+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Talking Esquema fonte VDC

    Olá amigos quem tem algum esquema de uma fonte VDC 165 volts ai pra compartilhar

  2. #2

    Padrão Re: Esquema fonte VDC



    Enviado via XT1033 usando UnderLinux App



  3. #3

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    epero q nao use isso, pode matar alguem

  4. #4

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Citação Postado originalmente por williamssan Ver Post


    Enviado via XT1033 usando UnderLinux App
    obg amigo, exatamente fiz essa mesma ai mais ela não é insolada queria so saber como é o esquema pra fazer insolada



  5. #5

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Pra isolar (Insolar é expor ao sol, causar insolação) é só usar um transformador isolador.

    O tipo mais barato de transformador é o autotransformador, que tem o mesmo enrolamento compartilhado pela entrada e pela saída.

    No transformador isolador o enrolamento de entrada é 100% separado do enrolamento de saída. Pra levar choque na saída, só se tocar nos 2 fios.

    (Enquanto no autotransformador, se tocar em qualquer um dos fios da saída, e estiver descalço, você leva choque)

    Exemplo de transformador isolador:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...raios-150w-_JM

    Tem até de 50W, pra meia duzia de switches isso é suficiente.

    É só colocar um desse ANTES da fonte 160VDC. Não tem segredo, ao invés do plug da tomada ir direto pra fonte 160VDC, faz ele ir pra entrada do transformador isolador, e manda a saída dele pra fonte 160VDC.



    Mas se tocar nos 2 fios da saída da fonte de 160VDC o choque é o mesmo, é bom deixar a senha do seu facebook pra algum familiar poder alterar o status pra "Morreu" quando se mexe com essas redes, porque só isolar da rede AC não é suficiente, a alta tensão ainda está lá, se seu corpo servir de caminho pra circulação de 160VDC o choque é grande, com o agravante que choque em DC não faz seus músculos vibrarem como AC faz, com DC os músculos travam, a mão fecha e você não consegue abrir. Colocar um DR ao invés do transformador isolador também não resolve o problema de choque quando você está de botina e calça sobre uma escada de madeira e toca nos 2 fios, o choque existirá e o DR nem ficará sabendo já que não há circulação rumo ao terra. Usar DR, ou transformador isolador, é o básico dos básicos da segurança, mas isso não significa ter rede segura. Só há risco zero de morte se usar tensão bem mais baixa tipo 48V ou menos.

  6. #6

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Amigo, Rubem... qual a amperagem que o diodo da ponte retificadora precisará ter para alimentar uma rede com 30 switches (ou mais), por exemplo?

    Já vi videos em que o montador utilizou pontes retiradas de fontes de alimentação de computador... mas acredito que para efeito de testes, pode-se até utilizar, mas na prática, acho meio arriscado...

    Você pode indicar algum esquema ou configuração para a montagem de uma fonte como essa do título do tópico?

    Abraço.



  7. #7

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Não sei o que é amperagem.

    (É tipo herzagem, bitagem, bytagem e wattagem?)

    A corrente depende da tensão.

    Qual o consumo de cada switch? Switch pequeno comum consome menos de 4W geralmente, exceto umas aberrações mal-feitas que chegam digamos a 5W. Mas tá, vamos fazer de conta que são 4W. 4*30= 120W.

    Potência (Em watts) divida por tensão (Em volts) dá corrente (Em amperes), então 120W/127V = 0,94A. Um diodo de 1A é pouco, mas um de 2A é suficiente (Pra ficar em meia potência). Mais fácil comprar logo coisa de 3A ou mais, isso é componente de CENTAVOS, o fabricante que compra componentes aos milhões por mês precisa se preocupar, se vai comprar só 1 pode pegar coisa tipo isso:

    https://www.macrovirtual.com.br/comp...000v-chipsce/p

    Já se a tensão será 220VAC, 120/220= 0,54A, aqui talvez diodo comum de 1A tipo o 1N4007 sirva, mas de novo, é economia de centavos por bobeira, pega de 2A ou mais.

    Na real pode pegar a ponte retificadora de qualquer fonte ATX pifada, nunca vi uma com só 1A de capacidade na entrada, mesmo as mais básicas geralmente tem ponte de 2 ou 3A. E já que vai carnear fonte ATX velha, é de lá que saem os capacitores eletrolíticos de 200uF ou mais (Pode colocar os 2 em paralelo, soma a capacitância (Não se chama faradagem, então não pode existir amperagem ou voltagem)), também pode aproveitar as bobinas de saída, e capacitores cerâmicos menores pra fazer um filtro LC e mandar DC mais limpa pra rua, pra eletrocutar sem ruído os técnicos que forem mexer nessa fiação no futuro.

  8. #8

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Obrigado pela força, amigo Rubem... quanto a essas bobinas de saída, é necessário fazer alguma alteração, ou é só retirar da placa da fonte de pc e colocar na fonte 160vdc?

    Pode-se melhorar ainda mais a filtragem alterando o número de espirais da bobina?

    Abraço.



  9. #9

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Tem o cálculo pra definir o tamanho de bobina e do capacitor pro filtro LC.

    Mas... o cálculo precisa da frequência do ruído. Ou seja, você precisaria saber agora que ruídos vai ter no futuro! É como saber quando e onde vão te assaltar, não tem como prever isso na prática. Então o que se faz geralmente é filtrar ruído de alguns kHz que seria o ruído de fontes chaveadas (Lâmpadas fluorescentes compactas, e as de led atuais, tem uma fonte chaveada na prática, ou pelo menos um circuito oscilador inversor lá pelos 15 a 40kHz.

    Eu não refaria bobina não, mete o que tiver de bobina lá e pronto, vai atenuar alguma coisa e pronto, são bobinas feitas pra fontes chaveadas e uma coisa que você precisa é justo atenuar a faixa que essas fontes geram ruído, ou seja, essas bobinas já estão na dimensão exata pro ruído de fontes ruidosas!

    Se quiser gastar tempo, teria que fazer 3 ou 4 filtros LC com bobinas e capacitores diferentes, pra cada uma atenuar ruído de uma faixa, mas na real vai ter ruído só em situações específicas e numa faixa específica, não vale a pena se preocupar muito, uma bobina genérica de fonte genérica de 40kHz vai ser suficiente porque é o ruído mais comum na fiação, talvez seria bom ter um filtro desse a cada 200m (Por causa dos ruídos pelo caminho), mas o básico é fazer um desse logo aí na saída da fonte porque ao lado dessa fonte 160VDC provavelmente vai ter várias fontes chaveadas jogando ruído na rede.

  10. #10

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Olá, amigo Rubem... o varistor precisa ter alguma marca específica, ou de uma certa forma, para uma fonte 160vdc pode se usar qualquer marca que encontrar?

    Como esse Varistor de 150V x 10A do link abaixo:
    https://produto.mercadolivre.com.br/...0v-10k-241-_JM

    Abraço.



  11. #11

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Servir esse varistor serve. Mas se o frete for caro, esquece ele por enquanto, usa o que achar em fonte ATX ou qualquer equipamento pifado por aí.

    Sobre o valor, esse 241 significa 24 seguido de 1 zero, então ele aciona acima de 240V. Como sempre tem picos (Spikes), colocar varistor desse em rede 220VAV vai fazer ele estourar fácil sem motivo, então se usa varistor de tensão bem maior que a nominal do circuito. E... por isso as vezes uns equipamentos queimam sem que o varistor queime. No caso de equipamento 127V, o varistor 241 só entra em curto quando a tensão passar de 240V, é uma diferença grande em relação a 127V, por isso não se deposita tanta confiança em varistor.

    Qualquer varistor entre 221 e 391 vai servir na prática (220-390V), porque na entrada das fontes chaveadas dos switch tem NTC, diodos e capacitor que aguentam as pontas durante os 0,1ms que o varistor leva pra entrar em curto e o fusível abrir, mas as vezes demora um pouco mais pro varistor entrar em curto, ou pro fusível abrir, de modo que nada disso substitui o aterramento. Sem aterramento praticamente qualquer varistor acima de uns 220V (221) vai dar na mesma, então não vale a pena comprar, use o que achar nas fontes da sucata.

  12. #12

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Obrigado pela força, amigo Rubem...

    Quando você diz "Qualquer varistor entre 221 e 391 vai servir na prática" isso se refere tanto a uma rede em 110V (meu caso) como em 220V?

    Abraço.



  13. #13

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Ah, se é rede 110V ou 115V (Não confundir com 127V) até o 201 serve (20 + 1 zero = 200).

    Pra 220V teria que ser um 301 a 471 (300 a 470V).

    A tensão do varistor precisa ser bem maior. No caso desse do ML, o vendedor fala em 150V mas o varistor na real é de 240V, é só cuidar isso, em lojas de componentes só vendem conforme o que está escrito no componente (201, 221, 241, etc). O vendedor está meio certo em dizer que ele serve pra rede de uns 150V, mas a tensão nominal do varistor entrar em ação é 240V, porque não confie só nisso como proteção, porque só isso não ajuda muito.

  14. #14

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Amigo, Rubem, obrigado mais uma vez pela força...

    Mas vc pode mandar um link com um modelo confiável pra 110V e outro pra 220V?

    Abraço.



  15. #15

    Padrão Re: Esquema fonte VDC

    Pra mim não tem nada confiável em meter mais de 100VDC em poste, mas o varistor pra rede 110 ou 115V eu usaria 221 10k ou 14k, e pra rede 220V o 391 10k ou 14k.

    Vou repetir: Não precisa valor tão exato, a proteção que isso oferece é baixa, esse componente é usado porque é barato e não porque resolve tudo, pra rede 110V qualquer coisa de 201 a 391 serve. É só procurar nas lojas de componentes varistor 240V digamos, na foto tem que aparecer um componente com a silkagem 241, se é 10k ou 14k é irrelevante nesse caso, a diferença de resistência nesse uso não muda quase nada na prática, não vale a pena nem os minutos que gasta procurando isso na web, pega o primeiro varistor que aparecer na frente e usa (Desde que seja algo entre 201 e 471, com 5 a 14k).