+ Responder ao Tópico

  1. Olá, Prezados Senhores,

    INPUT: 100 - 240V 50-60Hz, 0.35A

    OUTPUT: 5.0V===2.0A

    Acima, eis as potências de um carregador para Smartphones da Samsung.

    Agora a pergunta dirigida amigos do Under:
    1. - Poderei usa-lo para carregar Tableb?
    2. -Estes aparelhos requerem minimo 5V / 2A e como o carregador para smart tem as mesmas características elétricaspensei em usa-lo no meu tablet, cujo carregador pifou.

    Obrigado amigos.

  2. Tudo que usa os padrões USB (Mini, micro, etc) tem vários perfis de corrente de carga, PODE usar um carregador 5V 0,1A só que vai demorar 10 horas pra carregar um tablet comum.

    Bateria de li-ion se dá bem com corrente de carga alta, uma bateria de tijolos tipo Nokia antigos tem digamos 700mAh, elas podem ser carregadas com carregador 500mA (O original é por aí), mas também pode usar um carregador 2A nele, só simplesmente vai carregar 4x mais rápido, lithium não só suporta como PREFERE corrente mais alta na carga. Baterias NICD e NIMH (As que viciavam, na época desses tijolos) não se dão bem com corrente alta, pra elas é melhor carga lenta, ou em corrente muito mais baixa.

    Tudo que tem carga via 5V pode usar com qualquer fonte, pode usar uma fonte 5V 200000A que o aparelho vai consumir (Mandando pra bateria) só o que o circuito interno dele suporta, tipo 1 a 2,5A dependendo do aparelho.

    Alias, um desktop tem a linha de +5V da fonte ATX indo direto pra porta USB da placa-mãe, e a capacidade da fonte ATX geralmente passa dos 10A. Se o aparelho ainda leva 1h pra se carregar quando plugado numa porta USB de desktop então ele mesmo não tem capacidade de mandar pra bateria mais que uns 1,5 a 2A.

    O Galaxy Note II se não me engano tem bateria de 3100mAh (É isso? Tá escrito na bateria). Isso significa que se ela estiver totalmente vazia (0% de carga) com um carregador de 3,1A (3100mA) a carga vai levar 1 hora, e com carregador de 1,55A (1550mA) vai levar 2 horas. E com carregador de 310mA (0,31A) vai levar 10 horas (Arredondando, na prática o começo da carga absorve mais energia e o fim absorve menos). Só que não necessariamente o circuito regulador de tensão suporta mais que 2,5A, ou seja, se plugar ele num desktop cuja fonte ATX na linha de 5V tem 12A (Tá escrito na lateral das fontes a capacidade de corrente em cada tensão) talvez a carga leve 40 minutos igual por isso, o aparelho precisa ter um circuito que passe de 5V pra tensão da bateria, que é de 4,12 a 4,2V quando carregada (3,7V é tensão nominal, assim como 12V é tensão nominal de bateria automotiva, o range real varia quase 30%, lithium de 2,8 a 4,2V, e automotiva de 10,5 a 14,4V), esse circuito tem um limite de corrente porque todo circuito tem algum limite, até um simples fio tem um limite de corrente que pode conduzir sem aquecer até derreter.

    Via de regra em lithium quanto maior a corrente, melhor. Mas o aparelho suporta só até uma certa corrente, a velocidade de carga quando plugado numa porta USB alimentado por uma fonte ATX diz bem qual o consumo máximo do aparelho, o Galaxy Note e a maioria dos tablets tem circuito pra casa dos 2 a 2,5A pelo que tenho visto.

    (E meu dumbphone Motorola carrega em 15 minutos numa fonte 2,5A, ele tem circuito que usa alta corrente, meu Smartphone Motorola na mesma fonte, com bateria com o dobro da capacidade, não leva 30 minutos (Que seria o dobro do tempo), mas sim mais de 1 hora! Apesar de ser mais moderno ele tem circuito de redução de tensão limitado a uns 1,2A pelo visto. E nem adianta muito pesquisar sobre esse dado porque nenhum fabricante nunca divulgou qual a corrente máxima que ele suporta, nem eficiência do conversor dc-dc interno, mal e mal você consegue descobrir se a Ram do aparelho roda a 400MHz, se é DDR ou DDR2, e isso é um dado muito mais importante (Diz muito sobre o desempenho), fabricante não tem hábito de divulgar dado técnico de aparelho, no máximo uma ficha altamente resumida)


    Se alguém disser besteira tipo "Não pode usar corrente maior que o carregador original", então tem que ver porque num desktop a fonte ATX 5V 12A (E a minha na verdade tem 20A na linha de +5V) não cria problemas! Falar besteira tipo "Carregador não pode ter corrente alta" não faz sentido porque o aparelho consome só o que ele quer, você liga um ventilador de 60W numa tomada na parede cuja alimentação vem de Itaipu que não tem capacidade de 60W, mas sim de 2 milhões de watts. O ventilador consome o que ele quer, e não consome tudo o que Itaipu produz. Se a fonte 5V tiver ripple baixo, pode ter 2, 20 ou 2000A que o smartphone ou tablet vai carregar igual, o que não pode ter é ripple, mas uma fonte pode ter ripple independente da corrente máxima que ela suporta, o ripple tem a ver com a qualidade dela, fonte xing-ling vagabunda vai ter mais ripple. Um exemplo, por R$ 12 sério que alguém acha que isso terá alimentação limpa (Sem ripple)?
    http://www.dx.com/p/universal-5v-3a-...00-240v-378490
    Essa fonte tem muuuuuito mais ripple que a fonte original 5V 2A de um smartphone Samsung.






Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L