do concentrador) você tem alguns milhares de bytes extra trafegando.

    Até dá pra sair tentando otimizar a rede, colocando MTU do maior para o menor indo da internet até a CPE do cliente, pra evitar pacote sendo dividido pra "caber" no limite da interface logo a frente, mas isso não melhora muito a sensação de velocidade, em provedor com 300 clientes num concentrador sim, mas em pequena escala acho que não.

    Bom dia.
    Muito obrigado, a sua explicação foi muito boa e me fez compreender que esta tudo normal na minha rede.
    E sua resposta teve uma didática surpreendente.



  5. Professor Rubem filo
    Abs

    Enviado via SM-G531BT usando UnderLinux App






Tópicos Similares

  1. problemas com controle de banda
    Por jdmano no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 15-02-2008, 00:49
  2. Problema com Controle de Banda
    Por tonbts no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 16-10-2007, 21:59
  3. Problemas Com Controle De Banda Na Repetidora
    Por cambioco no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 03-10-2007, 17:40
  4. Problema com controle de banda
    Por Skylinelan no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 21-09-2007, 23:14
  5. Problemas com controle de banda ............. urgente
    Por ccm no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 26-07-2005, 20:17

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L