+ Responder ao Tópico



  1. Pessoal, bom dia!
    Trabalho fazendo manutenção de internet, estou precisando apreender Comandos bem úteis do Prompt de Comando/DoS
    Comandos para fazer análise de rede, remover virus do computador, chegar até a RB, entrar na rede!
    Isso pra agilizar o serviço.
    Aguardo respostas
    Obrigado!

    Enviado via XT1033 usando UnderLinux App

  2. Você precisa ir direto para a linha de comando do linux, comece uma apostila de linux. Vá sem pressa, monte um micro qualquer com 1GB de memória e Hd de 40GB a maior, DVD e pen drive. Indispensável é acesso a internet por meio de outro micro para baixar material de leitura, visitas a forum e baixar imagens (isos) para instalar. Linux recomendo o Debian por ser muito didático.
    Tem de se aprofundar nos princípios e não ir com pressa.



  3. Sim...mas eu não tenho nenhum material! Preciso de uma apostila com os comandos do DoS

    Enviado via XT1033 usando UnderLinux App

  4. Vix... o que o Windows usa hoje é o Command.exe rodando num layer acima do Windows, não num layer abaixo. Até digamos o Win95 o Windows num layer acima do MS-DOS, hoje é o contrário.

    Dito isso: Pelo prompt você não tem mais poderes que por qualquer gerenciador de arquivos. O prompt dá um acesso mais fácil pra algumas coisas mas não faz milagre. Mas ele não tem nada a ver com o MS-DOS, esquece "DOS" porque o prompt de comandos hoje não tem nada a ver com aquilo, é só um prompt de linha de comandos pra facilitar algumas coisas, não é um prompt ultra-poderoso pra "tirar vírus".

    Se tem malware rodando (Não estamos mais em 1990, "vírus" é ameça menor, o problema hoje está mais em adwares roubando processamento, tem poucos malwares na forma de trojan's ou backdoor facilitando a instalação de coisa tipo ransonwares, isso é problema que sei lá se 0,5% dos usuários tem), roda algo tipo o RogueKiller:
    http://www.adlice.com/software/roguekiller/
    Pra fazer um pente fino depois roda o MBAM:
    https://www.malwarebytes.org/mwb-download/

    Mas antes disso na verdade é bom limpar os lixos inúteis pra não gastar tempo escaneando eles, limpa com qualquer ferramenta tipo o CCleaner:
    http://filehippo.com/download_ccleaner/

    Ainda é bom ter um inútil antivírus instalado pra proteger o Windows do que aquele ser perigoso, o usuário, pode fazer, mas não adianta ficar passando antivírus quando tem problemas, AV é realtime e se ele deixou algo passar no modulo realtime, provavelmente vai deixar ele se copiar antes do módulo de scan remover, use anti-malware e não antivirus pra resolver esses problemas.

    Via prompt de comando (DOS não existe mais faz muitos anos), o que dá pra ver na rede é dar um ping quando tem DNS não sendo resolvido, um tracert pra ver se tem problemas de rota, netstat pra ver que softwares estão abrindo mil conexões, ipconfig pra ver qual o IP quando a central de redes está lenta pra abrir, o básico:
    http://www.tecmundo.com.br/sistema-o...e-conhecer.htm

    Mas quando chega num estado em que uma central de redes nem abre, precisa MUITO dar uma limpada com o CCleaner, dar um checkdisk na partição, remover os malwares pelo Mbam, aí sem mexer na rede provavelmente o Windows voltará a velocidade normal e tudo vai abrir. Se pegar a praxe de remover malwares e adwares (Na forma de extensões, por exemplo) sempre que o usuário reclamar de internet lenta, você vai passar anos sem mexer em rede (Eu não mexo em rede de usuário mais que 1x por ano, porque sempre é problema de micro lento por causa de lixos tipo Windows Update e atualizações diversas, adwares no navegador, partição corrompida ou lenta (chkdsk resolve).


    É bom ter um pacote de drivers no bolso, tipo o DRP offline:
    https://drp.su/pt/download.htm
    (Apaga o conteúdo da pasta Programs, tem uns adwares lá), e use ele SEM acesso a internet, no modo avançado (Modo fácil é pra dondoca, pra senhorinha de 65 anos que não sabe nem inglês básico), seleciona só os drivers que PRECISA atualizar, é uma péssima idéia atualizar só por atualizar)

    Esses pacotes de drivers são úteis porque as vezes tem driver de rede corrompido, mas hoje muito problema de rede é culpa de módulos que ficam fuçando todo pacote, o módulo de acesso de uns bancos, tipo o do BB, instalam emulador, o inútil Avast também tem modulo de rede que emula uma placa (Aparece até no gerenciador de hardware como uma placa) e futrica todo pacote, quando esses módulos dão pau (E eles dão) não tem o que fazer além de remover essas porcarias que atrapalham ao invés de ajudar (Tô pra ver um micro COM duzias de malwares rodando que não tenha uma porcaria tipo o Avast rodando! Idem pra quem teve conta de banco invadida pelo próprio PC, todos tem o Warsaw (Módulo do BB) rodando, ou seja, não resolve o problema e ainda por cima pesa pra caramba!).

    Pra remover porcarias, é bom ter o Revo Uninstaller, e usar a instalação avançada. Versão portable pra esse caso é melhor:
    http://portableapps.com/apps/utiliti...aller_portable

    Sobre "acessar uma RB", se faz isso pelo Winbox mesmo que é mais fácil.
    Se quiser ir via linha de comando (MS-DOS não existe mais...), seria via TELNET ou SSH, mas por default os Windows domésticos ou SOHO não tem ele ativo, tem que ativar o cliente Telnet acho que desde o Vista:
    http://social.technet.microsoft.com/...windows-8.aspx
    (Não ative o servidor TELNET num desktop de usuário leigo, ative só o cliente Telnet)
    Mas acho melhor ter o Putty pra uns serviços:
    http://www.putty.org/

    E ter que abrir o Putty, ou ativar o telnet client, é a mesma demora de abrir o Winbox. Eu prefiro a versão antiga do Winbox:
    http://wirelessconnect.eu/articles/winbox_download

    Acho que é isso. Via linha de comando não se abre nada especial, se você abrir der um C:\Windows\notepad.exe você vai abrir o bloco de notas IGUAL o Windows Explorer faz, é só olhar as strings nos atalhos na área de trabalho ou menu iniciar e executar aquilo, não é "Abrir arquivo pelo Dos", quem abre o arquivo é o Explorer.exe, acionar isso via prompt ou via atalho gera o mesmo resultado, se o Windows está com desempenho tão lixo que nem atalho abre, o problema é outro, deve ter duzias de malwares e centenas de adwares instalados pelo cliente (Eles não se instalam sozinhos).

    E a sugestão de ir estudar linux ainda é válida, o que as RB's rodam é o RouterOS, é um linux, o que você tem quando abre o Winbox e clica em New Terminal, é um terminal de comandos do linux mesmo, quase tudo o que o terminal no OpenSuse, Debian, Slackware ou Ubuntu rodam, esse prompt de terminal do RouterOS aceitará. O mundo das redes NÃO usa Windows mas sim linux, se continuar tratando isso como "DOS" não vai aprender nada, o Windows é pra usuário e tem problemas típicos de usuários (Pegar malwares e adwares, corromper ou fragmentar partição, instalar softwares como velhinhas fazem deixando tudo no default pra inicializar junto com o sistema sem necessidade nenhuma), você só precisa aprender a resolver o problema típicos de usuários leigos. O que precisa aprender pra mexer com redes é em linux mesmo, em caso de necessidade pode entrar numa RB pelo Winbox, e usar o telnet (Ou o terminal pra abrir uma conexão telnet) pra conectar em outra RB ou outro roteador sem servidor http. Aprender a usar telnet é muito simples quando já se tem prática com linux via bash (Terminal de comandos da maioria dos linux).

    Não tem apostila mágica com comandos, cada sistema vai ter softwares diferentes, pra mim abrir o Windows o caminho é C:\Temp\Rede\Winbox.exe porque eu salvo assim, pra outra pessoa talvez seria C:\Users\JoaodaSilva\Desktop\Winbox.exe , se eu digamos tiver algum problema na inicialização do Windows e quiser dar boot por um cd, digamos pelo Hiren's (É básico ter ele: http://www.hirensbootcd.org/download/ ), posso clicar no icone de internet dele (Que vai emular alguma coisa, rodar driver, e abrir um navegador básico) e baixar o Winbox, ou dar um chdsk por ele, ou antes ir na partição e remover manualmente executáveis anormais (Tem que conhecer o sistema que usa, estar familiarizado com os arquivos, com os nomes) e todos os temporários diversos (Até cache de navegador!). Se for usar um live-cd de qualquer linux (DamnSmall e Puppy, gosto deles porque são leves e rodam em qualquer carroça velha de usuário que paga R$ 3 mil por Celeron) os caminhos e comandos serão 100% diferentes, mas dá pra resolver os mesmos problemas.

    Melhor que procurar apostila mágica é testar as coisas. Bota essa RB como bridge. Funcionou? Agora reseta ela e faz rotear. Funcionou? Agora bota ela pra discar num modem ADSL. Funcionou? Agora bota um server DNS nela. Depois cria uma VLAN com outra. E assim vai, acha uma receita de bolo pra fazer cada coisa mas FAÇA, não fique só no "Ok, ví que é simples". Se só ver você vai esquecer. Tem que fazer com as próprias mãos. Idem pra todos os softwares que citei acima, rode eles, se acostume com todas as features de cada um ("Não sei o que é ActiveX". Então abre o Google e pesquisa até entender o que é ActiveX). Com Linux mesma coisa, escolha algum (Live-cd ou instalado) mas USE ele, use todo dia, acesse roteador via prompt, veja como o ping é diferente por eles, google sobre o que é o TTL que aparece no ping, enfim, não tem um curso completo pra isso porque depende muito do tipo de hardware e softwares que cada um usa, ou que os seus clientes tem, vai que tem uma RB velha com RouterOS velho, ou vai que tem uma RB novinha com ROS 6.23, as features são muito diferentes, e vai que um quer só um "roteador qualquer que não trave", enquanto outro cliente pode querer uma série de serviços nela (DHCP, DNS, script removendo Android das conexões, bloqueio de Facebook...). Cada técnico tem demandas diferentes, eu atendo uma serraria com Win95 por causa de uma controlador slot ISA, duvido que mais 10 pessoas do Brasil ainda atendam isso. Tem quem precisa mexer com MacOS por causa de alguns clientes com Apple, mas isso é hardware extremamente raro no Brasil. E assim vai, não adianta dizer pra decorar isso ou aquilo, é melhor praticar com o que tem ao redor, porque é com isso que você provavelmente vai ter que lidar.



  5. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Vix... o que o Windows usa hoje é o Command.exe rodando num layer acima do Windows, não num layer abaixo. Até digamos o Win95 o Windows num layer acima do MS-DOS, hoje é o contrário.

    Dito isso: Pelo prompt você não tem mais poderes que por qualquer gerenciador de arquivos. O prompt dá um acesso mais fácil pra algumas coisas mas não faz milagre. Mas ele não tem nada a ver com o MS-DOS, esquece "DOS" porque o prompt de comandos hoje não tem nada a ver com aquilo, é só um prompt de linha de comandos pra facilitar algumas coisas, não é um prompt ultra-poderoso pra "tirar vírus".

    Se tem malware rodando (Não estamos mais em 1990, "vírus" é ameça menor, o problema hoje está mais em adwares roubando processamento, tem poucos malwares na forma de trojan's ou backdoor facilitando a instalação de coisa tipo ransonwares, isso é problema que sei lá se 0,5% dos usuários tem), roda algo tipo o RogueKiller:
    http://www.adlice.com/software/roguekiller/
    Pra fazer um pente fino depois roda o MBAM:
    https://www.malwarebytes.org/mwb-download/

    Mas antes disso na verdade é bom limpar os lixos inúteis pra não gastar tempo escaneando eles, limpa com qualquer ferramenta tipo o CCleaner:
    http://filehippo.com/download_ccleaner/

    Ainda é bom ter um inútil antivírus instalado pra proteger o Windows do que aquele ser perigoso, o usuário, pode fazer, mas não adianta ficar passando antivírus quando tem problemas, AV é realtime e se ele deixou algo passar no modulo realtime, provavelmente vai deixar ele se copiar antes do módulo de scan remover, use anti-malware e não antivirus pra resolver esses problemas.

    Via prompt de comando (DOS não existe mais faz muitos anos), o que dá pra ver na rede é dar um ping quando tem DNS não sendo resolvido, um tracert pra ver se tem problemas de rota, netstat pra ver que softwares estão abrindo mil conexões, ipconfig pra ver qual o IP quando a central de redes está lenta pra abrir, o básico:
    http://www.tecmundo.com.br/sistema-o...e-conhecer.htm

    Mas quando chega num estado em que uma central de redes nem abre, precisa MUITO dar uma limpada com o CCleaner, dar um checkdisk na partição, remover os malwares pelo Mbam, aí sem mexer na rede provavelmente o Windows voltará a velocidade normal e tudo vai abrir. Se pegar a praxe de remover malwares e adwares (Na forma de extensões, por exemplo) sempre que o usuário reclamar de internet lenta, você vai passar anos sem mexer em rede (Eu não mexo em rede de usuário mais que 1x por ano, porque sempre é problema de micro lento por causa de lixos tipo Windows Update e atualizações diversas, adwares no navegador, partição corrompida ou lenta (chkdsk resolve).


    É bom ter um pacote de drivers no bolso, tipo o DRP offline:
    https://drp.su/pt/download.htm
    (Apaga o conteúdo da pasta Programs, tem uns adwares lá), e use ele SEM acesso a internet, no modo avançado (Modo fácil é pra dondoca, pra senhorinha de 65 anos que não sabe nem inglês básico), seleciona só os drivers que PRECISA atualizar, é uma péssima idéia atualizar só por atualizar)

    Esses pacotes de drivers são úteis porque as vezes tem driver de rede corrompido, mas hoje muito problema de rede é culpa de módulos que ficam fuçando todo pacote, o módulo de acesso de uns bancos, tipo o do BB, instalam emulador, o inútil Avast também tem modulo de rede que emula uma placa (Aparece até no gerenciador de hardware como uma placa) e futrica todo pacote, quando esses módulos dão pau (E eles dão) não tem o que fazer além de remover essas porcarias que atrapalham ao invés de ajudar (Tô pra ver um micro COM duzias de malwares rodando que não tenha uma porcaria tipo o Avast rodando! Idem pra quem teve conta de banco invadida pelo próprio PC, todos tem o Warsaw (Módulo do BB) rodando, ou seja, não resolve o problema e ainda por cima pesa pra caramba!).

    Pra remover porcarias, é bom ter o Revo Uninstaller, e usar a instalação avançada. Versão portable pra esse caso é melhor:
    http://portableapps.com/apps/utiliti...aller_portable

    Sobre "acessar uma RB", se faz isso pelo Winbox mesmo que é mais fácil.
    Se quiser ir via linha de comando (MS-DOS não existe mais...), seria via TELNET ou SSH, mas por default os Windows domésticos ou SOHO não tem ele ativo, tem que ativar o cliente Telnet acho que desde o Vista:
    http://social.technet.microsoft.com/...windows-8.aspx
    (Não ative o servidor TELNET num desktop de usuário leigo, ative só o cliente Telnet)
    Mas acho melhor ter o Putty pra uns serviços:
    http://www.putty.org/

    E ter que abrir o Putty, ou ativar o telnet client, é a mesma demora de abrir o Winbox. Eu prefiro a versão antiga do Winbox:
    http://wirelessconnect.eu/articles/winbox_download

    Acho que é isso. Via linha de comando não se abre nada especial, se você abrir der um C:\Windows\notepad.exe você vai abrir o bloco de notas IGUAL o Windows Explorer faz, é só olhar as strings nos atalhos na área de trabalho ou menu iniciar e executar aquilo, não é "Abrir arquivo pelo Dos", quem abre o arquivo é o Explorer.exe, acionar isso via prompt ou via atalho gera o mesmo resultado, se o Windows está com desempenho tão lixo que nem atalho abre, o problema é outro, deve ter duzias de malwares e centenas de adwares instalados pelo cliente (Eles não se instalam sozinhos).

    E a sugestão de ir estudar linux ainda é válida, o que as RB's rodam é o RouterOS, é um linux, o que você tem quando abre o Winbox e clica em New Terminal, é um terminal de comandos do linux mesmo, quase tudo o que o terminal no OpenSuse, Debian, Slackware ou Ubuntu rodam, esse prompt de terminal do RouterOS aceitará. O mundo das redes NÃO usa Windows mas sim linux, se continuar tratando isso como "DOS" não vai aprender nada, o Windows é pra usuário e tem problemas típicos de usuários (Pegar malwares e adwares, corromper ou fragmentar partição, instalar softwares como velhinhas fazem deixando tudo no default pra inicializar junto com o sistema sem necessidade nenhuma), você só precisa aprender a resolver o problema típicos de usuários leigos. O que precisa aprender pra mexer com redes é em linux mesmo, em caso de necessidade pode entrar numa RB pelo Winbox, e usar o telnet (Ou o terminal pra abrir uma conexão telnet) pra conectar em outra RB ou outro roteador sem servidor http. Aprender a usar telnet é muito simples quando já se tem prática com linux via bash (Terminal de comandos da maioria dos linux).

    Não tem apostila mágica com comandos, cada sistema vai ter softwares diferentes, pra mim abrir o Windows o caminho é C:\Temp\Rede\Winbox.exe porque eu salvo assim, pra outra pessoa talvez seria C:\Users\JoaodaSilva\Desktop\Winbox.exe , se eu digamos tiver algum problema na inicialização do Windows e quiser dar boot por um cd, digamos pelo Hiren's (É básico ter ele: http://www.hirensbootcd.org/download/ ), posso clicar no icone de internet dele (Que vai emular alguma coisa, rodar driver, e abrir um navegador básico) e baixar o Winbox, ou dar um chdsk por ele, ou antes ir na partição e remover manualmente executáveis anormais (Tem que conhecer o sistema que usa, estar familiarizado com os arquivos, com os nomes) e todos os temporários diversos (Até cache de navegador!). Se for usar um live-cd de qualquer linux (DamnSmall e Puppy, gosto deles porque são leves e rodam em qualquer carroça velha de usuário que paga R$ 3 mil por Celeron) os caminhos e comandos serão 100% diferentes, mas dá pra resolver os mesmos problemas.

    Melhor que procurar apostila mágica é testar as coisas. Bota essa RB como bridge. Funcionou? Agora reseta ela e faz rotear. Funcionou? Agora bota ela pra discar num modem ADSL. Funcionou? Agora bota um server DNS nela. Depois cria uma VLAN com outra. E assim vai, acha uma receita de bolo pra fazer cada coisa mas FAÇA, não fique só no "Ok, ví que é simples". Se só ver você vai esquecer. Tem que fazer com as próprias mãos. Idem pra todos os softwares que citei acima, rode eles, se acostume com todas as features de cada um ("Não sei o que é ActiveX". Então abre o Google e pesquisa até entender o que é ActiveX). Com Linux mesma coisa, escolha algum (Live-cd ou instalado) mas USE ele, use todo dia, acesse roteador via prompt, veja como o ping é diferente por eles, google sobre o que é o TTL que aparece no ping, enfim, não tem um curso completo pra isso porque depende muito do tipo de hardware e softwares que cada um usa, ou que os seus clientes tem, vai que tem uma RB velha com RouterOS velho, ou vai que tem uma RB novinha com ROS 6.23, as features são muito diferentes, e vai que um quer só um "roteador qualquer que não trave", enquanto outro cliente pode querer uma série de serviços nela (DHCP, DNS, script removendo Android das conexões, bloqueio de Facebook...). Cada técnico tem demandas diferentes, eu atendo uma serraria com Win95 por causa de uma controlador slot ISA, duvido que mais 10 pessoas do Brasil ainda atendam isso. Tem quem precisa mexer com MacOS por causa de alguns clientes com Apple, mas isso é hardware extremamente raro no Brasil. E assim vai, não adianta dizer pra decorar isso ou aquilo, é melhor praticar com o que tem ao redor, porque é com isso que você provavelmente vai ter que lidar.
    rapaz esse @rubem sem dúvidas, o bixo é fera né, e sempre disposto a ajudar! parabéns brother!!






Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Último Post: 21-02-2014, 08:16
  2. Respostas: 5
    Último Post: 28-11-2011, 18:07
  3. Comando de instalação do video.
    Por lirix no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 10-05-2004, 09:07
  4. armazenar comandos do prompt
    Por kappalinux no fórum Linguagens de Programação
    Respostas: 3
    Último Post: 12-01-2004, 13:49
  5. Envio de e-mail via prompt de comando
    Por marmota_uou no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 26-10-2003, 16:56

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L